As inscrições para a 14ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) serão encerradas  na segunda-feira (2). A competição é promovida pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), unidade de ensino e pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e ao Ministério da Educação.

Para garantir presença na Obmep, as instituições de ensino interessadas devem fazer as inscrições na página eletrônica da olimpíada. O procedimento é simples: basta preencher a ficha de inscrição disponível exclusivamente na página, conferindo todos os dados exigidos e salvando o arquivo de confirmação.

Após o final das inscrições, os estudantes serão submetidos às provas em duas etapas: nos dias 5 de junho (primeira fase) e 15 de setembro (segunda fase). Os exames, como informou o órgão, consistem na resolução de problemas complexos nas várias áreas da matemática. A divulgação dos vencedores será feita no dia 21 de novembro.

PREMIAÇÃO

A olimpíada de matemática não premiará apenas os ganhadores de medalhas de ouro, prata e bronze. Segundo o Impa, os estudantes que não atingirem os três primeiros lugares do pódio, mas que tiverem bom desempenho na competição, serão premiados com menções honrosas e oferta de bolsas de estudos no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com o diretor-adjunto do Impa, Claudio Landim, serão concedidas 6,5 mil bolsas de iniciação científica, na modalidade júnior, aos estudantes com os melhores desempenhos. Durante 12 meses, os premiados receberão uma ajuda mensal de R$ 100 e visitarão universidades e institutos federais para aprimorar os conhecimentos. “Serão aulas de quatro horas de duração resolvendo problemas variados de matemática de uma forma que não é vista em sala de aula”, completou Landim.

A Obmep é realizada com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e recebe recursos do MCTIC e do Ministério da Educação.