O dia do maçom no Brasil é comemorado dia 20 de agosto. Muitos mistérios envolvem os maçons e os rituais maçônicos. Mas, esta data foi escolhida para celebrar o importante papel que esta “sociedade secreta” teve para um dos momentos históricos mais importantes do país: a independência do Brasil. No dia 20 de Agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria “Comércio e Artes” e “União e Tranqüilidade”, na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, o Irmão Gonçalves Ledo teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.

A idéia de Gonçalves foi aprovada por todos os irmãos naquela reunião e registrada na ata do Calendário Maçônico no 20º dia, do 6º mês do ano da Verdadeira Luz de 5.822. Esta data, convertida para o calendário gregoriano (o que é usado na maioria dos países ocidentais), seria equivalente ao dia 20 de Agosto de 1822.

Teria sido por impulso da sociedade maçônica que o Príncipe Regente Dom Pedro I teria proclamado a Independência do Brasil no dia 7 de Setembro de 1822 (menos de um mês depois da grande reunião no Rio de Janeiro).

A data oficial foi oficializada no artigo 179 da Constituição do Grande Oriente do Brasil, tornando o dia 20 de Agosto o Dia do Maçom Brasileiro.

Ao contrário dos que pensam e não sabem e nem se informam sobre a maçonaria, inventam coisas absurdas, que é demoníaca, e ainda defendem que tem ligação direta com o Demônio, além de utilizar outros tipos de adjetivos. Nós somos homens Livres e de bons costumes, que não combina nada com coisas voltada á improbidade.

Vimos anteriormente à ação da Maçonaria e dos maçons na história. Vimos também variadas concepções de Maçonaria, todas dentro do princípio de que ela é uma Instituição que contribui de fato para o aperfeiçoamento do homem. Vimos os matizes estratégicos utilizados pela Ordem para cumprir o seu papel em determinadas latitudes, alguns carregados das cores vivas da ideologia libertadora.

Segundo o Dicionário da Maçonaria, de Joaquim Gervásio de Figueiredo, no verbete Franco-maçonaria, “foi fundada em 24 de junho de 1717, em Londres”. O termo maçom, segundo o mesmo Dicionário, provém do inglês mason e do francês maçon, que quer dizer ‘pedreiro’, e do alemão metz, ‘cortador de pedra’. A origem da maçonaria está ligada às lendas de Ísis e Osíris, no Egito; ao culto a Mitra, vindo até a Ordem dos Templários e a Fraternidade Rosa Cruz.

Fonte: Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra e

              Calendarr Brasil