WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica
fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  






:: 5/fev/2018 . 15:48

Placas de Outdoors começam a ser retiradas no centro de Ilhéus

Como resultado de um acordo entre a Prefeitura de Ilhéus, o Ministério Público do Estado (MPE) e as empresas publicitárias exibidoras de outdoor, as placas existentes na zona central da cidade começaram a ser retiradas desde ontem, quinta-feira, cumprindo o TAC – Termo de Ajustamento de Conduta – assinado em 3 de novembro passado.  Segundo o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Pacheco Soub, a partir de agora, as placas de outdoor serão instaladas em locais disciplinados através do Decreto nº 120, de 31 de outubro de 2017.

A ação é coordenada pela Superintendência Municipal de Meio Ambiente e pela Gerência de Uso do Solo, órgãos vinculados à Seplandes, em articulação com a Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público, e foi construída a partir de diálogo com a Associação das Empresas de Outdoor do Sul da Bahia.O objetivo é disciplinar a utilização de outdoorsno Município de forma a promover um meio ambiente equilibrado e sadio à qualidade de vida.

A remoção das placas no centro da cidade ocorreu voluntariamente por parte dos empresários do setor, membros da Associação Sul Bahia de Outdoors, no prazo estabelecido pelo TAC. Inicialmente, foram retiradas as placas de outdoor instaladas na Avenida Itabuna, no trecho próximo ao Viaduto Catalão, e na rua de acesso à Ponte Lomanto Júnior.

Para o vice-prefeito José Nazal, “trata-se de um momento histórico, reivindicado há décadas pela sociedade de Ilhéus. E o mais importante é que foi construído com transparência, entendendo a importância deste meio de publicidade, mas respeitando o desejo da população de enxergar a cidade menos poluída e mais natural”, destacou. :: LEIA MAIS »

JOGO DO COLO COLO DE FUTEBOL E REGATAS DIA 04/03, TERÁ PREÇO POPULAR A R$ 5,00. Um presente aos torcedores do tigrão.

O jogo de estreia do Colo Colo (Ilhéus) X Galícia (Salvador) marcado para o dia 04 de março, às 15 horas no estádio Mário Pessoa terá preço popular de R$ 5,00 (cinco reais) nas gerais.

A Arezza/Adilis, empresa gestora do empresário e parceiro Weliton Nascimento,  em respeito aos torcedores colocolense disponibilizará cota necessária de ingressos para atender a demanda. “A Arezza/Adilis custeará qualquer despesas extras de ingressos caso aconteça”. adianta Weliton Nascimento, que afirma ainda: “Queremos transformar a Arena Mário Pessoa num caldeirão”.

Muitas pessoas e empresas começam a ligar pra saber aonde comprar os ingressos antecipadamente.  Segundo orientação da ArezzaAdilis é que até o dia 25 de fevereiro será disponibilizado os locais de vendas.

Para as arquibancadas cobertas o preço do ingresso será definido posteriormente. Mas,  devem ter um custo bem barato, em torno de R$ 10 a R$ 15.

Segundo ainda a Arezza/Adilis, até o dia do jogo deverá ser pedido a FBF capacidade máxima de ingressos, pois a movimentação da torcida é muito grande e com valores populares é natural que mais pessoas tenham mais condições de comprar e torcer. “E, nesse momento nosso objetivo é trazer o torcedor para o estádio para incentivar e provar que o tigrão é de fato a maior torcida da Bahia”, afirmou o empresário Weliton Nascimento ao jornalista Elias Reis.

fonte: www.jornaldoradialista.com.br

Ilhéus: Quadriciclo é removido em Operação Verão

Na tarde do domingo (04), um veículo de quatro rodas (quadriciclo) foi removido para o pátio da Ciretran, bem como extraído Auto de Infração de Trânsito, após policiais verificarem a realização de manobras como “cavalo de pau” e “empinamento”, colocando em risco banhistas e pedestres da região de Ponta da Tulha, litoral norte de Ilhéus.

Ao ser abordado pela equipe, o condutor evadiu do local com o veículo, arrancando bruscamente. Após ser alcançado, o homem foi conduzido à 7ª COORPIN, detido por Desobediência e Direção Perigosa.

Na oportunidade o TEN PM Hugo, coordenador da Operação Verão no Litoral Norte, orienta aos frequentadores, que a Resolução 573/15 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu requisitos de circulação e segurança dos veículos automotores denominados quadriciclos. Na norma, todos os quadriciclos devem ser registrados e licenciados para poderem circular pelas vias públicas brasileiras.

Além disso, os veículos devem ser emplacados na traseira, assim como as motocicletas, e os condutores precisam ser habilitados na categoria “B”. Ainda de acordo com a Resolução, é obrigatório o uso de capacete e viseira por condutor e passageiros e é proibido o transporte de crianças menores de 7 anos. E também, a circulação dos quadriciclos é proibida em rodovias federais, estaduais e do Distrito Federal.

do agravo

CARRO VAI PEGAR JET SKI E CAI NA BAIA DO PONTAL

No último sábado um motorista foi pegar seu Jet Ski na baía do Pontal, em Ilhéus, mas ele engatou erradamente a ré e o carro acabou caindo na Baía.

Várias pessoas ajudaram para o carro ser retirado da água, mas não obtiveram êxito, foi necessário ser rebocado por outro veiculo. Segundo informações, ninguém ficou ferido no acidente.

“Tuberculose no Presídio Ariston Cardoso foi controlada”, afirma diretor

Tuberculose afeta detentos no Ariston.

A mãe de um interno do presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, denunciou que 02 presos que estão no módulo 2 estariam com tuberculose. Ainda de acordo com a mulher, a situação é ainda mais grave para os pais, irmãos e até crianças, que frequentam a unidade prisional em dias de visitas e ficam vulneráveis a doença contagiosa.

O diretor do presídio, Major PM Gustavo Rebouças, explicou à reportagem do FR Notícias, que os presos diagnosticados com a doença foram medicados e, após o tratamento que dura 10 dias, não terão condições de transmitir o vírus, descartando qualquer tipo de epidemia, conforme avaliação do setor de saúde da unidade prisional.

As condições precárias às quais muitos presos são submetidos, entre elas a superlotação e a falta de ventilação e iluminação nas unidades prisionais, favorecem a disseminação da doença cuja bactéria é transmitida pelo ar. Outras condições frequentes entre presos também os tornam ainda mais vulneráveis, como a infecção por HIV, a má-nutrição e o uso de drogas.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia