WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  






:: 1/mar/2019 . 21:26

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE ESPECIAL.

1) OS CARNAVAIS DE ILHÉUS HÁ 80 ANOS ATRÁS.

2) JOSÉ LEITE NO CARNAVAL.

3) HOMENAGEM A UM GRANDE FOLIÃO.

4) DA SERIE: EU ERA ASSIM, FIQUEI ASSIM.

5) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: TRÂNSITO SERÁ ALTERADO EM ALGUNS TRECHOS DURANTE O FERIADÃO DE CARNAVAL

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Superintendência Municipal de Trânsito e Mobilidade (Sutram), inicia nesta sexta feira (1º), a partir das 15 horas, a Operação Carnaval, com alterações em algumas avenidas da cidade. As mudanças são necessárias por conta do intenso fluxo de veículos durante o feriadão e prosseguem até a quarta-feira de cinzas (6).

Segundo o chefe de Operações da Sutram, Clovis Junior, nos dias de chegada dos visitantes (sexta e sábado), haverá intervenção no entorno do terminal rodoviário, onde serão colocados cones e barreiras para evitar conflito entre os veículos que seguem para a Avenida Itabuna e a Avenida Esperança.

Nestes dias, serão proibidos os acessos à Avenida Princesa Isabel para quem vem da Avenida Itabuna no sentido rodovia; à Avenida Ubaitaba para quem trafega na Avenida Itabuna em direção ao centro da cidade e à ladeira do Canecão.

No final do feriadão (terça e quarta), os agentes de trânsito possibilitarão o acesso direto à Avenida Princesa Isabel para quem trafega na ponte Lomanto Júnior em direção a Itabuna. A Rua Barão do Rio Branco, no Pontal, terá sentido único, obrigando os veículos que trafegam no sentido zona sul X centro seguirem para a Rua 13 de Maio.

Também nestes dias, será modificado o trânsito no trecho de acesso ao bairro Teotônio Vilela. Quem trafega no sentido Itabuna deve pegar o leve desvio à direita, e quem se dirige ao Vilela deve aguardar no centro da pista e aguardar o momento de seguir.

Samu de Ilhéus promove campanha de Carnaval para aumentar doações de sangue

POR SECOM

Ampliar as doações de sangue no período de Carnaval, esse é o intuito da campanha para captação de doadores. A ação é realizada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) de Ilhéus, através dos profissionais que integram o Núcleo de Educação Permanente, nesta sexta-feira (1). As doações de sangue regulares são indispensáveis para que centenas de atendimentos de urgência, emergência e eletivos sejam realizados principalmente no período do carnaval.

A campanha, segundo os organizadores, visa ainda prevenir acidentes de trânsito durante o período de carnaval. As equipes vão atuar nos cruzamentos, semáforos, centro e nos locais mais movimentados da cidade. Segundo informou o enfermeiro do SAMU, Denis Dias, “as orientações educativas serão repassadas para todos os condutores que estiverem trafegando com seus veículos nesses pontos, informando sobre os cuidados no trânsito e a importância da doação sangue”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que de 3 a 5% da população de um país deve ser doadora. No Brasil, o percentual de doadores está em torno de 1,9%, muito abaixo do que é considerado ideal. O Estado da Bahia opera com cerca de 1,4% de voluntários. Os doadores deverão se dirigir ao Banco de Sangue de Ilhéus que funciona de segunda a sexta das 7 às 17 horas e sábado das 8 às 12 horas, no anexo da Santa Casa de Misericórdia, na ladeira da Rua do Café, no centro.

 

Ilhéus divulga programação do carnaval espontâneo na Avenida Soares Lopes

Neste fim de semana de carnaval (2 e 3 de março), a Avenida Soares Lopes será ocupada de forma espontânea por foliões. Blocos afros, mini trio com bandas locais, grupos mascarados serão os ingredientes da festa popular realizada pela comunidade com o apoio da Prefeitura de Ilhéus. Os blocos previamente cadastrados pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) irão desfilar a partir das 15 horas encerrando às 22 horas.

A programação conta com uma diversidade de ritmos. No sábado (2), desfilam os blocos Thyaguetes, Explosão na folia, Os Travestidos, Ache graça Quem Quiser e Super Poderosas. O bloco “Levada Afro”, com o tema “Resistência Cultural – Música, Dança e Ancestralidade”, será no domingo, (3), às 20 horas com a participação dos grupos afros Dilazenze, Rastafiry, Zambi-Axé, Minikongo, Yorubá, Levada da Capoeira, além das tradicionais baianas dos principais terreiros de candomblé da cidade. Ainda no domingo, os blocos “20 comer” e “As Kretinas” arrastam os foliões na avenida.

A Prefeitura vai garantir serviços de segurança, através da Guarda Municipal em parceria com as Polícias Militar e Civil da Bahia, de trânsito e assistência à saúde, com a disponibilização de ambulâncias na avenida. O circuito será fechado da Praça Dom Eduardo até o Cinema Santa Clara, para a entrada dos blocos e mini trio.

Já o acesso do público será pelas ruas transversais da avenida, nesse trecho. Para coibir a violência, policiais, guardas municipais e bombeiros irão atuar em conjunto na base de segurança montada na Biblioteca Municipal, localizada na Praça Castro Alves. O trafego de veículos durante o evento em toda essa área estará suspenso. Outra informação importante é que haverá barraquinhas para comercialização de alimentos e bebidas na extensão da folia.

POR SECOM

 

PSICOMUNDO <> AUSÊNCIA DE DESVELO NO ATENDIMENTO PÚBLICO <>

Não há quem nunca tenha feito, ou pelo menos ouvido, comentários como este: “hoje, quando fui tratar de meu processo, resolver assuntos de documentos importantes, tive a sorte de encontrar um funcionário ótimo, atencioso, paciente, educado e prestativo”. Ou: “aquela funcionária deveria ser elogiada pela delicadeza com que trata as partes”! Com a existência de várias repartições públicas em nossa cidade, o certo, entretanto, seria considerar-se natural esse procedimento e só o oposto, por sua raridade, merecer comentários.

Por exemplo, ficar numa fila para reconhecer a firma de uma pessoa, recebendo uma senha de quantidade limitada para esse atendimento, realmente merece uma boa reflexão buscando uma fórmula para estabelecer um bom atendimento. Torna-se um grande inconveniente quando se encontra numa dessas filas, pessoas idosas, senhoras grávidas, deficientes físicos de todas as necessidades básicas, e muitas vezes são criaturas esquecidas, e surge uma necessidade prioritária originada da boa formação educacional de nossa sociedade solidaria e humana, dando-lhes de modo espontâneo o seu lugar no atendimento.

Não é isso que está acontecendo no atendimento do cadastramento biométrico em nossa cidade e existe a importante necessidade da Justiça Eleitoral, verificar se realmente existe alguma irregularidade nos atendimentos, principalmente com os idosos. Pessoas mal humoradas e levando seus problemas particulares estão desenvolvendo suas atividades sem manter o rigor da solidariedade humana. Não é favor nenhum darmos a quem procura uma repartição pública um tratamento cortês que retrate a imagem do Órgão a que pertencemos e executamos nossas atividades profissionais.

É fácil, pois, compreender a irritação de alguém que, após aguardar em pé numa longa fila sua vez de ser atendido, se sente muitas vezes desrespeitado ao ouvir a informação seca e impaciente do funcionário que o atende: “volte amanhã ou daqui a alguns dias”! Faltam adicionar um sorriso, uma palavra amável e maiores explicações aos esclarecimentos que prestamos, e estamos ali para isso, respeitar e atender bem ao público. Nada custa dar a impressão de que o mais importante para nós, naquele momento, é resolver o problema de quem nos procura.

Assim procedendo, não estaremos apenas zelando pelo interesse do próximo, ou mesmo ajudando o nosso semelhante, mas, ao mesmo tempo, elevando o conceito da repartição em que trabalhamos e, conseguintemente, o status profissional de cada um de nós. Para não falar, também, de nosso aperfeiçoamento como pessoa humana. A educação mostra o grau de conhecimento da cultura do servidor público observada pelo lado humanitário. É um gesto determinante que marca para sempre, e onde quer que esteja a pessoa que atendeu com carinho e presteza, pois a primeira impressão é a marca que registra esse entrelaçamento de importante encontro social e humano.

Resumindo a razão da essência dessas ações de entrelaçamentos entre as pessoas, vale preservar a organização educacional e cultural do nosso País. Todos os habitantes de um País são chamados a colaborar, quer diretamente, quando ocupamos um cargo, seja qual for, na administração pública, quer na condição de mais um dos que, pelo pagamento de impostos e taxas, contribuem, igualmente, para o desenvolvimento da Nação Brasileira. PENSEM NISSO!!!

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia