NA 3ª RODADA ROLOU EMPATE E VITÓRIA DO CAP. LUÍS HUMBERTO

Domingo(8) pela manhã a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, realizou a 3ª rodada da Temporada 2020 da referida modalidade esportiva acontecendo no Campo Grimaldo empate de 3 a 3 entre os quadros dos capitães Eldon do Ofertão e Alex de Moises com gols de Pescador, Ralio da Contabilidade e de Alex de Moises para o segundo e, Arthur ‘Alicate’ Kruschewsky(2) e Goleiro Ricardo para o primeiro. No Campo Martial com o placar de 2 a 1 a equipe do Capitão Luís Humberto venceu a do Capitão Wendel da Autoescola marcando Charles Reis(2) para a vencedora e Luciano Santana para a perdedora. Enderson Souza de Santana apitou no Campo Grimaldo e Wilson Salviano no Campo Martial, com atuações sem reclamos assustosos por parte dos partícipes. Ambos juízes integram a Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI. Receberam Cartão Amarelo os digníssimos atletas: Pedro Chama Gol, Alex de Moises e Fabio Carqueija. Os ‘babas’ como de praxe foram jogados na praia da Avenida Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT.

EQUIPES QUE ATUARAM NO CAMPO GRIMALDO:

(CAP. ALEX DE MOISES): Goleiro Marcelo da Receita, Torisco do HSBC, Prof. Jorge Reis, Heckel Januário e Josemar Negocinho de Zezinho; Junior Murta, Nilton do BB e Souza da Polícia; Pescador, Ralio da Contabilidade e Alex de Moises

(CAP. ELDON DO OFERTÃO): Goleiro Zero Susto Filho, Everaldo Cabeça de Flande(Silva entrou aos 30’ da 1ª etapa), Galletti da Rio de Engenho, Vado do Bradesco e Pedro Chama Gol; Moises(Goleiro Ricardo entrou aos 33’ da 1ª etapa), Fabio Carqueija e Ismar Landgol; Eldon do Ofertão, Arthur ‘Alicate’ Kruschewsky e Crispa da Galera do Fla

EQUIPES QUE ATUARAM NO CAMPO MARTIAL:

(CAP. WENDEL): Goleiro Savio, Waldemar da Codeba, Dinho da Van, Cesar de Militão e Mario Cabeça Branca; Adauto Negocinho, Paulinho da AFC e Luciano Santana; Goleiro Luciano, Erisvan e Wendel da Autoescola

(CAP. LUÍS HUMBERTO): Goleiro Rosivaldo, Sizinio do Remo, Gutemberg Trator, Luís Mario Garotinho e Eduardo Japonês; Danilo, Zé Eduardo e Carlão do Taxi, Luís Humberto, Charles Reis e Garrancho 100 Anos de Praia (Paulo Gois do Bradesco entrou no intervalo)

COMENTÁRIOS:

Para os dedicados observadores houve dois ‘babas’ bem disputados nesta 3ª rodada. No Campo Grimaldo anotaram que a equipe do Cap. Alex de Moises com 3 a 0 no placar, dominando o jogo –até os 30’ da 1ª etapa– e perdendo gols incríveis, daqueles que ‘até minha vó faria’, parecia que ganharia fácil a contenda, entretanto a do adversário comandada pelo Cap. Eldon do Ofertão não desistindo da máxima do futebol de que ‘partida só acaba quando termina’, reagiu e no final deste tempo fez dois gols. No início do segundo (aos 10’) em um bate e rebate na área a bola sobrou para o Goleiro Ricardo (jogando de atacante) e empata a partida. Daí em diante, o jogo ficou solto, e terminou ‘pau a pau’, com ataques perigosos de lado a lado.

No Campo Martial acharam que o equilíbrio também prevaleceu. O 1 a 1 até o finalzinho do ‘baba’ indicava que as equipes terminariam o jogo empatadas, mas como futebol é imprevisível como já dito, num lance um tanto despretensioso o quadro do Cap. Luís Humberto fez 2 a 1 no do Cap. Wendel da Autoescola e saiu com a vitória.

NOTAS:

O promoter Zezinho da Baixa Fria não compareceu à rodada, mas indicou, a convite, seu negocinho lá das bandas de Sambaituba, o lateral-esquerdo ‘atacativo’ Josemar Negocinho de Zezinho.

Quem atuou com destaque, segundo ele próprio ressalta, foi o beque-de-espera II Paulo Gois do Bradesco que entrou no intervalo no Campo Martial no lugar do atacante Garrancho 100 Anos de Praia. Por falar neste beque-de-espera, a galera do brequefeste avepiano aguarda ansiosa a volta do ‘café’ preparado por ele. Vale recordar que o líquido desta rubiácea doada era da melhor qualidade, porém, fugindo à regra certa vez o vazo de café estava ralo pra cacete e noutra feita, açucarado pra porra, o que levou os consumidores avepianos a questionar o porquê das alterações na dosagem do pó. Retado com os questionamentos Paulo Gois do Bradesco deixou de ofertar o precioso líquido. Todavia, segundo o seu amigo e beque-de-avanço Dinho da Van, o cidadão voltará e não vacilará mais, pois pretende mostrar todo seu conhecimento de barista nos cafés-da-manhã avepiano.

Os caras do observatório comentaram que não sabem o porquê do lateral defensivo e ‘atacativo’ da seleção amadora de Camamu, Everaldo Cabeça de Flande ter pedido substituição. Segundo um deles foi porque o time dele até os 30’ da 1ª etapa não se encontrava em campo, aí, deu nervoso e uma desculpa esfarrapada ao seu capitão e se picou.

Ah, sim, afirmaram que o volante Adauto Negocinho ficou ‘retado’ porque o beque-de-espera III e presidente avepiano Djalma Peludo não o levara para Itapetinga este fim de semana. Adauto é conhecido nas rodas avepianas como Adauto Negocinho, um antigo chamego do presidente.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.