POR SECOM

Em atendimento à uma solicitação do prefeito Mário Alexandre realizada no dia de ontem (13), o governador Rui Costa enviou para o município de Ilhéus 2 novas ambulâncias sociais para atendimento aos pacientes positivos com Covid-19. As ambulâncias são do modelo S10, 0 km e chegaram na noite desta quinta-feira (14) na sede do Centro Administrativo.

“O que a gente tem lutado de manhã, de tarde e de noite para salvar as vidas das pessoas, não é brincadeira, não é fácil. Está aí o reconhecimento. Conversando com o governador, mostramos a dificuldade que estávamos tendo para transportar os pacientes com o aumento da demanda, e ele prontamente atendeu a necessidade do povo de Ilhéus. Só Deus sabe o que a gente tem vivido”, declarou o prefeito Mário Alexandre, que agradeceu ao governador Rui Costa, ao secretário de saúde Fábio Vilas Boas e a toda equipe do governo do Estado pela parceria jamais vista com o município e atenção para com o ilheense.

De acordo com o gestor municipal, essa entrega é o reflexo de muito trabalho e diálogo. Mário Alexandre relacionou ainda a extensão territorial do município e a necessidade de atendimento às localidades mais afastadas do centro urbano. “Temos vários locais distantes e a gente precisa estar sempre fortalecendo a saúde do município”, disse.

Para o secretário municipal de saúde, Geraldo Magela, “é impressionante a dedicação do prefeito para deter a pandemia em Ilhéus. A gente estava muito apertado e ontem o prefeito clamou ao governador. De imediato, no dia seguinte, mandou entregar as novas ambulâncias, que chegam no momento exato da nossa necessidade. Todo dia entra um paciente novo e a gente tem que parar as ambulâncias para desinfectar, tem todo esse trabalho que leva de uma a duas horas”, disse, ao destacar o reconhecimento da Bahia com o trabalho realizado em Ilhéus. Magela aproveitou para reforçar os agradecimentos ao governador e ao secretário de saúde do Estado.

A Prefeitura de Ilhéus decretou o isolamento social antes da confirmação do primeiro caso de coronavírus na cidade, em parceria com o governo baiano implantou o primeiro Centro de Atendimento Covid-19 do interior da Bahia, atendeu mais de 3000 pessoas por telefone com a Central de Atendimento da Vigilância Epidemiológica, realizou testagem em massa de profissionais de saúde, de idosos abrigados e servidores públicos, além de diversas fiscalizações e controles sanitários nos bairros e quarteirões da cidade.