WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  






:: 17/set/2018 . 18:54

Loja Maçônica Mahachoan sedia reunião do Palomas

O Pacto das Lojas Maçônicas do Sul da Bahia (Palomas) realizou neste domingo (16), na Loja Maçônica Mahachoan, em Camacan, mais um encontro para debater temas de relevância para a Maçonaria e a sociedade em geral. Presentes à reunião 152 pessoas (incluídas 41 esposas de maçons), para ouvir as palestras do advogado Marcos Klever sobre os avanços do Direito das Famílias, e de Enault Freitas da Rocha Filho, que abordou a doação de medula óssea.

De acordo com a palestra dada pelo advogado Marcos Klever, após a Constituição Federal de 1988 e do novo Código Civil que passou a vigorar em janeiro de 2003, a família brasileira passaram por avanços consideráveis. Para ele, a legislação na área dos direitos das famílias avançou significativamente, privilegiando a solidariedade, numa mudança profunda para a vida das pessoas.

No tema Consciência de ser doador de medula óssea, apresentado pelo maçom Enault Freitas da Rocha, ficou evidenciado o desconhecimento da sociedade brasileira e as dificuldades em salvar vidas. Enault, que lidera a ONG Enaultinho Rocha, vem desenvolvendo esforços para conscientizar, organizar e executar campanhas de cadastramento de doadores, disse que a medula óssea serve para a cura da leucemia e mais de 80 doenças do sangue.

O alerta sobre o engajamento de mais doadores tem como motivo a possibilidade de encontrar uma medula óssea compatível, que é de uma para cada 100 mil. Podem se cadastrar qualquer pessoa de 18 a 54 anos e 11 meses de idade e o cadastro pode ser feito na Fundação Hemoba em Itapetinga, Vitória da Conquista, Jequié, Santo Antônio de Jesus, Salvador, Eunápolis, Teixeira de Freitas e Feira de Santana. :: LEIA MAIS »

MENSAGEM DA SEMANA

Na TV Aratu, Rui critica legislação brasileira e aponta redução de homicídios na Bahia

“Além das ações do estado, o governo federal deve fazer a sua parte na questão da segurança pública, principalmente protegendo o Brasil da entrada de armamentos para munir o tráfico de drogas”. O alerta do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, foi emitido hoje pela manhã (17), em entrevista ao jornalista Casemiro Neto, no programa Que Venha o Povo, da TV Aratu. A conversa abordou aspectos referentes a saúde, educação, funcionalismo e segurança pública.

Na segurança, Rui destacou as reduções sucessivas nos índices relacionados a mortes violentas, explicando como a metodologia aplicada aos dados do Atlas da Violência gera uma visão equivocada do ranking. Exemplificou que, enquanto em estados como São Paulo um corpo encontrado com perfuração ou fratura no crânio, causada por uma barra de ferro, é notificado como “morte a investigar”, na Bahia é registrado como homicídio. “Gera uma comparação incorreta, já que usamos uma metodologia mais fiel à realidade, e a Bahia registra progressiva diminuição dos índices de mortes violentas, resultado do trabalho integrado das polícias militar, civil e técnica”, garantiu o candidato à reeleição.

A temática segurança pública também foi abordada em entrevista anterior, na mesma rede, no programa Linha de Frente, no Facebook da Aratu Online. Para os jornalistas Pablo Reis, Matheus Carvalho e João Pedro Pitombo, Rui destacou: ”A Bahia reduziu  8% no número de homicídios, em comparação ao ano passado. Claro que os números gerais são absurdos, escandalosos, não só na Bahia, mas no Brasil inteiro, e é preciso enfrentar a questão de forma mais séria”.

Questionado sobre a possibilidade da liberação de armas como recurso de defesa do cidadão, Rui foi enfático na negativa. “Seria uma carnificina. Com tantos problemas sociais que temos, ainda somado ao tráfico de drogas, a liberação de armas geraria uma carnificina”, alertou, para em seguida criticar a legislação que “favorece a bandidagem”. Rui criticou a flexibilidade da legislação que condena uma pessoa que tirou a vida de outra a 18 anos de prisão, para após três anos conceder a liberdade. “Não tem como fazer segurança pública eficiente com essa legislação. Qual o porquê de dar tanta regalia a bandido?”, instiga o governador que mais contratou policiais e renovou 100% da frota.

Nos últimos quatro anos, os baianos receberam mais de R$ 600 milhões em investimentos em segurança pública, seja com a entrega de novas estruturas ou com a contratação de policiais. Para o próximo quadriênio, Rui garante que vai seguir no aprimoramento da gestão e infraestrutura das polícias, com recomposição dos efetivos, valorização dos profissionais e maior eficiência na atividade policial. Entre as principais propostas do Programa de Governo Participativo (PGP 2018), na prevenção da violência, Rui vai implementar o Programa Geração da Paz, com articulação entre entes públicos, iniciativa privada, instituições de ensino, ONGs e sociedade civil, atuando nas áreas com maiores índices de vulnerabilidade social.

Fotos: Carlos Casaes/ Divulgação

Faculdade de Ilhéus e TV Cabrália firmam parceria para a XIII Fenopo

A Faculdade de Ilhéus e a Record TV Cabrália firmaram parceria, nesta quarta-feira, 12 de setembro, visando a realização da XIII FENOPO – Feira de Negócios e Oportunidades, que será realizada entre os dias 24 e 27 de outubro, na sede da instituição, na zona sul da cidade. Aberto ao público e gratuito, o evento expõe projetos de empreendedorismo de alunos e iniciativas da comunidade, promove palestra, oficinas, minicursos e apresentações artísticas e culturais.

O convênio foi assinado durante reunião entre o diretor da Record TV Cabrália, Marcelo Almeida, e o diretor-geral da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi, na sede da emissora, em Itabuna, com a presença dos professores Renato Sofia e Flávio Melo, coordenadores da Fenopo, dos gerentes de Jornalismo e Comercial, Tom Ribeiro e Cristine Ribeiro, e do publicitário Rui Carvalho.

No ano passado, a Fenopo também contou com a parceria entre as duas instituições. Durante o evento, a Record TV Cabrália fará permanente cobertura da Feira de Negócios e Oportunidades, com flashes ao vivo, e no dia 26 de outubro realizarão nova edição do Mutirão de Cidadania, com a oferta de serviços gratuitos à população de Ilhéus, nas áreas de saúde, assistência jurídica e programas sociais. Nesse dia, o programa Balanço Geral, apresentado por Tom Ribeiro, será transmitido ao vivo, direto da Faculdade de Ilhéus.

Programação – A XIII Feira de Negócios e Oportunidades tem como tema “Ideias e Negócios Sustentáveis: Criatividade, Empreendedorismo e Inovação”, sendo que a abertura oficial, no dia 24 de outubro, contará com palestra de Lauro Freire, que abordará “Da startup à liderança do mercado: sonhos e desafios”, às 19 horas.

O objetivo do evento consiste em fomentar o surgimento de novos negócios através da criatividade e do empreendedorismo, discutir experiências de negócios bem-sucedidas na região e divulgar ideias e projetos de negócios criados pelos alunos de todos os cursos de graduação da Faculdade de Ilhéus: Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Nutrição, Psicologia e Odontologia

Prefeitura de Ilhéus inaugura PA da Conquista, que funciona a partir de hoje segunda-feira (17)

POR SECOM

A Prefeitura de Ilhéus entregou à população mais uma unidade de Pronto Atendimento (PA), localizada na Avenida Brasil, bairro da Conquista. A inauguração aconteceu neste sábado (15), com a participação do prefeito Mário Alexandre, secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas Boas e de Ilhéus, Geraldo Magela, autoridades municipais, líderes comunitários e moradores locais. O atendimento começará a funcionar na segunda-feira (17), a partir das 7 horas, com serviços de urgência e emergência ininterruptos (24 horas).

Participaram da inauguração, os vereadores Fabrício Nascimento, Nerival Reis, Nino Valverde, Paulo Meio Quilo, Pr. Matos e Paulo Carqueija; secretários e diretores municipais; presidente da OAB, Marcus Flávio; presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus (Sicomercio), Antonio Costa; diretor da Associação Comercial de Ilhéus (ACI), Libério Menezes, presidentes de associações de moradores, administradores de distritos, médicos, enfermeiros e servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Para o prefeito, este é um avanço importante na reconstrução da rede municipal de saúde. “Com muito esforço e a parceria com o Governo do Estado, conseguimos oferecer a Ilhéus a primeira policlínica municipal da história do município. É um presente para a população. Nossa meta é chegar a, pelo menos, 70% de cobertura da atenção básica, pois encontramos o vergonhoso índice de 16% em janeiro de 2017”, enfatizou.

O chefe do Executivo adiantou que o município prepara a realização de novo concurso público para a contratação de médicos e enfermeiros e que serão ampliados os Postos de Saúde da Família (PSF). “O objetivo é fortalecer a atenção básica e a média complexidade, a fim de desafogar o fluxo de pacientes no Hospital Regional Costa do Cacau”, disse o prefeito.

Novos investimentos – O secretário Fábio Vilas Boas também anunciou novos investimentos em Ilhéus. “Já adiantamos os trâmites no Ministério da Saúde, para a construção da UPA do Malhado e instalação de mais 16 equipes de PSF no município. E liberamos o anexo do antigo Hospital Luiz Viana Filho para a instalação de um PSF e a sede do Samu”, revelou. A meta do Governo do Estado, segundo Vilas Boas, é transformar a região de Ilhéus e Itabuna em uma referência de atendimento público de saúde para todo o Brasil.

Este é o segundo PA entregue pelo prefeito Mário Alexandre à população de Ilhéus, graças à parceria com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Instalado no espaço onde funcionava a antiga Policlínica Halil Medauar, o PA da Conquista tem capacidade para atender cerca de 150 pessoas por dia, em um ambiente humanizado, com salas refrigeradas e serviços de média complexidade (eletrocardiograma, ultrassonografia e raios-x). “

Suspeitos de vender carros blindados para assaltos a bancos são presos na Bahia

Cinco suspeitos de integrar uma quadrilha que fornecia carros blindados para assaltos a banco foram presos na madrugada deste sábado (15), em um sítio localizado em Jauá, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o grupo roubava os carros, adulterava as placas deles e, em seguida, repassava os veículos para outros criminosos. Além de veículos blindados, os suspeitos faziam o esquema com veículos comuns. A venda era anunciada em redes sociais e, segundo a SSP, drogas eram aceitas em troca dos veículos.
Os suspeitos foram identificados como Rafael Barbosa dos Santos, de 35 anos, Anderson dos Santos Caldas, de 25, Nilda Fidelix dos Santos, de 39, Luziane Jesus dos Santos, de 28, e Caíque Nei Rosário dos Santos Costa, de 27. Segundo a SSP, o grupo foi descoberto depois que um carro modelo Focus foi roubado em Salvador, no dia 5 de setembro deste ano. A quadrilha atuava na capital baiana, Feira de Santana, Camaçari e Lauro de Freitas, na região metropolitana.
Após a prisão, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), onde autuados por roubo de veículos, adulteração, associação criminosa e tráfico de drogas. Eles estão à disposição da Justiça.
A adulteração ocorreia no sítio em que o grupo foi encontrado. No local, a polícia encontrou três veículos modelos Triton (blindado), Palio e Onix, além de chaves e placas automotivas. Em cômodos da casa, ainda conforme a SSP, foram achados ainda 123 pinos de cocaína, 4 sacos com o mesmo tipo de droga, 16 pacotes com maconha, 3 pedras grandes de crack, aparelhos eletrônicos e 1 balança.

Corpo de homem encontrado na Zona Norte de Ilhéus

O corpo de um homem foi encontrado com marcas de tiros às margens da rodovia que dá acesso ao distrito de Vila Juerana, zona norte de Ilhéus, na manhã desse domingo (16). De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava trajando bermuda tactel, camisa branca e pilotando uma moto.
Após o trabalho da perícia, o corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus, onde passará por necrópsia. Até o momento, as circunstâncias do crime são desconhecidas. O caso é investigado pelos agentes do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin.

O SUS PEDE SOCORRO! AFIRMA CONSELHEIRO DE SAÚDE DE ILHÉUS NO 8º SIMPÓSIO NACIONAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA.

O conselheiro de saúde do município de Ilhéus, Toinho Ferreira, representante da loja maçônica regeneração sul bahiana 994, após ouvir especialistas da área, manifestou-se, solicitando aos participantes que revejam a intenção dos futuros candidatos que serão eleitos agora em outubro. Qual deles falou em ampliar as ações do SUS? Qual deles falou que daria incentivo aos laboratórios nacionais para fabricação de medicamentos de uso contínuo mais acessível a população? Qual deles contempla em seus planos de governo implementar o atendimento mais ágil na Central de Regulação quando necessário o paciente ser deslocado do município em caso de urgência para a capital ou outro hospital que tenha aquele tipo de atendimento?

Estaremos nos deparando com a extinção dos blocos de financiamento (Atenção Básica, Média e Alta Complexidade, Assistência Farmacêutica, Vigilância, Gestão do SUS e Investimento) e substituir por custeio (corrente) e investimento (capital), mas com a obrigatoriedade dos Estados, Distrito Federal e Municípios comprovarem a execução orçamentária e financeira nos mesmos termos adotados pelo Fundo Nacional de Saúde nas respectivas transferências e respeitarem as metas de aplicação desses recursos conforme pactuado na CIT.

Observemos qual o real objetivo, possibilitar ao gestor municipal e estadual a flexibilização do uso do recurso SUS em substituição às centenas de “caixinhas” existentes, condicionado ao que for definido nos Planos Municipais e Estaduais de Saúde.

A Principal Justificativa destes dois parâmetros: autonomia dos gestores estaduais e municipais para definirem com os respectivos conselhos de saúde aonde gastar os recursos federais e existência de saldo acumulado entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões nas contas de Estados, municípios e DF referentes a recursos federais (informação de setembro/2017).

O que representa isso? A maioria dos problemas detectados ocorre devido a má gestão, os gestores com apenas estes dois blocos terão que ser monitorados pelos conselhos de saúde e portal da transparência, onde a população terá acessos aos gastos.

Falando da Portaria 3992/2017 estado da Arte, O Conselho Nacional de Saúde ainda não recebeu oficialmente da CIT para deliberação a proposta de mudança de critérios anunciada na portaria, bem como a Recomendação CNS 006, de 10/03/2017, que propunha um processo de transição para redefinição dos blocos de financiamento, foi ignorada.

A Lei Orçamentária do Ministério da Saúde para 2018 manteve as subfunções de governo dos anos anteriores, que guardam relação direta com os 6 blocos de financiamento extintos, para as despesas que serão transferidas para Estados, DF e Municípios. Na primeira semana de 2018, houve a abertura das contas bancárias para cada bloco (custeio e capital), mas Estados, DF e Municípios também deverão comprovar tanto a execução orçamentária e financeira conforme a classificação orçamentária dos empenhos realizados pelo Fundo Nacional de Saúde para essas transferências, como o cumprimento do pactuado na CIT (incluindo as metas).

O Conselho Nacional de Saúde aprovou a Resolução 578 (21/02/2018) que estabelece orientações e procedimentos para os Conselhos de Saúde no processo de monitoramento e fiscalização dos recursos transferidos fundo a fundo nos termos dessa Portaria.

Observem que se não nos manifestarmos para que sejam realmente bem administrados estes dois blocos de pagamento os gestores pó dem simplesmente reduzir os atendimentos na atenção básica e Mac, tornando mais difícil ainda o atendimento para todos nós que precisamos do SUS,”o melhor plano de saúde do mundo’’. Não me venham dizer que o rico não utiliza o SUS! Quando tem um acidente quem vai socorrer o acidentado é o plano de saúde ou os profissionais do SAMU?

Nação só perde com esse ódio generalizado, alerta Rui em entrevista na Band News FM

“A política foi muito tensionada. Parou de discutir propostas e jogou o foco apenas no ódio. O ideal era que estivéssemos discutindo propostas e debates de ideias pra fazer o Brasil crescer. A nação só perde com esse ódio generalizado”. São palavras do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, ditas em entrevista na manhã de hoje (17), aos jornalistas Levi Vasconcelos, Silvia Corrêa e Léo Barsan, da Rádio Band News FM. Para ele, após três anos e meio de recessão, chegou a hora de falar de projetos e debater valores. “Precisamos unir nosso país”, alerta o candidato.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia