WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus embasa secom bahia


agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: 24/ago/2019 . 19:58

POR QUE ESSE INTERESSE PELA AMAZÔNIA?

Luiz Ferreira da Silva

Engenheiro Agrônomo, Pesquisador aposentado da CEPLAC

[email protected]

Tenho lido muitas teorias a respeito do “olho grande” dos países desenvolvidos, não só dando palpites, mas com preocupações exageradas sobre o futuro da floresta úmida tropical. E se baseiam em pesquisas de cientistas, apoiados pela Organização das Nações Unidas (ONU), que publica um relatório periódico sintetizando os estudos feitos sobre o aquecimento global em todo o mundo, através do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC).

E sempre colocam esse magnânimo interesse no bem-estar da humanidade, ante os desastres apregoados com o desmatamento, que vai da destruição da camada de ozônio ao aquecimento global, antevendo-se submersão de várias cidades litorâneas e redução da produtividade agrícola.

No entanto, há uma outra corrente de estudiosos que rechaçam aqueles, argumentando não existir comprovação científica.

Por outro lado, os jornalistas brasileiros, aproveitando a onda ecológica, escrevem elucubrações dessa fobia estrangeira pela Amazônia, que inclui desde a exploração do nióbio, além dos fármacos anticancerígenos, sem esquecer da desnacionalização da nossa grande bacia hidrográfica.

Essas reportagens dão um IBOPE danado. Nisso, se aproveitam os Ecologistas que não distinguem um pé de mogno de um pé de alface. São elevados à classe de super. entendidos e arrastam uma multidão em suas palestras sem pé e sem cabeça.

Como eles podem, eu também posso, pelo menos dar uns pitacos, pois conheço razoavelmente bem a Amazônia e, inclusive, desenvolvi estudos na área de solos para fins de uso agrícola. Também, morei 3 anos em Belém. Ademais, já passei dos 80 e, a essa faixa etária, tudo se releva.

Em 1973, quando da crise ocasionada pelo petróleo, na qual os árabes pegaram os europeus de calça curta, houve uma nova ordem mundial.

Então, o que fizeram as potências desenvolvidas? Inteligentemente, investiram em alimentos, com o raciocínio de que o petróleo não se come e os árabes carecem da energia que vem do campo, a que enche o bucho.

A Europa, em pouco tempo, abarrotou-se em “comida”, até com excesso, como foi o caso do leite. E a crise foi contornada.

Tempos depois, o Brasil descobre os Cerrados e se torna celeiro mundial na produção de grãos e carne, exportando produtos e tecnologias, assustando os americanos e europeus. De vez em quando, põem barreiras, “descobrem” bactérias, depreciam as nossas exportações.

E na cabeça deles, ninguém segura o Brasil, já uma potência, e que, mais e mais, terá poder em diversos aspectos no futuro, quando o Mundo haverá que dobrar a sua produção agrícola para alimentar as 3 bilhões de bocas a mais em 2050

E que poder é esse? O poder de matar a fome, o poder da energia humana, o poder de sobrevivência da espécie!

Assim, o alimento se tornará a arma mais importante que os misseis coreanos, que os poções de petróleo da Arábia Saudita, que as indústrias dos Rollis Roce da Inglaterra, pois nada disso se come.

E neste contexto de ficção, a Amazônia passa a ser o trunfo brasileiro, num cenário desfavorável, sobretudo de disponibilidade de terras dos atuais

poderosos países, cheios de dólares e euros. Atualmente, mandam em todos nós, países em desenvolvimento; no futuro, não.

E o que fazer para conter esse potencial tupiniquim, há de estar se perguntado o mundo?

O prezado leitor talvez concorde comigo: – “Boicotar a Amazônia”.

(Maceió, 24 de agosto de 2019).

PSICOMUNDO TRÂNSITO DE VEÍCULOS EM ILHÉUS… FISCALIZAÇÕES APÓS GRAVES ACIDENTES…

A cidade de Ilhéus tem necessidade urgente da recuperação dos semáforos da Rua Maria Quitéria e adjacências. Tem ocorridos vários acidentes com perigos de morte, alguns atendidos pelo SAMÚ. Nenhuma providência é oferecida à nossa população, com a presença constante de agentes de trânsitos em vários locais de nossa cidade, nem colocações de lombadas como existem na visinha cidade de Itabuna, regulamentadas pela Resolução nº 600/2016, do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. São ondulações transversais e podem ser utilizadas onde necessite reduzir a velocidade de forma imperativa, nos casos em que estudos técnicos de engenharia de tráfego demonstrem índice significativo ou risco potencial de acidentes cujo fator determinante é o abuso no excesso de velocidade dos motoqueiros e motoristas de todas as modalidades de veículos.

Não existem “TEMPORIZADORES”, dando maior atenção aos motoristas de maneira tal, que reduziriam as inflações. Dessa maneira com certeza as pessoas teriam maior atenção e obedeceriam ao tempo de ultrapassagem nos semáforos. Mas, não sabemos se essa é a ideia dos administradores dos serviços de trânsitos de veículos, e se querem que seja assim! Em Itabuna, por exemplo, funciona assim há muito anos e não vemos os motoristas reclamando sobre as modalidades nas atuações dessas ações criadas para o trânsito. Tudo isso é questão de compreensão e paciência, não importam os motoristas que em sua exceção, não fazem parte dos que procuram agir de forma correta. O trânsito hoje em nossa cidade ficou maluco mesmo, vejam que o chamamos de balaio de gato, e muitas vezes se torna difícil encontrar um policial por perto ou mesmo direcionados diariamente por toda a cidade e bairros, e principalmente em locais de muitos congestionamentos de veículos automotores.

Seguindo mais adiante vamos chegar à ponte Lomanto Junior, e ai a coisa fica mesmo medonha. Nesse local, igualmente a muitos outros de fluxo de veículos de enorme proporção, não encontramos a presença diária dos nossos agentes de trânsito, e com essa ausência alguns motoristas fazem uma confusão, deixando mais ainda o trânsito maluco. Não sabemos quais os locais conhecidamente determinados de atuações desse pessoal que trabalha na organização do trânsito. O certo que se torna difícil encontra-los facilmente.

Como controlar os pardais, considerados os reais agentes permanentes de trânsitos, em que muitos motoristas revoltados chamam de indústria das multas. Muitos turistas perguntam pelos locais que visitam em que são investidos esses reursos. Eles dizem estão vendo Ilhéus pouco sinalizada e sem uma boa fiscalização no trânsito no que se diz respeito à educação para condutores de veículos. Observando os pilotos de motos, têm muitos

motoqueiros que nunca vão perder a pressa e evitar acidentes, são mesmo imprudentes e jamais percebem o perigo que correm e causam aos seus semelhantes. PENSEM NISSO!!!

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia

Vem Pra Rua fará manifestação neste próximo domingo, dia 25/8, em mais de 60 cidades brasileiras

O Movimento Vem Pra Rua fará manifestações neste domingo, dia 25/8, em mais de 60 cidades brasileiras. A convocação para a saída – a terceira neste ano de 2019, no governo Bolsonaro – foi causada pelos fatos recentes que aconteceram no país. Da aprovação, a toque de caixa e de madrugada, em manobra comandada por Rodrigo Maia, do projeto de Abuso de Autoridade às investidas do congresso sobre as pautas contra corrupção.

O que temos visto é um ataque orquestrado contra algumas das maiores instituições do país, responsáveis pela maior operação anticorrupção do mundo, como o Ministério Público e seus agentes. Bolsonaro foi eleito, entre outras coisas, pela promessa de apoio à Lava Jato e na luta contra a corrupção, entendemos que é natural que o seu governo defenda essas pautas.

Assim, o Vem Pra Rua terá como pautas para este domingo, os seguintes itens:

1. Que Davi Alcolumbre encaminhe para discussão no Senado os pedidos de impeachment de Dias Toffoli, presidente do Supremo; não é aceitável que o presidente da Casa os receba e engavete; uma análise mais abrangente se faz necessária;

2. Manutenção do Lula na cadeia; sabemos que há manobras de sobra, no STF e fora dele, para tentar soltar o ex-presidente condenado em três instâncias da Justiça brasileira; não aceitaremos, assim como também não aceitaremos nenhum tipo de retrocesso no STF na questão da prisão em segunda instância;

3. Deltan Dallagnol para PGR; O Governo Bolsonaro, com a nomeação do Ministro Moro, se comprometeu com a luta contra a corrupção como pilar de seu governo, Deltan é o nome mais comprometido com esses objetivos.

4. E por fim, mas não menos importante, exigimos o veto integral do presidente Bolsonaro ao projeto de Abuso de Autoridade, votado na madrugada, às pressas, em manobra orquestrada por Maia; isso é absolutamente inaceitável, queremos saber como os deputados que elegemos votam os projetos, mesmo aqueles dos quais não há urgência alguma, como foi o caso. A definição da votação foi opção de Maia, que vem postergando projetos mais apoiados pela sociedade, como o Fim do Foro Privilegiado e o Pacote Anticorrupção no Ministério da Justiça. Apoiamos os deputados que entraram com pedidos para anulação desta votação no Supremo.

Nunca é demais lembrar que o Vem Pra Rua apoia a Lava Jato e nesses seus quase 5 anos de atuação, vem lutando arduamente contra a corrupção instalada no país em governos anteriores, fundamentalmente do PT. Não aceitaremos retrocessos de nenhuma espécie nessa luta.

VEM PRA RUA
DIA 25 DE AGOSTO DE 2019

Em São Paulo, a manifestação acontecerá na Avenida Paulista X Rua Pamplona, a partir das 15 horas.

Para saber todos as localidades e horários, acesse www.vemprarua.net/dia25 .

Mais informações:
Clóvis Júnior – Ilhéus-Ba.
73991244000
Mari Botter – São Paulo
Tel. 11 99982 2068





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia