WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  






:: ‘Entrevistas’

A ONG ENAULTINHO ROCHA na busca de conscientizar a população para o CADASTRO de Doador de Medula Óssea, lança o projeto, “A voz do Doador e do Transplantado!

JOSÉ LUCIANO, DOADOR!

– Nome completo? José Luciano da Silva Martins Júnior

– Onde reside? Sua idade? Salvador/BA, 26 anos.

– Sua profissão? Onde trabalha? Engenheiro Mecânico, no momento não estou trabalhando.

– Estado civil? Tem filhos? Quantos? Solteiro, sem filhos.

– Como se sentiu quando soube que era compatível com alguém? Fiquei muito feliz, é uma sensação maravilhosa de amor ao próximo, é Deus mostrando suas ações através de nós.

– Quando foi a sua doação? Jun.2016.

– Onde foi sua doação? Você teve gastos? Foi realizada no NHC (Natal Hospital Center), em Natal RN. Todos os gastos foram custeados pelo REDOME.

– Quanto tempo durou? Foi por Aférese ou por punção? Foi por aférese. Durou cerca de 2 horas.

– Você sentiu dor? Durante o procedimento não. Entretanto, para ser realizada a aférese, é necessária a aplicação do Granuloquine durante alguns dias antes do procedimento. Isso gera um leve desconforto no corpo, principalmente nos ossos, mas não me impediu de fazer nada.

– Como a equipe do REDOME te recebeu? Teve acompanhante? Quem bancou as despesas do acompanhante? Minha mãe me acompanhou durante o procedimento e os custos dela também foram pagos pelo REDOME. Não tivemos custos com absolutamente nada. A equipe do REDOME foi ótima, desde o primeiro contato, até o fim do procedimento, eles deram todo o suporte necessário. Eu já sabia que tudo iria dar certo porque Deus quis assim.

– Se for compatível com mais alguém, fará outra doação? Quantas vezes for preciso. É o que eu posso fazer para tentar melhorar a vida de alguém.

– Na sua cidade tem HEMOBA? Existe movimentação para campanhas de cadastro de MO? Sim, o HEMOBA de Salvador sempre faz campanhas para incentivo da doação de MO e sangue. Com o Hemóvel, eles passam por vários locais da cidade fazendo um bom trabalho.

– Depois da sua doação tem incentivado outras pessoas a se cadastrarem? Sim, muita gente acompanhou o processo e hoje converso com todo mundo a respeito, muita gente parece ter medo ou algum tipo de receio quanto a doação de MO.

– Como se sente como doadora de MO? Me sinto muito bem. É, sem dúvida, a melhor coisa que fiz na vida. Deus me escolheu pra fazer parte dessa missão.

– Você já sabe quem foi seu (receptor (a)? Já esteve com ele (a)? Tem interesse de conhecer? O REDOME já liberou o contato e já conheci (pelo Whatsapp) o receptor da minha MO. Ainda não nos conhecemos pessoalmente, mas saber que ele está bem é o que da a paz no meu coração. Pretendo vê-lo em breve.

– O que você dirá para esta pessoa? Sinceramente não sei como vou reagir, será uma emoção muito grande. Ele é uma pessoa extremamente forte, merece toda felicidade do mundo e é isso que desejo pra ele.

– Você nos autoriza a publicar esta reportagem com sua foto? Motivaremos outros a serem doadores! Sim

– Pode deixar uma mensagem de incentivo? Gostaria que as pessoas entendessem que a doação de MO é um procedimento seguro e muito simples, que não gera nenhum tipo de ônus ao doador. O resultado disso é a vida de outra pessoa que você pode ajudá-la a retormar. Isso não tem preço, não tem palavra. É muito amor envolvido.

– Qual a sua mensagem para as pessoas que se cadastraram e tem se negado ou não se atualizam junto ao REDOME? Que sempre procurem o hemocentro mais próximo para atualizarem o seu cadastro e ter sempre fé. Só a fé em Deus poderá determinar os próximos passos… mas nunca desista. Entrega a vida à Deus que tudo dá certo.

A ONG ENAULTINHO ROCHA te agradece e pede a DEUS que te abençoe e proteja! Um abraço meu amigo!

Enault Freitas

Presidente

Vanessa da Mata grava reflexão sobre sua arte e o seu canto em Ilhéus

Não bastou ser mais um show na sua carreira. Foi preciso mais: registrar a beleza de Ilhéus, a força da cultura e da história da cidade. A cantora Vanessa da Mata está divulgando Ilhéus para os seus fãs em todo o mundo. No seu canal oficial no Youtube, uma rede social de compartilhamento de vídeos, ela postou na lista de “novos vídeos em janeiro”, a sua passagem pela cidade. Na praia revelou: “todo mundo canta. A pessoa que não canta, desconfio”.

No cenário paradisíaco das praias de Ilhéus, ela faz uma reflexão da sua carreira. “A música é uma coisa incrível na vida de todo mundo e ficando pensando emocionada em saber que as pessoas pagam para ver me ver cantar, investindo o dinheiro delas ao que me dedico”, disse. Além das praias, cenas do filme mostram sua visita à Casa de Jorge Amado, à fazendas de cacau e à Catedral de São Sebastião, símbolos da cidade.

Um show – Vanessa da Mata realizou o show especial de reabertura da Concha Acústica de Ilhéus, localizada na Avenida Soares Lopes, no dia 15 de dezembro do ano passado, com seu novo espetáculo Caixinha de Música. Milhares de pessoas prestigiaram o evento, uma iniciativa do Governo da Bahia e da Prefeitura Municipal, que contou com a presença do governador Rui Costa, do prefeito Mário Alexandre e do vice-prefeito José Nazal.

Situada entre o Porto de Ilhéus e o Centro de Convenções, a Concha Acústica é o maior equipamento cultural público da cidade, com capacidade para quase 15 mil pessoas. Inaugurado em novembro de 1988, o espaço foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx na ideia de reurbanização da Avenida Soares Lopes. Mas, nos últimos anos, o equipamento ficou obsoleto. Agora, foi recuperado, passando a ser uma importante opção para shows populares na cidade.

























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia