EQUIPES DOS CAPITÃES CRISPA DA GALERA DO FLA E MARCONI VENCEM NA 10ª RODADA

Travada na já tradicional área das imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus da praia da Avenida Soares Lopes, a 10ª rodada –domingo(16/VI) pela manhã– de ‘babas’ da Programação 2019 realizada pela Associação dos Veteranos de Esporte Praiano-AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, resultou domingo na vitória (no Campo Grimaldo) da equipe comandada pelo Capitão Marconi sobre a do Capitão Renatinho dos Leais pelo escore de 4 a 2; marcando Alex de Moises, o próprio Marconi, Mario Sergio e Danilo para a vencedora e Mario Filho(2) para a perdedora. No Campo Martial deu o time dirigido pelo Capitão Crispa da Galera do Fla ao abater o do Capitão Eldon do Ofertão por 3 a 1 com gols de Correia do HSBC, Gutemberg Trator e Wendell da Autoescola para o ganhador e Charles para o perdedor. Apitaram os babas os juízes Wilson Salviano(Campo Grimaldo) e Wagner Santos Salviano sem protestos contundentes dos partícipes contra os árbitros. Ambos pertencem à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI. Levaram Cartão Amarelo: Souza da Polícia, Ismar Landgol, Valdin e Eldon do Ofertão; Cartão Azul: Eldon do Ofertão; Cartão Vermelho: Eldon do Oertão

Equipes que aturaram no Campo Grimaldo

(Cap. Marconi): Goleiro Jamilton(Goleiro Fernando entrou no intervalo), Pedro Chama Gol, Luís Mario Garotinho, Paulo Sergio e Jatobá Negocinho; Danilo, Mario Sergio e Carlão do Taxi; Marconi, Alex de Moises(Waldemar da Codeba entrou no intervalo) e Garrancho 100 Anos de Praia(Silva entrou no intervalo)

(Cap. Renatinho dos Leais): Goleiro Marcelo da Receita, Everaldo Cabeça de Flande, Marcondes Corretor, Rogerio Boca Preta(Dinho da Van entrou aos 5’ do 1º tempo) e Paulinho da AFC(Robson entrou no intervalo); Souza da Polícia e Luciano Santana; Renatinho dos Leais, Valdin, Mario Filho(Cesinha da Nacional entrou aos 10’ da 2ª etapa) e Ismar Lnadgol

Equipes que aturaram no Campo Martial

(Cap. Eldon do Ofertão): Goleiro Luciano, Torisco do HSBC(Eduardo Japonês entrou no intervalo), Galletti da Rio de Engenho, Prof. Jorge Reis e Geraldo da Ceplac(Cesar Alves entrou no intervalo); Daniel Murta, Charles e Major do Bahia de Itabuna; Zé Eduardo, Arthur Alicate e Eldon do Ofertão

(Cap. Crispa da Galera do Fla): Goleiro Ricardo do Caminhão, Mario Cabeça Branca, Correia do HSBC, Nilton do BB(Paulo Cesar entrou no intervalo) e Gutemberg Trator; Moises, Adauto Negocinho e Claudio Assis; Paulo Carqueija, Wendell da Autoescola e Crispa da Galera do Fla

COMENTÁRIOS

Possivelmente por motivação das embaladas festas juninas que abundam na Bahia – e em Ilhéus não foge à regra– nesta época do ano, nesta rodada, do considerável número de analistas que cobre os ‘babas’, só compareceu um, e mais: fora frugal nos comentários. Relatou apenas que houve dois ‘babas’ bem disputados e que os protagonistas (no Campo Grimaldo) foram Alex de Moises, Mario Sergio, Marconi, Carlão do Taxi, Danilo, Luís Mario Garotinho e Garrancho 100 Anos de Praia. 

No Campo Martial destacou as atuações de Correia do HSBC, Moises, Adauto Negocinho e Claudio Assis. Esta ‘Notícias’ ao indagar ao analista por qual motivo não envolvera atletas das equipes derrotadas, o cara filosofou: – Você já viu quem toma cacete ter direito a protagonismo? Quem perde sifu…

NOTAS

Anotou o observador dos ‘babas’:

A AVEP ao deixar de lado a autocracia e adotar a democracia, sistema que nesses sombrios tempos que o país vive, vem sofrendo ataques por quem jura solenemente defende-lo, inovou na solução de seus problemas ao realizou uma assembleia em plena praia. Após o presidente Djalma Peludo explanar o tema, os associados deliberaram que o afiliado que levar um ‘convidado’ para participar dos ‘babas’ terá direito –seguindo os ditames regimentais da Associação– a jogar também. Antes, não existia esta prerrogativa e o associado ficava de fora. Razão da decisão ser na praia: previsão da subida da maré em horário não costumeiro e contrapondo o do início dos babas.

O banho de descarreto deu certo, pois o Capitão Marconi voltou a vencer. o aconselharam ‘banhos de descarrego’. O seu cunhado e meia-de-ligação Luís Humberto, que se recupera de uma fratura no punho esquerdo, disse que ele foi sim à casa de banho lhe recomendada no Malhado. Valeu a recomendação!

Um atento ledor andou sugerindo que a grafia do nome ‘Flande’, de Everaldo Cabeça de Flande, epíteto do avepiano e ex beque ‘atacativo’ Everaldo Aragão, possui um ‘erre’ depois do ‘d’. Embora a alcunha pareça ter tudo a ver com as famosas folhas de Flandres, oriundas desta região ao norte da Bélgica, e que em remotos tempos exportava de montão tal produto para outras localidades, esta Notícias esclarece que, por ser mais audível, enfim, mais agradável aos ouvidos, optou por obedecer – agredindo um pouco a gramatica – somente à fonética; ficando Flande (sem ‘erre’) e no singular mesmo. Vale acrescentar que o primeiro a adotar o cognome ‘Everaldo Cabeça de Flande’ foi o radialista esportivo Bira Madureira em um de seus comentários, entretanto, faltou a memória desta coluna registrar se ele pronunciou a região comercial europeia de modo ipsis litteris ou não.

BANDA PODRE EM AÇÃO

O promoter Zezinho da Baixa Fria confirma a revanche entre os Veteranos de Sambaituba e a Banda Podre dia 30/06/2019 na praia de São Miguel (área defronte à casa de Renatinho dos Leais, Diretor-de-Esporte avepiano.

Horário do Baba: 8:30h (em razão da maré)

Contribuição: 30,00 paus para custear despesas diversas inclusive churrasco e cervejas. O promoter avisa aos avepianos interessados, que se faz necessário a confirmação para que se possa calcular as despesas.

No jogo em Sambaituba dia 26/5/2019 a Banda Podre tomou cacete de 3 a 2.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos das “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.