WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  






:: 9/nov/2018 . 17:06

DO FUNDO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) A NOTÍCIA EM DUAS FOTOS.

2) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

PSICOMUNDO <> APANÁGIOS DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS AFASTAM A CONFIANÇA DAS PESSOAS <>

No Brasil existe muita gente imaginando se os governantes estão mesmo preocupados e oferecendo condições de vida salutar para os brasileiros? Se existe uma real vigilância na obtenção da proteção do bem-estar das pessoas de forma geral? Afinal como se promove a vida salutar para a população brasileira no mundo nosso de cada dia? E os tratos relacionados à proteção da saúde e do meio ambiente? A nossa população se encontra muito preocupada e lamentando o desemprego, a falta de formação que justifique bons exemplos aos jovens em sua divergência familiar. A famigerada atuação do mundo das drogas, trazendo tristes desventuras de pais e filhos. O que se pode refletir acerca da forma de encontrar os benefícios básicos para a vida humana, dentro de parâmetros em que todos possam viver padrões conquistados pela força da educação e do trabalho. No merecimento de não existir dificuldade de todos de ir e vir, numa sociedade que foi tragicamente destruída pela corrupção classe política e pelos atentados de tantos agentes criminosos espalhados em nosso País.

Atravessamos uma barra pesada quando analisamos os locais e momentos de segurança em nosso País! É enorme a carência de o povo sentir a proteção dos seus administradores, pois existe sempre a ausência de atos dos governantes para oferecer de fato e de direito, meios visando à correção dos constantes abusos contra a segurança dos seus munícipes. Muitas vezes a população caminha com enormes carências de inúmeras coisas, a exemplo, dos deficientes postos médicos, escolas e a segurança pública! E quando surge a politica de manifestação de apoio, é apenas visando eleger-se através do voto para continuarem suas novas conquistas em seus próprios benefícios. Notam-se essas ações quando muitos políticos fazem em suas caminhadas, ludibriando os eleitores, pois na maioria das vezes vivem as suas inconsequentes manobras de assaltar o país usando terno e gravata.

Nos Tribunais, locais em que deve ser preservada a justiça, os juízes buscam a todo tempo uma excessiva corrida aos exorbitantes aumentos salariais fora de hora, não existindo nenhuma sensibilidade na observação dos desmandos administrativos que os desgovernos deixaram o Brasil arrasado com dificuldades econômicas. Os maus princípios que rodeiam a Nação Brasileira não são coisas que tragam a paz. Maldosamente, são promovidos os desconfortos das desconfianças e jamais ninguém pode chegar ao patamar de dignidade e respeito com as autoridades portadoras de conhecimentos do dever de cumprir com a sua obrigação de proteger toda a nossa sociedade.

Os brasileiros precisam entender que persiste a falta da correção de como praticar o bem em nome da Justiça. E lembrando que: “O bem quando mal feito é pior do que o mal porque mata a esperança”. “Ninguém nunca vai entender o que outra pessoa sente até passar pela mesma situação”. Ter qualidades dos sentimentos de vergonha e jamais ter sido chamado de desonesto, hoje é uma parcela do patrimônio moral que algumas pessoas deixaram de lado, importa ter apenas uma vida boa. O Brasil necessita urgente de uma reforma política com mudança geral dos políticos os quais se tornaram expectadores de manobras insuportáveis quando se trata de guarda e controle de finanças públicas.

O Brasil atualmente tem sido colocado pelos fúnebres administradores da política como um país que perdeu a sua essência de território bom e hospitaleiro. E dessa nefasta maneira deixou a sua população desanimada com a falta de confiança de ir e vir para trabalhar para buscar o seu sustento e lazer todos os dias nas ruas, bairros e comunidades em geral. As escolas foram tremendamente prejudicadas pela falta de segurança e os professores, alunos crianças e adultos com medo das agressões de tantos criminosos, perdem todos nos anos letivos os trabalhos das lutas diárias relativas às suas atividades escolares. E assim, prevalece prosperando a existência do mundo do crime, insuportavelmente, esvaziando os meios da evolução da cultura humana, ceifando árduos trabalhos educacionais, e impedindo que possa seguir a educação em marcha da civilização brasileira. PENEM NISSO!!!

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia

UMA MOÇA ACABA DE SER ATROPELADA NA RUA BENTO BERILO EM ILHÉUS

POR VOLTA DAS 13:45 HS, UMA MOÇA JOVEM, AINDA COM IDENTIDADE DESCONHECIDA, FOI ATROPELADA NA RUA BENTO BERILO, CENTRO DE ILHÉUS.

SEGUNDO POPULARES UMA OUTRA SENHORA DE MOTO, FOI A CAUSADORA DO ACIDENTE.

A VÍTIMA ATRAVESSAVA A RUA CITADA ACIMA, FORA DA FAIXA DE PEDESTRES E DESATENTA SOFREU ACIDENTE.

MAS QUE FAIXA DE PEDESTRE?

RESSALTOU A LEITORA AVANI… DESDE QUE FIZERAM OS DEVIDOS AJUSTES NO ASFALTO, PELO MENOS NESSA RUA, AINDA NÃO FORAM PINTADAS AS FAIXAS DE PEDESTRES…

POR MUITA SORTE DA MESMA, VINHA PASSANDO UMA VIATURA DO SAMU NO EXATO MOMENTO E JÁ ESTÁ PRESTANDO OS PRIMEIROS SOCORROS NO LOCAL.

Governo do Estado investe na ampliação da produção baiana de cacau e do chocolate

POR SECOM

O Governo do Estado lançou, nesta quinta-feira (8), o Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018-2022, em parceria com Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC/MAPA). O lançamento aconteceu na sede regional da Ceplac, em Ilhéus, e contou com as presenças do governador da Bahia em exercício, João Leão e dos secretários Jeronimo Rodrigues (Desenvolvimento Rural), José Alves (Turismo) e Geraldo Reis (Meio Ambiente).

João Leão destacou que a ampliação da produção de cacau e o polo chocolateiro são fundamentais para a economia regional, gerando milhares de empregos. “Além do cacau, o Governo do Estado está investindo em obras como o Porto Sul e a Ferrovia Oeste Leste, em parceria com empresários chineses, além da construção da nova ponte Ilhéus-Pontal, já em fase de execução, e da duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna, num conjunto de ações que vão inserir o Sul da Bahia como um grande polo econômico”, enfatizou.

O projeto, que atenderá cerca de 20 mil agricultores, prevê o desenvolvimento de ações estratégicas que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas por ano, até 2022, a fim de consolidar a fabricação de chocolates finos, com certificado de origem no Sul da Bahia, através da instalação de 20 agroindústrias. O secretário de Desenvolvimento Rural afirmou que, ao incentivar o aumento da produção, a diversificação e a agroindústria, o governo estadual alavanca a inclusão social de assentados, indígenas quilombolas e agricultores familiares.

Geração de emprego, renda e inclusão social – “Esta é uma pauta ampla, de inclusão, de sustentabilidade. São 114 municípios nos territórios Litoral Sul, Médio Rio das Contas e Baixo Sul, entre os seis territórios com municípios que produzem cacau. São mais de cem municípios que produzem cacau, ou seja, mais de 300 mil famílias que produzem cacau. Foram destinados cerca de meio bilhão de reais. entre títulos de terras, título ambiental, assistência técnica, agroindústria e crédito. Uma grande agenda necessária para a região que tanto precisa e que Ilhéus merece”, salientou Jerônimo Rodrigues.

Representando o Município de Ilhéus, o vice-prefeito José Nazal Soub destacou a atuação do Governo do Estado quanto aos investimentos destinados para o sul da Bahia e em especial para Ilhéus. “Essa é uma visão estratégica para toda a região, por se tratar de uma ação a ser desenvolvida mais de cem municípios do território. Vejo a importância de uma região que está tendo o respeito por parte do governo baiano. Espero que a gente possa ver isso ser incrementado em prol do desenvolvimento regional e de melhores condições de vida para as pessoas que aqui moram”, comentou Nazal.

As ações incluem abertura de linha de crédito específica para a lavoura cacaueira, subsídios para produção de mudas e insumos, criação e indicação geográfica da produção do cacau, preservação da Mata Atlântica, prospecção de novos mercados, capacitação profissional, regularização fundiária e ambiental, difusão tecnológica, assistência técnica e extensão rural (ATER), capacitação, educação, gestão e empreendedorismo e infraestrutura rural. Os investimentos do Governo do Estado no plano devem atingir R$ 80 milhões.

Assinatura de convênios – Durante o evento, foram assinados convênios do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), com 32 cooperativas e associações de agricultores familiares, quilombolas, indígenas e assentamentos, no valor de mais de R$ 9,3 milhões. Os recursos serão aplicados em projetos de agroindústrias, fruticultura, pesca, produção de cacau/chocolate e assistência técnica rural, por meio da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), nos municípios de Ibirapitanga, Ituberá, Presidente Tancredo Neves, Taperoá, Valença, Cairú, Igrapiúna, Camamu, Canavieiras, Ilhéus, Jussari, Coaraci, Ibicaraí, Maraú, Camacan e Itajú do Colônia.

Além da Ceplac e do Governo da Bahia, por meio das secretarias estaduais de Desenvolvimento Rural (SDR), de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), de Desenvolvimento Econômico (SDE), de Turismo (Setur), Educação  e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); integram o plano o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Biofábrica, Universidade Estadual de Santa Cruz/Parque de Tecnologia, Ciência e Inovação, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Universidade Federal do Sul e Bahia,  o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC).

 

Crianças da Casa Amarela aprendem sobre Libras e respeito às diferenças

Como parte do projeto “Sementes da Vida”, ao longo do mês de novembro, a Escola & Brinquedoteca A Casa Amarela vai trabalhar o tema “Respeito”. Integrando as atividades, as crianças do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental I participaram da “Oficina de Libras – Língua Brasileira de Sinais”, na tarde da última quarta-feira (07), ministrada pelas intérpretes do Centro de Referência à Inclusão Escolar (CRIE) de Ilhéus, Gislaine Dantas e Milena Andrade. Ainda houve a participação da pequena Rute, que tem cinco anos e é surda, apresentando o alfabeto e saudações em Libras.

Segundo a diretora pedagógica da Casa Amarela, Sara Lemos, a realização da Oficina de Libras foi idealizada na perspectiva de discutir, dialogar e refletir sobre a temática da inclusão. “As crianças perceberam que todos temos limitações, mas podemos superá-las através da informação e desenvolvimento da empatia”, explicou a pedagoga. A presença de Rute também foi importante para demonstrar que, mesmo surda, também é capaz de ensinar. “Ela é igual a nós”, constatou Mariana Neves, estudante do 1º ano do Ensino Fundamental I.

A iniciativa da Casa Amarela busca estimular valores de solidariedade e cidadania. Ao longo da semana, os estudantes aprenderam sobre a história da Libras, sua importância enquanto primeira língua dos surdos no Brasil e seu reconhecimento como meio de comunicação e interação garantido por lei. “Como escola, entendemos a relevância de abrir espaço para a valorização da diversidade e fortalecimento da inclusão”, frisou Sara Lemos.

Moro defende ‘endurecimento’ de regras para sistema prisional

O juiz Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça, defendeu nesta quinta-feira (8) regras mais “duras” para que o sistema prisional deixe de ser “leniente” com pessoas que praticaram crimes graves. Na opinião do juiz, pessoas que cometeram homicídios, por exemplo, deixam a cadeia antes do tempo que elas deveriam cumprir pena, de acordo com informações do G1. “Evidentemente, a questão carcerária é um problema e nós estamos refletindo sobre ela da forma mais apropriada. É necessário ampliar vagas, é necessário eventualmente ter um filtro melhor”, afirmou o futuro ministro da Justiça. Sobre o pacote anticorrupção apresentado pelo Ministério Público e desfigurado pela Câmara, Moro disse que a ideia do novo governo é resgatar parte das propostas e “inserir coisas novas”. O pacote está atualmente em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. “A ideia é um plano forte, mas simples, para que seja aprovado em um tempo breve no Congresso. Anti-corrupção e anti-crime organizado, são as duas prioridades da próxima gestão”, concluiu. Quando assumir o Ministério da Justiça , Moro passará a ser responsável pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, pela Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), por exemplo.

ILHÉUS VAI GANHAR MAIS UMA UNIDADE DO COLÉGIO MILITAR

O comandante geral da PM da Bahia, coronel Anselmo Alves Brandão, anunciou a instalação de mais uma unidade escolar vinculada à rede de ensino da Polícia Militar, no bairro Teotônio Vilela em Ilhéus. O anúncio foi feito durante a solenidade de inauguração da nova sede da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) no Bairro Hernani Sá (área do Colégio de Atenção Integral à Criança – CAIC Darcy Ribeiro) na manhã desta quinta-feira, 8, na zona sul.

Brandão também disse que Ilhéus vai receber, ainda este mês, dois quadriciclos com o objetivo de reforçar o trabalho de segurança dos banhistas nas praias da cidade, na temporada de verão. Ele agradeceu ao prefeito Mário Alexandre, aos empresários e comunidade local pela área cedida e pelo apoio para a instalação da sede da 69ª CIPM. “Algumas vezes estive aqui e vi o quanto este bairro merece nosso carinho especial. As pessoas precisam de nossa atenção e buscamos estar mais próximos. Aqui a comunidade é presente”, acrescentou. Sobre a implantação de mais colégios militares em Ilhéus, o comandante se colocou à disposição do prefeito para a avaliação dessa medida.

DO IPOLITICA























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia