WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


novembro 2019
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930






:: 22/nov/2019 . 21:28

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE

1) ILHÉUS EM DESTAQUE.

2) VISITAS DA SEMANA.

3) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Hospital de Base de Itabuna implanta ações de gestão e novas tecnologias

A direção do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna, apresentou hoje (22) ações e adoção de recursos tecnológicos que ampliarão a melhoria do atendimento aos pacientes. O hospital atende mais de 160 municípios da região, conveniados através do Sistema Único de Saúde-SUS.

Entre ações apresentadas estão a implantação do sistema digital de prontuário eletrônico –PEP, que agilizará o fluxo e a segurança dos dados dos pacientes e a gestão de custos de insumos. Além disso, entrou em funcionamento o novo equipamento Raio X Digital, o primeiro da Bahia com essa tecnologia, que permite realizar exames panorâmicos. O novo equipamento oferece recursos para envio de imagens em arquivos digitais, em diversos setores do hospital, garantindo segurança, agilidade e qualidade no diagnóstico, além da redução de custos.

CENTRO CIRÚRGICO

O Hospital de Base reabriu a terceira sala cirúrgica, para agilizar e dinamizar o fluxo de atendimento de urgência e emergência de pacientes politraumatizados, com novos equipamentos como aparelho de anestesia de última geração  e bisturis eletrônicos  de alta frequência. O setor também recebeu um novo desfibrilador para casos de paradas cardiorrespiratórias. Novos desfibriladores também foram destinados ao Pronto Socorro, CTI e enfermarias.

As ações implementadas também incluem  a abertura da Enfermaria F, destinada ao atendimento de habilitação de leitos e expansão de novos procedimentos médicos, em parceria com a  Secretaria de Saúde da Bahia-SESAB, e a Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna. Recentemente as enfermarias receberam 160 poltronas reclináveis, para maior conforto aos acompanhantes.

As ações organizacionais tem  destinado servidores para o pronto socorro e enfermarias, ampliando a assistência  e tratamento aos pacientes.

O prefeito de Itabuna Fernando Gomes destacou que  “o Hospital de Base conta hoje com uma gestão qualificada, para prestar um serviço eficiente a população. Nosso compromisso que os pacientes de Itabuna e da região possam contar com um hospital público de excelência”.

No encerramento da solenidade,  foi anunciado  o pagamento antecipado do 13º. salário que já está na conta de todos os colaboradores.

De acordo com o diretor médico do Hospital de Base, Dr. Eduardo Kowalsky,  “estamos criando um novo paradigma, com o hospital assumindo o protagonismo na saúde pública da região, com melhorias continuas no atendimento ao paciente, num processo permanente de modernização da estrutura e dos equipamentos e de capacitação profissional”.

Projeto Saúde na Escola será realizado durante Feira Literária

Neste sábado (23), das 9 às 14h, acontecerá a Feira Literária na Escola Municipal Professor Paulo Freire, no bairro Teotônio Vilela. A atividade contará com a participação da equipe do Projeto Saúde na Escola (PSE). No local, apresentação do Teatrinho de Endemias, que instrui sobre os cuidados com o mosquito da dengue, ações de saúde bucal, Samuzinho e outras atividades.

As ações, que já ocorreram nas escolas municipais da Conquista e do Salobrinho, possuem uma linguagem acessível aos educandos do Fundamental I e II, e também aos pais e profissionais da área de educação. O projeto tem incentivo federal e conta com profissionais das secretarias municipais de Saúde (Sesau), Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e Desenvolvimento Social (SDS).

Segundo informou os coordenadores da estratégia, a iniciativa promove ações intersetoriais, com atividades educativas que vão desde a prevenção de hipertensão e diabetes, com a orientação correta sobre a prática de exercícios físicos e de nutrição à prevenção de bullying. O Grupo de Trabalho Intersetorial Municipal (GTI-M) é responsável pela gestão do Projeto Saúde na Escola.

