Girando




Busca por Data
novembro 2017
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Editoria ‘MAÇONARIA’

IRMÃOS OU NÃO?

Muitos pensadores, dentre eles Jacques Derrida, debatem a amizade e a comunidade como ponto central de suas obras. Tal se dá como tentativa de recuperar o político “dentro” e para “a” comunidade, repensando e reconstruindo-o junto com a democracia. Desse modo, a amizade seria deslocada da esfera privada, da intimidade – local para o qual foi banida – que alargou a amizade e a esvaziou do político – para o mundo, o público, a comunidade.  Pode-se de modo geral explicar, por exemplo, a história da fraternidade nos sistemas sociais como uma história atravessada e assinalada a todo o momento por contínuos movimentos paradoxais, de diferenciações crescentes da comunidade e de crescentes tendências de recomposições unitárias. Então, como o lugar da ambivalência por excelência. Representa assim tanto o espaço da solidariedade como aquele da inimizade e da rivalidade.

O espaço de Caim: a expressão bíblica “irmãos inimigos” pode ser entendida tanto no sentido que se é inimigo não obstante seja irmão, quanto de que se é inimigo justamente por serem irmãos.

É possível questionar sobre a importância e até mesmo sobre a necessidade de falar em fraternidade. Mais, a capacidade de relacionar fraternidade à teoria e a prática da política também se perdeu. Na verdade, estudar as relações entre fraternidade e política nunca foi considerado um tema atrativo. A liberdade e a igualdade aparecem com frequência nos debates, mas a fraternidade sempre esquecida. Tal qual se revela entre os grupos que se formam dentro das lojas.

A desconstrução da amizade e a busca de uma nova política da amizade que vá além da fraternidade, ou seja, além da compreensão comum de democracia, revela o perigo que nós homens justos e perfeitos, estamos a correr, o Brasil vem se acabando a cada instante, inúmeros furtos, improbidades, desvios em grandes empresas Publicas, corrupção solta, órgão fiscalizador ameaçado para não desvendar mais os esquemas  malignos de perjúrio. Onde esta o respeito, a fraternidade, foi se esconder das ofensas dos homens do Poder Político?

É nesse ponto, que Derrida usa Carl Schmitt, para ressaltar que a oposição, ou seja, a inimizade faz e delimita o político. Não é da amizade que ele nasce e sim da existência do inimigo. Por isso, se quiser fazer derivar uma política da amizade, mais do que da guerra, se teria ainda que entender a respeito do que quer dizer “amigo”. Ora, a significação do “amigo” não se determina senão na distinção oposicional “amigo-inimigo”.

Nada disso se torna interessante para a nossa ordem, esses atritos e pensamentos tão retrógrados. Onde esta o sentimento de irmandade e união? O que queremos para o futuro do Brasil? Lembrando que tudo começou quando se falava em independência, nossos irmãos estavam num só pensamento, vamos à luta!


Fonte: Carl Schmitt-  jurista, filósofo político e professor universitário alemão. É considerado um dos mais significativos e controversos especialistas em direito constitucional e internacional da Alemanha do século XX.

           Jacques Derrida- filósofo franco-magrebino, que iniciou durante os anos 1960 a Desconstrução em filosofia.

           Antonio José S Ferreira – Tesoureiro da Loja Regeneração Sul Bahiana 994

GOEB / Congregação Estadual

Momentos excepcionais onde revemos grandes irmãos ! E conhecemos outros !!
Encontro Congregacional do GOEB.
Veneráveis da Capital e Interior.
Aplausos para os acertos e consertar os equívocos por ventura existentes.

Inhambupe (BA) / LOJA FÊNIX CAVALEIROS DO PÓRTICO

A ARLS FÊNIX CAVALEIROS DO PÓRTICO, oriente de Inhambupe (BA), promoveu no dia 23/08/2017 a palestra MAÇONARIA, RELIGIÃO E FAMÍLIA , proferida pelo Pod. Ir. Edmilson Pereira dos Santos, Secretário de Educação e Cultura do GOEB.

Ir. Edmilson Pereira dos Santos, Secretário de Educação e Cultura do GOEB.

O evento contou com a participação do Pod. Ir. Luiz Tosta, Secretário de Finanças do GOEB, o Ven. Ir. Wanderley Rocha, Coordenador da 3ª Região do GOEB, o Ven. Ir. Antonio Lima, da 25 de Dezembro de Alagoinhas, o Ten. Rafael Lino, representando a 4ª Companhia da Polícia Militar de Inhambupe, contando ainda com a presença de Maçons de  Alagoinhas,  Catu, Feira de Santana e Salvador, além da sociedade civil desta cidade.
Após a cerimônia foi servido um coctail aos presentes.

A UTOPIA CANAVIEIRENSE

por Walmir Rosário*

Walmir Rosário

Segundo os historiadores, há utopias sonhadas e utopias tentadas. Umas assumem o papel político enquanto outras o religioso. Algumas são apenas sonhos de filósofos, que jamais saem dos livros. Já a Maçonaria abrange as duas, pois é uma utopia filosófica e uma tentativa de implantá-la na prática. Por isso, tem envolvimentos com a política e ainda é confundida com a religião.

A utopia prega um modo de vida universal – como na Maçonaria – com a finalidade de redimir o homem pecador e formar uma verdadeira fraternidade, em que o profano possa conviver com o religioso. Para isso, são escolhidos no meio social indivíduos de elite moral, no sentido de prepará-los para servir de alicerce para essa sociedade, seja nos aspectos espirituais ou interesses mundanos. Mas como é possível fazer isso numa sociedade múltipla, diversa? Veremos com a história de nossa cidade:

Para Canavieiras convergiram todos os povos, diferentes etnias. Cada um em busca de novas oportunidades. A data mais precisa desta invasão é o ano da era vulgar de 1882, quando foi noticiada mundo afora a descoberta de diamantes no Córrego do Salobro, terras da Vila Imperial de Canavieiras.

Brasileiros e estrangeiros de várias nacionalidades aqui aportaram em navios e canoas – até mesmo em lombo de burros. Entre os nativos, a grande maioria da Chapada Diamantina, com a única preocupação de “bamburrar”, ficar rico e poderoso faiscando os famosos diamantes das fraldas da Serra da Onça.

•| MATÉRIA COMPLETA »

VITÓRIA DA CONQUISTA / Complexo Maçônico comemora Dia do Maçom

O Complexo Maçônico de Vitória da Conquista realizou no último domingo, dia 20 de agosto, uma confraternização entre os membros das 3 Lojas que compõem o Corpo: Filadélfia, Pensadores Livres e Acadêmica Guardiões da Alpha Crucis, afim de comemorar o Dia do Maçom.

Maçonaria Conquistense

As atividades foram realizadas no sítio Vitória e contaram com a presença das cunhadas e sobrinhos.

Informes da ONG ENAULTINHO ROCHA

Neste sábado, 19, a ONG ENAULTINHO ROCHA entrou em ação. 
Desta feita foi na cidade de Itapetinga, mais precisamente no HEMOBA de lá.
Mobilização no sentido de cadastrar potenciais doadores. A resposta foi positiva e o presidente da entidade, Enault Freitas, ficou bastante entusiasmado com a receptividade e acolhida. 

Mais uma grande passo para enriquecimento do banco de dados.

VEJA COMO FOI.

BAHIA / PODEROSA ASSEMBLEIA ESTADUAL LEGISLATIVA (PAEL) Sessão Ordinária

PARA VER EM TELA CHEIA CLIQUE NAS DUAS SETINHAS.

ILHÉUS / DIA DO MAÇOM (COMEMORAÇÃO ANTECIPADA)

DIA DO MAÇOM

O dia do maçom no Brasil é comemorado dia 20 de agosto. Muitos mistérios envolvem os maçons e os rituais maçônicos. Mas, esta data foi escolhida para celebrar o importante papel que esta “sociedade secreta” teve para um dos momentos históricos mais importantes do país: a independência do Brasil. No dia 20 de Agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria “Comércio e Artes” e “União e Tranqüilidade”, na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, o Irmão Gonçalves Ledo teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.

A idéia de Gonçalves foi aprovada por todos os irmãos naquela reunião e registrada na ata do Calendário Maçônico no 20º dia, do 6º mês do ano da Verdadeira Luz de 5.822. Esta data, convertida para o calendário gregoriano (o que é usado na maioria dos países ocidentais), seria equivalente ao dia 20 de Agosto de 1822.

Teria sido por impulso da sociedade maçônica que o Príncipe Regente Dom Pedro I teria proclamado a Independência do Brasil no dia 7 de Setembro de 1822 (menos de um mês depois da grande reunião no Rio de Janeiro).

A data oficial foi oficializada no artigo 179 da Constituição do Grande Oriente do Brasil, tornando o dia 20 de Agosto o Dia do Maçom Brasileiro.

Ao contrário dos que pensam e não sabem e nem se informam sobre a maçonaria, inventam coisas absurdas, que é demoníaca, e ainda defendem que tem ligação direta com o Demônio, além de utilizar outros tipos de adjetivos. Nós somos homens Livres e de bons costumes, que não combina nada com coisas voltada á improbidade.

Vimos anteriormente à ação da Maçonaria e dos maçons na história. Vimos também variadas concepções de Maçonaria, todas dentro do princípio de que ela é uma Instituição que contribui de fato para o aperfeiçoamento do homem. Vimos os matizes estratégicos utilizados pela Ordem para cumprir o seu papel em determinadas latitudes, alguns carregados das cores vivas da ideologia libertadora.

Segundo o Dicionário da Maçonaria, de Joaquim Gervásio de Figueiredo, no verbete Franco-maçonaria, “foi fundada em 24 de junho de 1717, em Londres”. O termo maçom, segundo o mesmo Dicionário, provém do inglês mason e do francês maçon, que quer dizer ‘pedreiro’, e do alemão metz, ‘cortador de pedra’. A origem da maçonaria está ligada às lendas de Ísis e Osíris, no Egito; ao culto a Mitra, vindo até a Ordem dos Templários e a Fraternidade Rosa Cruz.

Fonte: Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra e

              Calendarr Brasil

Loja Maçônica União e Caridade  completa 126 anos de instalada

Loja União e Caridade, Canavieiras

A Loja Maçônica União e Caridade, nº 05, em Canavieiras, uma das mais antigas da Bahia, comemora nesta quinta-feira (17), 126 anos de instalação (funcionamento pleno). Ela foi fundada em 27 de dezembro de 1890, e se tornou a primeira Loja Maçônica da República do Brasil e a terceira da Bahia. Sua Carta Constitutiva – Patente – foi assinada pelo Grão Mestre do Grande Oriente do Brasil, Marechal Manuel Deodoro da Fonseca, o proclamador da República.

Durante todos esses mais de 100 anos de fundada, a Loja União e Caridade funcionou regularmente e só paralisou suas atividades durante a Segunda Guerra Mundial. Inicialmente filiada ao Grande Oriente do Brasil, a Loja União e Caridade passou a integrar os quadros da Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia (GLEB) em 24 de junho de 1954 e onde permanece até hoje.

A primeira Diretoria da Loja União e Caridade era integrada pelos maçons Armando Gentil (Venerável Mestre), Francesco Tedesco (1º Vigilante), Antônio Teixeira Lôbo (2º Vigilante), Bernadino d’Oliveira Pinto (Orador), Augusto Luiz de Carvalho (Secretário), Samuel Benjamim (Chanceler) e Domingos Marques dos Reis (Tesoureiro).

Segundo o Venerável Mestre da Loja Maçônica União e Caridade, Lázaro Soares Magnavita, a instituição sempre esteve presente nas lutas em defesa da região e de Canavieiras e é considerada um órgão de vanguarda. “A história de Canavieiras e da União e Caridade se confundem, pois foram as mesmas pessoas que participaram da elevação da vila de Canavieiras à cidade e à fundação da Loja”, informa Lázaro.

Diretoria da Loja União e Caridade, Canavieiras – Fotos Divulgação

Atualmente a diretoria da Loja União e Caridade é composta por Lázaro Soares Magnavita – Venerável Mestre; José Batista Gama Neves – 1º Vigilante; Fernando Guimarães Vieira –  2º Vigilante; Walmir Andrade do Rosário – Orador; José Hilton Melo Lopes – Secretário; Ariedson Santos – Tesoureiro; Romário Brito de Vasconcelos – Chanceler. O Delegado Distrital é Raimundo Antônio Tedesco.

PRECISAMOS DE VOCÊ / Reposição URGENTE

DOAÇÃO DE SANGUE

FELIZ DIA DOS PAIS!

Dia dos Pais enviado por Tadeu Bahia autoridade de relevo do mundo Maçônico

Falecimento

II Encontro Estadual do Rito Brasileiro BA

Vem aí…

II Encontro Estadual do Rito Brasileiro BA, a ser realizado nos dias 06 e 07 de Outubro, na cidade de Vitória da Conquista.

NA BAHIA

NA BAHIA

NA BAHIA

NA BAHIA

NA BAHIA

NA BAHIA

NA BAHIA

Inscrições através do site: 

www.jornadamaconica.wordpress.com

ILHÉUS / LOJA MAÇÔNICA ELIAS OCKÉ

R2CPRESS_LOJA MAÇÔNICA ELIAS OCKÉ

ILHÉUS BA

SESSÃO E LOGO APÓS JANTAR DIA DOS PAIS

08 08 2017

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 55 56 57 Próximas