EQUIPE DO CAPITÃO ELDON DO OFERTÃO GOLEOU A DO CAPITÃO ALEX DE MOISES

No dia 4 de outubro pela manhã deste corrente ano de 2020, aliás um domingo quente pra cacete (maneira como nos referirmos a dias de temperaturas alta além da conta), a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus, completou, referente a aludida modalidade esportiva, sua 5ª rodada nesta pandêmica Temporada 2020.

Embora a presença de associados tenha sido maior do que na rodada anterior, o número ainda –em razão da Covid 19 não ter acabada– não se deu com suficiência para a formação de dois ‘babas’ como a praxe de toda rodada.

Assim sendo, com a bola rolando nas areias da praia da Avenida Soares Lopes (imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT) a equipe do Capitão Eldon do Ofertão goleou a do Capitão Alex de Moises pelo escore de 7 a 3. Os gols para o time vencedor foram de Ismar Landgol(2), Valdimiro(3), Marconi e Paulo Cesar (contra); para o perdedor marcaram: Charles Reis, Junior Murta e Renatinho dos Leais. O baba foi apitado por Wilson Salviano, presidente e juiz da Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI com boa atuação, segundo os olheiros de árbitros. O Beque-de-Espera I Galletti da Rio de Engenho levou Cartão Amarelo. O associado Heckel Januário assumiu a chamada direção de Baba do Dia.

ESCALAÇÃO DAS EQUIPES:

(Cap. Eldon do Ofertão): Erisvan(substituindo o Goleiro Rosivaldo, ausente no momento do início do baba), Sizinio do Remo, Gilson do Taxi, Galletti da Rio de Engenho e Silva; Beto Lilica; Adauto Negocinho e Marconi; Ismar Landgol, Garrancho 100 Anos de Praia e Eldon do Ofertão

(Cap. Alex de Moises): Goleiro Marcelo da Federal, Major do Bahia de Itabuna, Djalma Peludo, Paulinho da AFC e Luís Humberto; Bira da Polícia, Paulo Cesar, Altino e Charles Reis; Renatinho dos Leais e Alex de Moises.

Substituições: Pro time do Cap. Eldon do Ofertão entraram (pela ordem aos 25’, 35’, 30’ e 35’ da 1ª etapa): Goleiro Rosivaldo, Valdomiro, Tiuba, Zugaib da Ceplac, Ralio da Contabilidade (aos 25’ da 2ª etapa) e Souza da Polícia (aos 38’ também da 2ª) respectivamente nos lugares de Erisvan, Garrancho 100 Anos de Praia, Sizinio do Remo, Beto Lilica, Gilson do Taxi e Silva. Pro quadro do Cap. Alex de Moises adentraram: Junior Murta aos 35’ do 1º, Erisvan aos 30’ do 1º, Claudio Assis aos 32’ do 1º e Podão aos 25’ do 2º tempo, respectivamente nas vagas de Altino, Paulinho da AFC, Djalma Peludo e Charles Reis

COMENTÁRIOS

O baba a princípio não parecia que resultaria numa goleada. O time perdedor comandado pelo Cap. Alex de Moises chegou até, nos minutos iniciais a tocar bem a bola e envolver o adversário, mas conforme acrescentaram os analistas, sendo um quadro formado por muito ‘armandinhos’, não sequenciavam as jogadas no ataque com a agressividade necessária. No decorrer do 1º tempo a equipe do Cap. Eldon do Ofertão jogando em contra-ataques rápidos e objetivos abriu o placar e, a porteira da do opositor. Alguns viram um detalhe na equipe vencedora: a ajuda do meia-

esquerda-de-ofício Luciano Santana atuando como técnico de futebol da equipe vitoriosa. Orientando e gritando com seu time numa correria pra lá e pra cá na lateral do campo, acharam que o cara foi fundamental no elástico placar do quadro dirigido por Eldon do Ofertão. Inclusive disseram que o estilão dele é parecido com o do atual técnico do Atlético Mineiro, Jorge Sampaoli.

NOTAS

Como o nível da maré subiria mais rápido, não houve a tradicional assembleia que normalmente é realizada aos ‘domingos de baba’ na itinerante sede da associação. Em vista disso, logo após a confirmação de presença os partícipes se dirigiram para a praia. Entretanto para não perder o costume, num breve pronunciamento o presidente Djalma Peludo fazendo ver aos associados que a despesa –relativas a café da manhã, juízes, armação de campos, armação de barracas, lavagens de camisas, entre outras– por rodada é de 600,00, pediu-lhes compressão e a quitação de mensalidades em atraso.

Quem retornou aos babas foi o meia-de-ligação Beto Lilica. Afastado temporariamente por motivos particulares, ele é um dos dirigentes da Banda Podre, agremiação vinculado à AVEP para jogos aleatórios.

Após o apito final, a equipe ganhadora se reuniu no centro do campo e fez ecoar p brado de guerra avepiano: “Ganhar é bom pra porra!!”, grito este que foi idealizado pelo beque-e-centroavante-de-horas-vagas Paulô da Bitway.

Quem jogou o baba foi o meia-de-ligação Altino, convidado do beque-avançado Silva. Altino tem passagem de destaque no futebol amador de Ilhéus e seu pai Clemente já jogou no clube carioca Vasco da Gama.

Sim, não deixaram os prezados analistas de anotar um detalhe no gol de Junior Murta: de ‘bicuda’. Disseram que a bicuda relembrou os velhos ‘bicudeiros’ de antigamente e, por ele só centrar de bicuda, do lateral-direito-avançado avepiano Mario Cabeça Branca.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.