O GTI-M faz parte do programa interministerial do Governo Federal, nas áreas da saúde, educação, entre outros setores governamentais e não-governamentais para o exercício 2019 e 2020. O PSE foi instituído em 2007, como política intersetorial da Saúde e da Educação, a fim de atender aos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Capítulo de livro estimula o conhecimento sobre as Plantas Alimentícias Não-convencionais (PANC)

Talvez o fato das Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANC) serem em geral desconhecidas pela população brasileira seja um bom exemplo de riqueza não aproveitada. O consumo predominante de alimentos industrializados e o efeito disso na saúde humana, a grande quantidade de pessoas em situação de insegurança alimentar e a imensa diversidade de flora no país, dentre outros fatores, podem ajudar a explicar a importância de fazer renascer o interesse em cultivar e consumir essas plantas que são tão nutritivas e ao mesmo tempo tão ausentes das nossas mesas.

Quando os dados científicos vêm alinhados com experiências de cultivo e de consumo desses alimentos, a atenção para com aqueles motivos se faz acompanhar da água na boca. É o efeito do capítulo Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) associadas ao agrossistema cacau-cabruca no sul da Bahia, publicado no livro Guia de Manejo do Agroecossistema Cacau Cabruca vol.2, editado pelo Instituto Cabruca e assinado pelos pesquisadores Alessandra Quirino Bertoso dos Santos Jardim, Jomar Gomes Jardim, José Lima Paixão e Larissa Corrêa do Bomfim Costa. O capítulo apresenta uma pequena amostra de espécies alimentícias pouco conhecidas, como o cansanção-vermelho, e de partes em geral descartadas de alimentos bem presentes, como a banana e o aipim, e completa o texto com uma série de receitas com as PANC.

Outro ponto relevante é que o capítulo descreve como o agrossistema cacau-cabruca favorece o cultivo desses alimentos pouco usuais, ampliando os argumentos a favor de ecossistemas agroflorestais como provedores de espécies vegetais alimentícias e medicinais. É o ciclo completo da sustentabilidade, abrindo possibilidade de conseguir lucro econômico sem prejudicar o ambiente e de aumentar a oferta de alimento saudável e acessível para a população.

 

Comer o que tem

O capítulo também menciona duas atividades de compartilhamento de experiências e saberes sobre essas fontes de nutrição. O professor Jomar Gomes Jardim, José Lima Paixão e Alessandra Quirino Bertoso dos Santos Jardim atuam no projeto de extensão Alimentação saudável utilizando como base as Plantas Alimentícias Não Convencionais – PANC na UFSB. Já a professora Larissa Costa ministra a disciplina optativa PANC: do mato para o prato, acessível para os cursos de Biologia e de Agronomia da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

 

Breve identificação das PANCs e receitas fazem parte do relato.

O projeto de extensão desenvolve as oficinas Comer o que tem desde 2016. A ideia brotou de alguns encontros dos coordenadores em um sítio de agricultura familiar no começo de 2015. As refeições compartilhadas deram a ideia de um curso no qual as receitas culinárias tradicionais que usam PANCs serviriam de raízes para o resgate cultural dessa cozinha e à promoção da alimentação saudável e a custo reduzido para a população de baixa renda. Os frutos do projeto são um crescente livro de receitas com as plantas não-convencionais na lista de ingredientes e encontros de compartilhamento de saberes que beneficiaram cerca de 500 pessoas, incluindo estudantes do ensino fundamental, médio e superior, professores, agricultores familiares e assentados e povos tradicionais, como os indígenas e os quilombolas.

Cada encontro consiste em uma oficina denominada “comer o que tem”, na qual os participantes, guiados pelos líderes do projeto, percorrem um itinerário em propriedades rurais, o que pode incluir áreas de cabruca, quintais, floresta nativa. A ideia é coletar as plantas alimentícias que forem encontradas e, a partir do que foi recolhido, preparar coletivamente o almoço. “Chegamos cedinho na comunidade, e saímos com um grupo com ferramentas como facão, podão, cestos, sacos, etc e iniciamos a caminhada nos agrossistemas, por exemplo, o cacau-cabruca, em um fragmento de floresta, se houver, ou nos quintais. Durante a caminhada vamos identificando as possíveis plantas comestíveis. Às vezes, as próprias pessoas locais lembram de plantas e nos levam ou indicam o local”, explica o professor Jomar.

Um relato breve do projeto de extensão foi publicado na revista Fitos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em junho de 2019. As oficinas, que no começo eram para grupos variando entre 15 e 20 participantes, deram aos participantes experiência para preparar almoço para cerca de 300 pessoas, durante o II Encontro de Mulheres da Teia dos Povos, em maio de 2018. Tanto na coleta quanto no preparo, as oficinas engajam as pessoas com o percurso da coleta à degustação. É a riqueza natural que o Brasil precisa conhecer mais.

NOTÍCIAS DA AVEP

NO FIM DA TEMPORADA DEU VITÓRIA DA EQUIPE DO CAPITÃO ALVINHO E EMPATE

Domingo(17) pela manhã aconteceu a rodada final( 21ª) da Temporada 2019 da Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, da mencionada modalidade esportiva onde, no Campo Grimaldo os quadros dos capitães Djalma Peludo e Erisvan empataram de 6 a 6 (fizeram os gols do de Cap. Peludo: Vitor II(2), Ismar Landgol(2) e Garrancho 100 Anos de Praia(2); do de Cap. Erisvan: Marconi(2), Pescador, Nilton do BB e Luís Humberto(2). No Campo Martial a equipe comandada pelo Capitão Alvinho venceu a dirigida por Capitão Alex de Moises pelo escore de 4 a 3. Alan Firula(2) e Paulo Cesar marcaram para a perdedora; Mario Filho(3) e Thiago conferiram para a ganhadora. Apitaram os babas Wilson Salviano (Campo Grimaldo) e Gidel Santos, sem reclamações mais acintosas pra cima dos distintos árbitros por parte dos ‘babistas’. Ambos integram a Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI. Na rodada só Vitor II levou Cartão Amarelo. O coordenador da rodada, também chamado de Diretor de Baba do Dia, foi o promoter Zezinho da Baixa Fria que, como homem de várias facetas, também atuou como goleiro –para colaborar– ao substituir o guarda-meta, Goleiro Luciano). Como sempre acontece os ‘babas’ foram realizados na praia Avenida Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT.

COMENTÁRIOS

Os comentários que chegaram dos observadores à redação desta Notícias expõem que o beque-de-vigor Alvinho depois de tomar um amontoado de cacetes atuando com a faixa de capitão, saiu-se vendedor nesta rodada ao faturar, como dirigente de sua equipe, a do chamador de baba que mais pontuou com vitórias na Temporada 2019, o Capitão Alex de Moises.

Outro depoimento dado por eles foi com relação a performance do atacante Garrancho 100 Anos de Praia. Disseram que o cara, após algumas rodadas sem ‘calçar chuteiras’ em razão de passar por recuperação técnica, voltou com tudo: Fez um gol na rodada passada (a 20ª) e dois nesta (21ª), e assim merecedor de aplausos. Outro que estava afastado e voltou cheio de gás foi o meia-de-ligação Luís Humberto, sendo autor de dois gols na referida rodada, alertaram também.

Como esta rodada foi a última da temporada, esses olheiros concluíram que se houvesse mais rodadas pela frente, o atacante Garrancho 100 Anos de Praia, com o faro de gol que lhe é peculiar, estaria perseguindo o artilheiro da temporada com 31 gols, também o avante Alex de Moises

Não se dispuseram a detalhar o jogo do Campo Grimaldo. Só disseram que apesar da chuva de gols 12 –empate de 6 a 6– entre os times dos capitães Djalma Peludo e Evisvan, o jogo foi bom e bem disputado.

NOTA

A diretoria da AVEP, que tem como presidente Djalma Peludo, vem através desta Notícias prestar homenagem in memoriam a dois desportistas ilheenses: Louro (Lourival Ferreira Matos) e Farrapo, e desejar às suas famílias muita força neste momento difícil.

Obs.

Lourival (conhecido como Louro) jogou na AVEP por muito tempo. Farrapo embora não tenha pertencido ao quadro avepiano, era batedor de ‘baba’ bastante conhecido dentro de Ilhéus.

Equipe que atuou no Campo Grimaldo conforme súmula

(Cap. Djalma Peludo): Goleiro Marcelo, Pedro Chama Gol, Djalma Peludo, Silva e Sizinio do Remo; Vitor II, Kiko e Luciano Santana; Ismar Landgol e Garrancho 100 Anos de Praia

(Cap. Erisvan): Goleiro Zerinho(filho de Zero Susto), Eduardo Japonês, Nilton do BB, Waldemar da Codeba e Mario Cabeça Branca; Adauto Negocinho, Danilo e Erisvan; Pescador e Marconi

Equipe que atuou no Campo Martial conforme súmula

(Cap. Alex de Moises): Goleiro Claudionor, Torisco do HSBC, Galletti da Rio de Engenho e Silvio Reis; Passos de Uruçuca, Moises e Daniel Murta; Alan Firula, Paulo Cesar e Alex de Moises

(Cap. Alvinho): Goleiro Luciano(entrou Zezinho da Baixa Fria no intervalo. Goleiro Luciano foi jogar na linha), Everaldo Cabeça de Flande, Alvinho, Junior Murta e Paulinho da AFC; Adauto Negocinho, Vado do Bradesco e Major do Bahia de Itabuna; Thiago(Goleiro Luciano entrou no intervalo) e Mario Filho

Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.

Sábado tem Cabaré Show Drag Queen na Tenda Teatro Popular de Ilhéus

“Tá pensando que DRAG QUEEN é bagunça?” Parafraseando Luana Muniz, O Grupo Teatro/Circo Maktub apresenta: Cabaré Show Drag Queen. O evento começa às 20 horas deste sábado (23), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. As apresentações integram a Mostra Experimental, resultado da III Vivência com a Arte Drag Queen promovida pelo grupo, desde o último dia 15. A entrada será na modalidade Pague Quanto Quiser e a classificação indicativa é 18 anos.

O Cabaré Show é resultado de uma ação conjunta com as Drags do Maktub e Coletivo ArtDrag Sul Bahia. Os participantes das três edições das Vivências irão se revezar em apresentações que discutirão diversos posicionamentos estéticos. Cada Drag Queen terá a liberdade de expressar as suas questões e individualidades, algumas na sua primeira apresentação pública.

O Cabaré Show contará com Drags convidadas de Itabuna como Wisla Lunna (Artur Maia) e Zoo the Fuck (Igor Zoser), que já atuam no circuito regional. O roteiro será dividido em blocos temáticos com esquetes, performances de dublagens e cantadas ao vivo como um Coral Drag, dirigido por Danilo Nascimento. O Teatro de Revista será uma das referências de umas das cenas, dirigida pelo diretor convidado Jones Mota. A criação foi coletiva, com alguns esquetes assinados pelas Drags Pandora Woolf e Brigith Gioconda Close.

De acordo com um dos organizadores, Fábio Nascimento, a Vivência com a Arte Drag Queen vem sendo um espaço de criação e discussão acerca dessa arte que é essencialmente plural. “Com registros desde a Grécia antiga, a prática drag perpassou a história e chega aos tempos atuais com status de pop star. No Brasil não foi diferente, pois são várias as referências sobre a prática ao longo dos anos. Uma delas é Isabelita dos Patins, uma das homenageadas durante o Cabaré Show”, informou.

A Mostra é o momento para as participantes expressarem seus experimentos artísticos e o que desta arte reverberou em seus corpos durante a imersão. No elenco, estarão: Maria Eva Soledade – Jesus; Alan Santos da Silva – Aurora Black Rose; Beto Villaça; Fábio Nascimento – Mademoiselle Brigith; Guto Pacheco – Luancy Ravel; Iuri de Jesus Nascimento – Valentina Ferraz; Karol Vital – Holly Hepburn; Mateus Lima – Pandora Woolf; Matheus Geovane Lima – Sindel Blade; Maurício Lima – Kiara Drag; Vânia Nogueira – Kita Leone; Vinícius Teófilo – Aya Diesel.

O Coletivo conta com o apoio do Grupo Teatro/Circo Maktub, Drags do Maktub, do Projeto de Extensão Teatro Popular e Interculturalidade da UESC, Larissa Paixão, Foto com Paixão.

Serviço:

Cabaré Show Drag Queen

Tenda do Teatro Popular de Ilhéus

Dia 23 de novembro às 20h.

Ingressos: Pague quanto quiser e chapéu

Classificação: 18 anos

Informações: @coletivoartdragsul e @grupoteatrocircomaktub





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia