Assinatura Acordo Ministério do Trabalho. foto Clodoaldo Ribeiro

Um acordo de cooperação celebrado entre a Superintendência do Ministério Regional do Trabalho na Bahia (Superintendência Regional do Ministério do Trabalho na Bahia) e a Prefeitura de Ilhéus vai permitir o assessoramento técnico da equipe de engenharia do governo municipal na elaboração e acompanhamento da execução do projeto, necessários para a requalificação da sede própria da gerência regional do trabalho e emprego, localizado na Joana Angélica (próximo à praça Cairu), mas fechada há quatro anos. Em uma solenidade ocorrida ontem (7) à tarde, no Centro Administrativo, o prefeito Mário Alexandre se reuniu com representantes do órgão e assinou o documento, o primeiro passo para a execução da obra.

“A requalificação deste patrimônio é importante para a classe trabalhadora de Ilhéus e terá o nosso apoio. Ações de parceria como esta são fundamentais para estimular o avanço da cidade”, disse o prefeito. O encontro contou com as presenças da superintendente regional do Trabalho na Bahia, Gerta Angélica Schultz Fael (Fahel); Maurício Nolasco Macêdo (Assessor Técnico da SRT/BA), Flávio Nunes (chefe da Inspeção do Trabalho na Bahia), Gumercindo Santos (gerente em Ilhéus) e Daniel de Andrade Fiúza (chefe de Inspeção em Ilhéus). Representando a Câmara Municipal também estiveram na solenidade o presidente da Câmara, Lukas Paiva, e o vereador Ivo Evangelista.

Destinação de recursos – De acordo com o documento assinado, apesar de o orçamento público federal encontrar-se contingenciado e com dotação orçamentária para despesa e investimento indisponível, o Ministério Público do Trabalho da 5ª Região sinalizou a possibilidade da destinação de 450 mil reais, resultado de acordos judiciais, para a execução da obra. “Além do apoio técnico da Prefeitura de Ilhéus, a assinatura deste acordo também é resultado do esforço da Câmara Municipal que protocolou o pedido da reforma junto ao Ministério do Trabalho”, destaca o vereador Ivo Evangelista.

A equipe da Prefeitura vai avaliar o projeto arquitetônico existente e apresentará projetos complementares de redes elétrica e hidráulica, climatização, paisagístico e de acessibilidade. O prédio da gerência regional do Trabalho e Emprego de Ilhéus foi fechado em outubro de 2013 por falta de condições de uso. Desde então a delegacia funciona em um imóvel alugado.