WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
sesab bahia secom ponte ilheus secom bahia secom bahia


Abril 2019
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  






:: 17/abr/2019 . 22:35

Ajude Sol!

Ajude Sol

Essa cadelinha de 16 anos está precisando fazer uma cirurgia de retirada de tumores da mama. Estava sendo acompanhada pela UESC e já está na lista de espera para fazer uma possível cirurgia mas a Uesc está de greve e não tenho condições de pagar uma cirurgia particular onde me informei com um veterinário que veio examina-la em casa e o valor de 700 reais.
Um dos maiores tumores esta inflamado e estourou faz 3 dias e está sentindo dores com a inflamação saindo secreção com um odor muito forte. Peço ajuda de vocês com qualquer contribuição para a realização dessa cirurgia de urgência. Ela já é uma cadelinha idosa e não aguentará por muito tempo nessas condições.
CAIXA Econômica
Agência : 1558
Op: 013
Conta : 00052769-5
Selma Cristina P Santos

RESERVE SEU CARURU DA SEXTA-FEIRA SANTA 988135460 – ILHÉUS

Posted by Naiana Rabat on Sunday, April 14, 2019

Ilhéus adere à campanha Abril Laranja com passeata contra maus tratos de animais

POR SECOM

O Instituto Planeta dos Bichos se junta milhares de pessoas mobilizadas em todos o Brasil pela campanha Abril Laranja e organiza uma passeata em Ilhéus, no próximo dia 27, a partir das 10 horas, para sensibilizar e conscientizar a população em defesa dos animais. A concentração será na Praça Cairu, de onde os participantes partirão em direção à praça Antônio Viana Dias da Silva, no bairro Cidade Nova.

Segundo a presidente da ONG, Maria Conceição Barbosa (Ceiça), é grande o número de animais abandonados e maltratados nas ruas de Ilhéus. As ações coordenadas por ela há 11 anos ameniza um pouco essa triste realidade. “Não podemos ficar parados diante de tanta insensibilidade. Os animais não são objetos, mas seres vivos que merecem respeito e amor”, enfatiza Ceiça.

O Instituto Planeta dos Bichos é mantido exclusivamente através de doações e do trabalho de voluntários que cuidam hoje de 20 animais adultos e filhotes com históricos de abandono. O trabalho contínuo de resgate, cuidados, castração e doação segue um protocolo que prioriza os cuidados médicos com os bichos retirados da rua e o encaminhamento para lares identificados como seguros para eles.

Legislação – Desde 1998, existe a Lei Federal 9.605, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambientem e prevê detenção de três meses a um ano e multa para quem praticar abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exótico.

O PASSADO E O PRESENTE EM ILHÉUS

Autor: Gustavo Kruschewsky

Naquele tempo, continuava se insurgindo em Ilhéus a briga na disputa do “poder” de políticas públicas. Existiam “ilustres” candidatos a cargos públicos, que jogavam limpo na disputa eleitoral, mas também surgiram muitos churdos que se envolveram na “política” utilizando-se do exercício da “arte” de captação de sufrágio, e com suas equipes formavam verdadeiros currais eleitorais. A coisa era feita com a colaboração das figuras de alguns “coronéis” – com decorrer do tempo de muitos empresários – que tinham poderio no meio rural e em vários bairros e distritos de Ilhéus. Era uma corrente que funcionava. Hoje – com o advento da tecnologia – dá-se o nome de REDE. Confiavam na expressiva votação, graças às providências do “voto de cabresto”, o famoso voto comprado, que subsiste historicamente até os nossos dias em época de “democracia” no Brasil.

Vale lembrar que a disputa pelo poder público naquela época em Ilhéus era tipo o conservadorismo e o liberalismo. Faz lembrar o que opera nos dias de hoje nos Estados Unidos da América do Norte – Democratas versus Republicanos! Conta a história que alguns clãs de posses em Ilhéus travavam essa luta “ideológica”. Algumas famílias construíram seu patrimônio através do labor próprio e outras tantas cumularam riquezas através de ter muito prestígio com instituições importantes do município. Alguns desses “líderes” ocuparam a cadeira de alcaide do município de Ilhéus.

A verdade é que os eleitores daquela época, que pertenciam mormente à massa – considerada excluída – nunca souberam o que significa CONSERVADORISMO ou LIBERALISMO. É, até hoje, uma linguagem para encher linguiça, que a massa e muita gente do povo não entendem, ainda usada pela elite “política” dos tempos atuais. Sendo assim, esses “eleitores”, a maioria de cabrestos, não conheciam nem de longe o subterrâneo do processo político da cidade de Ilhéus. Eles eram abertamente comprados em troca do voto – era

a cultura da época – que até hoje existe – utilizada em pleitos municipais, que finalmente decidiam as eleições. Naquele tempo não era crime a captação de sufrágio. Só com o advento da Lei 9.504, de 1997 – prevista no artigo 41-A – tornou-se ilicitude a captação de sufrágio, a famosa compra de votos. Antes, porém, prevalecia a máxima jurídica que ainda está a viger no país, que: “não existe crime sem lei anterior que a defina nem pena sem prévia cominação legal”, considerando que não existia legislação à época que normatizasse essa prática.

A vida em Ilhéus ainda era bastante provinciana, apesar do seu tempo de existência. A população citadina já se aproximava dos quarenta mil habitantes. As ruas de poucos bairros existentes não eram todas calçadas, como se amarga ainda nos dias atuais. Os distritos, pior ainda! Se não fosse o transporte através de trem se teria dificuldades ainda maiores de se chegar até a alguns deles. Hoje, nem os ônibus conseguem transitar pela precariedade das estradas e dos “transportes” públicos.

Existia somente um estabelecimento bancário na cidade. Escolas, apenas a municipal – que depois tornou-se referência na cidade – e em fase embrionária o conhecido Instituto Nossa senhora da Piedade, que existe até hoje já bem estruturado e modernizado. Devido ao aumento populacional havia necessidade urgente de criação de mais escolas públicas e de outras particulares. Com o tempo surgiu a Escola Eduardo Siqueira, no bairro nobre denominado Cidade Nova (que hoje já não é tão nobre); Escola Afonso de Carvalho, bem no centro da cidade, e outras talvez de melhores portes em termos estruturais. Assim foi se desenvolvendo a educação sistemática na velha cidade do São Jorge dos Ilhéus que diga – se de passagem tem boa nota de aprovação. :: LEIA MAIS »

STJ NEGA RECURSO DO GOVERNO MARÃO CONTRA SERVIDORES DEMITIDOS

A informação é da APPI-APLB, um dos sindicatos do movimento em defesa dos servidores demitidos pelo prefeito Mário Alexandre (Marão – PSD), após decisão da justiça.

Conforme nota divulgada hoje (17) no site da APPI, “o Tribunal Superior de Justiça (STJ) não reconheceu o pedido feito pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura de Ilhéus objetivando suspender a decisão da desembargadora Sílvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia, que determina a imediata reintegração dos demitidos aos seus cargos“.

O Galera de Ilhéus teve acesso à decisão. Veja neste link.

Além de recorrer à corte em Brasília, o governo Marão tentou derrubar a decisão de Zarif dentro do próprio TJ-BA. A investida resultou num fracasso. O presidente do tribunal, Gesivaldo Britto, suspendeu todos os efeitos da sentença da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus.

O argumento que fundamentou a decisão da desembargadora Sílvia Zarif apontou possível violação do princípio do contraditório no processo que originou as demissões, porque os servidores não foram citados para se pronunciar numa disputa judicial com implicações relevantes para suas vidas. O Galera de Ilhéus publicou um comentário sobre esse tema. Leia aqui.

DO GALERA DE ILHÉUS

Curso de Especialização em Dramaturgias Expandidas do Corpo e dos Saberes Populares da UFSB abre Processo Seletivo

O Centro de Formação em Artes passa a contar com mais um Curso de Especialização: Dramaturgias Expandidas do Corpo e dos Saberes Populares. Lotado no campus Sosígenes Costa, em Porto Seguro, o curso é presencial e visa proporcionar relações críticas e criativas ao experimentar diversas linguagens de expressão e o aprofundamento de relações entre as/os participantes e as comunidades articuladas a seus trabalhos.

A especialização é direcionada à formação continuada de portadores de diploma de ensino superior em qualquer área que atuem como artistas, pesquisadores/as, professores/ as, ativistas culturais, educadores/as de espaços formais e não-formais de educação, mediadores/as, produtores/as culturais e demais profissionais interessados/as nas manifestações populares, egressos/as das licenciaturas e bacharelados da UFSB, graduados/as de outras IES (Instituições de Ensino Superior) interessados/as nas relações entre o campo expandido das Artes e os Saberes Populares.

O curso está estruturado em uma carga horária de 390 horas, com duração de 3 quadrimestres (mínimo) a 5 quadrimestres (máximo).

Para esse primeiro processo seletivo, serão ofertadas 20 vagas, sendo 04 vagas serão destinadas para ampla concorrência (AC), e 16 vagas distribuídas entre as categorias A1 a A4, a fim de garantir a política de ações afirmativas da Universidade:

·         A1 – Candidatos/as indígenas, negros/as e/ou quilombolas (30%) – 6 vagas

·         A2 – Professores/as do ensino fundamental ou médio inseridos/as no Sistema Público de Educação (30%) – 6 vagas

·         A3 – Pessoas com deficiência (Lei 12.711 de 2012) (10%) – 2 vagas

·         A4 – Pessoas transgêneras (10%) – 2 vagas

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas até o dia 27 de abril, através do preenchimento e submissão do Formulário de Inscrição exclusivamente por meio eletrônico. A seleção consistirá de duas fases: análise de currículo (classificatório) e entrevista (classificatória)

O início das aulas está previsto para o dia 1º de junho. Para mais informações, acesse o Edital CF-Artes nº 02/2019.

Inscrições para concurso Docente da UFSB se encerram hoje (17)

As inscrições para Concurso Público para Docente da UFSB se encerram hoje, dia 17 de abril. O Edital nº 06/2019 oferta sete vagas para a cidade de Teixeira de Freitas, onde está localizado o campus Paulo Freire. As vagas são para graduadas/os em medicina, distribuídas em diferentes especialidades.

O regime de trabalho é de 20h e a remuneração pode chegar a R$ 3.678,80, a depender da titulação da/o candidata/o.

As inscrições estão sendo realizadas no site oficial. O valor é de R$ 250,00.

A seleção será realizada em três etapas:

  1. Prova Escrita (PE), de caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova Didática (PD), de caráter eliminatório e classificatório;
  3. Prova de Títulos (PTI), de caráter classificatório, composta por avaliação de Currículo Lattes e correspondente documentação comprobatória deste.

O período provável para a realização das provas será entre 12/05/2019 a 30/05/2019.

Dúvidas podem ser sanadas através do e-mail: [email protected]

ENCOMENDE SEU CARURU DA SEMANA SANTA COM O MELHOR PREÇO E QUALIDADE

PARA SEXTA-FEIRA SANTA: 19/04 

CARURU, VATAPÁ, ARROZ E FRANGO OU MOQUECA DE BACALHAU

ECONOMIZE TEMPO E DINHEIRO!

RESERVE LIGANDO 988135460 – NAIANA RABAT

QUENTINHAS: R$15,00

 





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia