O estudo realizado pelos pesquisadores Ricardo Sá Barreto, Eli Izidro e Ícaro Carvalho teve como objeto de pesquisa bairros e distritos do município de Ilhéus. A partir dos resultados apresentados, é possível fazer um comparativo entre a pontuação obtida pelas localidades em relação aos países que constam no relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Humano (PNUD). Assim, 22 localidades de Ilhéus foram relacionadas a países com pontuações equivalentes. Jardim Atlântico (0,914), primeiro do ranking, tem como equivalente a Bélgica, por exemplo. Por ordem, no top 5 dos bairros estão: Boa Vista (0,863) (Emirados Árabes Unidos), Cidade Nova (0,833) (Croácia), São Sebastião (0,816) (Federação Russa) e São Francisco (811) (Romênia).

Publicado na edição de abril da Revista de Desenvolvimento Econômico, o estudo aponta que 82,2% dos bairros e distritos de Ilhéus possuem índice menor que 0,759 que é o IDH nacional. O Banco da Vitória (0,549), dentre os bairros ilheense, é o que reúne os piores índices de renda, educação e longevidade. Segundo a pesquisa, faltam trabalho e oportunidades para os jovens, bem como condições que garantam o desenvolvimento humano e a qualidade de vida da população.

De acordo com o último relatório do Programa das Nações Unidas, divulgado em 14 de setembro, o Brasil alcançou a nota 0,759, deixando-o na 79ª posição entre os 189 países pesquisados. Esse levantamento demonstra que o país está estagnado nessa colocação desde 2015, encerrando um ciclo de evolução que ocorreu desde 2012, quando avançou seis posições no ranking. Comparando com o resultado obtido em Ilhéus, seria comparável ao índice alcançado pelo bairro Teresópolis.

Outras 44 localidades ilheenses não têm parâmetro entre países. Segundo os pesquisadores, o poder público pode usar o ranking para atrair investimento, privilegiando, através de benefícios fiscais, empresas que se instalarem nos bairros que tenham IDH-B menor, por exemplo.

O que é IDH?

Desenvolvido pelo economista paquistanês Mahbud Ul Haq, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é utilizado pelo PNUD/ONU desde 1993. Para medir o desenvolvimento humano e a qualidade de vida em 189 países, são utilizados critérios de avaliação renda, longevidade e educação. Para o cálculo desse indicador são analisados os seguintes aspectos:

– Nível de escolaridade: média de anos de estudo da população adulta e expectativa de vida escolar;

– Renda: Renda Nacional Bruta (RNB) per capita, baseada na paridade de poder de compra;

– Nível de saúde: obtido através da expectativa de vida da população. Esse item é um reflexo da qualidade dos serviços de saúde e de saneamento ambiental.

O IDH varia de 0 a 1, em que quanto mais o resultado obtido pelo país se aproxima de 1, significa que maior é o seu índice de desenvolvimento humano. Logo, são considerados de baixo desenvolvimento os países que atingem menos de 0,550 pontos, de médio desenvolvimento os que possuem notas de 0,551 até 0,699, de alto desenvolvimento os países que atingem pontuação de 0,700 até 0,799 e muito alto desenvolvimento aqueles com pontuação a partir de 0,800. Porém, essa metodologia aplicada pelo PNUD pode ser utilizada também em núcleos sociais menores, observando as modificações necessárias para adequá-la à realidade das localidades, como municípios e até mesmo bairros.

Mais informações sobre o estudo podem ser obtidas na Revista de Desenvolvimento Econômico. Disponível em: https://revistas.unifacs.br/index.php/rde/article/view/5042/3502. Também é possível tirar outras dúvidas sobre a pesquisa através do telefone (73) 98809-9879.

MAPAS:

Figura 1 – Mapa do IDH-B em Ilhéus

Fonte: Os autores.

Figura 2 – Mapa de Localização de Ilhéus

Fonte: Os autores.

RANKING

 

Tabela 1 – Ranking das Localidades de Ilhéus em Relação ao Desenvolvimento/2010 e países equivalentes.

Ranking Localidade IDH-B Ranking País equivalente
Desenvolvimento humano muito alto
1 Jardim Atlântico 0,914 Sem equivalência
2 Boa Vista 0,863 34 Emirados Árabes Unidos
3 Cidade Nova 0,833 Sem equivalência
4 São Sebastião 0,816 49 Federação Russa
5 São Francisco 0,811 52 Romênia
Desenvolvimento humano alto
6 Jairí 0,791 64 Turquia
8 Jardim Savóia 0,777 73 Cuba
10 Teresópolis 0,754 85 Argélia
11 Centro 0,750 89 Peru
12 São Miguel 0,726 98 Tonga
14 Santo Antônio 0,713 104 Samoa
15 Olivença 0,713 104 Samoa
17 Barra de Itaípe 0,702 110 Paraguai
Desenvolvimento humano médio
18 São Domingos 0,699 113 Filipinas
19 Conquista 0,694 116 Indonésia
22 Nelson Costa 0,685 120 Iraque
26 Basílio 0,658 124 Nicarágua
27 Juerana 0,647 129 Namíbia
31 Salobrinho 0,617 133 Honduras
33 Areia Branca 0,606 137 Congo
35 São Longuinho 0,591 141 Guiné Equatorial
36 Acuípe 0,591 141 Guiné Equatorial
41 Vila Nazaré 0,589 142 Quênia
32 Pimenteira 0,574 149 Nepal
Desenvolvimento humano baixo
59 Banco da Vitória 0,549 Sem equivalência

Fonte: Os autores.