WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


julho 2019
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  






:: 29/jul/2019 . 18:36

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL VAI LEILOAR QUASE 500 VEÍCULOS APREENDIDOS NA BAHIA

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia vai leiloar, no próximo dia 12, a partir das 9h, em Eunápolis, no extremo-sul do estado, cerca de 500 veículos. São carros e motos apreendidos durante operações e abordagens realizadas pelas equipes da PRF das delegacias de Eunápolis, Jequié e Simões Filho.

O edital 2/2019, do tipo maior lance ofertado, visa arrematação de veículos retidos, abandonados, removidos ou recolhidos que se encontram há mais de 60 dias nos pátios das unidades da PRF na Bahia. O leilão será nas dependências do Hotel Portal, na Avenida Antônio Carlos Magalhães, em Eunápolis.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os interessados poderão examinar os lotes nos dias 8 e 9 de agosto, das 8h às 12h e de 13h às 17h. Os veículos estarão disponíveis para os interessados em pátios na BR-101, no KM 263, no bairro Vermelho, em Santo Antônio de Jesus; na BR-116, KM 677; e Avenida Gov. Aurélio Viana, no bairro Cidade Nova, em Jequié.

Os veículos poderão ser visitados também na BR-101, na Avenida Bahia, no bairro Vivendas Costa Azul, em Eunápolis; no Pátio da PRF, em Eunápolis, na BR-101 KM 720; em Teixeira de Freitas, na BR-101, no KM 880; na Assistência Trevo, na rua Ibirapuã, no bairro Acácia, em Nova Viçosa; no pátio da PRF, no distrito de Humildes, na BR-101, KM 173; além de Simões Filho, na BR-324, no KM 604.

Ciclista de Itabuna morre a caminho de Bom Jesus da Lapa

Na BA 263, próximo a cidade de Itapetinga, logo cedo, por volta das 6hs, um homem foi morto por atropelamento. Orlando José de Melo, tinha 52 anos, foi atropelado por um caminhão baú, que seguia destino a Itambé. A vítima era de Itabuna e seguia de bicicleta para Bom Jesus da Lapa. Esta é a segunda vez que Orlando seguia de Itabuna para a Lapa, onde ele pedalava 614 quilômetros.

Titular do Turismo da Bahia e cabaneiros de Ilhéus discutem melhorias para o setor

O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, acompanhado do secretário de Turismo de Ilhéus, Fábio Manzi se reuniu na manhã de domingo (28), na Cabana Palmito, com um grupo de 30 cabaneiros das praias dos Sul. Entre os pontos discutidos com os gestores, o desenvolvimento turístico regional, planos de investimentos na área de infraestrutura e iluminação. O encontro contou com a presença do ex-jogador ilheense da seleção brasileira, Aldair.

O encontro foi um pedido do prefeito Mário Alexandre que articulou ainda uma parceria com o Sebrae e com a Associação de Turismo de Ilhéus (Atil). O secretário de estado considerou imprescindível o diálogo com o setor. “Juntos somos mais fortes. A Prefeitura, o Governo do Estado e todos que trabalham com turismo, somando e multiplicando esforços. Saio daqui feliz e imbuído por colocar em prática tudo o que foi conversado aqui”, salientou.

O desejo do Governo do Estado, segundo Franco é ver Ilhéus como protagonista na atividade, não apenas na alta estação, mas em todo o ano. “Faremos isso em parcerias, a exemplo do Secretaria do Patrimônio e União (SPU). Possuo uma relação muito boa com órgão, e ainda esta semana, irei provocá-lo, para que no dia 22 de agosto esteja aqui na cidade. Queremos ser ponte entre os entes federativos”, concluiu o titular da Setur.

Cenário do turismo – Para o chefe do Executivo ilheense, é preciso estar atento às necessidades da população. “O secretário viu nossa preocupação. São cerca de mil empregos diretos e indiretos gerados pela atividade turística, que há anos, almeja por estas melhorias. Essa parceria com o Governo do Estado cria forças para colocar o município de Ilhéus de uma vez por todas no cenário do turismo ano inteiro”, ressaltou o prefeito Mário Alexandre.

O encontro com os cabaneiros serviu ainda para discutir sobre as rotas da Estrada do Chocolate, enrocamento de pedras da nova ponte de Ilhéus, além das ações de coibição do avanço do mar e revitalização do bairro São Miguel, na zona norte e acesso das praias do litoral norte às cidades da Costa do Dendê, além das rotas que ligam o município à Lagoa Encantada e Rio do Engenho.

Empreendedorismo – A coordenadora regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo ressaltou a participação da entidade. “Vamos fazer aquilo que temos expertise. Iremos qualificá-los no atendimento e mostrar que essa região tem um diferencial que é o de acolher com qualidade e com bons serviços. Gostei muito da reunião e acho que é um momento novo. Oportunidade para trabalhar empreendedorismo em rede e engajamento da iniciativa privada do turismo”.

No entendimento do secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, Jerbson Moraes, é obrigação do poder público manter os espaços turísticos atrativos. Para ele, “preservar a orla e suas barracas bonitas, padronizadas, respeitando o meio ambiente, acolhendo o turista de uma forma especial. O prefeito Mário tem valorizado isso, oferecendo um projeto urbanístico para essa localidade”, informou.

“Muito positiva a presença do secretário do estado, reforçando o apoio que o prefeito Mário já tem dado. Felizmente, tudo tem acontecido de bom na gestão dele. Ninguém pode negar seu apoio e apoio da Prefeitura, pois tem ajudado a resolver as demandas em relação ao SPU”, comemorou o presidente da Associação dos Cabaneiros da Praia do Sul (ACPS), Jorge Fonseca (Saci).

Na oportunidade, Saci entregou nas mãos do secretário Fausto Franco, o novo Projeto Festival do Camarão 2020, que prevê realização no entorno da Orla Sul e da Praia dos Milionários. O encontro contou ainda com a participação dos secretários municipais, Hermano Fahning (Serviços Urbanos); Rubenilton Silva (Desenvolvimento Social); Eliane Oliveira (Educação) e o presidente da Atil, Átila Eiras.

 

Centro de Zoonoses de Ilhéus alerta para cuidado com escorpiões

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do município alerta à população de Ilhéus que esta época do ano, é favorável ao surgimento de escorpiões, período que as fêmeas têm maior concentração de veneno. Também dá dicas sobre como proceder caso alguém se depare com um desses animais, que está enquadrado na classe dos aracnídeos, assim como as aranhas.

De acordo com o chefe de Vigilância do CCZ, Aloísio Leite, os principais disseminadores de escorpiões, geralmente são cemitérios e imóveis insalubres, e cita os terrenos com entulhos e mato alto, residências com acúmulo de inservíveis, madeiras, sobras de construção e redes de esgoto expostas (inclusive vias públicas).

Algumas espécies têm expectativa de vida de até 10 anos e, para evitar a presença deles dentro de casa, é necessário tomar alguns cuidados preventivos. Como o escorpião se alimenta de baratas, é bom evitar o surgimento do inseto, mantendo o ambiente bem limpo. Pilhas de madeira, cercas, tijolos, ferro velho e entulhos em geral também são os locais prediletos dos escorpiões.

“Estas espécies estão cada vez mais presentes no meio urbano. Se adaptam ao ambiente do homem devido ao crescimento acelerado dos centros. Por isso, é preciso que a população saiba quais medidas adotar para evitar acidentes e mortes por envenenamento. Outra dica é a criação de galinhas, para o caso de propriedades rurais. Elas são um remédio para estes casos ”, sugeriu Aloísio.

Prevenção – Manter limpos os quintais, não acumulando folhas secas, lixo e entulhos. Remanejar periodicamente materiais de construção armazenados, usando luvas de raspa de couro para proteger as mãos. Colocar o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e outros insetos. Conservar camas e berços afastados, no mínimo, 10 centímetros da parede.

Segundo o Ministério da Saúde a erradicação da espécie não é possível e nem viável por ser um grande predador natural de baratas e pequenos insetos. O CCZ orienta ainda a contratação de uma empresa especializada para a dedetização dos quintais e paredes é a forma mais correta de evitar a presença dos aracnídeos.

Em caso de acidentes, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) recomenda ir imediatamente ao hospital mais próximo. Se possível, levar o animal ou uma foto para identificação da espécie, permitindo assim uma avaliação mais eficaz sobre a gravidade do acidente. Comunique e solicite o Setor de Zoonoses pelo telefone 73 99924-6384, uma vistoria para receber outras orientações.

 

 





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia