“Mulheres Unidas Contra Bolsonaro” ganha forças nas redes sociais e nas ruas. Um ato marcado para este sábado (29) promete levar milhares de mulheres às ruas de cidades de todo o país para demonstrar repúdio às ideias do candidato à Presidência do Brasil pelo PSL, Jair Bolsonaro.

Ilhéus também fará parte da demonstração de oposição ao candidato. A marcha terá como ponto de partida a Praça Cairu, às 09h, passando pela Prefeitura, seguindo pela Rua Bento Berilo até a Biblioteca  Pública Municipal Adonias Filho retornando pela Av. Soares Lopes, com previsão de término às 12hrs na Praça do teatro, onde serão apresentadas diversas atrações culturais e musicais.

As atrações já confirmadas são: Moa, Cijay, Billy Fat, Xota 073, Thay Petit e Joémille, Elas no Palco, Mariana Romero, Coletivo 7, Naiara Gramacho, Pedro Ubanto, Cintia Alves e Coletivo Rachas.

De acordo com informações da Comissão do evento, o trajeto já foi informado a todos os órgãos públicos necessários e a Polícia militar acompanhará a manifestação. A comissão pede em nota  que as participantes utilizem roupas na cor Lilás, roxa e branca, leve água, lanche, canga e protetor solar, além de cartaz com #EleNão ou qualquer frase que represente a marcha.

O candidato, que tem posições que geram muita polêmica entre apoiadores e eleitores contrários aos seus pensamentos, está no topo das pesquisas de intenção de voto (Bolsonaro aparece com 27% no primeiro turno, com base na última pesquisa Ibope, divulgada nesta quarta-feira). Mas, em contrapartida, tem também a maior taxa de rejeição entre mulheres, que chega a 54% (segundo pesquisa Ibope divulgada em 24 de setembro) – sendo que atualmente as mulheres representam 52% do eleitorado brasileiro.

Fonte: O Tabuleiro