WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Maio 2018
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  






:: 8/maio/2018 . 19:24

TEMPO, TEMPO, TEMPO…

Anísio Cruz – maio 2018

Tenho um amigo desde os tempos de faculdade, que afirma: “o tempo é um canalha, que destrói tudo”. Então ouço a música do poeta Renato Russo, em que ele afirma que “fazemos o nosso próprio tempo”, e fico a pensar que ambos estão certos. Senão vejamos:

o tempo, esse “vir a ser constante” em que navegamos, nos proporciona uma maravilhosa aventura durante a nossa vida terrena, ensejando que sejamos paridos, cuidados e amamentados, por seres extraordinários, que são as mães que se dedicam a nos proporcionar, diuturnamente, aquilo que necessitamos, desde a mais tenra idade, até o final dos seus dias. O tempo, por sua vez, cumpre o seu papel de nos fazer crescer, e num piscar de olhos, já somos adultos, prontos para também procriarmos, na doce tarefa de perpetuação da espécie. Renascemos com os nossos filhos, e curtimos cada sorriso, cada gesto, cada lágrima, ao longo dos dias, exatamente como fizeram conosco os nossos pais. E vamos nós, fazendo o tempo da nossa existência que, como numa ampulheta, se esvai, até o último dos grãozinhos, aos quais atribuímos a medida dos nossos dias.

E onde estará a canalhice do tempo, como diz o meu amigo soteropolitano, se o transcorrer dos dias, é uma dádiva a nos proporcionar tantos motivos para nos encher de alegrias, se olharmos apenas pelo lado bom do espelho? Certamente por entendermos que todas as nossas experiências, são efêmeras, e aos poucos vão se perdendo no lado opaco do espelho, onde são guardadas as nossas lembranças. Algumas delas são tão vivas, que nos trazem de volta, as emoções que nos foram proporcionadas ao vivê-las. Outras, em que pese o nosso esforço para resgatá-las, caem no poço profundo do esquecimento, e ficam perdidas indefinidamente. Um terceiro grupo de recordações, surgem inesperadamente, ao ouvirmos uma música, revermos uma foto, um lugar especial, ou mesmo ao encontrarmos alguém que nos foi muito importante. :: LEIA MAIS »

Bombeiros localizam 2º corpo nos escombros do prédio que desabou no Centro de SP

O Corpo de Bombeiros encontrou na manhã desta terça-feira (8) um segundo corpo nos escombros do prédio no Largo do Paissandu, no Centro de São Paulo. Segundo informações iniciais, o corpo pode ser de uma criança. A primeira vítima, encontrada na sexta-feira (4), foi identificada como Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, de 39 anos, o homem que morreu quando era resgatado.

Enquanto o primeiro havia sido achado nos fundos do prédio, o segundo estava na área central do terreno, de acordo com o tenente Guilherme Derrite. Bombeiros acreditam que estejam trabalhando agora no pavimento que correspondia ao sétimo andar, onde viviam os gêmeos Welder e Wender, de 9 anos, filhos de Selma, também considerada desaparecida.

“Agora às 6h30, em uma escavação manual, foi localizado o corpo de uma vítima de pequeno porte, podendo ser de uma criança”, disse o capitão Palumbo, porta-voz dos Bombeiros. O corpo tem sinais de carbonização.

Em visita ao local do desabamento por volta das 10h30 desta terça, o secretário de Segurança Pública do estado, Mágino Alves, disse a repórteres que ossos também foram encontrados pelas equipes, que podem ser de crianças ou adultos. O material será enviado para análise no IML.

Alves disse que um anel também foi encontrado. Segundo o secretário, apesar de os bombeiros trabalharem com a possibilidade de encontrar sobreviventes, o “senso comum” indica que essa é uma possibilidade remota.

Ao todo, sete pessoas são procuradas. As equipes estão intensificando as buscas na área central do terreno, porque há indícios de que outras vítimas possam ser encontradas ali. Às 8h35, uma retroescavadeira se afastou para a retomada das buscas manuais e com auxílio de cão. Os trabalhos completaram uma semana nesta terça.

DO G1

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA SEBRAE PROMOVE PALESTRAS E CAPACITAÇÕES GRATUITAS NA NIBS EM ILHÉUS

Com o foco em inovação e tecnologia, o Sebrae em Ilhéus vai promover uma série de palestras, clínicas tecnológicas e capacitações na Nave de Inovação Bahia Sustentável – Nibs, que começa nesta quinta-feira, 10, e encerra no sábado, 12, no Centro de Convenções de Ilhéus. As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae.

O evento é uma iniciativa da MVU Promoções e Eventos, em conjunto com a Associação de Turismo de Ilhéus – ATIL, o Governo do Estado da Bahia e o Sebrae. Segundo a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, o evento acontece com “a ideia de democratizar o conteúdo de inovação e tecnologia para micro e pequenos empresas, potenciais empresários e startups, além de agregar o público jovem”.

A palestra de abertura será com o Ph.D. em Comunicação Digital, professor da USP e colunista da Folha de São Paulo, Luli Radfahrer, às 17h. Ele fundou a Hipermídia, uma das primeiras agências de comunicação digital do país, hoje parte do grupo Ogilvy. Atendeu clientes como AlmapBBDO, MTV, FIAT, Leo Burnett, VISA, Volkswagen e Camargo Corrêa.

Em seguida, das 19h às 22h, acontecem as seguintes palestras: “As três camadas do e-commerce”, com o diretor executivo da ABComm – Bahia, Júlio Pegna; “Preparando sua loja para a Internet”, com a sócia-proprietária da Beecom Negócios e especialista em e-commerce, Valéria Chaussard; “Aumente as vendas de sua loja online através do marketing digital”, com o gestor de projetos inovadores em TI e marketing digital, José Roberto Almeida.

Mais informações pelos telefones: (73) 3613-9734 / (73) 99974-2262 (Sebrae Ilhéus) ou no site da Nibs: nibsbahia.com.

:: LEIA MAIS »

DILAZENZE OFERECE AULAS GRATUITAS DE TEATRO

Entre quinta-feira (10) e sábado (12), sempre às 19 horas, o Grupo Cultural Dilazenze vai realizar uma oficina de teatro gratuita, no seu espaço, no Alto da Conquista, em Ilhéus. O curso é voltado para pessoas que não têm nenhuma experiência na área, mas também para iniciantes e atores profissionais. O objetivo da iniciativa é formar o grupo que participará do primeiro espetáculo teatral do “Dila”.

O ator Pedro Albuquerque, membro do Teatro Popular de Ilhéus formado na Escola de Artes da UFBA, vai conduzir as aulas e o processo de formação do núcleo de teatro do dilazenze.

Para participar das aulas é necessário ter pelo menos 15 anos de idade. As inscrições devem ser realizadas na sede do Dilazenze. Obtenha mais informações por meio do telefone (73) 9 8166-7964.

Ramesés Cáridas é campeão da I Copa IFBA de Judô

No último domingo (06), no ginásio do Instituto Federal da Bahia (IFBA) de Ilhéus, Ramesés Cáridas, de 12 anos tornou-se  campeão da I Copa IFBA  de Judô. Em 2º lugar ficou  Heitor Silva e em 3º, Diego Eric. O evento foi realizado  pelo IFBA e pela Federação Baiana de Judô (Febaju), sob a coordenação  de Cácio Costa, Arnou Lobo e Edimerson .

Na classificação final, em 1º lugar ficou a equipe  Renascer do Sensei Alberto Sales e Sensei Eduardo, em 2º lugar Judô Sobreira e empatados por pontuação no  3º, Nissei e IFBA.

Rameses Cáridas agradece o patrocínio da Faculdade de Ilhéus e o apoio da AABB de Ilhéus, Academia Físico Center ,Clube 19 de Março, Click Cosméticos, Disbom Sorvetes, Ideal Fotos, Erthour, Ley Bike, Skala Modas, Lave Leve lavanderia, Sinal Verde, Livraria Universal Farmácia Acosta em Feira de Santana, LR Auto Peças e Sport Lazer. Todos os vídeos das competições podem ser vistos no canal Rameses Cáridas no Youtube.

Pesquisa aponta que 60,8% de crianças baianas vivem na pobreza

Um balanço aponta que 60,8% das crianças baianas são acometidas pela pobreza. Em termos numéricos, são mais de 2 milhões em relação às 3,4 milhões de menores de 0 a 4 anos que vivem no estado.
Conforme o A Tarde, os dados são do estudo Cenário da Infância e Adolescência no Brasil 2018, divulgado pela Fundação Abrinq. O nível de pobreza é classificado pela renda per capita [de acordo com a renda dos responsáveis pelos filhos] em até meio salário mínimo.
O levantamento tomou como base a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE em 2015. Naquele ano, o salário mínimo era de R$ 788, e mais da metade das crianças baianas também estavam em condição de pobreza. Em relação à extrema pobreza, 515,2 mil crianças estão nessa condição na Bahia. Para configurar estado de extrema pobreza a renda per capita vai até um quarto do salário mínimo.























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia