WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  






:: 27/set/2018 . 18:46

Diversidade de ritmos marcou a reabertura do Projeto Seis e Meia

Por Secom

A reabertura do Projeto Seis e Meia, na noite de quarta-feira (26), no Teatro Municipal de Ilhéus foi marcada pela diversidade de ritmos como rock in roll, rap e canções de trabalhadores da lavoura do cacau, lavadeiras e marisqueiras. Idealizado pela Secretaria da Cultura, a iniciativa tem o objetivo de promover os artistas regionais, além de fomentar o cenário cultural e divulgar os valores dos músicos do município. A primeira apresentação foi do artista Ayam Ubrais Barco, seguida das bandas Intuito Neutro e Mulheres em Domínio Público.

Os projetos contemplados para esta nova formatação do Projeto Seis e Meia serão apresentados quinzenalmente, até 31 de outubro deste ano, sempre às quartas-feiras, pontualmente às 18h30min. A Secretaria da Cultura de Ilhéus selecionou doze, das 22 propostas de espetáculos musicais inscritas no edital, que visam estimular o desenvolvimento da música em diversos gêneros.

As atrações – O artista Ayam Ubrais Barco, do município de Ipiaú, disse que foi incrível participar deste projeto de alta relevância musical, e ainda fazer parte da sua abertura. “Escrevemos e compomos coisas direcionadas à consciência e ao coração das pessoas, para que criem determinadas condições e possam entender o lugar onde elas estão. E assim, entendendo, possam lutar por lugar, e aprofundamentos da democracia”, ressaltou.

A banda Mulheres em Domínio Público mostrou o show “Em cantos da terra de Jorge”. Composta por Cris Passos, Geisa Pena, Ingrid Luise e Tacila Mendes o grupo estava acompanhado de quatro músicos que executou releituras de cantigas populares de domínio público que preserva a melodia, linguagem e temas originais. A banda atua no cenário musical desde 2012.

O grupo Intuito Neutro é formado pelos músicos, vocalistas e beatmakers Sandro Maia e Igor Moutta. Com composições autorais, a dupla tem o rap como bandeira e se dedica a difundir a cultura deste gênero musical no cenário musical ilheense. A direção artística foi de Letto Nicolau e a produção executiva ficou a cargo de Beto Produções.

O secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, disse que projetos estruturantes são os que fortalecem a ‘prata da casa’. “São ações como essa que fomentam e fortalecem a produção cultural e musical do município. Especialmente por ver que muitos músicos são destaques hoje na cidade e na região, que surgiram do Seis e Meia, a exemplo de Keketa, Délio Santiago, Letto Nicolau, que inclusive criou a filarmônica São Jorge dos Ilhéus, dentre outros nomes que aos poucos foram entendendo como se estruturar no cenário musical e avançar, e hoje estão no mercado criando ações e potencializando a sua música”.

Ilhéus: Juiz do trabalho ouve testemunha por aplicativo de rede social

O juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, usou um aplicativo de rede social para ouvir testemunha que se encontrava em outra jurisdição.  O contato feito em audiência realizada na última terça-feira (25) foi feito com conhecimento prévio da testemunha e das partes envolvidas na ação. A nova forma de comunicação supre a necessidade de provas, contribui para a duração razoável do processo e evita a sobrecarga da vara onde a pessoa ouvida reside.

AGRISSÊNIOR NOTICIAS – Edição 687– ANO XV – Nº 11 – de outubro de 2018

DEMOCRACIA E EDUCAÇÃO

Altenildes Caldeira Moreau

A democracia é entendida como uma forma de governo em que a força do povo deve exercer a soberania.  Os interesses e necessidades populares são preferencialmente atendidos.

Na teoria, tudo fica mais fácil de entender e de se ajustar, mas quando se chega na prática, no dia a dia do exercício democrático, as coisas começam a se complicar. A formação das nossas sociedades apresenta aspectos conflitantes com as propostas da democracia.

O egoísmo, o individualismo, a busca pelo poder e o desejo de posse dos bens materiais e da acumulação da riqueza, inibem a prática da democracia e da distribuição dos recursos vitais entre as pessoas e as comunidades, criando grupos partidários com incontáveis interesses pessoais.

Como resolver este problema, quando se acha que o sistema democrático é o melhor caminho para o funcionamento político do nosso País? Existe uma convergência de pensamento da maioria da população brasileira, de que a Educação será um pré-requisito para a convivência harmoniosa e o atendimento mais justo dos anseios dos brasileiros, em especial  dos  mais necessitados.

No entanto, a Educação de que se fala sempre, não é vista com a abrangência que ela merece.

Entendemos que a Educação deve ser compreendida não somente como a alfabetização, elevação do nível escolar das pessoas e elevação do conhecimento tecnológico, mas um processo de mudança integral de comportamento perante a sociedade em que se vive, passando pela ética, pela honestidade, pela responsabilidade e pela cidadania.

O professor Carlos Brandão, da UNICAMP, São Paulo, escreveu um livro que fala das educações, e não somente da Educação. As educações porque se trata de mudanças de comportamento do ser humano nas diversas áreas da vida:  familiar ou doméstica, que aqui destacamos como umas das mais marcantes formas de educação, pois vai desde a infância segue pela adolescência e mesmo na fase adulta, porque os filhos na sua maioria têm respeito aos pais e os aceitam como modelo de vida. A educação na área física ou corporal, na área   financeira que tanto preocupa as pessoas, a social, a mental ou cognitiva e área espiritual.

A ideia da Educação como pré-requisito à Democracia, não significa que uma deverá vir antes da outra, mas sim, que as duas deverão ocorrer simultaneamente, ou seja, “educar democraticamente”, o que requer uma preparação mais adequada dos educadores, dos estudantes,  dos .pais e responsáveis pelas famílias, dos empresários,  dos administradores,  dos políticos ,  dos trabalhadores, enfim , de toda a as pessoas integrantes das nossas comunidades para que assim, possam  serem chamadas. :: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP

A 17ª RODADA RESULTOU EM EMPATE E VITÓRIA DO CAP. WENDELL

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, cumprindo sua Programação 2018, realizou domingo(23) a 17ª rodada referente a esta modalidade esportiva, onde no Campo Grimaldo houve empate de 2 a 2 entre os quadros dos capitães Alvinho e Marconi, com gols de Alex de Moises e Nilton do BB para o primeiro e Zé Eduardo e Junior Murta para o segundo. No Campo Martial a equipe do neófito Capitão Wendell da Autoescola venceu a do veteraníssimo Capitão Djalma Peludo pelo escore de 3 a 2. Duda Pantera(2) e Eldon do Ofertão marcaram para a vitoriosa e Crispa da Galera do Fla e Prof. Jorge Reis(contra) para a perdedora. Amarelou para Paulo Carqueija, Luís Mario Garotinho, Silva e Souza da Polícia. Marcaram os ‘babas’ os juízes Vinicius Silva(Campo Grimaldo) e Evanildo Conceição dos Santos com, segundo os olheiros de árbitros, atuações de regular para boa. Ambos pertencem à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI. Os ‘babas’, como sempre acontecem, foram batidos na praia da Av. Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus.

Equipes que atuaram no Campo Grimaldo

(Cap. Alvinho): Goleiro Marcelo, Haroldo(Galletti da Rio de Engenho entrou aos 38’ da 1ª etapa), Alvinho, Marcondes Corretor(Cesar II entrou no intervalo) e Sizinio do Remo(Carlão do Taxi entrou no intervalo); Geraldo da Ceplac(Cesinha da Nacional entrou aos 24’ da 1ª etapa e Sena o substituiu aos 10’ da 2ª etapa), Nilton do BB, Daniel Murta, Zugaib da Ceplac(Dinho da Van entrou no intervalo), Paulo Carqueija e Alex de Moises

(Cap. Marconi): Goleiro Ricardo, Eduardo Japonês, Gicelio Ram Ram, Luís Mario Garotinho e Silvio Reis(Junior entrou aos 40’ da 1ª etapa); Passos de Uruçuca, Danilo, Charles Reis, Luís Humberto, Marconi e Garrancho 100 Anos de Praia(Zé Eduardo entrou aos 35’ da 1ª etapa)

Equipes que atuaram no Campo Martial :: LEIA MAIS »

Em Amargosa, Rui garante entregar usina de asfalto em cada território

“A estrada não passa só caminhão e carro, passa o desenvolvimento de cada cidade da Bahia, e é por isso que estamos fechando o ano com 5 mil quilômetros de estradas construídas e recuperadas, e vamos fazer muito mais, porque vamos entregar uma usina de asfalto para cada território de nosso estado.” A fala do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, dita hoje (26), ao encerrar a jornada da Correria pela Bahia, na Praça da Feira, em Amargosa, reflete a proposta constante no Programa de Governo Participativo (PGP 2018).

Compromisso prioritário na área de infraestrutura e logística, no próximo quadriênio Rui vai construir e recuperar cerca de 4 mil quilômetros de rodovias, até 2022, além de implantar estruturas completas, como fábricas de estradas, que vão viabilizar a cada município a recuperação das próprias estradas mais rapidamente. O processo é construído em parceria com as prefeituras, com consórcios municipais, a exemplo da bem-sucedida experiência com as policlínicas regionais. Visa valorizar e fortalecer os consórcios intermunicipais como parceiros.

Ainda em Amargosa, Rui também destacou a restauração que vem sendo aplicada em mais de 45 quilômetros da BA-026, ligando aquele município a Santo Antônio de Jesus, com obra já em andamento. Os serviços estão sendo realizados em 14 quilômetros, entre Santo Antônio de Jesus e Varzedo, e em cerca de 31 quilômetros, de Varzedo a Amargosa. Com a jornada de hoje, que também teve caminhadas em Santa Inês, Ubaíra, Jiquiriçá e Mutuípe, a caravana chega a 120 cidades visitadas. Atinge assim a primeira marca estimada pelo candidato à reeleição.

A Correria pela Bahia hoje também contou com a presença da primeira-dama Aline Peixoto, além dos candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e ao Senado, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), políticos da coligação ‘Mais Trabalho por Toda a Bahia’, muitos candidatos a deputado federal e estadual. Amanhã (27), a caravana segue estrada para Barra do Mendes (9h), Ibipeba (11h), Ibititá (14h), Lapão (15h30) e Irecê (17h).

Fotos: Ulisses Dumas/ Divulgação





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia