EQUIPES DOS CAPITÃES RENATINHO DOS LEAIS E ALEX DE MOISES EMPATAM NO RETORNO

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, retornou, depois de quase seis meses inativa devido à pandemia, suas atividades realizando domingo pela manhã (dia 20 do 09) a sua 4ª rodada –Temporada 2020– da aludida modalidade esportiva na praia da Avenida Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT, local onde acontecia em tempos normais. O placar do ‘baba’ foi de 1 a 1 entre os quadros escolhidos pelos capitães Renatinho dos Leais e Alex de Moises. O juiz Wilson Salviano, presidente da Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI, apitou o ‘baba’ sem maiores reclamos de seus capitães e demais partícipes, cumprindo assim as regras do esporte bretão de maneira imparcial, conforme declarações dos olheiros presente. Sim, o atacante Ismar Landgol –atleta oriundo das bandas de onde é fabricada a cachaça Itarantim– marcou para o time do Cap. Renatinho dos Leais aos 25’ do 1ª tempo e o volante Luciano Santana para o de Alex de Moises, no final da contenda. Foram agraciados com Cartão Amarelos os atletas Adauto Negocinho, Zugaib da Ceplac e Carlão do Taxi; Cartão Azul, Luciano Santana. A direção de Baba do Dia ficou a cargo do beque-de-vigor Alvinho Malta.

AS EQUIPES:

(Cap. Renatinho dos Leais): Goleiro Marcelo da Federal, Pedro Chama Gol, Galletti da Rio de Engenho, Gilson do Taxi e Adauto Negocinho; Charles Reis, Major do Bahia de Itabuna e Zugaib da Ceplac; Carlão do Taxi, Renatinho do Leais e Ismar Landgol(Tabosa do Ofertão entrou no intervalo do ‘baba’)

(Cap. Alex de Moises): Goleiro Rosivaldo, Sizinio do Remo, Djalma Peludo, Tiuba, Paulo Gois do Bradesco e Gutemberg Trator; Moises, Luciano Santana e Paulo Cesar; Fabio Alan e Alex de Moises. No intervalo entraram Junior Murta, Eldon do Ofertão e Ralio da Contabilidade respectivamente nos lugares de Sizinio do Remo, Moises e Gutemberg Trator

COMENTÁRIOS

Comentários abalizados dos analistas revelaram que o empate de 1 a 1 no fim das contas, foi justo. Justificaram que embora o time do Cap. Alex de Moises na maior parte dos 90’ tenha dominado o baba, o do Cap. Renatinho dos Leais, com uma atuação soberba e estratégica do sistema defensivo, soube suportar a pressão e, inclusive marcado o primeiro gol. Declararam também que o sarrafo comeu solto por parte das duas equipes, com destaque para meia-atacante Carlão do Taxi, um useiro e vezeiro numa ‘chegadinha’ mais forte.

NOTAS

Como é do conhecimento da sociedade ilheense, o poder público de Ilhéus liberou a prática de ‘babas de praia’ na cidade, proibida desde o início da pandemia. Todavia os associados, driblando a expectativa, não compareceram em massa. Concluíram os da análise que o número reduzido foi devido –por evidenciar que ainda não

terminou– à pandemia, deste modo não evitando que ‘velho medão’ batesse em muitos dos avepianos, sobretudo nos –em razão da idade– do grupo de risco, o que impôs a realização de somente um ‘baba’.

Esta Notícias obteve dos olheiros que o conhecido beque-de-espera II da Avep, Paulo Gois do Bradesco andou conversando por aí que fez uma ótima partida, que ‘jogou muito’, como se diz atualmente na gíria do esporte bretão.

Foi obtida também que alguns avepianos andaram falando que jogaram com Manequinha, Malagutti, Valdo e Tinho, ex titulares da seleção ilheense de futebol, quando na cidade se praticava um futebol da melhor qualidade. E chegaram à conclusão que se Everaldo Cabeça de Flande, lateral-direito-defensivo-e-‘atacativo’ de Camamu, tivesse ouvido esses autos elogios, não titubearia em perguntar aos personagens pelas fotos, num tom mais ou menos assim: – Sim, seus craques, se já foram esses jogadores todos, mostrem as fotos”. Esta Notícias não revela os nomes dos ‘craques’ para preservar a fonte colaboradora e, claro, porque o Manda-Chuva mor avepiano está nesse meio.

Opa, íamos esquecendo do registro: os caras, os analistas, óbvio, comentaram que o gol do Luciano Santana foi muito bonito.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.