EMPATE E VITÓRIA DA EQUIPE DO CAPITÃO WENDEL DA AUTOESCOLA NA 13ª RODADC

A 13ª rodada de ‘babas’ da Programação 2019 da Associação dos Veteranos de Esporte Praiano-AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, aconteceu na praia da Avenida Soares Lopes, na já tradicional área bem defronte ao espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus. No Campo Grimaldo o quadro escolhido pelo Capitão Wendel da Autoescola venceu o chamado pelo Capitão Djalma Peludo pelo escore de 6 a 4, com gols do próprio Capitão Wendel da Autoescola (3), Charles Reis e Eldon do Ofertão(2) para o vencedor; Ismar Landgol(2), Danilo e Alan Firula fizeram para o perdedor. No Campo Martial 1 a 1 foi o placar entre os onze do Capitão Marconi e Capitão Renatinho dos Leais, marcando Arthur ‘Alicate’ Kruschewsky para o primeiro e Pedro Chama Gol para o segundo. Juízes que apitaram: Edson Miranda (Campo Grimaldo) e Wilson Salviano com atuações de regulares para boas, em conformidade com os de butuca nos árbitros. Ambos são integrantes da Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI. Não houve aplicação de cartões e o promoter Zezinho da Baixa Fria foi o diretor de Baba do Dia.

Equipes que atuaram no Campo Grimaldo:

(Cap. Wendel da Autoescola): Goleiro Marcelo da Receita(Goleiro Fernando entrou no intervalo), Silvio Reis(Charles Reis entrou no intervalo), Gicelio Ram Ram(Bira da Polícia entrou no intervalo), Gilson e Mario Cabeça Branca; Nilton do BB, Moises e Tabosa do Ofertão; Wendel da Autoescola, Eldon do Ofertão e Garrancho 100 Anos de Praia(Luís Eduardo LE7 entrou no intervalo)

(Cap. Djalma Peludo): Goleiro Zeca(Goleiro Rosivaldo entrou no intervalo), Torisco do HSBC, Djalma Peludo, Heckel Januário(Udson da Polícia entrou no intervalo) e Gutemberg Trator; Vado do Bradesco(Ralio da Contabilidade entrou no i ntervalo), Paulinho da AFC(Junior Murta entrou no intervalo) e Danilo; Alan Firula, Alex de Moises e Ismar Landgol

Equipes que atuaram no Campo Martial:

(Cap. Marconi): Goleiro Ricardo do Caminhão, Eduardo Japonês, Galletti da Rio de Engenho, Luís Mário Garotinho e Paulô da Bitway; Correia do HSBC, Souza da Polícia(Mario Sergio entrou no intervalo) e Cesinha da Nacional; Arthur ‘Alicate’ Kruschewsky, Marconi e Carqueija da Câmara(Erisvan entrou no intervalo)

(Cap. Renatinho dos Leais): Goleiro Jamilton, Geraldo da Ceplac, Tiuba, Prof. Jorge Reis e Sizinio do Remo(Silva entrou no intervalo); Adauto Negocinho, Sid Negocinho, Carlão do Taxi e Major do Bahia de Itabuna; Pedro Chama Gol, e Renatinho dos Leais

COMENTÁRIOS

No do Campo Grimaldo o resultado parcial de 3 a 1 do 1º tempo parecia evidenciar vitória do time do Capitão Djalma Peludo sobre o do Capitão Wendel da Autoescola, entretanto o deste capitão bafejado pela sorte no intervalo com a substituições e o vento a soprar mais forte para seu lado, entrou na 2ª etapa imprimindo ritmo forte e indo pra cima da retaguarda adversária, e desse jeito conseguiu o segundo aos 7’, empatou aos 12’ e daí em diante dominou o jogo e fez mais 3 gols. A equipe do Cap.

Djalma Peludo ainda fez o quarto gol, mas não teve força para se igualar e sobrepor o oponente.

No Campo Martial a equipe do Capitão Marconi marcou primeiro e saiu pro intervalo ganhando de 1 a 0 para a do Capitão Renatinho dos Leais; na etapa final a deste capitão, jogando a favor do vento, atacou mais e conseguiu empatar o baba aos 20’. Após o empate o jogo ficou igual e terminou sendo o empate um resultado justo.

NOTAS

Na sede itinerante da AVEP, antes dos participes se dirigirem para a praia, o presidente Djalma Peludo em rápida reunião com os associados, usando da palavra falou que entregaria nesta rodada a Cesta da Fraternidade à Casa do Câncer de Ilhéus. Meio a falação presidencial os representantes desta entidade apareceram para receber a doação. Obs. A Cesta da Fraternidade é uma cesta de alimentos não perecíveis que a AVEP procura doar a entidades filantrópicas de Ilhéus de acordo com sua política de filantropia.

O capitão Renatinho dos Leais levou para esta rodada o convidado Sid (ou Cid), mas os atentos olheiros de plantão descobriram que o cara é um antigo seu ‘negocinho’. Está avisado: se entrar na AVEP algum dia terá o cognome de ‘Negocinho’.

Ah essa foi porreta. A redação desta Notícias recebeu um comunicado anunciando que o volante Cesinha da Nacional jogou pra cacete. Acontece que na averiguação dos fatos descobriu-se que o provocador da notícia, foi o próprio Cesinha. Alguns butuqueiros disseram que ele gosta de usar o mesmo método do beque-de-espera II, Paulo Gois do Bradesco.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos das “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.