Cada ser humano possui dentro de si um Universo de encantos e desencantos. Um viciado, seja qual for a sua influência negativa no universo dos vícios, vivendo sem limites da capacidade de amar a si próprio no seio da sociedade é sempre considerado dependente de drogas, até quando ele achar que deve ser assim. É uma doença e muitas pessoas que usam esse veneno, não observam que são transformadas violentamente no seu estado físico e mental. Quantos talentos estão perdidos, iguais ao tamanho de um elefante, que não sabe a força que tem.

No Brasil a estatística divulgada nas pesquisas é que anos após anos perdemos talentos humanos! Atribuímos a quem esse estado de coisas nefestas? Diante de tantas tentativas de impedir esse mal, existe apenas um inferno às vezes sem volta. O desemprego em massa e as escolas em dificuldades de manutenções para transformar tantos crianças e jovens, e até adultos em seres humano ligados ao bem maior para a viver a vida. Então, nada melhor do que criarmos uma oração e dedicar aos viciados, e quem sabe eles acordem para a vida salutar que merecem e passe a amar a si próprio de verdade.

ORAÇÃO DO VICIADO

Tu, ó Deus, bem conheces a minha estupidez, e as minhas culpas não te são ocultas.

A minha infâmia está sempre diante de mim, e com isso, cobre-se de vergonha o meu rosto.

Esconde o teu dos meus pecados, e apaga todas as minhas chamas de iniquidades.

Todos os meus ossos doidos e doentes de quedas, dirão: Senhor, quem contigo se assemelha? Pois livras o aflito daquele que é demais forte para ele; o mísero e o necessitado dos meus extorquiadores, que me fazem roubar os meus pais, praticar assaltos inconscientes, sem medir as consequencias insuportáveis de crimes.

Tu, porém, ó Deus, os precipitarás a cova profunda, e esses homens mercenários, desumanos e fraudulentos, que me colocaram nessa estrada miserável. Tenho certeza, eles não chegarão à metade de seus dias; eu, todavia, confiarei em Ti, sofro e estando cego desconheço que necessito viver a vida que me deste.

No dia em que Te invocar, baterão em retirada os meus inimigos, aqueles que me chamaram para participar desse banquete sanguinário e vil, porque sei disso Deus que Tu é por mim. Eu sei que em Deus, cujo a palavra eu sempre louvo é meu Mestre e Senhor; venho nesse momento pedir perdão pelo mal que estou me causando.

Creio em Deus que ponho minha confiança e nada temerei. Que me podem fazer os homens criadores dessa herança maldita do vício? Pois da morte me livraste a alma e da queda meus os pés, para que eu ande na Tua presença ò Deus em sua luz divina.

Livra-me a alma da dor, preciso da tua paz, destroi os que me perseguem; pois são muitos contra mim. Então, em Ti Senhor, me refúgio; que eu não continue sendo envergonhado de tantas atrocidades.

Não escondas o Teu rosto, Tu és o dogma divino e espelho de todas as criaturas, pois o teu servo está atribulado: me acode ó Pai e responda-me depressa para qual direção devo seguir?

Agora, sei perfeitamente, busquei o Senhor na certeza que me acolherá em Sua misericórdia; livra-me de todos os meus temores, agônias, desesperos e desventuras visinárias do fatal seio dos vícios.

Sei que a minha carne e o meu coração desfalecem, contudo, acredito mais ainda que Deus é a fortaleza do meu espírito de homem e a minha herança eterna.

Tu, ó Pai, que tens feito ver muitas angústias e males, me restaurarás a vida, e de novo me tirarás dos abismos da Terra que busquei sem saber o que fazia.

Ó Deus, livra-me por Tua justiça, e resgata-me; inclina-me os Teus ouvidos e salva-me de todos os males.

Seja para mim uma rocha habitável em que sempre me acolhe; ordenas que eu me salve, pois Tu és minha rocha e a minha fortaleza.

No dia que sinto a insustentável angústia clamo a Ti, porque tens o poder de Pai, nunca me abandonou, sei que sempre me escuta e me respondes pacientemente, não temo a Sua condenação porque sabes perdoar os seus filhos.

Presta-nos ó Pai, o auxílio nesse angustioso caminho que permaneço sem luz, pois vão é socorro dos homens mecenários no mundo. O melhor princípio humano é buscar refúgio no Senhor, porque confiar nos nas pessoas insensíveis que me colocaram nesse martírio pouco está valendo.

Afasta-me do caminho da falsidade humana, Senhor, e favorece-me com a Tua lei divina.

Senhor Deus, livra da morte a minha alma, das lágrimas os meus olhos ansiosos de amor, da queda os meus pés.

Compadece-Te de mim, Senhor, porque me sinto atribulado; de tristeza os meus olhos vermelhos choram sem saber porque, tudo isso causa-me uma grande destruição, e a minha vida permanece agitada e o meu corpo continuará sempre trêmulo se não obter o Teu socorro e o tempo urge na estrada que terei de percorrer.

Diante de tantos sofrimentos que causei aos meus pais que acreditavam no meu futuro para a sua felicidade, meus parentes e amigos que hoje me olham desapontados e tristes. Sei que por minha causa, muitas vezes passam por longe, para não verem tamanha transformação de um ser humano, que diante da vida oferecida por Deus, resolveu destruir-se sem dó nem piedade, entregando a sua própria alma aos apologistas dos vicios, com a afirmativa que esse era o caminho, a verdade e a vida. PENSEM NISSO

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia