WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
sesab bahia secom ponte ilheus secom bahia secom bahia


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  






:: 14/dez/2018 . 13:25

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE

1) DESEJANDO BOAS FESTAS.

2) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Hakson Andrade numa merecidíssima homenagem

O atleta Hakson Andrade, faixa preta 3 Dan judô, foi homenageado pelo seus títulos internacionais, pelo 1 lugar no ranking estadual e nacional ,na sua categoria M1 Veterano -66.
“Gostaria de agradecer a todos que me ajudaram nestas conquistas e a todos que me acompanham.
2019 tem mais, conto com apoio de todos vocês!
Feliz  Natal e um Próspero Ano Novo a todos.”
HAKSON ANDRADE

NOTÍCIAS DA AVEP

EQUIPE DO CAPITÃO LUÍS EDUARDO É CAMPEÃ DO TORNEIO HAMILTON ANDRADE

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, completou domingo(09) a 22ª rodada desta modalidade esportiva de sua Temporada 2018 com o torneio-quadrangular em homenagem ao associado Hamilton Andrade o qual levou seu nome. A equipe do Capitão Luís Eduardo LE7 foi a vencedora da competição; a do Capitão Paulo Gois do Bradesco ficou em segundo lugar. O Torneiro-Quadrangular Hamilton Andrade se desenrolou da seguinte forma: na primeira fase as equipes dos capitães Paulo Gois do Bradesco e Renatinho dos Leais se defrontaram (no Campo Grimaldo) saindo-se vencedora nos pênaltis a do primeiro depois de elas empatarem de 1 a 1 com a bola correndo; no outro campo (o Martial) a do Capitão Luís Eduardo LE7 e a do Capitão Alex de Moises também empataram de 1 a 1 com a redonda em evolução, e nos pênaltis venceu a do primeiro. Na 2ª fase jogaram as vencedoras entre si e igualmente as perdedoras. Resultado: a equipe do Cap. Luís Eduardo LE7 abateu a do Cap. Paulo Gois do Bradesco por 3 a 1 e a do Cap. Alex de Moises goleou a do Cap. Renatinho dos Leais pelo escore de 6 a 0. Desta forma e como visto a do Cap. Luís Eduardo LE7 sagrou-se campeã e a do Cap. Paulo Gois do Bradesco vice-campeã. Os autores dos gols por equipe foram: (Cap. Luís Eduardo): Carlão do Taxi, Jatobá Negocinho, Danilo e Daniel Murta; (Cap. Paulo Gois do Bradesco): Crispa da Galera do Fla e Ralio da Contabilidade; (Cap. Alex de Moises): o próprio Alex de Moises(3), Valdomiro, Charles Reis e Mario Filho(2); (Cap. Renatinho dos Leais): Luís Humberto. Obs. não foram computados os gols de pênaltis para efeito de artilharia na temporada.

Como esta Notícias repete sempre, os babas foram realizados na praia da Av. Soares Lopes, bem defronte do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Juízes do torneiro: Wilson Salviano (no Campo Grimaldo) com atuação de regular para boa e Evanildo Conceição dos Santos (no Campo Martial) com nota boa, avaliações estas de acordo com os observadores de árbitros. Ambos integram a Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI. Quanto a cartões, ‘amarelou’ para Dilton da Ceplac, Cesinha da Nacional, Alan Firula, Coreia do HSBC e Eldon do Ofertão; ‘azulou’ para Eldon do Ofertão e ‘vermelhou’ para Eldon do Ofertão. O Diretor-do-Dia foi o próprio presidente Djalma Peludo. :: LEIA MAIS »

HÁ EXATOS 40 ANOS 16 DE DEZEMBRO DE1978

Meus Queridos Conterrâneos
Há exatos 40 anos, em 16 de Dezembro de 1978, formei-me em Engenharia Elétrica pela Universidade Católica de Petrópolis, cidade Serrana e Imperial do Rio de Janeiro.
Após 30 anos de serviços prestados na Coelba aposentei-me em Abril de 2009, levando comigo com toda a parte técnica, pois hoje dedico-me ao estudo de piano, a Literatura e a todo tipo de arte. Etapa nova na minha vida.
Nas fotos apresentadas estou com meu saudoso irmão Roberto Rabat (Tinho ), no salão nobre do Hotel Quitandinha em Petrópolis  onde foi realizada a colação de grau e com meus saudosos pais na Escola e Engenharia da UCP ( Universidade Católica de Petrópolis ) na referida cidade.
Forte abraço com carinho e saudade
José Rabat Chame
Vitória da Conquista – Ba

Uma visão do belo

Por Gustavo Kruschewsky

Professor e Advogado.

A beleza das pessoas, vista no ângulo da silhueta, analisando-se apenas o conjunto das linhas, da cor, das formas corporais “perfeitas” e das proporções “harmônicas” é de significação meramente específica e não escapa da relatividade.

Para este articulista a visão do belo é muito mais abrangente, apesar de ser também relativista. Manifesta-se em variadas acepções. Talvez mais nobres e grandiosas que o ser hominal pode ter. A exemplos de a pessoa ser: “agradável, feliz, serena, harmoniosa, formosa, grandiosa, imponente, sublime e de elevado valor moral”. Mas, apesar de certas “imperfeições” que a pessoa carrega nas suas ações não inviabiliza a admiração e o prazer que se sente por ela e ao lado dela. É muito comum determinada “imperfeição” aproximar ainda mais uma pessoa da outra ou de determinados agrupamentos. Da mesma forma que determinadas imperfeições de alguém podem ser causa de separação. É o princípio da aceitação e da não aceitação.

Mas, os estudiosos dizem que o grande inimigo da beleza é o próprio caráter da pessoa. Os filósofos se perguntam: seria possível alterar o próprio caráter? A palavra caráter é oriunda do grego “indica impressão, gravura”. Ele, o caráter, é gravado em cada um de nós pela própria natureza. É a nossa essência. Podemos deletá-lo? Perguntar-se-á.

Certo Dramaturgo da antiguidade externou que: “Naturam expellas furca, tamen usque recurret. Ou seja: Se expulsas com o forcado a natureza, ela mesma, no entanto, voltará”. Neste contexto, tentar mudar a natureza é chover no molhado? É inútil tentar eliminar o que é natural, por quê? Será que ela, a natureza daquele ser, logo voltará? Talvez a expulsão da natureza má do ser hominal deva ser utilizando-se a educação como forcado. Hoje, já existem muitas técnicas educativas para dar traços de beleza ao espírito humano, transformando-o para “melhor”.

Portanto, o temperamento de cada um, a sua essência, aquilo que constitui a natureza da pessoa, considerando-se “o conjunto das suas qualidades (boas ou más) e que lhe determinam a conduta e a concepção moral” pode dotar ou não a pessoa de predicados belos.

Na verdade, o belo em sua essência, o “to kalón”, como diziam os gregos, é relativo. O belo não possui um arquétipo. É também questão cultural. Perguntem a um sapo o que é uma pessoa bela e ele vai responder: É minha fêmea e companheira “com dois grossos olhos redondos quase saltando de sua pequena cabeça, uma goela larga e chata, um ventre amarelo, um dorso chato”. E conclui o anfíbio anuro (sapo): Para mim ela é bela. Admiro muito e tenho prazer em viver com ela.

Para o negro ou a negra da África; o belo é “uma pele negra, oleosa, olhos cravados, nariz achatado”. Uma “burguesinha” brasileira, sem um sentimento maior, certamente vai dizer que é um homem MALHADO ou uma mulher MALHADA com os olhos da cor do céu e os cabelos lisos e loiros. A altura talvez não tenha muita relevância. Nos três exemplos citados, verificar-se-á que no primeiro está o sentimento que causa admiração e prazer. Nos dois últimos apenas a admiração. Sentindo-se ao mesmo tempo a admiração e o prazer alcança-se o belo.

Ter relacionamento com pessoas belas, no nosso viver e conviver cotidiano, é tão importante para o espírito como o oxigênio para o corpo. A falta do oxigênio como da beleza adoecem. Muita gente morreu decepcionada, sem encontrar um mínimo traço do “belo” em muitas pessoas das quais conviveu e que se achavam ”belas”.

Observe-se a agonia destes versos que se seguem nesta composição poética de pequena extensão. A poetisa demonstra a incansável espera de encontrar algo ou alguém. Ela quer concretizar o encontro com o belo. A admiração já existe só resta vivenciar o prazer.

Assim se expressa: “quisera ter asas… quisera ter a audácia dos ventos… quisera ser areia morna para sentir o seu corpo em mim… quisera sorrir o seu sorriso doce e impregnar-me da sua alegria… Mas, onde está você? No colorido das flores? Esconde-se nos caracóis? Permaneço aqui, embebida de saudades… A esperar”.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia