Girando




Busca por Data
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Editoria ‘Notícias’

LUTO: Morre o Jornalista Roberto Rabat Chame

Com profundo pesar informamos o falecimento do jornalista Roberto Rabat Chame, ocorrido às 16h45 desta quinta-feira (14). O fundador do blog R2CPRESS estava internado na UTI do Hospital de Ilhéus, onde vinha recebendo tratamento. Infelizmente o quadro se agravou e ele não resistiu. A qualquer momento informaremos locais de velório e sepultamento. A todos os leitores deste blog, em nome da família, agradecemos todas as orações e toda torcida pela sua recuperação.

R2CPRESS: COMUNICADO

Comunicamos que o editor do blog R2CPRESS se encontra neste momento internado na UTI do Hospital de Ilhéus. Dentro em breve retornaremos com nossas publicações. Contamos com seu apoio. Até breve.

Flem lança programa de qualificação de jovens do Primeiro Emprego

Fundação Luiz Eduardo Magalhães lança programa de aperfeiçoamento profissional.
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Os jovens contratados por secretarias e órgãos estaduais têm mais uma oportunidade de qualificação. A Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem) lançou, nesta segunda-feira (28), o Programa de Aperfeiçoamento Profissional para egressos do programa estadual Primeiro Emprego. Realizado no Hotel Sol Bahia Express, em Patamares, o evento teve a presença de 481 técnicos oriundos da rede estadual de ensino.

Para quem já tem carteira assinada, o curso representa mais conhecimento e melhores chances de se firmar no mercado de trabalho. Com formação em técnico em informática, Darlan Souza atua há quatro meses na Secretaria da Educação do Estado, mas espera continuar aperfeiçoando o currículo. “É o que faz diferença hoje em dia. Eu sei que quanto mais conhecimento eu adquirir, mais chances de desenvolver uma boa carreira. É uma chance boa de melhorar meu futuro e eu vou correr atrás”

Com duração de dois anos, as aulas do programa serão disponibilizadas para os mais de 1,1 mil técnicos que já estão trabalhando. “O curso vai oferecer 300 horas de capacitação para todos os alocados no Primeiro Emprego, em todos os 27 territórios de identidade do estado, nas modalidades educação a distância, presencial e semipresencial”, explica a gerente do Programa Primeiro Emprego da Flem, Ana Gleise.

O curso será executado segundo a metodologia de Aprendizado Baseado em Problemas (PBL), que destaca o uso de um contexto clínico para o aprendizado e promove o desenvolvimento da habilidade de trabalhar em grupo. Para o professor Aldi Roldão, a modalidade proporciona o desenvolvimento da habilidade de trabalhar em grupo. “O que o mercado de trabalho mais exige hoje é um profissional capaz de gerar soluções e ser inovador. Essa metodologia estimula que as pessoas interajam o tempo todo e desenvolvam a capacidade de inovação”, destaca.

Lançado pelo governador Rui Costa em novembro de 2016, o Primeiro Emprego é uma ação social de combate ao desemprego dos jovens. Promovida pelo Governo do Estado, a iniciativa é voltada à inserção de egressos e estudantes da Educação Profissional no mercado de trabalho, além de estimular uma maior dedicação na sala de aula, justamente por contemplar aqueles com melhores resultados. A meta é preencher, apenas no setor público, 4,5 mil vagas até novembro de 2017 e outras 4,5 mil até novembro de 2018, totalizando 9 mil vagas.

Sudesb lança mais dois editais para desenvolvimento de projetos de iniciação esportiva

Entidades devem apresentar propostas para os bairros de Castelo Branco e Nordeste de Amaralina. A autarquia já lançou, nos últimos dias, seis editais, totalizando R$5,4 milhões

Projetos Sociais.

Mais dois editais para desenvolvimento de projetos de iniciação esportiva foram lançados e já estão disponíveis no site da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte). Esses dois chamamentos públicos somam-se aos quatro já publicados pela autarquia do esporte na semana passada, totalizando um investimento nos seis editais de mais de R$5,4 milhões.

Nos dois novos chamamentos públicos, número 8 e número 9, a Sudesb propõe que as entidades interessadas em participar devem apresentar projetos de iniciação esportiva para acontecerem nos Centros Sociais Urbanos dos bairros de Castelo Branco e Nordeste de Amaralina, respectivamente.

O edital 8 (CSU de Castelo Branco e com valor de R$ R$523.312,66) prevê as modalidades de futebol, capoeira, karatê e ginástica para adultos. Neste local, o projeto irá atender 800 pessoas, com oferta de aulas de segunda a quinta-feira, nos turnos matutino e vespertino.

Para este edital, as organizações sociais têm até o dia 27 de setembro para apresentação de seu projeto, seguindo as diretrizes previstas no chamamento público. O projeto vencedor será conhecido no dia 19 de outubro.

Já o edital 9, que prevê execução de projeto de iniciação esportiva para o CSU do Nordeste de Amaralina, destina 800 vagas para karatê, futebol, boxe e ginástica para a adultos e terceira idade. Por este edital, as instituições têm a data de 28 de setembro para apresentar suas propostas.

O projeto que receber melhor pontuação será conhecido no dia 25 de outubro. Para execução das quatro modalidades esportivas e atender as 800 pessoas, ao Sudesb está destinando R$531.192,79 neste edital.

Outros editais – Nos próximos dias, mais outros três editais serão lançados pela autarquia do esporte, tendo dessa vez os bairros da Paz, Ribeira e São Bartolomeu como áreas a serem atendidas com projetos esportivos.

Além de recursos próprios, a autarquia estadual do esporte tem o apoio financeiro da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), e a ação atende à política de esporte e do Programa Pacto pela Vida, criado pelo Governo do estado como estratégia para enfrentamento da violência urbana.

Tudo pronto para a 13ª Parada da Diversidade Gay, em Ilhéus

Mário Alexandre e Diala Magalhães – Secom

Está prevista para o dia 24 de setembro, último domingo do mês, a 13ª Parada da Diversidade Gay de Ilhéus. LGBT, gays, lésbicas e transgêneros se reunirão para dançar, se divertir, mostrar sua solidariedade, provocar consciência de grupo e cobrar respeito aos direitos frente aos ataques no país que mais mata transgêneros no mundo. O tema deste ano é “Homofobia, NÃO! Lutando pelos nossos direitos e pela nossa vida!”. Dois trios elétricos desfilarão em trajeto que começará na Avenida Soares Lopes, na altura do Edifício Santa Clara. Segundo os organizadores, o evento pretende reunir cerca de 10 mil pessoas no circuito, que devem sair de outras cidades e estados, para participar do evento e movimentar a economia da cidade.

Para o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, um evento como este tem uma importância significativa porque “essas pessoas precisam ser ouvidas e o que nós pudermos fazer para unir os movimentos de representação, nós faremos, afinal, esta é uma oportunidade de unir diálogo, consciência, prevenção, renda e fortalecimento do Turismo”, assegurou o prefeito.

A Presidente da ONG LESBOS e uma das organizadoras do evento, Diala Magalhães, disse que o evento é uma forma de dar voz as minorias, combater a homofobia e lesbofobia, além de prevenir contra as doenças sexualmente transmissíveis. “Também cobrar respostas acerca das mortes do policial militar e líder homossexual, Tyrone Thomaz, morto há quatro meses e, Ana Adami, morta há dois anos, ambas sem respostas até hoje. Será uma festa linda”, garantiu.

Ainda durante a Parada, a secretaria municipal de Saúde (Sesau) estará realizando a campanha de Saúde em Prevenção das DST/HIV/AIDS, com postos de entrega de preservativos, além dos protestos de Direitos Humanos Contra a Discriminação aos Homossexuais e Homofobia. Entre os destaques que animarão a festa, estão confirmadas as presenças de Gogo Girls, Beto Villaça, Carolzinha Figueira, Dj Dan Victor, Aysha Pink e muito mais.

Mudança de concessionários no aeroporto é um caminho estrategicamente pensado, diz prefeito

Mario Alexandre

A mudança de concessionários é um caminho natural estrategicamente pensado pelo estado e pelo município, que estão em busca de investidores para a modernização do “Jorge Amado”, como já aconteceu com alguns dos principais terminais do país, a exemplo de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ). A afirmação é do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, ao comentar a decisão tomada pelo governador Rui Costa de dar início à transferência do equipamento saindo da responsabilidade da Infraero para o governo do estado.

O prefeito de Ilhéus destaca que a estatal ainda vai operar o aeroporto por até um ano, período a ser utilizado pelo governo baiano para realização do processo – que passará pela anuência da União – de concessão à iniciativa privada. Com a responsabilidade nas mãos do Estado, a programação é lançar licitação para que empresas de aviação civil disputem a gestão.

Em 2015, a Infraero teve prejuízo de R$ 3 bilhões. Em 2016, o prejuízo foi de R$ 767 milhões. Dos aeroportos administrados pela estatal, 70 por cento são deficitários. “Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização”, completa o prefeito de Ilhéus.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Rui desembarca em Kiev e dá início à terceira  missão internacional nesta segunda

BY Diego Mascarenhas/GOVBA

O governador Rui Costa dá início à terceira missão internacional no Governo do Estado nesta segunda-feira (28), quando desembarca na cidade de Kiev, capital da Ucrânia. No país da Europa oriental, Rui assina, na terça-feira (29), o termo de compromisso com a empresa Indar para que a Bahiafarma forneça insulina no Brasil e construa uma fábrica para produzir o medicamento na Bahia. “A primeira agenda oficial fora do país não significa apenas um marco para nossa indústria farmacêutica. A parceria com a empresa ucraniana assegura mais desenvolvimento e geração de empregos para a Bahia. Nossa principal meta nesta missão internacional é trabalhar pelos baianos”, afirmou o governador.

Com a assinatura desta terça, a Bahiafarma será o único laboratório farmacêutico produtor de insulina no Nordeste e um dos poucos no mundo. O Ministério da Saúde já aprovou o projeto de produção de insulinas do laboratório público baiano por meio da Portaria 1.993, publicada no Diário Oficial da União neste mês de agosto, com efeito imediato. Com a publicação, a Bahiafarma passa a estar apta a fornecer o medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS) e vai ser responsável pelo fornecimento de 50% da demanda de insulinas do Ministério.

China

•| MATÉRIA COMPLETA »

Bahia ultrapassa Rio e lidera preferência dos paulistas, aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada pelo instituto DataFolha e publicada neste domingo (27) na edição especial da revista Viaja São Paulo, aponta que a Bahia ultrapassou o Rio de Janeiro e é o estado de preferência dos
paulistas para viajar.

No levantamento realizado pela DataFolha em 2016, a Bahia estava em segundo lugar, com 12 pontos, atrás do Rio de Janeiro, com 14 pontos percentuais da amostra. Neste último levantamento, realizado entre os dias 16 e 26 de junho deste ano, a Bahia subiu cinco pontos percentuais, enquanto o Rio apenas dois, ficando, portanto atrás da Bahia entre os melhores estados do país para se viajar.

A pesquisa, que entrevistou 1.646 moradores da capital paulista, destaca a Bahia como destino inesquecível, de inesgotáveis opções de programação e passeios pelo litoral, Chapada Diamantina e Centro Histórico da capital.

Considerado o melhor destino para viagens em família, o nordeste brasileiro tem diversas praias paradisíacas, com destaque para a Praia do Espelho, localizada entre os povoados de Trancoso e Caraíva, no Litoral Sul da Bahia.

Entre os prestadores de serviços, o aeroporto de Salvador é lembrado pelos paulistas entre os melhores do Nordeste,  e as melhores redes de hotéis e resorts, de acordo com a preferência dos paulistas, estão também presentes da Bahia.

Ilhéus discute a implantação de consórcio cultural do litoral sul

SEMINÁRIO

“Gestão, conselhos e políticas públicas, o lugar da cultura na gestão pública” é o tema do seminário que será realizado em Ilhéus, visando discutir a proposta de implantar no Território Litoral Sul da Bahia um consórcio cultural. O evento, que acontece nos dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro, no Teatro Municipal, é dirigido a artistas, gestores culturais, pesquisadores, conselheiros de cultura, professores, interessados na cultura.

O seminário tem o objetivo de produzir debates sobre gestão cultural e conselhos de cultura, construir espaços de diálogo entre os municípios e participantes com vistas à execução de um consórcio cultural, eliminar dúvidas sobre a criação, execução e funcionamento do sistema de cultura, fomentar o empreendedorismo cultural regional e conscientizar sobre a importância da Economia Criativa para a cadeia produtiva regional, visando colaborar com os pequenos do sul da Bahia.

Os palestrantes são Alessandro Fernandes, pró-reitor de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc); Cláudia Leitão, ex-secretária de Economia Criativa do Ministério da Cultura; Claudiana Figueiredo, coordenadora regional do escritório do Sebrae de Ilhéus; Américo Córdula, ex-secretário da Identidade e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura de São Paulo; Bernardo Machado, pesquisador da Fundação João Pinheiro, de Minas Gerais; Cris Alves, especialista em acessibilidade cultural, de Salvador; e Pedro Jatobá, diretor de Ações Culturais do Instituto Intercidadania, Recife.

Promovido pela Comunidade Tia Marita, em parceria com o Sebrae, Uesc e o Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (Faeg-sSul), o evento tem o apoio da Secretaria de Cultura de Ilhéus e da Córdula Responsabilidade Social.

Os debates serão mediados por Sandro Magalhães, superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura da Bahia; Emílio Tapioca, presidente do Conselho Estadual de Cultura; Kuka Mattos, Coordenador de Relações Institucionais da Funceb; Maria Áurea de Souza, de Canavieiras; Lula Dantas, de Itabuna e Victor Aziz “que mostrarão que a cultura, há muito, deixou de ser a cereja do bolo para ocupar posição estratégica no desenvolvimento econômico dos municípios”, disse Pawlo Cidade, curador do seminário.

Mais de mil mulheres já passaram pelo rastreamento do câncer de mama

Mais de mil mulheres com idade entre 50 e 69 anos já realizaram, em Ilhéus, o atendimento gratuito do Programa Estadual de Rastreamento de Câncer de Mama – Estratégia Itinerante, iniciado no último dia 17. A expectativa da secretaria municipal de Saúde é atender, até o dia 2 de setembro, até quando o serviço estará sendo disponibilizado no estacionamento do Centro de Convenções, cerca de três mil consultas. Hoje (25) pela manhã, o prefeito Mário Alexandre visitou pacientes e equipes médica e de enfermagem e salientou a importância da prevenção da doença, com incidência mais comum entre as mulheres da faixa etária atendida.

Rastreamento Cancer de Mama foto Clodoaldo Ribeiro(17)

Para ter direito ao atendimento, mulheres devem procurar o posto de Saúde mais próximo à sua residência para agendar os exames. Onde não há postos, as mulheres devem procurar a sede da Secretaria de Saúde, na avenida Vereador Marcus Paiva, Cidade Nova, levando o cartão SUS, RG e Comprovante de Residência.

Após os laudos, que serão emitidos no prazo máximo de 30 dias, serão encaminhados para a Policlínica, na Conquista, os casos que necessitem de exames complementares. Em caso de necessidade de tratamentos cirúrgicos, as mulheres serão encaminhadas para Salvador, em vaga zero, ou seja, de imediato para o procedimento.

Parceria – O programa Programa Estadual de Rastreamento de Câncer de Mama – Estratégia Itinerante, que faz parte do projeto “Saúde sem fronteiras”, conta com o acompanhamento técnico da Diretoria de Projetos Estratégicos das Ações e Serviços de Saúde, órgão vinculado à secretaria estadual de Saúde (Sesab).

Com apoio da Sudesb, delegação baiana de handebol viaja para Copa Nordeste em Maceió

No dia 28 de agosto, a delegação baiana de handebol, masculina e feminina, viaja para participação na Copa Nordeste de Seleções – 2017, que acontecerá durante os dias 29 de agosto a 02 de setembro, no ginásio Sesi Trapiche, em Maceió. A delegação viaja com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que disponibilizou ônibus para o transporte da seleção.

O ônibus com a delegação sairá às 9h do Shopping da Bahia. Já na terça, as duas equipes entram em quadra a partir das 14h, enfrentando os times masculino e feminino de Alagoas. Participarão também do campeonato delegações vindas de Alagoas, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Paraíba e Piauí.

As seleções de handebol que irão representar a Bahia na copa foram escolhidas após quatro seletivas realizadas pela Federação Baiana de Handebol. Serão 16 atletas na categoria feminina e 14 atletas masculinos, compondo uma delegação com 30 jogadores e oito dirigentes técnicos.

No ano passado, na classificação final do masculino, a equipe baiana ficou em quarto lugar, e o Piauí se consagrou como tetracampeão no campeonato. No feminino, a equipe se classificou em quinto lugar e a seleção pernambucana foi a campeã.

Mário participa de encontro com estagiários da Prefeitura

Um momento de confraternização. De troca de experiências e de valorização do aprendizado. Assim definiu o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o encontro que manteve hoje (25) a tarde com os estagiários da Prefeitura Municipal. Hoje, na estrutura administrativa da Prefeitura, atuam cerca de 350 estagiários – com idades entre 16 e 50 anos.

1°Encontro de Estagiário de Ilhéus. foto Clodoaldo Ribeiro

“É uma honra para o nosso governo preparar novos profissionais, mostrar os mecanismos de funcionamento da máquina pública e construir com eles uma estrutura de mão de obra madura e qualificada”, disse. “Vejo esta relação de descobertas e aprendizagem como uma oportunidade de vida, de trabalho”, completou o coordenador dos estagiários, José Ronaldo Pereira.

O I Encontro dos Estagiários da Prefeitura de Ilhéus aconteceu no Teatro Municipal. Além de palestras motivacionais e educativas, dinâmicas de trabalho e dicas para evoluir no mercado, o evento teve sorteio de brindes, além de testemunho e troca de experiências.

Oportunidade – Estagiária no Setor de Contabilidade, Tainá Redenção falou sobre um tema instigante para todos eles: “Direitos e Deveres”. Mas disse que o grande momento do encontro foi, sem dúvida, “conhecer as diferenças e juntar todo mundo para festejar esta tarde de integração”. Para a estagiária Samilly Góes de Carvalho, que atua no Setor de RH, “um encontro como o de hoje é uma forma de valorizar o trabalho e a convivência entre os colegas de departamento”.

Primeiro contato – Kalila Amaral, representante do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), destacou a importância deste contato do estagiário com a realidade do mercado de trabalho. “Este é o primeiro contato, onde ele se descobre e onde se mostra para o mundo”, disse.

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) foi criado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em 29 de janeiro de 1969, com a proposta foi aproximar os estudantes das linhas de montagem por meio de estágios supervisionados.  Hoje promove o aperfeiçoamento da gestão, a capacitação empresarial e a interação entre as empresas e os centros de conhecimento, contribuindo para a competitividade brasileira.

Participaram do evento ao lado do prefeito Mário Alexandre, os vereadores Gil Gomes e Jerberson Moraes e o secretário municipal de Comunicação, Alcides Kruschewsky.

Bahia Pesca discute navegabilidade na Enseada do Pontal

Os pescadores da região Sul da Bahia que navegam pela Enseada do Pontal para utilização do Terminal Pesqueiro têm encontrado dificuldades para entrar nesse trecho do litoral ilheense, devido ao baixo calado no mar aberto próximo ao Morro de Pernambuco. Por isso a Bahia Pesca (empresa vinculada à Secretaria de Agricultura) criou um grupo de trabalho para discutir soluções para o problema.

A Enseada do Pontal é uma importante área de navegação, de papel central na economia de Ilhéus. Para os pescadores, particularmente, a enseada assume posição de destaque na logística de comercialização dos pescados. “No ano passado mais de cinco mil embarcações e 90 mil pessoas usaram o Terminal Pesqueiro de Ilhéus. Assim, a dificuldade de navegação tem causado um impacto negativo na vida desses profissionais e da comunidade, e nós não assistiremos isso acontecer passivamente”, afirma o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.

Entre janeiro e junho desse ano o Terminal Pesqueiro Público de Ilhéus recebeu quase 85 toneladas de pescado. As embarcações consomem, anualmente, quase dois milhões de quilos de gelo, fabricados no próprio terminal.

Dentre as opções que estão sendo discutidas pela Bahia Pesca com a Associação dos Produtores e Armadores de Camarão e Peixes Diversos (Acape) estão a dragagem da entrada da barra (em mar aberto) ou a construção de um quebra-mar para proteger a entrada e saída das embarcações e manter a acessibilidade natural do canal.

“Após as intervenções na enseada teremos uma navegabilidade muito maior. Isso beneficiará não só os pescadores, mas também incentivará a chegada de novos investimentos ao município, como marinas e outras atividades relacionadas ao turismo náutico, apenas para citar alguns exemplos”, explica Dernival Oliveira Júnior.

SAÚDE !

AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS – Nº 635 – 29 DE AGOSTO DE 2017

PARA LER EM TELA CHEIA CLIQUE NAS DUAS SETINHAS.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 920 921 922 Próximas