Girando




Busca por Data
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

NOTÍCIAS DA AVEP

13ª RODADA COM VITÓRIA DA EQUIPE DE PELUDO E EMPATE

Fazendo parte da 13ª rodada de babas de praia da Temporada 2017 da Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, domingo(6) pela manhã no Campo Grimaldo as equipes dos capitães Paulo Gois do Bradesco e Tabosa empataram de 1 a 1 com gols de Ismar Landgol (Gois) e Danilo (Tabosa); no Campo Martial a do Capitão Djalma Peludo venceu a do Capitão Zugaib por 4 a 0. Os gols foram marcados por Eldon aos 20’ da primeira etapa, completando Ralio(2) aos 15’ e 20’ e Garrancho aos 30’ da segunda. Os juízes Manoel Gonsalves (Campo Grimaldo) e Cezar Tavares, ambos da Liga Ilheense de Futebol atuaram bem. Os atletas Tabosa, Alex de Moises, Ismar Landgol, Vado do Bradesco, Eldon e Erisvan receberam Cartão Amarelo. Os babas aconteceram como de praxe na praia da Av. Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular.

01

02

03

Equipes no Campo Grimaldo

(Cap. Tabosa): Rosivaldo, Dinho, Paulô da Bitway, Torisco do HSBC, Prof. Jorge Reis, Danilo, Raimundo da Padaria, Adauto Negocinho, Sena, Carlão do Taxi e Tabosa

(Cap. Paulo Gois do Bradesco): Marcelo, Bacelar da Farmácia, Paulo Gois do Bradesco, Gicelio Ram Ram, Mario Cabeça Branca, Passos de Uruçuca, Luís Humberto, Luís Eduardo, Ismar Landgol, Carqueija e Alex de Moises

Equipes no Campo Martial

(Cap. Zugaib): Ricardo, Galletti da Rio de Engenho, Heckel Januário, Eduardo Japonês, Everaldo Cabeça de Flande, Vado do Bradesco, Erisvan, Zugaib(Mario Filho entrou aos 40’ da 1ª etapa), Souza da Polícia, Major e Alan Dias

(Cap. Djalma Peludo): Jamilton, Djalma Peludo, Correia do HSBC, Sizinio, Maurilio, Silva, Pescador, Zé Eduardo (Ralio entrou aos 37’ da 1ª etapa), Nilton do BB, Eldon e Garrancho

COMENTÁRIOS

Os observadores acordaram que o jogo no Campo Grimaldo foi parelho, refletindo o escore, ressalvaram, entretanto, uma ligeira tendência de vitória para o time do Cap. Tabosa. No Campo Martial a equipe do Cap. Djalma Peludo mais bem postada dentro das quatro linhas e com mais posse de bola, fez um gol na 1ª etapa e 3 na segunda vencendo a partida com certa facilidade. Destaque para o atacante Eldon. Também registraram que a retaguarda do time dirigido pelo Cap. Zugaib jogou o tempo todo sem uma devida proteção do meio campo, ficando muita exposta ao ataque do quadro adversário.

NOTAS

Nesta  –como acontece em todas as rodadas antes dos associados se dirigirem para a praia– assembleia o presidente Djalma Peludo usou a palavra e anunciou alguns decretos emanados da diretoria em prol da associação.

O Conselho Disciplinar da AVEP, composto pelos associados Galletti da Rio de Engenho, Adauto Negocinho e Mario Cabeça Branca resolveu suspender o atleta Wendell por dois jogos por indisciplina na 11ª rodada, ficando o atleta obrigado em seu retorno a doar 5 quilos de alimentos para a Cesta da Fraternidade, como manda o regulamento.

Após o termino da rodada bom número de avepianos compareceu ao Bar Dois Irmãos na Baixa Fria para degustar a “dobradinha” oferecida por Torisco do HSBC,  lateral-direito de Maringá (PR), e preparada pelo beque-avançado e chef Dinho. Segundo os partícipes, estava uma beleza.  Até o lateral-esquerdo de ofício Sizinio Rosa Barros que não é muito de participar desses eventos regados a ‘suco de cevada’ esteve presente deliciando a iguaria na base da Coca-Cola.

Rapaz, os observadores plantonistas anotaram mais uma do Cap. Paulo Gois do Bradesco. As preleções orientando sua equipe em reuniões circulares dentro do campo já fazem parte da rotina deste capitão, mas a dele andar de joelhos de sua área (ele é beque-de-espera) até o meio do campo depois do fim do baba, foi mais uma inovação do da tarja de oficial. Disseram que a quase promessa –andando de joelhos– se deu em razão de o time adversário haver perdido três gols em lances de ataque praticamente fatais e assim sua equipe haver se safado e sair de campo com o empate.

Registraram também que houve uma avaria no Campo Martial antes do início do jogo em razão de dois atletas escolhidos –um de um lado e outro de outro– para este campo na chamada dos ‘babas’, não estarem presentes no momento de iniciar a partida. Entretanto o Cap. Djalma Peludo, esperto, burlou –embora a regra não seja clara– o costume de ocorrências desses tipos serem solucionadas na praia e, inseriu monocraticamente e rapidamente o primeiro reserva da lista em seu time, deixando o do Cap. Zugaib a ver navios. Rapaz, foi uma confusão retada! Na verdade, como o entrante reserva sempre é chamado de primeira –dito “BIRRO UM” pelos chamadores– o prudente e legal seria o sorteio. O caso ficara conhecido no seio avepiano como um ‘Golpe de Mestre’, fazendo-se necessário de imediato clarear as regras para que não haja prejudicados.

Atenção: não houve fotos da rodada porque nosso fotógrafo oficial estava prestando concurso para a gloriosa Polícia Militar da Bahia. E o azar é que nenhum associado, nem mesmo algum da diretória, portava celular com câmara no início dos babas.

 

BANDA PODRE EM AÇÃO

A Banda Podre à frente o promoter Zezinho da Baixa Fria anuncia aos avepianos que o jogo contra Sambaituba está confirmadíssimo para o dia 27.08.2017 na praia, no mesmo local onde são realizados os jogos da Avep. O horário para começar o jogo está previsto para às 10:00 horas, obedecendo o fluxo da maré baixa. 

O valor por participante é de 20,00 paus para cobrir despesas com o evento.

Bingo Beneficente Para a CASA DA CRIANÇA

A Banda Podre através de seu promoter Zezinho também está realizando o bingo beneficente dia 12.10.2017  em benefício da Casa das Crianças.

Local: Bar Dois Irmãos – Baixa Fria    à a partir do meio-dia

A participação requer a aquisição da cartela no valor de 5,00 paus + um ou mais quilo de alimento ou qualquer brinquedo

O partícipe concorrerá a muitos prêmios.

Procure o promoter Zezinho nos telefones 73 988187734 (Whatapp) ou 981655548

 

INICIANDO UMA IDEIA

Quando a diretoria avepiana, à frente o presidente Djalma Peludo, teve a ideia de homenagear com algumas palavras o avepiano que de algum modo tenha dado alguma contribuição notória a entidade, nós da NOTÍCIAS DA AVEP achamos por bem nomear o título da iniciativa de “Homenagem a um avepiano” e sequencia-la numericamente. Assim sendo o de número 1 embora extra titulado de AVEP_ Uma Tradição no Futebol de Praia de Ilhéus, fizemos homenagem ao “eterno presidenteJACKSON LIMA, este de número 2, ao associado MARTIAL BATISTA CÂMARA. Os dois in memoriam.

 

HOMENAGEM A UM AVEPIANO (2)

Não foi um pioneiro, mas desde que lá pelo início dos anos 90 do século passado entrara na Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, Martial Batista Câmara tornou-se um seu entusiasta. Na lide esportiva avepiana se identificava como centroavante de ofício caracterizado pelo oportunismo, habilidade e um raro faro de gol, características estas que o fizeram artilheiro em inúmeras temporadas dos babas de praia da agremiação. Também se destacara como “capitão”, posto este que –na tradição avepiana dos ‘babas de praia’– possui a atribuição de escolher a equipe e comanda-la dentro das quatro linhas.

Seu currículo não consta, segundo os de seu convívio mais amiúde, haver jogado em quadros do futebol ilheense, mas fora, assim como no futebol praiano, um astro no “Futebol de Salão”, modalidade conhecida hoje em dia pelo seu acrônimo “Futsal”.  A seu respeito o meia-de-contenção avepiano Rogério Midlej que o viu atuar nas quadras, em especial no Ginásio de Esporte de Ilhéus, costuma afirmar: – Jogou muito. Colo-Colo, Satélite, Blackstar foram algumas das agremiações nas modalidades –quadra e praia– que atuara aqui na Capitania dos Ilhéus com destaque.

Ao lado do futebol, atividade esportiva que o fissurava, outra o empolgava intensamente: o empreendedorismo. Embora economista de formação acadêmica, foi a Informática o outro campo em que jogou com desenvoltura. Nesta área fundara em 1983 a Caucaudata e, em 1996 juntamente com Paulo Carvalho (Paulô da Bitway como é conhecido), outro avepiano e amigo, a Bitway Computadores, empresa prenunciadora do Polo de Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus. Além disso, como começara a vida laboral muito cedo, acrescente-lhe a experiência adquirida através da Ceplac, Ritan, Banco Lar Brasileiro, Banco Econômico e Corpercacau, entidades públicas e privadas em que trabalhara.  

É por isso que Martial Câmara, em razão de seu espírito agregador, prestativo, empreendedor, de desportista leal, pode ser considerado no meio esportivo –sobretudo no avepiano– e no empresarial de Ilhéus um exemplo a ser seguido. No da sociedade como um todo, em razão de seu caráter ilibado, diferentemente da maioria dos nossos políticos, um IDEM em letras garrafais.

Ainda que aperte citar, emocionante foi quando –a seu pedido, enfermo em Salvador– suas cinzas foram lançadas, meio a avepianos e familiares presentes, em 11.12.2011 ao “mar da Avep” – local onde acontecem por tradição quase secular os “babas” avepianos na praia da Av. Soares Lopes. A referida data seria mais uma das últimas rodadas de “babas de praia” da Temporada 2011 avepiana, se este acontecimento não ficasse marcado pela paixão por uma associação e pela grandeza de um homem.

Em tempo:  Martial nasceu em Itajuípe em 12.05.1945 e era casado com Celina Pereira Câmara. Na ocasião de sua morte em 7.10.2011 deixara quatro filhos e dois netos.

         Em tempo2: Após o seu falecimento a AVEP o homenageou renomeando o campo que era denominado Campo 2 como Campo Martial. O Campo 1 passou a ser Campo Grimaldo, também em homenagem póstuma a um avepiano.

         Em tempo3: A equipe da NOTÍCIAS DA AVEP, como é chamada essa tentativa avepiana de divulgação, agradece a todos –avepianos e não avepianos– pela colaboração na elaboração desta pequena homenagem.  Foram valiosas as fotos e os documentos recebidos, bem como as confirmações e os acréscimos de informações obtidos das conversas realizadas.  


| Postado em Espaço do Leitor, Esportes
| | 547 visualizações

One Response to “NOTÍCIAS DA AVEP”

Deixe seu comentário