WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom saude embasa sesab bahia


dezembro 2020
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  






:: dez/2020

DO FUNDO DO BAÚ DEJOSÉ LEITE

1) 60 ANOS DE JOSÉ LEITE A ILHÉUS.

2) FALANDO SOBRE O PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE ILHÉUS.

3) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA.

:: LEIA MAIS »

O bom uso do tempo

O ambiente fraterno e acolhedor que se estabelece no fim do ano, reunindo as famílias, os amigos, as comunidades, enfim, os corações, leva todos a projetar sempre um novo ano melhor. É preciso, porém, que mantenhamos a veemência inicial, trabalhando, incansavelmente, sem perder nenhum ensejo de atuação em prol do desenvolvimento espiritual, humano e social de nosso país, a partir de nós mesmos. Assim, o novo ano que se avizinha trará maiores oportunidades de sucesso.

  Nos meus bate-papos com os jovens da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo e no livro Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós (2014), alerto-os para o fato de que o tempo vai passar de qualquer jeito. Por isso, façamos bom uso dele na vivência diária do Amor Solidário, que nos coloca sob o amparo de Deus Todo-Poderoso, fonte da verdadeira solução para os desafios particulares e coletivos, se houver decisivamente em nós a indispensável humildade para senti-Lo e compreendê-Lo, sem radicalismos.

Sempre haverá saída para os problemas, por piores que sejam, desde que o ser humano realmente respeite o ser humano. Ele não vai apenas pensar com o cérebro, usará também o coração. À vista disso, é imprescindível educarmos nossos sentimentos no Bem, pois, quando a criatura tem seu interior poluído, tudo à sua volta é contaminado.

Mente, coração, generosidade

Falar em mente e coração dá-se pela necessidade de evidenciarmos um simbolismo essencial à clareza do que lhes apresento, de modo que estejam nitidamente expressas duas das condições mais importantes da Alma: pensar e sentir, ou, na ordem moral mais perfeita, sentir e pensar. Eu poderia expor que, sendo a mente o contato principal do Espírito com o corpo, nela estaria o centro do pensar e do sentir (amar). Contudo, procuro uma forma mais simples de me comunicar com vocês, porque aqui estão pessoas de mais idade e temos crianças também.

Ora, o grande objetivo da Autoridade do Poder de Jesus, na Política de Deus, é que todos se façam melhores. Sob a ótica da Legislação além da legislação — portanto, a que tem origem em Deus e em Suas Leis Eternas —, somos levados a indagar: se não houver igualmente esse sentido de Solidariedade, de Generosidade, de Altruísmo, de Confiança, de Disciplina e de Justiça, na efetiva transformação de um indivíduo, para que ele se torne ético, quem cumprirá as leis terrenas?

Em meu livro Reflexões e Pensamentos — Dialética da Boa Vontade (1987), registrei:

Quantas leis sejam feitas, tantas maneiras o ser humano encontrará de fraudá-las, enquanto não entender que temos solidários compromissos uns para com os outros, sem os quais não pode existir genuína vida em sociedade. Isso é exercer a cidadania, que começa no Espírito. É fortalecer as comunidades. Não há departamentos estanques no mundo, principalmente agora, na era da rapidez das comunicações e da constante ameaça nuclear, entre outras, talvez piores.

 Não basta desenvolver o intelecto, como muitos pensam relativamente à Educação. Por isso, criei a Pedagogia do Afeto, para iluminar os corações dos pequeninos, porquanto uma civilização exige que haja um refinamento dos costumes. De que maneira realizá-lo, senão cultivando o que de bom existe no íntimo de cada criatura? É preciso desarmar os corações desde a infância, consoante explico em É Urgente Reeducar! (2000). Nele digo que a estabilidade do mundo começa no coração da criança.

Tal ponto de vista — o da necessidade de desarmar os corações humanos desde os pequeninos — não nos impede de prepará-los para sobreviver aos piores desafios da vida.

Torna-se mais que básico que nos empenhemos no estudo das Leis Divinas. Como?! Investigando as Sagradas Escrituras e purificando nosso interior com a Bondade e a Justiça de Deus.

Pensem nisso. Governar é educar o sentimento para o Bem.

Alziro Zarur (1914-1979), saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, ressaltava que: “Governar é ensinar cada um a governar a si mesmo”.

Paiva Netto 

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor. 

[email protected]— www.boavontade.com

Prefeitura de Ilhéus alerta sobre riscos no mar durante alta temporada

As praias do litoral ilheense recebem um fluxo intenso de visitantes durante a temporada de verão e para garantir a segurança dos banhistas, os salva-vidas atuam diariamente realizando um trabalho educativo em postos espalhados pela orla marítima da cidade.

De acordo com Anderson Gusmão, chefe de Divisão de Salva-vidas, a recomendação é que o banhista procure um profissional antes de entrar no mar. “A equipe orienta sobre os pontos mais seguros, porém vale lembrar que as pessoas precisam ficar atentas à sinalização e se manter afastadas das zonas de perigo, que são os locais onde as bandeiras vermelhas estão posicionadas”, explicou.

Gusmão frisou ainda que os pais e responsáveis devem colocar pulseiras de identificação nas crianças para evitar desencontros nas praias. A recomendação também é para que os banhistas não façam consumo de bebidas alcoólicas antes de entrar no mar, pois a ingestão de álcool potencializa o risco de afogamento.

O efetivo composto por 80 profissionais presta um atendimento de qualidade, todos os dias, das 9h às 17h, nos seguintes postos: Mamoã; Ponta da Tulha; Joia do Atlântico; Mar e Sol; São Domingos; Cabeça; Praia da Avenida; Praia do Cristo; Praia da Concha; Vietnã; Jardim Atlântico; Costa do Cacau; Guarany; Soro Caseiro; Gabriela; Palmito; Vó Eró; Cururupe; Peixe na Brasa; Batuba; Rio e Mar e Cai n’ Àgua.

Dicas para evitar acidentes e garantir um verão seguro:

– Procure se banhar em áreas monitoradas por salva-vidas;

– Não cometa excessos, misturando bebidas alcoólicas com banhos de mar;

– Não se banhe em áreas rochosas ou com pedrados;

– Evite entrar no mar quando a água estiver acima da linha da cintura;

– Evite materiais flutuantes como boias e colchões infláveis;

– Mantenha a supervisão constante das crianças;

– Em caso de dúvidas, peça orientações aos salva-vidas.

 

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 60 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.

2) COMO NASCEU O CALÇADÃO DA MARQUÊS DE PARANAGUÁ.

3) ANTIGAS FESTAS NATALINAS PROMOVIDAS PELA CDL DE ILHÉUS.

4) AS FOTOS DETAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Ilhéus decreta ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro

A Prefeitura de Ilhéus estabeleceu ponto facultativo nas repartições públicas municipais, nos dias 24 e 31 de dezembro de 2020, vésperas de Natal e Ano Novo, respectivamente. Conforme o decreto, os serviços considerados de natureza essencial não serão suspensos, bem como as atividades nas áreas da saúde, educação, limpeza urbana, iluminação e da Segurança Pública.

AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS – Edição 794 – ANO XVII Nº 23 – 25 de dezembro de 2020

EDIÇÃO ESPECIAL DE NATAL

Última edição, 2020. Retorno, segunda quinzena de 2021. Feliz natal e um ano novo de muita paz nos corações dos homens, Focados em cristo.

JESUS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nome completo Jesus de Nazaré

Nascimento 7-2 d.C. Judeia, Império Romano

Morte 30-33 d.C. Jerusalém, Judeia, Império Romano

Progenitores Mãe: Maria Pai: José

Ocupação Carpinteiro, profeta itinerante e rabino

Causa da morte Crucificação Jesus (em hebraico: ישוע/ יֵשׁוּעַ; romaniz.:mYeshua; em grego: Ἰησοῦς; romaniz. Iesous), também chamado Jesus de Nazaré (n. 7–2 a.C – m. 30–33 d.C) é a figura central do cristianismo e aquele que os ensinamentos de maior parte das denominações cristãs, além dos judeus messiânicos, consideram ser o Filho de Deus. O cristianismo e o judaísmo messiânico consideram Jesus como o Messias aguardado no Antigo Testamento e referem-se a ele como Jesus Cristo, um nome também usado fora do contexto cristão. Praticamente todos os académicos contemporâneos concordam que Jesus existiu realmente, embora não haja consenso sobre a confiabilidade histórica dos evangelhos e de quão perto o Jesus bíblico está do Jesus histórico. A maior parte dos académicos concorda que Jesus foi um pregador judeu da Galileia, foi batizado por João Batista e crucificado por ordem do governador romano Pôncio Pilatos. Os académicos construíram vários perfis do Jesus histórico, que geralmente o retratam em um ou mais dos seguintes papéis: o líder de um movimento apocalíptico, o Messias, um curandeiro carismático, um sábio e filósofo, ou um reformista igualitário. A investigação tem vindo a comparar os testemunhos do Novo Testamento com os registos históricos fora do contexto cristão de modo a determinar a cronologia da vida de Jesus. Quase todas as linhas cristãs acreditam que Jesus foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu de uma virgem, praticou milagres, fundou a Igreja, morreu crucificado como forma de expiação, ressuscitou dos mortos e ascendeu ao Céu, do qual regressará. A grande maioria dos cristãos venera Jesus como a encarnação de Deus, o Filho, a segunda das três pessoas na Santíssima Trindade. Alguns grupos cristãos rejeitam a Trindade, no todo ou em parte. No contexto islâmico, Jesus (transliterado como Isa) é considerado um dos mais importantes profetas de Deus e o Messias. Para os muçulmanos, Jesus foi aquele que trouxe as escrituras e é filho de uma virgem, mas não é divino, nem foi vítima de crucificação. O judaísmo rejeita a crença de que Jesus seja o Messias aguardado, argumentando que não corresponde às profecias messiânicas do Tanakh.

O PRESENTE DE NATAL

Certa vez, um menino acordou em uma véspera de Natal, muito contente, pois uma data muito importante estava para chegar.

Era o dia do aniversário do menino Jesus, e é lógico, o dia em que o Papai Noel vinha visitá-lo todos os anos.

Esperava ansiosamente o cair da noite, para voltar a dormir e olhar o seu pé de meia que estava frente a porta, pois não tinha árvore de Natal.

Dormiu muito tarde, para ver se conseguia pegar aquele “velhinho”, mas como o sono era maior do que sua vontade, dormiu profundamente.

Na manhã de Natal, observou que seu pé de meia não estava lá, e que não havia presente algum em toda a sua casa.

Seu pai desempregado, com os olhos cheios d’água, observava atentamente ao seu filho, e esperava tomar coragem para falar que o seu sonho não existia, e com muita dor no coração o chama:

– meu filho, venha cá!

– papai?

– pois não filho?”

– o papai Noel se esqueceu de mim?

O pai abraça seu filho …

– ele também esqueceu do senhor papai ?

– não meu filho… o melhor presente que eu poderia ter ganho na vida está em meus braços, e fique tranqüilo, pois eu sei que o papai Noel não esqueceu de você.

– mas … todas as outras crianças vizinhas estão brincando com seus presentes… acho que ele pulou a nossa casa…

– Pulou não, meu filho…

Os dois foram caminhando sem rumo, até chegar num parque e ali passearam, brincaram e se divertiram durante o resto do dia, voltando somente no começo da noite.

Chegando em casa, já muito cansado, o menino foi para o seu quarto, e escreveu um bilhete para o papai Noel:

“Querido Papai Noel,

Quero agradecer o presente que o senhor me deu. Desejo que todos os Natais que eu passe, faça com que meu pai esqueça de seus problemas, e que ele possa se distrair comigo, passando uma tarde maravilhosa como a de hoje.

Obrigado pela minha vida, pois descobri que não são os brinquedos que me fazem feliz, e sim, com o verdadeiro sentimento que está dentro de nós, que o senhor desperta nos Natais.

Obrigado. ”

E foi dormir.

Entrando no quarto para dar boa-noite ao seu filho, o pai viu o bilhete, e a partir desse dia, não deixou que os seus problemas afetassem a felicidade dele, e começou a fazer que todo dia fosse um Natal para ambos

LENDA MEDIEVAL DE NATAL

Conta uma lenda medieval que no país que hoje conhecemos como Áustria, a família Burkhard – composta de um homem, uma mulher, e um menino – costumavam animar as feiras de natal recitando poesias, cantando baladas de antigos trovadores, e fazendo malabarismos para divertir as pessoas.

Evidente que nunca sobrava dinheiro para comprar presentes, mas o homem sempre dizia a seu filho:

– Você sabe por que a sacola de Papai Noel não se esvazia nunca, embora haja tantas crianças neste mundo? Porque embora ela esteja cheia de brinquedos, às vezes existem coisas mais importantes para serem entregues, os chamados “presentes invisíveis”.

Em um lar dividido, ele procura trazer harmonia e paz na noite mais santa da cristandade. Onde falta amor, ele deposita uma semente de fé no coração das crianças. Onde o futuro parece escuro e incerto, ele traz esperança.

No nosso caso, quando Papai Noel vem nos visitar, no dia seguinte estamos todos contentes de continuarmos vivos e fazendo nosso trabalho, que é de alegrar as pessoas. Jamais esqueça isso.

O tempo passou, o menino transformou-se em rapaz, e certo dia a família passou diante da imponente abadia de Melk, que acabara de ser construída.

O jovem pela primeira vez manifestou sua vocação escondida, que era tornar-se padre. A família entendeu e respeitou o desejo do filho. Bateram na porta do convento, foram acolhidos com amor pelos monges, que aceitaram o jovem Buckhard como noviço.

Chegou a véspera do natal. E justamente naquele dia, um milagre especial aconteceu em Melk: Nossa Senhora, levando o menino Jesus nos braços, resolveu descer à Terra para visitar o mosteiro.

Orgulhosos, todos os padres fizeram uma grande fila, e cada um postava-se diante da Virgem, procurando homenagear a Mãe e o Filho.

No último lugar da fila o jovem Buckhard aguardava ansioso. Seus pais eram pessoas simples, e tudo que lhe haviam ensinado era atirar bolas para cima e fazer alguns malabarismos.

Quando chegou sua vez, os outros padres quiseram encerrar as homenagens, porque o antigo malabarista não tinha nada de importante para dizer, e podia desmoralizar a imagem do convento. Entretanto, no fundo do seu coração, também ele sentia uma imensa necessidade de dar alguma coisa de si para Jesus e a Virgem.

Envergonhado, sentindo o olhar reprovador dos seus irmãos, ele tirou algumas laranjas do bolso e começou a jogá-las para cima e segurá-las com as mãos, criando um belo círculo no ar, igual ao que costumava fazer quando ele e sua família caminhavam pelas feiras da região.

Foi só neste instante que o Menino Jesus começou a bater palmas de alegria no colo de Nossa Senhora. E foi para ele que a Virgem estendeu os braços, deixando que segurasse um pouco a criança, que não parava de sorrir.

(Escrito por Paulo Coelho, baseado em uma lenda medieval)

CURIOSIDADES DO NATAL

Na época do natal podemos ver vários tipos de decoração, com as mais variadas cores e símbolos, representando o nascimento de Jesus. Estes enfeites podem ser distribuídos por toda a casa, com o objetivo de alegrar os ambientes bem como trazer energias positivas, ligadas ao espírito de renovação, de paz e amor que o natal nos traz.

Dentre eles temos o peixe que significa a bênção de Cristo, a casa como abrigo e proteção, o coelho que nos traz esperança, a xícara como sinal de hospitalidade, a pinha como definição de fartura e imortalidade, a pomba branca como sendo a paz, a cestinha de flores sendo os bons desejos, a ferradura como amuleto para atrair muita sorte, além de outros.

Criada para substituir pedras e maçãs

As bolas de natal fazem referência aos primeiros enfeites feitos nos pinheiros e carvalhos, substituindo os que eram usados – pedras e maçãs.

Dentre os principais símbolos, ou aqueles que mais vemos, podemos citar o azevinho, que simboliza a vida, o bom pressentimento, podendo ser usado nas portas das casas, nas maçanetas, em velas e na própria árvore de natal.

A estrela representa a proteção de Deus para nossas vidas, trazendo felicidade aos lares. Nem sempre são usadas com essa intenção, mas por acharem que é o próprio menino Jesus, aparecendo sempre ao topo da árvore de natal.

Símbolo da purificação

As velas também são objetos utilizados como enfeites natalinos. Elas representam a luz de Jesus Cristo vinda até nós, pois seu fogo é purificador, regenera, renova a vida, trazendo esperança.

Os presentes são uma tradição, uma referência aos três Reis Magos que levaram presentes para o menino Jesus. Essa é a forma mais conhecida de se representar o Natal, pois todos trocam presentes, seja em suas famílias, com amigos, no trabalho. E aos que não tem condições, aos que moram em abrigos e orfanatos, estes aguardam cheios de esperança que pessoas de bem os presenteiem, mesmo que seja com uma visita ou com roupas usadas e alimentos.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Propagação mundial do nascimento de Jesus

Consta que o presépio foi uma criação de São Francisco de Assis para representar o nascimento de Jesus de forma mais realista. Escrituras da igreja católica relatam que este foi montado durante uma missa celebrada no ano de 1223, a que passaram a considerar como missa de Natal. A ideia foi tão bem simbolizada que rapidamente passou a ser adotada em outras igrejas europeias, podendo também ser montada nas casas e sendo propagada por todo o mundo.

O boneco de neve é uma tradição dos países frios, onde são colocadas duas bolas, sobrepostas, para fazer o corpo, usando uma cenoura para fazer o nariz, galhos para fazer os pés e os braços, além de outros adereços para deixá-lo mais enfeitado.

Uma outra coisa interessante é a forma de se dizer Feliz Natal em outras línguas. Na Alemanha – Fröhliche Weihnachten; na Argentina – Feliz Navidad!; na Austrália – Happy Christmas; no Egito – Mboni Chrismen; na Espanha – Felices Pascuas, Feliz Navidad; nos Estados Unidos – Merry Christmas; na França – Joyeux Noel; na Índia – Shub Naya Baras e na Itália – Buon Natale.

Por Jussara de Barros

Graduada em Pedagogia https://brasilescola.uol.com.br/natal/curiosidades-natal.htm

PENSAMENTO DE NATAL

A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida. Desconhecido.

A POESIA DE NATAL

PIADA DA SEMANA Ovos no Natal

Era manhã de Natal e como de costume os ovos das galinhas foram todos decorados e em seguida colocados novamente no galinheiro. Algum tempo depois o galo entra no galinheiro, observa os ovos e sai furioso gritando pelo quintal:

– Cadê aquele pavão miserável?

oOo

Acessar

(www.r2cpress

Estudante baiana utiliza lima-da-pérsia para desinfecção de água

Pesquisa científica dá continuidade à estudo que teve origem nos EUA
“Não há estudo brasileiro com base científica que aponte a eficácia da Lima no processo de desinfecção da água relacionada a substâncias nocivas ao ser humano”. É desta forma que a estudante Tainá Larissa, do Colégio Estadual João Vilas Boas, localizado no município de Livramento de Nossa Senhora, justifica a importância de sua pesquisa científica, que investiga formas alternativas de purificação de água, a exemplo do cloro, prejudicial à saúde, pois possui em sua composição sub clorados cancerígenos. A solução encontrada está na fruta Lima-da-Pérsia, que, segundo Tainá, tem potencial desinfetante.
“Nosso projeto utilizou o método SODIS, ou seja, desinfecção da água por exposição solar. Nos baseamos em um estudo da Universidade Johns Hopkins School, nos EUA, a fim de democratizar esse recurso em boa qualidade, visto que a água é um elemento fundamental para nossa sobrevivência”, disse a estudante ao reafirmar sua inspiração para o trabalho. “A ideia surgiu em uma aula de química em que discutíamos os malefícios e benefícios do cloro quando utilizado na água e questionamos a possibilidade de existir outro método, ainda não divulgado, de preferência natural, que pudesse fazer essa desinfecção sem causar danos na saúde”.
De acordo com Tainá, a maioria dos estudos relacionados à desinfecção da água possui meios caros ou de difícil manuseio, como a utilização do ozônio e de lâmpadas ultravioletas. “Um exemplo disso foi a dificuldade que tivemos em conseguir orientação para saber se a proposta da Lima seria, de fato, eficaz”, destacou a estudante. “Ao aprimorar e popularizar a proposta da Johns Hopkins School, conseguimos mostrar que todos podem ter acesso a uma água em boa qualidade, sem recorrer a meios complexos. No nosso caso, utilizamos somente a Lima, aliada a essa fonte de energia que temos em abundância, especialmente na região Nordeste, que é o sol”.
Conforme a estudante, há grande satisfação em poder provar que meninas do interior como ela, de apenas 17 anos, são capazes de desenvolver ciência e que seu sonho é representar o Brasil em uma Feira de Ciências em Dubai com um projeto de alto nível. “Conseguimos atingir o primeiro objetivo do nosso projeto que é a comprovação da eficácia da Lima na desinfecção, mas queremos, ainda, fazer mais testes para entendermos melhor esse processo e aprimorarmos essa proposta. Estamos, agora, em busca de laboratórios que realizam análises de água, ou parcerias, para conseguirmos recursos financeiros e dar seguimento a este estudo”, completou.
O projeto conta também com os fatores econômico e sustentável, pois utiliza, ao longo do processo, o sol e uma fruta de baixo custo, que também pode ser cultivada. Além disso, a desinfecção utiliza garrafas de vidro ou PET, promovendo um destino diferente do descarte na natureza, contribuindo para a reciclagem, visto que o plástico demora anos para se decompor. Recentemente, Tainá viajou ao Recife, capital de Pernambuco, para expor seu trabalho em uma feira de ciências. “Isso só foi possível graças ao apoio do laboratório Nutrisegura em Vitória da Conquista, que nos acolheu para fazer as análises sem custo algum, além de outros parceiros que nos ajudaram a arcar com as despesas da viagem”, finalizou.
Bahia Faz Ciência
A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) estrearam no Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, 8 de julho de 2019, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros. As matérias são divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria e da Fundação. Se você conhece algum assunto que poderia virar pauta deste projeto, as recomendações podem ser feitas através do e-mail [email protected].

Orla Sul de Ilhéus recebe sistema moderno de iluminação pública

Cerca de três quilômetros da BA-001, que passa por obras de duplicação, serão contemplados com a instalação de luminárias de LED. Na noite de quarta-feira (23), o prefeito Mário Alexandre entregou a nova iluminação da Orla Sul de Ilhéus, que já possui 78 postes instalados e 120 luminárias modernas e mais eficientes para valorizar todo investimento executado ao longo da via e aumentar a segurança no período noturno.

“Mais uma vitória, fruto de muito trabalho. Na Orla Sul, onde era um breu, a gente está colocando iluminação de LED, parte do processo de reconstrução da cidade. Em fevereiro do ano que vem entregaremos mais uma avenida moderna e passo a passo vamos vencendo”, ressaltou o chefe do Executivo.

No total, serão instalados aproximadamente 100 postes com luminárias de LED, dos quais 65 serão reutilizados. Segundo a Administração Municipal, o serviço segue conforme as obras de duplicação, valorizando os espaços, dando aos condutores mais visibilidade no trânsito e proporcionando comodidade à população.

O investimento em eficiência energética feito pela Prefeitura é a contrapartida da obra de infraestrutura viária e representa uma medida para reduzir o consumo e, consequentemente, gerar a economia de recursos oriundos dos cofres públicos. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), já foram restaurados 31.090 pontos de luz em todo o território municipal, no intervalo de quatro anos.

 

Bahia ganha seu primeiro Observatório de Ciência, Tecnologia e Inovação

Novo projeto da Secti busca auxiliar na formulação de políticas públicas e incentivar a inovação tecnológica no Estado
Em uma Era quando dados e informações têm influência direta na vida da sociedade, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) deu mais um passo rumo à democratização de informações e sai na frente com o lançamento, nesta terça-feira (22), às 15h, em cerimônia virtual no canal do YouTube da Secti, do Observatório de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, que vai reunir diversas informações sobre este setor no Estado. O projeto deu origem a uma plataforma, que não só vai reunir dados do ecossistema de CTI, como também vai incentivar a inovação tecnológica. De acordo com Adélia Pinheiro, secretária da Secti, além da plataforma, o Observatório também contará com ações de integração entre o sistema, para que futuramente os usuários possam se tornar os principais alimentadores de informação do portal. “O Observatório contribuirá na melhoraria do contato entre diversas instituições, além de auxiliar a Secretaria e demais órgãos do Estado na tomada de decisão e construção de novas políticas públicas”, declarou.
A Plataforma permite acessar diferentes categorias que compõem o ecossistema de CTI. São elas: a Educação Básica, Profissional, Superior e Pós-graduação, além dos projetos e bolsas concedidas pela Fapesb e do Emprego e Renda na Bahia. Ao longo do projeto, serão inseridas mais informações dentro desses aspectos para que seja possível observar com mais propriedade cada competência científica, a infraestrutura instalada nos laboratórios e equipamentos, os dados sobre demandas tecnológicas, fontes de fomento e financiamento, identificação de arranjos produtivos locais, novos habitats de inovação, aproximação com entidades setoriais, entre outros. Adélia afirma que, de forma geral, uma plataforma como esta, aliada às futuras ações de integração, torna-se uma ferramenta para disponibilizar e disseminar informações estruturadas em CTI e fortalecer a comunidade de cientistas, pesquisadores, empreendedores, entre outros.
A plataforma do Observatório foi projetada com arquitetura modular e contempla ainda iniciativas para estruturar novas bases de informações organizacionais que podem ser alimentadas pelos próprios atores do ecossistema de CTI, adicionando na plataforma dados acerca de sua região e ICTs, dessa forma, a plataforma caminha para a autossustentabilidade, com o intuito de se manter sempre atualizada. “O Observatório vem para os baianos, sejam eles das universidades, centros de pesquisa, startups e demais segmentos, como um instrumento de integração e produção de informações de governo, institutos de ciência e tecnologia, setor produtivo e a sociedade civil organizada. Desta forma, almejamos tornar-nos um radar tecnológico que aponte oportunidades e também as demandas dos atores do sistema”, completou.

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE

1) 60 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.

2) BOB NELSON, UM CANTOR INESQUECÍVEL.

3) DESEJANDO BOAS FESTAS E FELIZ ANO NOVO AOS AMIGOS!

4) RENART: UM ARTISTA ALÉM DO TEMPO.

5) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP

NA 9ª RODADA EQUIPE DO CAPITÃO ALEX DE MOISES VENCE DE 4 a 1

Marcando 4 gols e levando 1 a equipe do Capitão Alex de Moises venceu a do Capitão Marconi em baba realizado na praia da Av. Soares Lopes, trecho localizado nas proximidades do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT, e correspondeu à 9ª rodada realizada na manhã de domingo (13.12.2020) pela Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de ‘babas de praia’ quase centenária de Ilhéus. Dois (2) gols foram marcados por Artur ‘Alicate’ Kruschewsky (um no 1º tempo e outro no 2º) e dois (2) por Charles Reis (os dois na 2ª etapa); para a perdedora marcou Ismar Landgol. O juiz do ‘baba’ foi Wilson Salviano, membro –e presidente– da Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus –AAFCI, que atuou, conforme olheiros, sem receber comentários agravantes por parte dos partícipes. Levaram Cartão Amarelo Djalma Peludo, Passos de Uruçuca, Paulinho da AFC e Moises; Erisvan levou Cartão Azul e, o Vermelho. A princípio o ‘baba’ foi coordenado pelo beque-de-correria Luís Mario Garotinho, em seguida pelo beque-de-espera III Paulo Gois do Bradesco. Tal coordenação recebe o título de Diretor de Baba do Dia.

Equipes conforme súmulas:

(Cap. Alex de Moises): Goleiro Rosivaldo, Sizinio do Remo(depois Pescador), Paulinho da AFC(depois Beto Lilica), Zugaib da Ceplac e Erisvan(depois Silva); Souza da Polícia, Luciano Santana e Claudio Assis; Charles Reis, Artur ‘Alicate’ Kruschewsky e Alex de Moises

(Cap. Marconi): Goleiro Pedro Chama Gol, Passos de Uruçuca, Galletti da Rio de Engenho, Djalma Peludo e Moises; Adauto Negocinho(depois Tabosa do Ofertão)), Nilton do BB(depois Ralio da Contabilidade) e Marconi; Renatinho dos Leais, Ismar Landgol e Garrancho 100 Anos de Praia(depois Gilson do Taxi)

COMENTÁRIOS

A equipe do Capitão Alex de Moises saiu, conforme o meia-de-conexão Marconi e capitão adversário, pro intervalo vencendo de 1 a 0. No 2º tempo em sequência fez 2 a 0 e 3 a 0; levou 3 a 1 e terminou o ‘baba’ com a vitória de 4 a 1. Sem aludir a desculpas esfarrapadas, praxe no futebol de quase todo perdedor, o meia só comentou que a entrada do meia-de-conexão-avançado Pescador aos 35’ da 1ª etapa, foi fundamental na vitória do quadro oponente. :: LEIA MAIS »

Prefeito Mário Alexandre inaugura agência do Sicoob em Ilhéus

Situada em frente à Catedral de São Sebastião, no Centro Histórico de Ilhéus, a primeira agência do Sicoob representa mais um passo dentro do processo de reconstrução da base econômica da cidade planejada na gestão do prefeito Mário Alexandre. A unidade foi inaugurada nesta sexta-feira (18) e contou com a presença do gestor municipal, do presidente e do diretor executivo do Sicoob Leste Capixaba, José Nivaldo Casagrande e Alair José Giuriato, respectivamente. Devido às medidas de enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) e em atendimento aos protocolos de segurança sanitária o ato não teve caráter festivo.

“Mais uma cooperativa que vai gerar emprego e renda. A gente fica muito alegre quando vê grandes investimentos se instalando no município e quando veem em Ilhéus uma grande oportunidade de negócios. Aqui vamos colocar os recursos que foram investidos no Sicoob, para ajudar a comunidade e desenvolver a economia da nossa amada cidade”, frisou Mário Alexandre.

A agência funcionará de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Conforme os executivos, o Sicoob é o maior sistema financeiro do Espírito Santo e a quinta maior rede do sistema no país, ofertando produtos e serviços como aberturas de contas e contratações de linhas de crédito, cartões, consórcio, seguros, dentre outros, com taxas mais baixas se comparadas às cobradas pelas instituições tradicionais.

O cliente torna-se cooperado e participa das decisões e dos resultados financeiros, que também são reinvestidos no desenvolvimento da economia local. “Além de emprestar dinheiro mais barato, o lucro que a cooperativa gera durante o ano é dividido pelos sócios. Toda pessoa que abrir uma conta vai ser dona do Sicoob e não um simples cliente”, ressaltou Casagrande.

O diretor executivo do Sicoob Leste Capixaba explicou ainda que a cooperativa é fiscalizada pelo Banco Central do Brasil e pela Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa. A expectativa é ampliar a rede, com instalação entre oito e dez agências nos próximos anos, na zona sul de Ilhéus e em algumas cidades circunvizinhas.

“Agradecemos imensamente ao prefeito por nos recepcionar de braços abertos e o que podemos fazer para retribuir isso é prestar um serviço de qualidade, com preço justo. Ilhéus está mais moderna, com a construção da ponte ficou ainda mais bonita. Estamos entregando à sociedade essa agência, à altura do merecimento da cidade. A intenção é que as pessoas possam usufruir dos benefícios de uma cooperativa de créditos e temos convicção de que no decorrer dos próximos anos iremos contribuir para o crescimento de toda a região”, destacou Giuriato.

Atualmente, o Sicoob possui mais de cinco milhões de cooperados. O grupo empresarial destaca que o crescimento das instituições financeiras cooperativas se deu, em especial, pelo acesso a produtos e serviços de forma mais igualitária e democrática. No total, foram gerados oito empregos diretos, com contratação de 80% da mão de obra local. Também estiveram presentes no ato os secretários Vinícius Briglia (Desenvolvimento Econômico), Átila Docio (Infraestrutura e Defesa Civil), Mozart Aragão (Meio Ambiente e Urbanismo) e o subprocurador-geral do Município, Régis Aragão.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia