WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  






:: 12/mar/2019 . 12:11

ATLETA ILHEENSE PRECISA DE APOIO PARA REPRESENTAR O BRASIL NO EXTERIOR

 Na manhã desta segunda –feira (11), o atleta ilheense Hakson Andrade foi entrevistado no programa O Tabuleiro, Conquista FM 105,9 e contou um pouco da sua rotina de treinos e dos títulos internacionais e nacionais que conquistou no judô. O atleta é líder do ranking nacional na categoria Sênior e M1 Master Campeão Sul Americano e recentemente conseguiu ser o 5° colocado no Mundial de Judô em Cancún no México. Mesmo com tantas vitórias, o esportista não conta com patrocínios e aproveitou a entrevista para pedir ajuda às pessoas e principalmente empresários da região. Este ano o calendário está repleto de competições 3 internacionais, 7 nacionais e 9 estaduais. As últimas viagens do judoca foram custeadas com a ajuda de pais de alunos e amigos. O treinamento físico para as competições também é custeada pelo próprio atleta. Jackson representa Ilhéus mundialmente e deixou seu telefone para contato para que os interessados entendam como funciona o treinamento e a programação de viagens do atleta. Para maiores informações de apoio ao judoca o whatsapp é : 988149980 .

COLETA DE LIXO COMO MANDA O FIGURINO…DE RÉ!

ESTAMOS CIENTES QUE A PREFEITURA DE ILHÉUS ROMPEU CONTRATO COM A EMPRESA RESPONSÁVEL PELA COLETA DE LIXO.

MAS O NOSSO PREFEITO MARÃO, NÃO SE ABATEU. CONTRATOU UM MOTORISTA TOP DE LINHA, COM UM FONE DE PROTEÇÃO AURICULAR PORRETA E MANDOU BRASA.

ÀS 10HS E 20 MINUTOS NO FERVOR DO TRÂNSITO DA RUA MAIS MOVIMENTADA DA CIDADE, UM TRATOR FAZENDO A COLETA DE RÉ, ISSO CLARO PARA NÃO CAUSAR MAIS ENGARRAFAMENTO.

MOTORISTA E ESTRATÉGIA ESTÃO MESMO DE PARABÉNS!

E EU ACHANDO QUE JÁ TINHA VISTO DE TUDO NESSA VIDA…

Reitora da UFSB recebe prêmio no Dia Internacional da Mulher

“Dai à mulher toda glória sem temor”. Este foi um dos versos repetidos na canção de abertura da cerimônia de entrega do VI Troféu Mãe Ilza Mukalê a mulheres inspiradoras por sua atuação na sociedade sul-baiana. O evento foi realizado na última sexta, 8, Dia Internacional da Mulher, no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.

O prêmio foi concedido a dez mulheres e grupos de mulheres que se destacam na região. Dentre elas, a reitora da UFSB, professora Joana Angélica Guimarães da Luz, primeira mulher negra eleita pela comunidade acadêmica para o cargo máximo de uma universidade federal brasileira. Muito emocionada, a reitora manifestou sua gratidão a Mãe Ilza pelo troféu, dizendo que o melhor de sua trajetória profissional são momentos como esse, “de enorme honra, que me enaltecem como mulher, mulher negra e professora.”

“Este prêmio não é meu, mas de todas as companheiras de sonhos e realizações que tenho comigo na UFSB”, festejou a reitora. Agradeceu a presença de colegas de trabalho na cerimônia, afirmando que o troféu revela o reconhecimento que o trabalho desenvolvido pela UFSB já tem na região. “Significa que estamos trilhando o caminho certo e queremos contribuir muito mais com as regiões Sul e Extremo Sul da Bahia”, comemorou a professora Joana.

Mensagem da matriarca

Quarta geração à frente do terreiro, Mãe Ilza agradeceu à mãe, aos ancestrais, aos filhos e à comunidade pela oportunidade de estar na posição que ocupa aos 85 anos. Como mensagem às mulheres, ela destacou a importância de levantarem a cabeça. “Este Dia da Mulher é importante para mim porque há muitas outras como eu, que sofreram e estão na batalha. Sofri, fui humilhada por ser negra, pobre, separada e mãe de santo. Por isso, tenho muito orgulho de mim e da minha família.”

Mulheres da UFSB

Izadora Guedes, servidora do Campus Jorge Amado, também foi agraciada com o Troféu Mãe Ilza pela atuação na Banda Quente, de Ilhéus, que apresenta trabalho autoral e é composta por mulheres empoderadas: Izadora, Eloah Monteiro e Ticiana Belmonte.

Acompanhe o trabalho: https://www.facebook.com/bandaquente/

 

Integração Social

A entrega do troféu marcou a abertura da VI Semana Mãe Ilza Mukalê, cuja programação vai de 8 a 15 de março e pode ser conferida no endereço www.matambatombencineto.blogspot.com.br

O evento foi uma realização da Organização Gongombira de Cultura e Cidadania, com apoio da Gongombira Serviços Culturas, Rede Matamba, Dilazenze e Ateliê Awô Omi. O artista plástico soteropolitano Alessandro Teixeira foi o responsável pelo design do troféu.

 

Fotos: Milena Magalhães

PSICOMUNDO <> PREDOMINANTES CAMINHOS DOS DIREITOS SOCIAIS <>

As Manchetes de Jornais, redes televisivas e rádios em todo mundo reportam as flagrantes noticias acerca dos nocivos graus de periculosidade de “FEMINICÍDIOS”. Perdemos o contato com a Educação e conscientização da população: tudo isso numa sociedade em que o machismo e a misoginia são fundantes e estruturantes das nossas relações e experiências, a violência contra a mulher é algo naturalizado no cotidiano e precisamos impedir urgentemente o seu desastroso avanço social. Para romper com essa mentalidade, é preciso desaprender a misoginia e se educar para a equidade e a justiça. A família tem atualmente a imensa necessidade de reintegração dos seus reais objetivos. Isso também envolve desde a abordagem do tema em sala de aula até a produção de estatísticas que fundamentem as políticas públicas e a realização de campanhas voltadas à população como um todo.

As reportagens sobre feminicídio no Brasil são um exemplo cruel de como a imprensa pode ajudar a reproduzir a violência contra a mulher. É urgente a capacitação dos profissionais de imprensa sobre a violência contra a mulher, assim como a responsabilização legal dos meios de comunicação que reiterem a violência. As pessoas devem ser calmas, tolerantes e inteligentes para evitar conflitos com pessoas desleais e insensatas em qualquer lugar do nosso mundo. É dessa forma que o cérebro e o corpo trabalham juntos neste misterioso processo de pensamento e ação. O amor é um elemento invisível e verdadeiro. Ele atua constantemente em todos os seres humanos indicando o que nos agrada ou desagrada. Este amor pode ser pelo animal de estimação, pela árvore do nosso quintal ou pelas pessoas que nos cercam. Surgirá sempre a grandeza do amor que nasce e se fortalece pelas mútuas e boas relações humanas. A paciência árdua e espontânea dará a real vitória do bem contra o mal.

Qual o papel preponderante do governo brasileiro, diante dos crimes contra as mulheres, assim como em defesa da nossa sociedade ainda abandonada pelos princípios educacionais de forma global. Faltam as forças do trabalho e da educação, pois dessa forma que a população está vivendo em nosso país, nunca se pode deixar de reconhecer a importância da vigilância do poder público para ir e vir se iniciado em padrão de respeito à integridade física das pessoas. É preciso ter certeza a justa afinidade que não foi necessário pisar ou maltratar ninguém para se torna rico ou dono mundo. É necessário informar a todos que atuamos no mundo, nosso local de moradia e trabalho, onde quer estejamos, sendo a associação parte integrante de um grande investimento de lutas, construído com suor e até lágrimas. É hora da utilização da prática da união para trazer a força para mostrar onde se encontram os direitos e os deveres de uma sociedade digna, forte e justa.

As dificuldades em algumas camadas da sociedade trazem novas descobertas que ajudam as pessoas a vencerem juntas, é só possuir educação acreditando no trabalho, e respeitar os aliados representados pela sua comunidade ou associação. É importante o exercício do bom senso e o cumprimento com muita responsabilidade para buscar a igualdade. Jamais esperar que surjam surpresas de seios familiares com contraditórias ou manifestações sem éticas. Dessa maneira seria impossível, pois é normal existir muita atenção e a proteção seja individual. Os integrantes das associações sociais devem estar preparados para inibir qualquer clima de descontentamento, prevalecendo sim, o respeito mútuo em consonância com os direitos e deveres. Chega de crimes contra as pessoas! São seres humanos que inicialmente surgem com parceiras de grandes de realizações de amor e depois são transformadas em restos humanos, numa sociedade hipócrita. São frios e calculistas nos relacionamentos e muitas vezes residem pessoas escondidas em suas personalidades e temperamentos, sempre indignas de confiança.

Banindo a vulgaridade e a inveja ao verificar que outras pessoas atingiram maior qualificação social, os sensatos descobrirão as possibilidades deles também, espelhados nos bons exemplos dos vitoriosos, atingirem o mesmo degrau da plenitude maior para a sua vida, vencendo de forma igual. O negócio é que ainda existem pessoas que não

procuram alcançar nada para melhorar sua própria personalidade. A nossa mente está cheia de ideias sugestivas e aspirações que recebe do Poder Universal. Todo o ser humano possui dentro de si um “Eu” elevado e bom, e outro “Eu” baixo e mau. Então, não podemos exigir do nosso companheiro ou companheira a lealdade, a amizade, a compreensão, a gentileza, a humildade e o respeito recíproco, quando nada disso conseguimos oferecer. PENSEM NISSO!!!

EDUARDO AFONSO – Ilhéus – Bahia

UFSB abre seleção para mestrado profissional em Itabuna

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Sul da Bahia (PROPPG/UFSB)  anuncia seleção para alunos regulares do Mestrado Profissional em Ensino e Relações Étnico-Raciais  da Universidade Federal do Sul da Bahia (PPGER), para ingresso em 2019 no Campus Jorge Amado. A oferta é de 26 vagas numerárias e 2 vagas supranumerárias, destinadas a estudantes estrangeiros oriundos de países latino-americanos e africanos.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 10 de março e se encerrarão no dia 31 de março. O processo seletivo terá duas etapas: apresentação de projeto de pesquisa-intervenção e entrevista. Os candidatos selecionados iniciarão suas aulas no dia 27 de maio deste ano.

Para a inscrição, que é gratuita, é preciso preencher manualmente a ficha de inscrição e enviá-la para o e-mail [email protected] com o título da mensagem (campo assunto) “Edital PROPPG 01/2019”, anexando cópias dos documentos:

  • Documento de identidade ou passaporte para candidatas/os estrangeiras/os;
  • CPF ou documento de identidade em que conste esse número;
  • Diploma de graduação ou declaração da instituição de que concluirá até a data prevista para matrículas no curso;
  • Histórico Escolar da Graduação;
  • Currículo Lattes atualizado, com especial cuidado no preenchimento do resumo de apresentação;
  • Projeto de Pesquisa-Intervenção;
  • Auto-declaração da/o candidata/o às vagas reservadas segundo as categorias L2, L3, L4 e L5;
  • Comprovante de vínculo empregatício para candidatas/os às vagas L1 e L2;
  • As/os candidatas/os com deficiência, concorrentes ou não às vagas reservadas às Pessoas com Deficiência (PcD), devem, no momento da inscrição, informar e indicar os equipamentos ou tecnologias assistivas necessários para sua participação no processo seletivo no campo “observações”.

Cronograma

  • Inscrição – 10/03/2019 a 31/03/2019
  • Divulgação de inscrições homologadas – 09/04/19
  • Prazo para recurso da homologação das inscrições – 11/04/19
  • Divulgação do resultado da Primeira Etapa – Projeto de Pesquisa-Intervenção – 23/04/19
  • Prazo para Recursos – 25/04/19
  • Segunda Etapa – Entrevista – 06 a 10/05/2019
  • Publicação do resultado final – 17/05/19
  • Prazo para Recursos – 19/05/18
  • Matrícula dos/as aprovados/as – 27/05/18
  • Início das Aulas – 27/05/19

O PPGER é direcionado para a formação continuada dos profissionais da educação formal e não-formal, e para pessoas interessadas nas questões do ensino em espaços formais e não-formais. O foco do programa é a pesquisa aplicada a área do ensino, bem como a garantia da problematização das leis 10639/2003 e 11.645/2008, assim como o plano nacional das diretrizes curriculares para educação das relações raciais e o ensino de História e Cultura Africana e Afro-brasileira.

Matrículas na Especialização em Agroecologia e Educação do Campo ocorrerão de 11 a 15 de março

A comissão de seleção do Programa de Pós-graduação em Agroecologia e Educação do Campo divulgou nota referente às matrículas. Os candidatos aprovados deverão comparecer à Secretaria Acadêmica do Campus Paulo Freire (Endereço: Praça Joana Angélica, número 58, Bairro São José, Teixeira de Freitas) entre os dias 11 e 15 de março, das 14h às 20h. Os seguintes documentos originais e fotocópias simples devem ser apresentados para realizar a matrícula:
a) Carteira de Identidade (RG) e CPF ou Passaporte para candidatas/os estrangeiras/os;
b) Diploma de Graduação emitido ou revalidado por Instituições de Ensino Superior Federais, histórico escolar da graduação e demais certificados comprobatórios declarados no Currículo Lattes;
c) Título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral;
d) Certificado de reservista (sexo masculino);
e) Comprovante de vínculo com a categoria de vagas a que se inscreveu;
f) Autodeclaração daqueles que se declararam indígena (Apêndice V), negro (Apêndice VI) ou quilombola (Apêndice VII).

Somente será aceita “Declaração da Instituição” em substituição ao “Diploma de Graduação” no caso de egresso de Instituição Federal ou Estadual de Ensino Superior. A efetivação da matrícula do/a candidato/a ficará condicionada à apresentação dos documentos relacionados acima. Caso não haja comprovação no prazo estabelecido, a/o candidata/o perderá a vaga, que poderá ser preenchida pelo/a próximo/a classificado/a (em lista de espera).





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia