WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  






:: ‘Notícias’

Pai e filho são resgatados de trabalho escravo em fazenda

Operação com participação de auditores fiscais do Ministério do Trabalho encontrou irregularidades em propriedade rural do pai de um ex-deputado preso na Lava-Jato

Auditores fiscais do Ministério do Trabalho resgataram nesta semana um homem que era mantido em condições análogas às de escravidão com seu filho, na Fazenda Riachão, em Entre Rios (BA), durante uma operação da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo (Coetrae-BA). A propriedade rural pertence a Manoelito Argôlo dos Santos, ex-prefeito de Entre Rios, dono de diversas fazendas de gado e pai do ex-deputado federal Luiz Argôlo, que cumpre pena de 11 anos e 11 meses em regime fechado após condenação na Operação Lava-Jato.

A equipe de fiscalização encontrou diversas irregularidades trabalhistas e o trabalhador que vivia com o filho em um alojamento com péssimas condições de saúde e higiene, sem água potável. Nenhum empregado das fazendas tinha carteira de trabalho assinada.

Além da fazenda Riachão, a equipe foi ao Rancho Alegre, também em Entre Rios, e não encontrou o proprietário – que foi visto na região, mas não apareceu para falar com os agentes públicos. Ao fiscalizar os locais e entrevistar os 15 empregados, os auditores detectaram diversos ilícitos, que resultarão em autos de infração, com aplicação de multas. Os trabalhadores não tinham equipamentos de proteção, ninguém fazia exames médicos ocupacionais e alguns recebiam menos do que um salário mínimo. Também não era feito o recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e ninguém tirava férias. Os relatos dos trabalhadores falam de até 30 anos nessas condições de trabalho.

Morcegos – Pai e filho encontrados em condições análogas à de escravidão estavam dentro de um casebre sem água, com gambiarras elétricas, manchas de fezes de morcegos nas paredes e banheiro contendo apenas um vaso sanitário sem descarga. Não havia local para armazenar alimentos, o que obrigava os dois moradores a usar arames para pendurar a comida em sacos, de modo a protegê-la de roedores. O empregado teve que levar colchões e roupas de cama próprios, pois o empregador não os fornecia. Além disso, eles tinham que usar a água suja de um poço, armazenada em vasilhames de óleo reaproveitados.

Outro fato que chamou a atenção dos fiscais foi que havia centenas de filtros de água de barro amontoados na varanda de uma casa da fazenda. Alguns estavam quebrados, mas muitos permaneciam dentro de caixas. A equipe documentou o fato e comunicou o Ministério Público do Estado da Bahia para que sejam apurados a origem e o destino do material encontrado.

As propriedades têm pista de pouso e hangar para aviões. Ao lado da casa da família na sede da fazenda Rancho Alegre há um grande parque de exposições, que leva o nome de seu proprietário, político influente na região e que se notabilizou pelas festas e os leilões de gado.

Pagamento – O valor total devido aos empregados pela fazenda supera os R$ 150 mil. Uma reunião foi realizada ao fim da tarde dessa quinta-feira (18) com os representantes do empregador, que se recusou a regularizar os vínculos e realizar o pagamento dos trabalhadores. Será ajuizada ação civil pública em face do empregador e ele também deverá ser responsabilizado por meio de ação penal.

Além dos auditores da Superintendência Regional do Trabalho, a força-tarefa contou com a participação do Ministério Público do Trabalho, da Polícia Rodoviária Federal e da Secretaria Estadual de Justiça Direitos Humanos e Desenvolvimento Social.

 

AGRISSÊNIOR NOTICIAS – Edição 690– ANO XV – Nº 14 – Outubro de 2018

UM NOVO BRASIL para o bem do seu povo

Luiz Ferreira da Silva

O problema do país não está só na questão política e, tampouco, no sistema em si. O atual, o distrital, o misto, ou o que for não tem a mínima importância, pois o buraco é mais embaixo: corrupção, nepotismo, malandragem, sinecuras, assessores de porra nenhuma, má administração, ignorância na aplicação dos recursos públicos e gerências incompetentes. Enfim; custo estratosférico para a sociedade. Isso abrange não só a Câmara Federal, o Senado e as Assembleias Legislativas, mas os demais poderes. Urge uma reforma global, pois, a ser enfrentada com coragem e destemor.

Como é possível sermos a oitava economia do mundo e, ao mesmo tempo, subdesenvolvidos, com mais de 50 milhões de brasileiros abaixo da linha da pobreza?! E produzirmos mais de 220 milhões de toneladas de grãos em contraste com a fome endêmica, consubstanciando-se um paradoxo cruel?!

Imaginemos 5.570 municípios com Prefeitos, Vereadores, parentes, aderentes, sugando o dinheiro público, ou com má fé ou por incompetência administrativa, incluindo obras desnecessárias e a falta de planejamento!

Mas isso não acontece no Legislativo. No Executivo e, com aspectos diferencias, no Judiciário, também. É um pool de Instituições pesadas, caras e pouco produtivas. São ralos que já não podem ficar mais abertos, razão fundamental das injustiças e da miséria de milhões de brasileiros, tapeados pelas bolsas e pelas cotas.

Que pontos deveriam ser atacados?

  1. Com respeito à estrutura política, o mote é economizar, evitar desperdícios, alijar os corruptos e selecionar pessoas competentes.

Algumas ideias:

(1) As cidades com menos de 100 mil habitantes não teriam Prefeitos e nem Vereadores. Imaginemos o quanto o país economizaria com tantos inaptos e ineptos!

O governo federal formaria gestores públicos, com treinamentos na FGV, que administrariam esses Municípios, com base em um programa articulado pela União com a participação do governo estadual.

(2) Uma reformulação radical na Câmara Federal e no Senado é urgente, reduzindo os exageros, pois é inconcebível se sangrar os cofres públicos para pagamento de mordomias a uma turma privilegiada, dominada por incompetentes e preguiçosos políticos, sem quaisquer retornos à Nação.

Eles passariam à condição de servidor público, seguindo os seus estatutos e tabela salarial. O Senador se enquadraria no teto: R$ 33.700,00; e o Deputado, 90% deste. Para ambos, uma ajuda de custo de 20% para cobrir aluguel e outras despesas por estarem fora de seu domicílio. Somente isso e mais nada.

Por outro lado, nada de assessores, carro oficial privativo, passagens de avião, telefone e gabinetes suntuosos. Assim, como o governo formou gestores públicos, disporia de um pool de competentes consultores, aos quais os Senadores e Deputados poderiam recorrer em auxílio quando da elaboração de seus projetos.

O gabinete seria uma sala de, no máximo 16,00 m2, com uma secretária apenas. Só, somente só! Com o tempo, depois de um freio de arrumação, apenas os competentes e comprometidos com a causa pública sobreviveriam.

Imaginemos a economia, quando hoje um deputado custa anualmente R$ 2.150.000,00 e convivendo numa estrutura de alto luxo!. Isso sem se contar com os altíssimos salários do excessivo número de servidores!.

(3) Quanto às Assembleias Legislativas e Câmara de Vereadores, a mesma vassourada, sem pena e nem dó. Que dinheirama não sobraria para os Estados e Municípios?

  1. Também o Poder Executivo entraria nessa nova concepção de Estado competente, apesar de ser o primo pobre com menos ralos, pois há certo gerenciamento e formação de jovens competentes com a criação das chamadas carreiras do Estado. O gargalo maior está nos cargos comissionados, preenchidos por políticos incompetentes que causam elevados ônus ao país.

:: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP

CAPITÃES RENATINHO DOS LEAIS E MARCONI GANHAM NA 18ª RODADA

Dia 14 (domingo passado) a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, dando sequência à sua Programação 2018, realizou a 18ª rodada desta modalidade esportiva onde, no Campo Grimaldo o Capitão Renatinho dos Leais abateu a equipe do Capitão Alvinho pelo escore de 4 a 1 com gols do próprio Renatinho dos Leais, Crispa da Galera do Fla(2) e Alex de Moises; para a perdedora conferiu o volante Podão. No Campo Martial o quadro do Capitão Marconi venceu o do Capitão Luís Eduardo por 4 a 2, marcando para o vencedor o próprio Marconi(2), Nilton do BB e Duda Pantera; para o perdedor fizeram os gols Paulô da Bitway e Ismar Landgol. Como de praxe a rodada aconteceu na praia da Av. Soares Lopes, imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Arbitraram os ‘babas’ os juízes Wilson Salviano (Campo Martial) e Vinicius Silva. Ambos pertencentes à Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI e atuaram, conforme os olheiros de árbitros, de maneira satisfatória. Levaram Cartão Amarelo os indisciplinados e meios indisciplinados atletas avepianos: Elindro Picolé, Zugaib da Ceplac, Marconi e Ismar Landgol.

Equipes no Campo Grimaldo

(Cap. Renatinho dos Leais): Goleiro Marcelo(Rodrigo entrou no intervalo), Djalma Peludo, Robertão(Pescador entrou no intervalo), Passos de Uruçuca e Gutemberg Trator; Adauto Negocinho, Eliandro Picolé, Passos de Uruçuca, Renatinho dos Leais, Alex de Moises, Paulo Carqueija(Luís Humberto entrou no intervalo) e Crispa da Galera do Fla

(Cap. Alvinho): Goleiro Rosivaldo, Gilson, Udson da Civil(Mario Filho entrou no intervalo), Alvinho, Vado do Bradesco(Cesar II entrou no intervalo) e Haroldo(Silvio Reis entrou no intervalo); Souza da Polícia, Podão, Daniel Murta, Zezinho da Baixa Fria e Garrancho 100 Anos de Praia(Melgaço entrou no intervalo e Sena entrou em seu lugar aos 10’ da 2ª etapa)

Equipes no Campo Martial :: LEIA MAIS »

SambaDELAS


O projeto SambaDELAS, foi criado pelo Coletivo CEARABUCANAIAR, reúne seis das maiores artistas da região, que fazem um samba com protagonismo feminino.
Eloah Monteiro, Laís Marques, Jacque Barreto, Ticiana Belmonte , Gabriela Maja e Luana Karla (que nesse infelizmente não vai poder participar), tem um repertório diversificado entre sambas conhecidos e músicas autorais.
O SambaDELAS é garantia de um grande espetáculo com muita animação, alegria e descontração, mostrando, além disso, a importância da atuação feminina no samba. Esse, além dessas lindezas, vai ser num cantinho especial da cidade, uma oportunidade de fomentar um dos mais belos cartões postais: Mirante da Piqueira. Entrada gratuita !
O evento é uma promoção da Secretaria de Cultura de Ilhéus, por meio do qual foi ganhador do Edital Cultura Livre, na categoria Música.
Cola lá!!!
Local: Pikeira
Horário: 16:00 horas
Marília Arruda

Rui reúne lideranças e defende presidente que goste da Bahia para fazer mais e melhor

“Se o povo me deu mais de 75% dos votos, foi para eu fazer mais e melhor! E, para eu fazer mais e melhor, quero ter um presidente da República que goste da Bahia, que seja apaixonado pelos baianos”. A declaração em defesa do candidato Fernando Haddad é do governador reeleito Rui Costa, na tarde desta quarta-feira (17), no sul do estado. Durante as reuniões que participou em Itapetinga, pela manhã, e em Itabuna, à tarde, Rui destacou a importância de garantir a vitória de um candidato que tenha “compromisso com os brasileiros, que valorize a educação, os projetos sociais, a paz e a família e não a violência e o desprezo pela democracia”.
Na conversa com lideranças dos territórios de identidade Médio Sudoeste e Litoral Sul, Rui agradeceu sua reeleição e os 60% dos votos dos baianos para Haddad, mas pediu empenho para ampliar a votação do presidenciável do PT no segundo turno: “nosso objetivo é garantir 80% de votos válidos para Haddad na Bahia”, afirmou. Na opinião do governador, “a educação, a fé em Deus e amor da família são os maiores valores que vamos passar aos nossos filhos e ele reúne todos esses atributos. O governo de Haddad não será do PT, mas de todas as forças democráticas capazes de fazer o Brasil retomar o caminho do desenvolvimento, com respeito à convivência de todos os seus cidadãos”.
Ao lado do senador eleito pelo PSD, Angelo Coronel, e do presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, além de prefeitos, vereadores, deputados e outras lideranças regionais, Rui defendeu uma ampla mobilização de todos os baianos e brasileiros nessa reta final do segundo turno para levar Haddad à vitória. “Com Haddad, faremos mais e melhor. A eleição dele vai garantir a continuidade e ampliação de investimentos importantes no sul do estado, como a conclusão da FIOL, a construção do Porto Sul e a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna [BR-415], além da recuperação da lavoura cacaueira, responsável pela geração de milhares de empregos”, afirmou em entrevista para rádios da região de Itabuna.
As reuniões promovidas pela coligação Mais Trabalho por Toda a Bahia, encabeçada pelo governador Rui Costa, continuam até a próxima sexta-feira (19). Amanhã, os encontros serão em Teixeira de Freitas às 9h, no Espaço D Cerimonial, no bairro de Monte Castelo; e em Porto Seguro, às 14h, no Hotel Solar Imperador. Os territórios de identidade contemplados nos encontros serão, respectivamente, Extremo Sul e Costa do Descobrimento. Na sexta, às 9h, o governador estará em Vitória da Conquista (territórios Sudoeste Baiano e Sertão Produtivo) e às 14h na cidade de Jequié (Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriça).
Fotos: Vaner Casaes/ Divulgação

Ministério Público recomenda fiscalização rigorosa para shows na Concha Acústica

POR SECOM

Atendendo recomendação da 11ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult), adotará medidas mais rígidas para shows realizados nos espaços culturais de responsabilidade da Secult, notadamente na Concha Acústica. “Agora, o produtor de eventos também terá que comprovar a capacidade de realização do show e encerrar no horário determinado, sob pena de recebimento de multas e de outras sanções cabíveis”, alerta o secretário municipal da Cultura, Pawlo Cidade.

O secretário destaca que o produtor de eventos só pode divulgar o show depois de assinar o contrato e com toda a documentação encaminhada para a autorização dos demais órgãos de fiscalização, sobretudo a Superintendência Municipal de Meio Ambiente. “A não apresentação dos documentos exigidos tornará o contrato com a Secult inválido”.

Também alerta que, em caso de desistência ou cancelamento do evento, não haverá devolução do valor pago pela taxa de ocupação. A documentação deve ser apresentada 15 dias antes para análise, conforme estabelece o artigo 2º do decreto municipal número 006/2008”, lembra.

Documentação exigida – Segundo Pawlo Cidade, é preciso também apresentar o certificado de segurança aprovado pela Polícia Federal, auto de vistoria emitido pelo Corpo de Bombeiros, comprovante do depósito da taxa de ocupação no Fundo Municipal de Cultura, identificado, Documento de Arrecadação Tributária (Dam) autenticado expedido pela Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Ilhéus, além de cópias de ofícios protocolados, carimbados e com ciência das polícias Civil e Militar e do Juizado da Infância e Adolescência.

Outras exigências são a autorização ambiental da Superintendência de Meio Ambiente, comprovante de quitação junto ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), quando for o caso, demais órgãos de arrecadação de direitos autorais. “DAE, Ecad, Sociedade Brasileira de Autores e Artistas de Teatro (SBAT), Juizado de Menores, Surespol, OMB, sindicato e outras legalmente impostas, planta baixa da área a ser utilizada pelo evento com indicação (quando for o caso) de bares, número de sanitários químicos, house mix, tendas, camarotes e demais espaços, assim como a planta acompanhada de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) também são solicitadas”, ressalta.

Restrições – O secretário informa ainda que a 11ª Promotoria de Justiça de Ilhéus determinou, e a Secult irá adotar, a liberação de apenas dois shows por mês, com intervalo de no mínimo 12 dias de um para o outro. “Os shows não poderão também passar das duas horas da manhã nos meses de outubro a março, nem de uma hora no período de abril a setembro.

Antes de reservar a pauta ou divulgar o show, o produtor de eventos precisa estar atento a estas recomendações. Caso alguns dos documentos exigíveis não sejam apresentados o show poderá não acontecer, mesmo que seus ingressos estejam vendidos. A responsabilidade é exclusividade do produtor de eventos”, adverte.

 

Gincana da Casa Amarela arrecada brinquedos para crianças do CRIE

Na semana em que foi comemorado o dia das Crianças, a Escola & Brinquedoteca A Casa Amarela promoveu uma série de atividades recreativas para as turmas da Educação Infantil e Ensino Fundamental I dos turnos matutino e vespertino. A última, realizada no dia 11, foi uma gincana que, além de desafiar a criatividade e trabalho em equipe dos pequenos estudantes, também estimulou a solidariedade. Uma das provas foi a arrecadação de brinquedos novos seminovos às crianças assistidas pelo Centro de Referência à Inclusão Escolar (CRIE) de Ilhéus.

Para a diretora pedagógica da Casa Amarela, Sara Lemos, o papel da escola vai além de ensinar a ler, escrever e contar. “Pensamos a educação como estímulo ao desenvolvimento global da criança enquanto ser humano e cidadão. Estimular a solidariedade faz parte da nossa filosofia, procurando fazer com que os nossos pequenos estudantes desenvolvam um olhar especial sobre o outro, promovendo a empatia e o respeito”, acrescentou.

A Casa Amarela possui duas crianças que são acompanhados pelo CRIE. No local, são oferecidos atendimentos psicopedagógico, psicológico e educação física para estudantes com dificuldades de aprendizagem e deficiências físicas ou intelectuais. “Foi uma maneira que encontramos para retribuir ao trabalho desempenhado pelo Centro de Referência à Inclusão Escolar que atende, em sua maioria, estudantes da rede pública”, declarou Sara Lemos.

Os brinquedos arrecadados pela gincana foram destinados a cerca de 100 crianças de baixa renda atendidas pelo CRIE. Segundo a coordenadora pedagógica da unidade, Catarina Oliveira Franco de Mendonça, a ação da Casa Amarela foi considerada “uma ação de gentileza e cuidado com muitas crianças que, talvez, não tiveram acesso a ganhar um presente especial no Dia das Crianças”.

Com gol nos acréscimos, Brasil bate a Argentina e conquista Superclássico

Com gol de Miranda nos acréscimos, o Brasil conquistou o troféu do Superclássico ao vencer a Argentina pelo placar mínimo na tarde desta terça-feira (16), no Estádio King Abdullah, em Jedá, na Arábia Saudita.   A Seleção Brasileira disputou a partida com: Alisson; Danilo (Fabinho), Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro Arthur, Philippe Coutinho; Firmino, Neymar e Gabriel Jesus (Richarlison). O próximo compromisso brasileiro será no dia 16 de novembro diante do Uruguai.

Avião saiu de Vitória da Conquista é atingido por raio e faz pouso de emergência

O dia foi de desespero para passageiros que pegaram um avião da empresa Azul, que saiu de Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, em direção a Belo Horizonte (MG), na manhã desta terça-feira (16). A aeronave foi atingida por um raio e teve que pousar na cidade de Montes Claros, a 354 quilômetros da capital mineira.

Uma das passageiras, a jornalista Ellen Lapa, relatou em seu Instagram o desespero dos passageiros. “Nosso avião foi atingido por um raio. Nós tivemos que descer em Montes Claros. Foi gritaria, desespero, pipoco, mas pousamos em Montes Claros. Foram altas emoções”, escreveu.
Ao CORREIO, Ellen explicou que o avião foi atingido após 40 minutos de voo. “Nós escutamos um barulho e vimos fogo pela janela, como se fosse uma explosão. O fogo cessou ao fim dessa explosão. Depois de alguns minutos, o piloto explicou que havíamos sido atingidos por um raio, que estava tudo bem, os sistemas da aeronave todos ok, porém que ele iria parar em Montes Claros por segurança”, relatou.
A jornalista disse ainda que alguns passageiros entraram em pânico e precisaram ser acalmados por aeromoças. “Uma senhora se desesperou, alguns choraram, mas no geral não houve muito pânico”, avaliou.
DO CORREIO

Burger King é condenado a indenizar mãe e filho abordados por segurança por racismo

A rede de lanchonetes Burger King foi condenada a indenizar uma designer e seu filho em R$ 24 mil por danos morais. Mãe e filho foram vítimas de ato de racismo praticado pelo segurança do estabelecimento. A condenação foi proferida pela 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Para a Câmara, não é possível presumir que alguém é criminoso por ser negro.   De acordo com os autos, a designer e o filho saíram da praia e foram para uma unidade do Burger King em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro. Enquanto a mulher comprava um lanche, o menino foi encher os copos na máquina de refrigerantes. Nisso, um segurança do restaurante o abordou, chamando-o de “moleque”. Constrangido, o garoto ficou cabisbaixo, com os olhos cheios de lágrimas. Ele já estava sendo expulso quando a mãe interviu na abordagem. Ela perguntou ao segurança se ele teria a mesma atitude caso o jovem não fosse negro.   No processo, afirmaram que a abordagem foi racista e gerou traumas para o garoto, que ficou mais introvertido e com medo de ficar sozinho em estabelecimentos comerciais. Em sua defesa, o Burger King tratou o caso como mero aborrecimento. Em primeira instância, o Burger King foi condenado a pagar indenização por danos morais de R$ 12 mil a cada um dos autores. A companhia recorreu, mas o relator do caso no TJ-RJ, desembargador Jaime Dias Pinheiro Filho, manteve a sentença.    “O ato perpetrado pelo preposto da recorrente não encontra qualquer justificativa. Sua conduta é preconceituosa ao presumir que o menor negro seria um delinquente tão somente em razão da cor de sua pele”, declarou o desembargador no voto. Para o relator, o ato é ainda mais grave por ter sido praticado contra menor de idade.

Rui Costa se reúne com lideranças políticas de oito territórios de identidade da Bahia

Reeleito com a maior votação da história da Bahia, o governador Rui Costa vai a seis cidades do interior para reuniões com lideranças políticas de oito territórios de identidade do estado esta semana. Os encontros vão acontecer na quarta-feira (17), em Itapetinga e Itabuna; na quinta, em Teixeira de Freitas e Porto Seguro; e na sexta, em Vitória da Conquista e Jequié.
A primeira reunião política, com lideranças do Médio Sudoeste da Bahia, será às 9h de quarta no Rotary Club de Itapetinga. Neste mesmo dia, Rui Costa vai a Itabuna para o encontro com representantes do território Litoral Sul, às 14h, no auditório da Faculdade Santo Agostinho.
Na quinta, as reuniões serão em Teixeira de Freitas às 9h, no Espaço D Cerimonial, no bairro de Monte Castelo; e em Porto Seguro, às 14h, no Hotel Solar Imperador. Os territórios de identidade contemplados nos encontros serão, respectivamente, Extremo Sul e Costa do Descobrimento.
As reuniões desta semana serão finalizadas na sexta. Às 9h, Rui Costa estará em Vitória da Conquista (territórios Sudoeste Baiano e Sertão Produtivo) e às 14h na cidade de Jequié (Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriça). Os espaços dos encontros ainda não foram definidos.
O objetivo do governador é agradecer o resultado do primeiro turno e promover uma discussão acerca do segundo turno das eleições presidenciais. Rui Costa estará acompanhado da chapa majoritária da coligação Mais Trabalho por Toda a Bahia e de deputados federais e estaduais votados nas regiões visitadas. A imprensa não terá acesso às reuniões, mas o governador atenderá a imprensa antes do início de cada assembleia.
 

 
 

Festival Food Truck na Estrada foi sucesso no feriado prolongado em Ilhéus

Por Secom

O Festival Food Truck, evento itinerante que percorre todo o Brasil, parou em Ilhéus durante o feriado prolongado, após percorrer 16 estados e mais de 200 municípios. Na estrutura montada no estacionamento da Avenida Soares Lopes, em frente à Unimed, seis trucks temáticos comercializam dez opções gastronômicas, entre chopps, hambúrgueres artesanais, sorvetes, churros tradicionais e goumerts, até esta segunda-feira (15).

O projeto esteve em nove municípios da Bahia e Ilhéus foi a última cidade visitada do Nordeste. A vendedora Elisa Matos, ao visitar o festival no primeiro dia com a sua filha de seis anos, depois de brincar no parque de diversões instalado próximo ao evento, disse que ficou feliz por ver a cidade movimentada com um festival gastronômico conhecido em todo país. “Isso nos motiva, o festival é organizado, bonito e o hambúrguer tem um tempero especial”, relatou.

A Prefeitura de Ilhéus, através das Secretarias Municipal de Turismo e Esporte (Setur) e de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), foi fundamental para a realização do evento. Segundo o organizador do festival Eduardo Lacerda, o projeto já existe há três anos.“No próximo ano, retornaremos ao Nordeste e começaremos pela Bahia. Temos outra equipe que está fazendo os estados de Santa Catarina e  Rio Grande do Sul, até o fim do ano” informou.

























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia