WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


Abril 2019
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  






:: 2/abr/2019 . 15:15

UFSB publica edital para Concurso Docente

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) acaba de lançar mais um edital de Concurso Público para Docente. O Edital nº 06/2019oferta sete vagas para a cidade de Teixeira de Freitas, onde está localizado o campus Paulo Freire. As vagas são para graduadas/os em medicina, distribuídas em diferentes especialidades.

O regime de trabalho é de 20h e a remuneração pode chegar a R$ 3.678,80, a depender da titulação da/o candidata/o.

As inscrições serão realizadas entre os dias 04 e 17 de abril, através do site oficial. O valor é de R$ 250,00

A seleção será realizada em três etapas:

1.     Prova Escrita (PE), de caráter eliminatório e classificatório;

2.     Prova Didática (PD), de caráter eliminatório e classificatório;

3.     Prova de Títulos (PTI), de caráter classificatório, composta por avaliação de Currículo Lattes e correspondente documentação comprobatória deste.

O período provável para a realização das provas será entre 12/05/2019 a 30/05/2019.

Dúvidas podem ser sanadas através do e-mail: [email protected]

PARA ONDE VAI A CEPLAC?

Luiz Ferreira da Silva, 82

Pesquisador aposentado e ex-diretor do CEPEC

[email protected]

E pensar que um Organização que já fora modelo e até reverenciada pela EMBRAPA e pelo IICA, ademais de ter sido elogiada pelo Presidente Geisel – “Feliz do Brasil se tivesse muitas CEPLACs no Brasil!” – esteja vagando à deriva e não se sabe o que fazer dela, como fosse um estorvo para o Ministério da Agricultura?!

Muitas conjecturas estão sendo discutidas sobre o seu futuro, desde ser pareada com a UESC (Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, BA), reduzida ao CEPEC com o reforço da Extensão ou “doada” à Embrapa, que apenas absorveria a pesquisa.

Recentemente, essa última alternativa voltou à baila, agora com o argumento que aquele modelo da CEPLAC – Pesquisa, Ensino, Extensão e Apoio ao Desenvolvimento – estava esgotado e só existia na cabeça de saudosistas.

Isso não é verdade, pois a integração desse cavalete operacional proporciona o real desenvolvimento de uma região, mercê da integração das partes de modo sistêmico no uso racional dos recursos da terra.

Simplesmente transformar uma organização de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) em um Centro de Produto da EMBRAPA, pode até ser uma solução emergencial ante ao debacle institucional em que se encontra e falta de recursos, mas nunca como uma solução inteligente, mas naquela de se perder os anéis, para salvar os dedos. Uma solução, pois, de viés puramente economicista, considerando o atual caos do país, quebrado e com poucas perspectivas de retornar, a curto prazo, ao grau desenvolvimentista de anos pretéritos. E, jamais, que o cavalete institucional – esteja superado!

Recorro, para me justificar, ao Projeto americano, o “Land Grant College”, implantado pelo Presidente Roosevelt, em 1930, voltado ao desenvolvimento de uma região pobre, cujas ações perduram até hoje (TVA – Tenesee Valley Authority). E continua produzindo frutos a exemplo da fundação de uma Universidade Regional.

E inclusive, o CEPEC vai se apequenar com tal absorção, pois é mais complexo que as unidades de pesquisa da EMBRAPA, por ser um misto de produto e recursos, dispondo de uma rede experimental que atende ao cacau, aos cultivos diversificados e aos recursos naturais, haja vista os diversos estudos procedidos na Mata Atlântica Sul baiana (Pedologia, Fitogeografia, Geologia, Clima, Botânica, Hidrologia, Fotogrametria), tornando-a ímpar em matéria do conhecimento integrado de sua fisiografia.

É lógico que o modelo tem que ser revisado. O momento é bem diferente da década de 60, sobretudo em relação do boom tecnológico nas diversas áreas do conhecimento.

Neste contexto, a Extensão Rural, considerando o avanço da tecnologia agropecuária de precisão pari passu ao uso da TI (Tecnologia da Informação), teria que ser revista, pois sua estrutura é pesada e custosa.

Em 06 de janeiro de 1980, o Sistema Globo de Televisão lançou o Globo Rural, revolucionando a difusão de tecnologia no meio rural, constituindo-se no marco nesta nova visão de se interagir com os produtores agropecuários.

Nestes 36 anos, surgiram canais específicos e técnicas de comunicação foram desenvolvidas pari passu à TI (Tecnologia da Informação), eivada de aplicativos cibernéticos e mão-de-obra especializada em ciência da computação.

Estão aí os meios de informação e aprendizagem, notadamente canais de Tv e a Internet, sociabilizando ensinamentos de forma massificada. Neste particular, recorro à minha esposa, Airma, no nosso início matrimonial, recém-chegada à Itabuna, junho de 1964. Imediatamente se matriculou num curso de culinária, quando hoje é só ligar a TV e dispor de aulas com riqueza de detalhes.

Com base nesse raciocínio, pois nunca fui extensionista, e parando para pensar, provoco esta nova maneira de se levar a informação ao agricultor, não mais no “corpo-a-corpo” como dantes, no qual surge a figura de um outro extensionista, mais especializado em TI do que em Fitotecnia, diferentemente de outrora.

E para finalizar permitam-me esclarecer, como da velha guarda ceplaqueana – “socio fundador do CEPEC/1963” -, que a minha defesa do modelo da CEPLAC, nada tem de saudosismo, mas fundamentado em visão holística da utilização integrada dos recursos naturais, com o Homem em seu epicentro. (Maceió, AL, 30 de março de 2.019).

OLIVENÇA – Uma Delícia de Recanto

Autor- Gustavo Kruschewsky

Mar, areia e água doce, compondo o cenário

Brilhando com a ajuda da LUA

Contentes com a presença do sol

A chuva molhando a mata e limpando a larga e a estreita RUA

Tudo é festa, alegria e sossego

Não importa nem o tempo nem a HORA

Nas águas, na areia e na terra

Acontece mesmo, desde os tempos de OUTRORA

Nossa Senhora das Escadas, Igreja construída no ano de 1.700

Longos anos de atração TURÍSTICA

Acolhe na sua simplicidade

Quem tem e não tem visão MÍSTICA

A Tororomba é bastante agradável

O visitante conhece e passa a GOSTAR

Aproveita a oportunidade

Para na água santa se BANHAR

Árvore é extraída da mata e descascada

Até hoje uma gostosa DIVERSÃO

É tradição indígena e dos jesuítas

Criando a festa da puxada do mastro de SÃO SEBASTIÃO

Com tanta beleza e alegria

Ainda nesse LUGAR

Existe um confortável condomínio

O seu nome é JUBIABÁ

Quando se olha para o oceano

Tem cabecinhas à VISTA

Não é nenhum peixe nadando

É a prancha e o SURFISTA

Quem descobriu essa bela região

Não foi nenhum ESTRANGEIRO

E o morador nato

Foi o índio o PRIMEIRO

Daí criou-se uma cultura

Que até hoje é VENERADA

Atrai milhares de pessoas

Em qualquer dia ou TEMPORADA

O nome desse lugar

Quando visitar se CONVENÇA

É uma delícia de recanto

É a bela e histórica OLIVENÇA.

NOTÍCIAS DA AVEP

NA 4ª RODADA CAPITÃES CRISPA DO FLA E ELDON DO OFERTÃO VENCEM; CAPITÃES MARCONI E DINHO DA VAN SIFU…

No domingo passado(24/03) a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, dando prosseguimento à sua Programação 2019, realizou a 4ª rodada da citada modalidade esportiva em que no Campo Grimaldo a equipe do Capitão Eldon do Ofertão derrotou a do Capitão Marconi por 3 a 2 com gols do próprio capitão e atacante Eldon do Ofertão, Ralio da Contabilidade e Artur Alicate. Os gols da perdedora foram do próprio meia-atacante Marconi e Wendel da Autoescola, centroavante. No Campo Martial a comandada pelo Capitão Crispa da Galera do Fla goleou a dirigida pelo Capitão Dinho da Van por 5 a 2. Marcaram para a goleadora o próprio capitão e atacante Crispa da Galera do Fla, Tabosa do Ofertão, Valdomiro(2) e Claudio Assis; para a goleada fizeram Alex de Moises e Zé Eduardo.

Juízes das contendas: Wilson Salviano(Campo Grimaldo) e Ilmário Ursulana Rocha com atuações que, segundo os olheiros de árbitros, não causaram maiores reclamos entre os participantes. Avaliações que, fazendo uma comparação, vão de encontro aos –nesses sombrios momentos por que passa a República Brasileira– da toga, haja vista por vezes não respeitarem, como manda o figurino, as regras do jogo. Ambos pertencem à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI. Os ‘babistas’ Claudio Assis, Daniel Murta e Gilcelio Ram Ram receberam Cartão Amarelo. Sim, como sempre acontece, os babas foram travados na praia da Avenida Soares Lopes, situada bem nas imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus.

Equipes no Campo Grimaldo:

(Cap. Crispa da Galera do Fla): Goleiro Rosivaldo, Pedro Chama Gol, Djalma Peludo, Tiuba e Sizinio do Remo(Zezinho da Baixa Fria entrou no intervalo e Adauto Negocinho pisou em campo aos 15’ da 2ª etapa); Passos de Uruçuca, Claudio Assis, Tabosa do Ofertão, Luís Humberto, Crispa da Galera do Fla e Valdomiro

(Cap. Dinho da Van): Goleiro Fernando, Zé Eduardo, Dinho da Van, Vado do Bradesco e Correia do HSBC; Podão, Souza da Polícia, Cesinha da Nacional, Major do Bahia de Itabuna, Luciano Santana e Alex de Moises.

Equipes no Campo Martial:

(Cap. Eldon do Ofertão): Goleiro Ricardo do Caminhão(Goleiro Zeca entrou no intervalo), Eduardo Japonês(Moises entrou no intervalo), Galletti da Rio de Engenho, Prof. Jorge Reis; Silva, Carlos Gois(Rogério Boca Preta entrou no intervalo), Luís Eduardo, Mario Filho, Eldon do Ofertão, Artur Alicate e Ralio da Contabilidade

(Cap. Marconi): Goleiro Marcelo da Receita, Gutemberg Trator(Ismar LnadGol entrou no intervalo), Gilcelio Ram Ram, Luís Mario Garotinho, Gilson, Carlão do Taxi, Charles Reis, Renatinho dos Leais, Daniel Murta, Marconi e Wendel da Autoescola

COMENTÁRIOS

Os comentaristas desta feita não foram de muito blábláblá não, só disseram que no Campo Martial a equipe do capitão Eldon do Ofertão virou de modo espetacular a partida –depois de sair pro intervalo perdendo de 2 a 1– pra 3 a 2 em cima da do até então invicto capitão Marconi. Ademais acrescentaram que o Goleiro Zeca foi um dos destaques no 2º tempo ao pegar cacetes de todos os jeitos, porretes mesmo, e concluíram: o homem estava um assombro. Também listaram o meia-volante Rogerio Midlej, o popular Rogério Boca Preta, como um dos que muito contribuiu para a conquista da equipe.

Igualmente no Campo Grimaldo também não se aprofundaram nos comentários. Afirmaram apenas que o capitão Crispa da Galera do Fla, inclusive autor de um gol, desta feita lavou a alma ao derrotar o capitão Dinho da Van pelo escore de 5 a 2. Acrescentaram que foi uma vitória digna de aplausos, que o meia Claudio Assis arrasou em campo e, que o goleiro Rosivaldo fez defesas importantes e decisivas para a vitória da sua equipe.

NOTAS

Quem atuou no time do capitão Eldon do Ofertão como convidado foi o cidadão Carlos Antônio Goes. Carlos é morador da cidade de São Paulo e está passando férias aqui na Capitania dos Ilhéus juntamente com sua mãe dona Iracy Goes, e retornará à capital paulista no próximo dia 02.04.2019. Conforme o beque-de-espera Paulo Goes do Bradesco(ex-vice-presidente da AVEP e atual relações públicas para assuntos aleatórios da entidade), seu primo e quem o convidou para participar do ‘baba avepiano’, Carlos já jogou como lateral-esquerdo no Corinthians desta capital.

Atenção:

O presidente avepiano Djalma Peludo avisa a todos associados que sábado(30/3) haverá uma churrascada meia-boca-livre na casa de praia do diretor-de-esporte Renato Leal (popularmente conhecido como Renatinho dos Leais). Trata-se de uma aposta de cinco engradados de ‘litrão’ de cerveja que foi perdida para ele(o presidente) pelo atacante Wendel da Autoescola. O referido centroavante afirmava que seria artilheiro da Temporada 2018 e não foi. A cerveja foi convertida em 20 quilos de carne e assim sendo cada partícipe entrará com 3 ‘litrões’, para fazer a compensação do suco de cevada. Horário: a partir de 11:horas. Endereço: bairro de São Miguel. Mais informações com o presidente e o diretor-de-esporte. Procure-os.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos das “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia