WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


Março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  






:: 21/mar/2020 . 14:27

ESTRATÉGIAS ELITISTAS DE CONTROLE DO CORONAVIRUS

Luiz Ferreira da Silva
Engenheiro Agrônomo e Escritor
[email protected]

Todo enfoque tem sido para proteger as classes de maior poder econômico. Esquecem das favelas, das periferias, das palafitas, dos moradores de rua, dos guetos e das grotas. Parece até uma calamidade que só atinge aos que passam férias no exterior!
E os 13 milhões de brasileiros que estão abaixo da linha da pobreza, com renda inferior a 500,00, sem condições de adquirirem uma simples barra de sabão, quanto mais um frasco de álcool gel, inclusive superfaturado por comerciantes inescrupulosos?
Uma desigualdade social vergonhosa num país injusto, eivado de “mordomos” e mordomias, atingindo os 3 poderes da República, que vivem em outro Brasil.
O governo e governadores têm se mostrado radicais e duros em suas medidas. Então deveriam confiscar toda dinheirama das emendas parlamentares e de tantos outros gastos desnecessários dos “Gandolas” dos 3 Poderes e destinar aos necessitados, com um quantitativo em torno de, no mínimo, 500,00, por unidade familiar, e uma cesta de produtos de limpeza e higiene pessoal.
Neste mister, as Forças armadas seriam convocadas, não para função bélica, como tem acontecido anteriormente, mas social, através de seu corpo médico e respectivas barracas de atendimento hospitalar, “invadindo” sob aplausos os morros e demais concentrações de descamisados por esse país afora. Seria uma nova missão, profícua e altruísta dos bravos soldados brasileiros, que nunca se furtaram a defender a Pátria, seja em quaisquer circunstâncias.
Combater o vírus é uma luta de todos e para todos, com o Homem, INDISTINTAMENTE, no epicentro da questão. Todos no mesmo barco e não uns em iates e outros em canoas furadas. Os ônus e bônus devem ser repartidos, uns mais sacrificados, a exemplo da classe médica e seus abnegados auxiliares, mas todos contributos ao seu modo.
É o momento de o Brasil quebrar a diabólica arquitetura social que vem dos tempos da escravidão, estabelecendo novos pilares igualitários. É triste e vergonhoso se ter um país injusto que 10% não tem do que reclamar em contraposição com os 90% que não tem a quem reclamar.
Aconteça o que acontecer e quando passar essa tempestade, os que conseguirem sobreviver verão um novo mundo de um repensar sublime. Ter dinheiro, ser arrogante imediatista e valorizar bobagens materiais, vão cair por terra. Toda pabulagem incomensurável se esvairá ante um ser tão pequenino, que estava quieto em seu habitat natural e foi desafiado pelo próprio insensato Homem.
Não há mal que nunca se acabe e nem um bem que sempre dure, como nos ensina este sábio provérbio português. O importante é, pois, tirar ensinamentos e os nossos dirigentes terão muito que aprender as lições do coronavírus. (Maceió, 20-03-2020)





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia