A 17ª RODADA RESULTOU EM EMPATE E VITÓRIA DO CAP. WENDELL

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, cumprindo sua Programação 2018, realizou domingo(23) a 17ª rodada referente a esta modalidade esportiva, onde no Campo Grimaldo houve empate de 2 a 2 entre os quadros dos capitães Alvinho e Marconi, com gols de Alex de Moises e Nilton do BB para o primeiro e Zé Eduardo e Junior Murta para o segundo. No Campo Martial a equipe do neófito Capitão Wendell da Autoescola venceu a do veteraníssimo Capitão Djalma Peludo pelo escore de 3 a 2. Duda Pantera(2) e Eldon do Ofertão marcaram para a vitoriosa e Crispa da Galera do Fla e Prof. Jorge Reis(contra) para a perdedora. Amarelou para Paulo Carqueija, Luís Mario Garotinho, Silva e Souza da Polícia. Marcaram os ‘babas’ os juízes Vinicius Silva(Campo Grimaldo) e Evanildo Conceição dos Santos com, segundo os olheiros de árbitros, atuações de regular para boa. Ambos pertencem à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI. Os ‘babas’, como sempre acontecem, foram batidos na praia da Av. Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus.

Equipes que atuaram no Campo Grimaldo

(Cap. Alvinho): Goleiro Marcelo, Haroldo(Galletti da Rio de Engenho entrou aos 38’ da 1ª etapa), Alvinho, Marcondes Corretor(Cesar II entrou no intervalo) e Sizinio do Remo(Carlão do Taxi entrou no intervalo); Geraldo da Ceplac(Cesinha da Nacional entrou aos 24’ da 1ª etapa e Sena o substituiu aos 10’ da 2ª etapa), Nilton do BB, Daniel Murta, Zugaib da Ceplac(Dinho da Van entrou no intervalo), Paulo Carqueija e Alex de Moises

(Cap. Marconi): Goleiro Ricardo, Eduardo Japonês, Gicelio Ram Ram, Luís Mario Garotinho e Silvio Reis(Junior entrou aos 40’ da 1ª etapa); Passos de Uruçuca, Danilo, Charles Reis, Luís Humberto, Marconi e Garrancho 100 Anos de Praia(Zé Eduardo entrou aos 35’ da 1ª etapa)

Equipes que atuaram no Campo Martial

(Cap. Wendell da Autoescola): Goleiro Rosivaldo, Waldemar da Codeba, Robertão(Udson da Civil entrou no intervalo), Professor Jorge Reis e Gilson(Podão entrou no intervalo); Melgaço, Souza da Polícia, Tabosa do Ofertão, Wendell da Autoescola, Eldon do Ofertão(Ralio da Contabilidade entrou aos 30’ da 2ª etapa) e Duda Pantera

(Cap. Djalma Peludo): Goleiro Fernando, Gutenberg Trator, Djalma Peludo, Heckel Januário e Torisco do HSBC(Adauto Negocinho entrou aos 44’ da 1ª etapa); Silva, Eliandro Picolé, Renatinho dos Leais, Artur Alicate(Dilton da Ceplac entrou aos 40’ da 1ª etapa), Crispa da Galera do Fla e Alan Firula

COMENTÁRIOS

De acordo com os observadores de plantão a 17ª rodada de ‘babas de praia” foi marcada por dois jogos bem equilibrados entre as equipes disputantes. No Campo Grimaldo o time do Cap. Marconi chegou a ficar ganhando da do Cap. Alvinho até quase o final da partida, quando aos 43’ o meia Carlão do Taxi chutou uma bola despretensiosa que bateu no travessão e sobrou para o volante Nilton do BB livre de

marcação empatar o jogo de cabeça. No Campo Martial desde o início o ‘baba’ foi lá e cá, como se diz de duas equipes parelhas no jargão do esporte bretão, com a do Cap. Djalma Peludo chegando a perder um pênalti –mal batido pelo avante Alan Firula. A do Cap. Wendell da Autoescola aproveitou do momentâneo estado psicológico abalado, com o gol desperdiçado, da de seu adversário, fez 2 gols e saiu para o intervalo com vantagem no placar. A perdedora iniciou a 2ª etapa imprimindo ritmo forte na busca do empate, mas errando nas conclusões, especialmente as do centroavante caído pelas beiradas, Crispa da Galera do Fla, não obteve êxito. Aos 15’ numa bobeira da retaguarda, a do Cap. Wendell da Autoescola fez 3 a 0. Reagindo de forma eficaz a do Cap. Djalma Peludo fez 2 gols e quase empata a partida. Acrescentam os observadores que se o beque-de-espera II e capitão Paulo Gois do Bradesco fosse da equipe perdedora, diria que o placar moral da ‘baba’ foi 3 a 3.

NOTAS

O presidente Djalma Peludo entregou, como havia anunciado na rodada passada, a Cesta da Fraternidade ao Abrigo São Vicente de Paulo, de Ilhéus. Flavio Soares, representante do Abrigo, recebeu a doação e muito agradeceu.

Como acontecia nos tempos –em épocas de eleições– do presidente Jackson Lima, o atual, Djalma Peludo, democraticamente abriu espaço para os candidatos políticos que desejem dizer de suas propostas aos associados avepianos, para Ilhéus, Região Cacaueira, Bahia e Brasil. Nesta rodada usaram da palavra o candidato a deputado federal João Barros e o candidato a deputado estadual, Paulo Cipá. O proponente a federal é filho do lateral-esquerdo-de-ofício Sizinio Barros(conhecido também como Sizinio do Remo) e a estadual é auditor fiscal da receita federal aposentado.

Registraram –alertado pelo lateral ‘atacativo’ de Maringá-PR, Torisco do HSBC– que o meia-lançador e ex atleta do Bahia de Itabuna, Major, gosta tanto da Avep que, mesmo sem condições de bater o ‘baba’ em razão de contusão, esteve presente –chegado de Itabuna às 7:00 da matina– para assistir seu colegas competidores e claro, como conhecedor de futebol que é, anunciar os seus ‘pitacos’.

Mais uma do polêmico ex lateral-direito defensivo e ‘atacativo’ de Camamu, Everaldo Cabeça de Flande, anotada pelos observadores. Ele disse que estava, como botafoguense doente, assistindo ao jogo da Estrela Solitária e do Rubro-Negro baiano no Barradão, quando o Zap deu sinal: – Sabe da maior? Os cunhados, presidente Djalma Peludo e o diretor-de-esporte Renatinho(ou ‘minha gazela’, como diz o beque Robertão) brigaram em campo domingo no ‘baba’ da Avep. Rapaz, foi chilique pra e pra cá, que só você vendo!! Acontece que Cabeça de Flande, com a notícia em primeira mão, andou alarmando que a briga foi por uma questão de divisão dos bens. Ele andou dizendo que Peludo quer por que quer fazer logo a divisão de uma herança em pauta.

Atenção: não houve fotos das equipes pelo motivo do fotógrafo oficial avepiano chegar atrasado em campo e não ter havido tempo para tal, haja vista a maré dando sinais de subida.

BANDA PODRE EM AÇÃO

O promoter Zezinho da Baixa Fria anunciou que a Banda Podre, entidade esportiva para jogos aleatórios originada nas entranhas da AVEP, jogará em Sambaituba em novembro contra os veteranos deste distrito ilheense. A dada do jogo será em breve anunciada.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos das “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.