WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude embasa sesab bahia


novembro 2020
D S T Q Q S S
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  






:: 13/nov/2020 . 20:17

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 60 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.

2) O DESTINO DE ILHÉUS COMEÇA NESSE FINAL DE SEMANA.

3) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Escolas Pequeno Príncipe e Sá Pereira passam por desinfecção; unidades são zonas eleitorais

POR SECOM

A Prefeitura de Ilhéus realizou na última semana a desinfecção das escolas municipais Pequeno Príncipe e Sá Pereira, zonais eleitorais do município. A ação de descontaminação foi realizada pela Secretaria de Serviços Urbanos com solução de hipoclorito de sódio, usada como bactericida e desinfetante e recomendada pelos órgãos de saúde para reduzir a proliferação do novo coronavírus (Covid-19). Além da higienização, foi realizado o serviço de roçagem e limpeza geral dos espaços.

Você tem diabetes? Redobre os cuidados com seus pés!

Unhas encravadas e calos tendem a inflamar com mais facilidade nos pés diabéticos, alerta podóloga

Segundo dados da Federação Internacional de Diabetes, que mapeia a dimensão da doença em 138 países, a cada dois anos, atualmente, existem aproximadamente 463 milhões de pessoas entre 20 e 79 anos no mundo que possuem diabetes. Para os que sofrem com o problema, o cuidado com as pernas e os pés é essencial, já  que sintomas, como a fragilização dos vasos sanguíneos, enfraquecem a pele e facilitam o aparecimento de ferimentos, além da má cicatrização dessas lesões.

Malú Pinheiro, coordenadora técnica da Doctor Feet, alerta que um simples machucado no pé de um diabético pode se tornar um problema grave. “O motivo é a falta de sensibilidade no membro e, por não sentir dor ou qualquer incômodo, a pessoa acaba desenvolvendo calos de pressão, lesões na pele e nas articulações”, comenta. Segundo a especialista, nos casos graves, a demora da cicatrização pode infeccionar o pé, levar à gangrena e, em último caso, amputação da área lesionada.

“É importante lembrar que ter a doença não significa necessariamente que atingirá os pés, mas é preciso atenção constante”, salienta a profissional que, para ajudar na prevenção, traz algumas dicas importantes, abaixo:

  1. Fazer uma minuciosa verificação nos pés diariamente, examinando se existem ferimentos, calos, edemas e áreas sensíveis;
  2. Usar calçados confortáveis e que protejam os pés para evitar bolhas e calos, e no caso de sapatos abertos, evitar arranhões;
  3. Prefira sapatos fechados, confortáveis e com o solado mais firme. Evite andar descalço, com sandálias abertas ou chinelos para o pé não ficar exposto;
  4. Secar bem os pés após o banho para evitar frieiras e utilizar cremes hidratantes específicos à noite (evitando passar entre os dedos) para prevenir ressecamento e rachaduras;
  5. Utilizar óleos essenciais, como melaleuca, que evitem a proliferação de fungos que causam micoses;
  6. Não cortar as unhas muito rentes ou mexer nas peles dos cantos para evitar ferimentos;
  7. Isso vale para o tratamento de calosidades, pois não é indicado tentar mexer ou utilizar produtos sem orientação de um especialista, para tentar resolver o problema sozinho;
  8. Usar meias de algodão, preferencialmente brancas, pois qualquer sinal de ferimento será facilmente identificado.
  9. Fazer visitas regulares ao médico e, ao podólogo, a cada 30 dias.

Sobre a Doctor Feet

Pioneira no segmento, a Doctor Feet é a mais ampla rede de serviços de podologia e venda de produtos médicos/ortopédicos. Comemorando 22 anos de mercado, a marca conta com mais de 80 unidades, em 14 estados brasileiros. Informações: www.doctorfeet.com.br / Instagram: @doctor_feet / Facebook: /doctorfeet.podologia

Cursos Técnicos: SENAI BAHIA abre inscrições com mais de 700 bolsas de estudo para todo o estado

Cursos Técnicos: SENAI BAHIA abre inscrições com mais de 700 bolsas de estudo para todo o estado

Estão abertas as inscrições do processo seletivo 2021.1 para os cursos técnicos do SENAI BAHIA. São oferecidas 6.460 vagas para cursos presenciais e semipresenciais. Deste total, 735 vagas são destinadas aos candidatos do Programa de Bolsas de Estudo, conforme regulamento próprio.

São oferecidas 580 bolsas de estudo para os cursos presenciais e outras 155 para os cursos semipresenciais. As bolsas são destinadas a estudantes que tenham obtido pontuação média igual ou superior a 500 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nos anos de 2015, 2016, 2017, 2018 ou 2019 e que declararem baixa renda. Estes candidatos têm até 09 de dezembro para fazer a inscrição.

Para os candidatos pagantes, as matrículas podem ser feitas até o dia 20 de dezembro. As matrículas são on-line pelo site www.tecnicosenai.com.br. Os candidatos que fizerem a matrícula até 20 de dezembro terão 60% de desconto na matrícula (1ª mensalidade), além de 30% de desconto em todas as mensalidades pagas até o dia 5 de cada mês, até o final do curso.

O candidato ao curso técnico pago também tem a possibilidade de solicitar o crédito estudantil, com ou sem fiador. Com essa oportunidade, o aluno pode optar por pagar 50% da mensalidade durante o curso e o restante depois de formado.

Vagas em todo o Estado

Atentos às demandas do mercado, o SENAI BAHIA está lançando três novos cursos neste processo seletivo: os cursos técnicos em Informática para internet (presencial), Cibersistemas e Internet das coisas – IoT (semipresenciais).

São oferecidas vagas nos cursos presenciais de Administração, Alimentos, Automação Industrial, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletromecânica, Eletrotécnica, Informática para Internet (novo), Logística, Manutenção Automotiva, Mecânica, Mecatrônica, Petroquímica, Qualidade, Química, Redes de Computadores, Refrigeração e Climatização, Segurança do Trabalho e Telecomunicações.

Já para a modalidade semipresencial são oferecidos cursos de Cibersistemas (novo), Eletromecânica, Logística, Internet das coisas – IoT (novo) e Segurança do Trabalho.

Há vagas em 14 municípios, incluindo Jacobina e Jequié que iniciam a oferta de cursos técnicos. Os cursos também são oferecidos nas cidades de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (Unidades: CIMATEC e Dendezeiros), Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis, valores das mensalidades para cada município e descontos, dentre outras informações, estão disponíveis no site www.tecnicosenai.com.br.

Aulas remotas

Por conta da pandemia da Covid-19, as aulas dos cursos presenciais e atividades práticas dos cursos semipresenciais, estão sendo realizadas de forma remota, ao vivo pela internet, na plataforma educacional Meu SENAI.

Prorrogadas as inscrições para bolsas de ensino médio das Escolas do SESI Bahia

Instituição oferece 475 bolsas integrais para as escolas de Salvador e outros seis municípios do interior

As inscrições do processo seletivo para bolsas de estudo integrais oferecidas pelas Escolas do Serviço Social da Indústria (SESI Bahia) foram prorrogadas até o dia 22 de novembro. O prazo seria encerrado neste domingo, dia 15. As bolsas são destinadas a estudantes do 1º ano do Ensino Médio para o ano letivo de 2021. O principal critério para concorrer a uma das bolsas é ter renda familiar de até dois salários mínimos. Os candidatos deverão se submeter a uma prova online que será realizada no dia 06 de dezembro.

No total são oferecidas 475 bolsas em escolas de ensino médio da Rede SESI de Educação da capital e no interior do estado. Em Salvador, são 240 bolsas de estudo distribuídas em duas escolas. Também há oportunidades nos municípios de Feira de Santana (80), Barreiras (35), Luís Eduardo Magalhães (40), Ilhéus/Itabuna (35), Vitória da Conquista (25) e Juazeiro (20).

Para os estudantes de Salvador e Feira de Santana as vagas serão para o Novo Ensino Médio, no itinerário de educação profissional em parceria do SESI com o SENAI.

As inscrições para o processo seletivo são gratuitas. O edital com todas as informações está disponível nos sites da Escola SESI (www.escolasesiba.com.br) e do Instituto Universal de Desenvolvimento Social (www.iuds.org.br), empresa contratada para realizar a seleção.

Em 2021, a Rede SESI Bahia de Educação amplia a sua atuação e passa a contar com dez escolas em todo o estado, com a inauguração da unidade de Juazeiro, na região norte. Com mais de 50 anos de atuação na Bahia, a Rede SESI de Educação tem um projeto educacional diferenciado, focado na inovação e no protagonismo juvenil. As metodologias de ensino são voltadas para o desenvolvimento de habilidades e competências para a vida social e para o mundo do trabalho.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia