WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa sesab bahia


agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 17/ago/2018 . 15:56

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) CICLISTAS NA AVENIDA.

2) NOSSA HOMENAGEM PARA UMA GRANDE SENHORA.

3) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Itacaré realizará etapa do Mundial de Surf de 18 a 21 de outubro

Itacaré vai se transformar na capital internacional do surf com a realização do Mundial QS1.000 Masculino e Feminino e o Itacaré Surf Music 2018, que acontecerão entre 18 e 21 de outubro, na Praia da Tiririca. O evento vai reunir atletas de diversos países e terá como diferencial, além das belezas naturais da cidade e das excelentes ondas de Itacaré, a conscientização para a necessidade de preservação ambiental com uma série de ações educativas voltadas para a conservação da natureza e a sustentabilidade. E paralelo ao evento vai acontecer um festival de música, com grandes atrações nacionais, a exemplo de Maneva, Ponto de Equilíbrio e outras bandas que serão anunciadas nos próximos dias.

O lançamento do Mundial de Surf aconteceu na noite da última quinta-feira (16/08), no Terra Boa Boutique Hotel, contando com a presença do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, secretários municipais, vereadores, do diretor da WSL South America, Roberto Perdigão, do presidente da Federação Baiana de Surf, Marcelo Barros, do presidente da Associação de Surf de Itacaré, Alisson Reis, além dos patrocinadores que acreditaram na iniciativa de trazer de volta para Itacaré uma importante etapa do mundial. A festa reuniu ainda atletas, representantes de diversos segmentos voltados para o turismo e o esporte, imprensa e entidades ligadas ao meio ambiente que estarão desenvolvendo projetos educativos durante o mundial.
Durante o lançamento o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, falou da importância do mundial de surf para a cidade, consolidando o município como uma referência internacional do esporte. O diretor da WSL, Roberto Perdigão, também destacou o potencial de Itacaré e o sucesso do mundial do ano passado, reafirmando que a cidade foi modelo para todo o mundo em organização e desenvolvimento de ações ambientais. :: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP

14ª RODADA COM VITÓRIAS DOS CAPITÃES MELGAÇO E DJALMA PELUDO

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, realizou, conforme súmulas, domingo(12) pela manhã a 14ª rodada desta modalidade esportiva de sua Programação 2018 onde, no Campo Grimaldo a equipe do Capitão Melgaço goleou a do Capitão Luís Humberto pelo escore de 5 a 1 com gols de Ismar Landgol(3), Garrancho 100 Anos de Praia e Daniel Murta. O próprio Luís Humberto fez o chamado ‘gol de honra’ da perdedora. No Campo Martial o quadro do Capitão Djalma Peludo venceu o do Capitão Renatinho por 3 a 1. Wendell da Autoescola fez os 3 gols do vencedor e Nilton do BB o do perdedor. Os confrontos foram marcados por Ronivon Pereira Dias (Campo Grimaldo) e Wilson Salviano, juízes pertencentes à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI e não foram alvos de maiores reclamações por parte dos partícipes. Os “babas”, como sempre acontece, foram jogados na praia da Av. Soares Lopes(bem defronte ao espaço cultural Tenda Teatro popular de Ilhéus).

Equipes que atuaram no Campo Grimaldo:

(Cap. Luís Humberto): Goleiro Ricardo, Gilson, Correia do HSBC(Vado do Bradesco entrou aos 5’ do 2º tempo), Sízinio do Remo(Paulinho da AFC entrou no intervalo) e Heckel Januario; Danilo, Geraldo da Ceplac(Alex de Moises entrou aos 40’ do 1º tempo), Eldon do Ofertão, Mario Sergio, Luís Humberto e Paulo Carqueija

(Cap. Melgaço): Goleiro Fernando, Gicelio Ram Ram, Galetti da Rio de Engenho, Torisco do HSBC(Ralio da Contabilidade entrou aos 6’ da 2º tempo) e Silvio Reis(Luís Mario Garotinho entrou aos 40’ do 1º tempo); Melgaço, Daniel Murta, Pescador, Ismar Landgol e Garrancho 100 Anos de Praia :: LEIA MAIS »

Confira o roteiro de Rui Costa pelo interior neste fim de semana

Dando continuidade à série de viagens pelo interior, o candidato a governador pelo PT na Bahia, Rui Costa, acompanhado dos candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e a senador, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), visita, entre este sábado (18) e domingo (19), dez cidades baianas. No sábado (18), ele vai a Filadélfia, Itiúba, Cansanção, Queimadas e Santaluz, municípios que compõem o Território de Identidade do Sisal.

A maratona pelo interior começou nesta sexta-feira (17), em Jacobina, Caém, Saúde, Pindobaçu, Antônio Gonçalves e Senhor do Bonfim. No domingo, Rui vai a Valente, Retirolândia, Conceição do Coité, Serrinha e Santa Bárbara, pertencentes aos Territórios do Sisal e Portal do Sertão. Confira abaixo a programação completa da comitiva neste fim de semana:

Sábado:

8h – Minitrio em Filadélfia. Concentração: Praça da Feira.

10h – Minitrio em Itiúba. Concentração: Praça da Matriz.

13h – Minitrio em Cansanção. Concentração: Praça da Boate Esmeralda.

15h – Carreata e Minitrio em Queimadas. Concentração: Praça do Pirulito.

18h – Carreata e Minitrio em Santaluz. Concentração: ao lado do INSS e posto de combustível no Centro. :: LEIA MAIS »

AGRISSÊNIOR NOTICIAS – Edição 681 – ANO XV – de agosto de 2018

O PESADELO DA FOME GLOBALIZADA

Luiz Ferreira da Silva

Os agrônomos, há muito tempo, vinham incessantemente alertando sobre a deterioração do solo.

A população crescera-mais de 50 bilhões de bocas naquele século – e, mesmo com toda a tecnologia, não havia alimentos, inclusive para os ricos, quanto mais para os pobres. No caso destes, em momento algum a população rural dos países subdesenvolvidos teve acesso aos modernos sistemas de produção.  Enquanto que os apaniguados, as “plantations”, com todos os incentivos e benesses governamentais não souberam utilizar os fertilizantes, nem os pesticidas e, tampouco, as práticas de irrigação, reduzindo a capacidade produtiva dos terrenos, provocando desequilíbrio ambiental.

A visão era produtivista ou economicista, sem se ater aos problemas de deterioração do solo, preocupando-se mais com o imediatismo. Não havia a antevisão do legado da terra às gerações futuras – usar sem depredar.

Muitos fatores contributivos para tal desastre: inadequado uso de maquinarias agrícolas (compactação e arraste da capa orgânica); plantios morro a baixo, sem curvas de nível, ocasionando erosão (perdas de solo e de nutrientes); cultivos monoculturas contínuos (repositório de pragas e doenças); desmatamento com a eliminação da cobertura vegetal nos morros, bacias hidrográficas e margens fluviais; e queimas constantes (perda da estrutura do solo e coesão dos seus horizontes, pela iluviação das partículas finas).

Não havia a conscientização de que o solo é o recurso mais importante da agricultura, significando dizer que deveria ser bem trabalhado para permanecer produtivo, sem se desgastar, possibilitando ser usado de pai para filho, com um legado usufruto. Em outras palavras, ninguém seria dono da terra, mas um “tomador de conta” desse bem de seus descendentes, com a responsabilidade de passá-la para as subsequentes gerações de forma preservada, sadia e produtiva. :: LEIA MAIS »

Rui destaca propostas e ações realizadas em debate

“Vou continuar no meu estilo, do meu jeito, que é apresentando propostas. Graças a Deus, temos muito trabalho para mostrar e isso nos dá credibilidade para apresentar novas ideias para a Bahia”. A declaração é do candidato à reeleição para o governo da Bahia, Rui Costa, após o término do debate da Band, já na madrugada desta sexta-feira (17). Propositivo nos cinco blocos do programa, o governador lamentou que os candidatos tenham adotado uma postura agressiva, frustrando a expectativa dos eleitores baianos.

“A população percebe quem tem conteúdo para apresentar e quem participa apenas para agredir e ofender. O povo não suporta mais tanto ódio na política, mas tem quem prefira continuar fazendo a velha política”, acrescentou Rui Costa, que destacou suas principais ações ao longo deste primeiro mandato. “Eu tenho tanta coisa pra mostrar que teve candidato reclamando que eu tava fazendo propaganda no debate. Enquanto isso, teve candidato que não conseguiu apresentar nada que tenha feito em sua carreira política”, lamentou Rui.

Educação

No primeiro bloco do debate da Band, a pergunta escolhida pelos telespectadores abordou a temática Educação, com reflexos na Segurança Pública. Prioridade maior nos quatro anos da primeira gestão do candidato à reeleição, Rui iniciou a resposta ressaltando o programa Educação para Transformar, eixo condutor das ações durante os quatro anos.

Rui destacou como foi importante a formação, para ele e milhares de pessoas que conseguiram mudar de vida. Citou a Educação Profissional como prioridade de gestão, tendo capacitado mais de 140 mil jovens nos últimos quatro anos. Também o programa Primeiro Emprego, que beneficia egressos e estudantes da educação profissional e tecnológica, com melhores resultados. De dezembro de 2016 a julho de 2018, foram selecionados 6.350 jovens para postos em Salvador e em municípios do interior. O Mais Futuro, que já beneficiou 7.405 estudantes com auxílio permanência, investindo (até junho/2018) mais de r$ 23,5 milhões.

Ainda, o Partiu Estágio, que já contratou mais de 7 mil estudantes, em 116 municípios baianos. Na conclusão, o candidato falou sobre o projeto Escolas Culturais, que integra o programa Educar para Transformar e objetiva promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida. As atividades envolvem as áreas de dança, música, audiovisual e literatura e já foram implementadas em 15 cidades. :: LEIA MAIS »





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia