WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: mar/2018

INSCRIÇÕES NA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA DAS ESCOLAS PÚBLICAS SE ENCERRAM NA SEGUNDA

As inscrições para a 14ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) serão encerradas  na segunda-feira (2). A competição é promovida pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), unidade de ensino e pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e ao Ministério da Educação.

Para garantir presença na Obmep, as instituições de ensino interessadas devem fazer as inscrições na página eletrônica da olimpíada. O procedimento é simples: basta preencher a ficha de inscrição disponível exclusivamente na página, conferindo todos os dados exigidos e salvando o arquivo de confirmação.

Após o final das inscrições, os estudantes serão submetidos às provas em duas etapas: nos dias 5 de junho (primeira fase) e 15 de setembro (segunda fase). Os exames, como informou o órgão, consistem na resolução de problemas complexos nas várias áreas da matemática. A divulgação dos vencedores será feita no dia 21 de novembro.

PREMIAÇÃO

A olimpíada de matemática não premiará apenas os ganhadores de medalhas de ouro, prata e bronze. Segundo o Impa, os estudantes que não atingirem os três primeiros lugares do pódio, mas que tiverem bom desempenho na competição, serão premiados com menções honrosas e oferta de bolsas de estudos no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com o diretor-adjunto do Impa, Claudio Landim, serão concedidas 6,5 mil bolsas de iniciação científica, na modalidade júnior, aos estudantes com os melhores desempenhos. Durante 12 meses, os premiados receberão uma ajuda mensal de R$ 100 e visitarão universidades e institutos federais para aprimorar os conhecimentos. “Serão aulas de quatro horas de duração resolvendo problemas variados de matemática de uma forma que não é vista em sala de aula”, completou Landim.

A Obmep é realizada com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e recebe recursos do MCTIC e do Ministério da Educação.

A SITUAÇÃO DA OAS

A OAS toca uma das principais obras do estado no sul da Bahia, a construção da ponte estaiada que ligará o centro à zona sul de Ilhéus, e venceu a disputa pela duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. Juntas, as duas obras demandam investimentos de pouco mais de R$ 200 milhões.

Não tem faltado dinheiro para a construção da ponte. O ritmo da obra é que não empolga. Durante uma vistoria em Ilhéus em janeiro, o governador Rui Costa cobrou celeridade da equipe de engenharia da OAS. A cobrança foi feita pelo governador enquanto um dos engenheiros falava das etapas da obra. Reportagem do PIMENTA presenciou a cobrança.

ATRASO DE SALÁRIO

Nos bastidores da empresa, dentre os assuntos mais comentados estava a falta de pontualidade no pagamento de salários. A construtora baiana atrasou o salário de fevereiro de parte dos funcionários. O atraso atingiu ocupantes de cargos de confiança. A empreiteira, que tem dívidas superiores a R$ 10 bilhões e trocou de presidente no último mês, disse que o atraso era pontual e devido a atraso no recebimento em obras pelo país. A situação da OAS foi retratada em reportagens em jornais brasileiros.

do pimenta

Loja Ricardo Eletro em Itabuna é arrombada pela sexta vez somente esse ano

A Loja Ricardo Eletro localizada na Avenida Cinquentenário, em Itabuna, foi arrombada pela sexta vez somente esse ano. O arrombamento ocorreu na madrugada deste sábado (31).
Segundo informações, os bandidos levaram ventiladores e outros eletrodomésticos pequenos. Parte dos produtos que estavam amarrados no balcão foram quebrados pelos criminosos.
A Polícia Militar foi acionada.

Convocados taxistas para renovar alvarás de circulação em Ilhéus

Os proprietários de táxi de Ilhéus estão sendo convocados pela prefeitura para realizar vistoria sobre as condições de trafegabilidade dos veículos. O processo de renovação do alvará de circulação acontece na Base Operacional da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), situada na Rua 14 de Agosto, s/n, bairro da Cidade Nova, ao lado do Ginásio de Esportes Herval Soledade. O atendimento é feito de acordo com as datas determinadas para cada “praça” e por ordem de chegada, das 8 às 13 horas, até o dia 6 de abril. A vistoria em vigor vence no dia 31 deste mês.

Os documentos exigidos para iniciar o processo de vistoria são cópias do alvará de circulação; cartão de identificação; carteira nacional de habilitação (com observação que exerce atividade remunerada); certidão de condutor emitido pelo Departamento de Trânsito da Bahia (Detran); Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV); e duas foto 3×4 recentes (máximo de seis meses).

Também outros documentos são solicitados para a vistoria, a exemplo do atestado de antecedentes criminais liberado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia; certidão de ações criminais que pode é liberada pela Justiça Estadual; certidão da Justiça Federal; cópia do curso de condutor de táxi; inscrição como autônomo no INSS; título de eleitor; e comprovante de residência atualizado, em nome do requerente.

Datas e praças – A Sutran informa que o proprietário de táxi deve ficar atento para a data da vistoria. De 2 a 6 de abril o atendimento estará sendo feito para os taxistas das “praças” 1, 2A, 2B, 2C, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10. E de 9 a 14 de abril para quem trabalha nas “praças” 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20 e 21. Os alvarás de circulação serão entregues aos proprietários de táxi a partir do dia 17 de abril, com a previsão de terminar os trabalhos no dia 20 do mesmo mês.

Se o taxista que não comparecer nas datas e horários determinados de acordo com sua “praça” ele irá aguardar o término de todo o processo de vistoria para então agendar nova data. Ele estará sujeito ao atraso na expedição e entrega do seu alvará e cartão de identificação.

´Agora sim, temos médicos´, elogia comunidade de Sambaituba

“Graças a Deus, agora está bom. Temos médico, às segundas e quartas, e quem chega aqui é muito bem cuidado”. O elogio é da dona de casa Adriana Oliveira Santos, de 31 anos. Ela mora na localidade interiorana de Sambaituba, em Ilhéus. Por muito tempo, o atendimento no posto de saúde local era irregular. Faltava médico, medicamento. Agora, a situação mudou. O atendimento é garantido e feito também para as comunidades do entorno.

Aberto de segunda à sexta-feira, nos turnos da manhã e da tarde, o Posto de Saúde de Sambaituba também atende aos moradores de Urucutuca e Campinhos, povoados vizinhos. São oferecidos serviços de consulta médica, pré-natal, teste do pezinho, aferição de pressão, nebulização, medicações, acompanhamento Bolsa Família e atendimento a domicílio.

Medicamentos e médico – “O pedido da farmácia também foi atendido. Não tenho do que reclamar mesmo”, completou Adriana. Verônica Reis, de 28 anos, também moradora da localidade, ampliou os elogios ao médico que atende a comunidade. “É excelente, além de estar sempre presente. Pra gente aqui, da zona rural, isso é perfeito”, afirmou.

A atendente do posto há muitos anos, Daiane Santos, 28 anos, lembra que durante a maior parte da gestão anterior, a unidade esteve de portas fechadas. “Os pacientes precisavam se deslocar para outros lugares para adquirir os remédios receitados, agora, a gente tem a nossa farmácia, também. Aqui, ninguém volta pra casa sem atendimento”, disse.

Logística – Para quem sai de Sambaituba, chegar ao centro de Ilhéus representa uma viagem de mais de 40 minutos e cerca de 20 quilômetros de estrada, o maior trecho, sem pavimentação. “Um inconveniente para quem não está em boas condições de saúde e tem que se sujeitar a uma viagem nem sempre tão confortável”, explica dona Joana, moradora de 61 anos. “Mas agora tá bem melhor, muito melhor”, assegura.

A equipe de trabalho é composta por médicos, técnico de Enfermagem, Agentes Comunitários e atendente.

Morador de Barra do Choça morre afogado em praia de Ilhéus

Um jovem morador de Barra do Choça morreu afogado na praia Jóia do Atlântico, em Ilhéus, região sul da Bahia, O incidente ocorreu por volta das 11:00 horas desta sexta-feira, 30/03.

De acordo com informações colhidas pelo Blog do Jorge Amorim, o rapaz de prenome Jhonny, de 22 anos, é morador da Muritiba, localidade rural de Barra do Choça. Ele chegou com um grupo de amigos na madrugada desta sexta-feira.

“Estava na beira do mar, e de repente desapareceu, o corpo só pareceu depois de 30 minutos, já sem vida”, relatou um amigo.

O Blog colherá novas informações e logo mais trará detalhes deste trágico incidente, conforme diz o site do Jorge Amorim.

Atualizado às 15:32: Foi identificado o barrachocense, vítima de afogamento ocorrido na manhã desta sexta a-feira, 30/03, por volta das 11:00 horas, na praia  de Jóia do Atlântico, em Ilhéus, região sul da Bahia. A vítima, Aldione da Silva Gomes “Jhonny”, 22 anos. Jhonny é morador da Muritiba, localidade rural de Barra do Choça.

De acordo informações, Jhonny participava de uma excursão com um grupo de amigos. Chegaram na pousada por volta das 3:00 horas da manhã, poucas horas depois ocorreu o afogamento. “Ele estava na beira do mar, e de repente desapareceu, o corpo só pareceu depois de 30 minutos, já sem vida”, relatou um amigo.

HOSPITAL DA COSTA DO CACAU REALIZA FEIRA DE SAÚDE COM RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA

O Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, realizou nos dias 26 e 27 de março, a I Feira de Saúde, evento que marcou os 100 dias de funcionamento da unidade. Com serviços gratuitos, a feira atendeu cerca de 860 pessoas. Desse total, 200 realizaram o exame de mamografia e 660 pessoas realizaram consulta ambulatorial nas especialidades: buco-maxilo-facial, cardiologia, clínica geral, cirurgia geral, gastroenterologia, ortopedia, pneumologia e urologia, com destaque para o atendimento na área de clínica geral.

As mulheres que fizeram o exame de mamografia poderão se dirigir ao hospital, a partir do dia 03 de maio, das 08h às 12h. É necessário apresentação de documento com foto para entrega do resultado. A doméstica Izania dos Reis, de 38 anos, saiu de Ibicaraí, município longínquo cerca de 80 km de Ilhéus e conseguiu atendimento para o clínico geral. “Essa feira é uma iniciativa muito boa. Eu já fui atendida pelo médico e agora irei fazer o teste da hepatite. Não tenho do que reclamar, o tratamento que recebi foi ótimo”, afirmou.

“É de suma importância a ligação entre o hospital e a comunidade e entre todas as equipes de Atenção à Saúde. A ação realizada visa, sobretudo, fortalecer o nível de informação da população sobre a saúde preventiva, ou seja, o conjunto de medidas e ações voltadas para a prevenção de doenças ou qualquer tipo de agravo à saúde”, encerra o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger. A feira contou também com o apoio dos profissionais da Secretaria Municipal da Saúde de Ilhéus.

Bandidos morrem em confronto com a Polícia Militar de Camacan

Cinco bandidos morreram em confronto com a Polícia Militar de Camacan, no distrito de Anuri, na madrugada desta sexta-feira (30).
Segundo informações, a Polícia recebeu denúncias anônimas de que na localidade ocorria um intenso movimento de tráfico de drogas e que indivíduos estavam espalhando terror entre os moradores.
A polícia se deslocou para o local para averiguar a veracidade da denúncia. Ao perceberem a aproximação das guarnições os criminosos atiraram contra os policiais e houve o revide.
Com os bandidos, que até o momento não foram identificados, a polícia apreendeu 50 buchas de maconha, uma grande quantidade de crack e uma balança de precisão.
Segundo informações do Capitão Penalva, Comandante da Polícia Militar em Camacan, os bandidos estavam aterrorizando a comunidade há pelo menos seis meses.
O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna foi acionado para fazer a remoção dos corpos.

Reunião debate captação de recursos para requalificação e pavimentação das ruas do Bairro Princesa Isabel

O vereador Juarez Barbosa (MDB) esteve em Brasília em reunião com o deputado federal Bebeto Galvão (PSB) onde foi debatida a viabilidade de executar a requalificação e pavimentação das ruas do bairro Princesa Isabel.

Com o requerimento de Juarez, o deputado Bebeto Galvão esteve com a secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedur) do governo da Bahia, Jusmari Oliveira, para tratar sobre o pedido.

A luta do vereador por melhorias para os moradores da Avenida Princesa Isabel é constante, e desde sua posse já encaminhou ao Poder Executivo, indicações requerimentos, solicitando soluções dos problemas que afetam a comunidade.

DO AGRAVO

NESSE SÁBADO 31/03/2018, DEIXE O RANGO POR NOSSA CONTA

JÁ QUE PODE COMER CARNE, NADA MELHOR QUE A NOSSA TRADICIONALÍSSIMA FEIJOADA, R$12.00

RESERVE NO 988135460

CONSULTE TX DE ENTREGA

 

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE ESPECIAL

1) ENCONTRO DO GRUPO RM (ILHÉUS) COM O GRUPO RC (CANAVIEIRAS) PARTE 1.

2) 2º ENCONTRO DE CARROS ANTIGOS E MOTOS DE ILHÉUS.

3) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

A ÁRVORE DO PEQUENO PRÍNCIPE

Luiz Ferreira da Silva, 81.

Engenheiro Agrônomo e Escritor

[email protected]

Quem leu o livro de Antoine Saint Exupéry se lembra da majestosa árvore africana, o Baobá. Não é que, aqui, perto de minha residência (Ponta Verde, Maceió/Al), descobri um secular representante, plantado pelos escravos!

Gosto muito de andar pelas ruas, sobretudo na orla, apreciando a paisagem, oportunizando-me admirar árvores seculares, remanescentes da mata atlântica, sobretudo. Foi assim, que descobri e até escrevi sobre duas delas – O Oitizeiro da Pajuçara e a Gameleira dos pescadores. Ambas, com mais de 100 anos.

Recentemente, na chamada Praça dos Skates, deparei-me com um baobá, também secular. Há três meses que lança belas flores que não duram mais de 24 horas.

Em sua homenagem, já que ninguém o reverencia e os órgãos públicos do meio ambiente e as fajutas ongs ecológicas nem estão aí e, talvez, nem sabem da sua existência, resolvi saber dele, numa linguagem “fito-telepática” que desenvolvi para falar com as plantas. Não sou maluco, não!

ODE AO BAOBÁ DE MACEIÓ

Vim de longe, lá do continente africano,

Plantado pelos escravos, trabalhadores sem destemor.

Fincado no chão duro sob o sol nordestino

Adaptei-me, vicejei e cresci com esplendor.

A minha arquitetura provida de um caule expansivo

A sua cor esverdeada e vigor despertam atenção

Foi o que aconteceu com Antoine Exupéry

Inseriu-me no seu belo livro O Pequeno Príncipe, então.

Na nova Pátria, ainda sou uma criança de menos de 400 anos.

Enquanto meus ancestrais do Senegal ultrapassam os 5 mil.

Em Maceió, na Praça Muniz Falcão, chamada do skate

Reino sozinho e olhando de cima emano energias de modo sutil.

Mas, essa minha visão angular alcança também o mar.

Da bela praia, infelizmente me chegam odores, poluídos com certeza.

O descaso ambiental, a insensatez do homem e a carência pública.

Lamento informar: ninguém ficará impune ao contrariar as Leis da Natureza.

Por muitos e muitos anos poucos nem se aperceberam da minha pujança

Tampouco procuraram saber o meu nome e até me ferem com tolas inscrições

Eis que, para minha alegria, um Agrônomo me reverenciou, divulgando-me.

Passei a ser visitado e admirado, e até percebi o amor vindo de seus corações.

(Maceió, Al, Ponta Verde, 29 de março de 2018)























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia