WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom bahia embasa


setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  






:: ‘Arubumba’

Coletiva no Palácio Paranaguá : “SEGURANÇA PÚBLICA MUNICIPAL”

Eu, pelado, para a cirurgia que não aconteceu.

Estava na janela quando Guy apontou na esquina da rua do Café no maior pique. Curioso, esperei ele chegar ‘de baixo’ da janela e mandei: pra onde vai nesse pique todo? No que ele respondeu: coletiva agora no palácio Paranaguá. Perguntei: teve convite? E ele: não, me ligaram agora e eu já estou atrasado. Pronto. Foi o suficiente para imaginar milhões de coisas prestes a serem colocadas à disposição dos nossos colegas. Fiquei aqui me roendo de curiosidade porque não fui convidado, me senti excluído, relegado ao último plano do seleto grupo de comunicadores mas, segurei a minha onda porque mais cedo ou mais tarde eu ficaria sabendo das coisas relacionadas com essa coletiva em, digamos assim, edição extraordinária. Para ser urgentíssima, “a toque de caixa”, a ‘agunia’ aumentou mais ainda porque não estaria lá, no olho do furacão para tomar conhecimento desse furdunço todo. Segurança Pública Municipal, assunto quente, assunto para, pelo menos, 3 dias seguidos de postagens …

Fiquei imaginando como seria debater um assunto desses, tão palpitante, em função desse movimento grevista que já está ganhando o País… Fiquei idealizando Newton tenso, cercado de autoridades, Barreto com aquele colete da SWAT e em cada bolso uma arma, gás de pimenta, arma de choque, caneta que dispara bala 22, Nazal suando, Bahia pensando na próxima (…), Pedro da guarda se de frente parecendo uma garrafa de Passport se de lado General Berilo nos 7 de setembros passados, todos os olhares cravados na mesa, o pessoal da força nacional com um mapa maior do que a cidade perguntando onde é o BB suco que tem abatimento/desconto para militares, onde é o ponto do ônibus do paredão, enfim, uma loucura naquele ambiente que tem sido palco de grandes decisões e eu torcendo para Maurício Maron ter levado o seu ‘tablete’ (que é mais avançado do que aquele que ainda vai ser lançado e com o triplo de recursos) por que ele mandaria uma tripla EXCLUSIVA e eu ia acompanhando em tempo Real, Santander, Bradesco, Hsbc e etc, Jamerson já catalogando as coisas, ouvidos atentos nos arredores, enfim, do jeito que qualquer coletiva, em clima de guerra, exige. Tentei ligar pra Vila mas deu caixa. Ele tem uma premonição da zorra. O sempre simpático Vila, com larga experiência, diz o que vai acontecer antes de acontecer. O pessoal do gabinete fica invocado com isso… e nada de notícias de lá.

Esse panavueiro todo acontecendo na minha cabeça, os minutos ‘vuando’ e nada de chegar notícias de lá. Já estava pra falar com Álvaro pra ele deixar uma ambulância aqui na porta porque meu coração poderia não agüentar. Nisso eu lembrei novamente da Força e da situação emergencial e a associação foi imediata: é preciso unir forças para vencer, com segurança, todas as ameaças e, fatos outros serem coibidos. Por ser EMERGENCIAL cabe contratações sem licitações, via Bahia, mas nesse caso seria sem Bahia e sim com Juraci. Ora, a força precisará de guias para, por exemplo: tiroteio no Rombudo, Jamaica, Coréia, Vidigal, Amparo e Legião. Achar essas localidades no mapa não é tarefa fácil e ai entraria, de maneira terceirizada, a GUARDA NOTURNA DE JURACI porque os cabras são bons, não dormem um segundo e são acesos. Algo do tipo: atenção força! Dois moradores de rua estenderam papelão e vão dormir na porta da loja tal. Câmbio! Aguardo instruções. Atenção força! Aqui em Julio Bagana o pau da ‘cumeno’. Subiram pela Tapera e estão descendo pelo fundo do terreiro de Pai Tonho. Câmbio!!!!! Força! Bala pra todo lado aqui nas Malvinas. Os que atiraram estão nas imediações de Jatium na primeira sentada do Basílio… corre que ocês pega. Os do Malhado, via rádio, mandariam: passaram agora pelo fundo de tia Edinha em direção a rua do sossego. Se vocês forem pela frente vão pegar eles perto de “foem mecânico”

:: LEIA MAIS »

Parabéns, Timão !!!!

Agora é treinar o Hino pra fazer ‘bunito’ na Libertadores.

Afina a voz, abre o peito e solta a emoção !!!!!

Temporal em Salvador – 2011

SALVADOR ESTÁ LITERALMENTE EMBAIXO D’ÁGUA ! ENGARRAFAMENTOS DE 100 KM !
TÚNEIS INTERDITADOS ! BANDIDOS APROVEITANDO-SE DO TRÃNSITO CAÓTICO E ASSALTANDO OS MOTORISTAS!

É ISSO AÍ ! SORRIA ! VOCÊ ESTÁ NA BAHIA

[]

Emacs!

Emacs!

Surfista treinando na Av ACM no Itaigara

Emacs!

Iemanjá deu o ar da graça no Rio das Tripas

Emacs!

Nosso atlético prefeito preparando-se para treinar na Av. ACM perto do antigo colégio Teresa de Lisieux para a próxima prova de natação de longa distância

Emacs!

Um ferry-boat foi deslocado da travessia Salvador Itaparica para fazer travessia no Teresa de Lisieux na Av. ACM

Emacs!

Os Beatles mandaram o famoso Submarino Amarelo para ajudar a recolher náufragos e afogados

Emacs!

Jet ski é a solução !

Emacs!

Belíssima cachoeira na Av. Surbubana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ah ! A Copa será disputada no inverno ! Os turistas vão adorar a possibilidade de praticarem esportes aquáticos !

Abraços

Alberto

O problema está na licitação

Estava dando uma olhada na pasta “Politicando”  com o objetivo de descobrir porque a administração municipal não deslancha pelo manos para atender ao básico da municipalidade. Para tanto fui dando prioridade ao dito por secretários quando “justificam” algum tipo de entrave. Invariavelmente a “justificativa” é a seguinte: estamos licitando… o grande problema reside no fato que é uma dependência burocrática e enquanto a licitação não sair estaremos de pés e mãos atados”.

Não será surpresa se, por um pequeno deslize,  (nas teclas)  sejamos informados que:

Enquanto o processo  da licitação, para engrenagem da máquina pública administrativa ilheense, não for concluído – e isso por lei inviabiliza nossas pretensões de agilidade –   a sociedade terá que entender e nos apoiar. É um apelo para,  juntos,  enfrentarmos os trâmites burocráticos mas, com a certeza de que estamos atentos aos diversos problemas. Dentro das nossas possibilidades de momento estamos fazendo de tudo um pouco. A cidade já vive e  “respira” …  etc.

Esse é o CARA !!!!!!

NÃO CLIQUE PARA AMPLIAR

As duas últimas semanas foram difíceis. Aliás, com a definição da necessidade de um cateterismo, por si só, já sinaliza que a maré num ta pra peixe. Cansado de tanta febre, tosse, fraqueza e a suspeita de pequenos infartos tive um princípio de deprê e nessas horas não penso duas vezes e ligo para o meu consultor espiritual. É uma pessoa iluminada que consegue captar os meus sentimentos assim que abro a porta. Desta vez não foi diferente e, por ter prestígio, furei a fila em que pese a ruma de praga que os pacientes me jogaram quando entrei no consultório dele.
Com aquela sua voz inimitável, pausada e suave como uma trovoada ele foi logo levantando e perguntando:
Que houve, brimo? E, ato contínuo, foi logo baixando a minha cinta porque a hérnia umbilical chegou no limite e, ainda, é uma temeridade operar. Veja como são as coisas: passei a vida toda com essa hérnia, já considerando de estimação e agora ela me apronta essa. Lançando mão dos conhecimentos do tio, educado na Suiça e agora na seara do Pai, fez as devidas observações e lançou um paliativo (essa eu não conto rsrsrsrs) do tipo faça isso enquanto não pode cortar.
Minutos depois ele, no Oráculo, balançou 7 vezes as mãos espalmadas e com os olhos fechados optou por jogar o Ikin. Olhou a posição da caída e disse:
Grandes possibilidades e ficou em silêncio olhando pra mim.
Ora, grandes possibilidades significam coisas boas principalmente pra quem ta com tantos problemas e vi, nessa interpretação, um sinal de boas novas e aí perguntei:
Grandes possibilidades de eu ficar bom?
Não, respondeu ele. Grandes possibilidades de você sair vivo na cirurgia.
Interessante como essa simples possibilidade fez com que eu sentisse que os problemas diminuíram. Já estava pensando até em ir andando mesmo sem necessidade de taxi. Só que a conversa descambou e aproveitei o embalo para saber como vai fazer o cateterismo pela virilha se a prótese ta costurada num toquinho de veia que dr José (licença Entidade) achou e se não fosse esse toquinho estaria, hoje, de papo com saci? Pelo pescoço, respondeu na maior tranqüilidade do mundo.
Eu sou apaixonado por esse meu consultor espiritual. Posso até chamá-lo de Pai M de Aruanda para dar mais pomposidade. Quando ele é AMIGO é AMIGO mesmo. Por exemplo: ele fez uma campanha pesada para no ano passado eleger um colega na categoria MISS SIMPATIA e elegeu; por conta dessa admiração ele, até hoje, mantém no consultório um pôster do eleito e NEM fica com ciúme daquela brilhosa coroa.
Tava pensando em mandar um i-meio pra ele com uns 300 beijos amanhã logo cedo mas, já desisti porque tenho certeza que ele vai me achar primeiro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Valeu querido,
Quando eu voltar passo todos os resultados pra você analisar tudo direitinho, como sempre fez, preparar a segunda etapa e vencermos mais um desfio.
Essa foi uma maneira, meio sacana é bem verdade, de mostrar o tanto que eu te admiro.
Grande Beijo, Saúde, Paz e mais sucesso.
Brimo Tinho.

Prestígio …

ARUBUMBA SOBRENATURAL

Os mais ‘amadurecidos’ sabem que comecei no rádio muito cedo. Contei parte da minha história numa entrevista que dei ao pessoal do Pimenta poucos dias depois que tive alta lá do hospital. Ainda debilitado e um pouquinho mais feio falei pelos cotovelos e a galera colocou pro povo saber um pouco dessa minha caminhada na comunicação. Disse, naquela conversa, que achava interessante o rádio: uma caixa de madeira, voz saindo lá de dentro e todo mundo sentado assuntando.
Quando a musiquinha do Repórter Esso começava era uma correria danada e quem estivesse aqui ia pra junto do rádio. Eu ficava encucado com aquilo e resolvi saber mais sobre a tal caixa de madeira que falava. O tempo passou e com uns 13 anos comecei minhas andanças pelas emissoras de rádio.

O espelho para qualquer um que enveredasse pelo radiojornalismo era o detentor de uma inconfundível voz: Heron Domingues. Quando, vez por outra, coloco aqui para escutar as lágrimas caem a 3 por 5.

O cara marcou uma era e até o final dos tempos ele será lembrado.

Confesso que lendo uma nota sobre os 70 anos do radiojornalismo, livro lançado neste final de semana, fiquei bastante chateado com a deselegância daqueles que sabem a importância do mito nos meios da comunicação e não me convidaram preu “ver” Heron Domingues.
Guardaram segredo e apenas uns poucos privilegiados tiveram a felicidade de compartilhar tamanha emoção.

É evidente que se eu estivesse na Academia de Letras onde o livro foi lançado e Heron Domingues “entrasse” para apresentar e autografar “seu livro” eu ficaria com os olhos arregalados, todo arrepiado e não arriscaria, sequer, me mexer na cadeira. Mesmo com um dente de alho macho no bolso, um ‘contregum’ bem apertado no braço esquerdo e a cueca pelos avessos, mesmo assim ficaria em estado de choque. Alí, na minha frente, estava o ídolo de todas as gerações ‘radiofônicamente’ falando.

Passada a emoção, daria uma olhada para os pés dele, fixaria meus olhos ao redor do seu corpo para tentar ver a cor da sua aura, enfim, ficaria com os olhos grudado nele e rezando para que ninguém colocasse a mão no meu ombro ou falasse alguma coisa no meu ouvido. Certamente eu teria um piripaque.

Taliquá

Natal chegando…
Rio de Janeiro

Fotos: Paulo Guilherme/G1

Ilhéus

Sonha JACARÉ ...

Equilibrista

O nosso Jorge “Senhor do Bonfim” Arouca prevendo que a coisa não será fácil e que, VERDADEIRAMENTE, terá que andar pisando em ovos começou a exercitar a dificílima arte do equilibrismo. Newton disse que é pra cortar na própria carne. Pra cortar, nessas condições, tem que ser mesmo é de navalha. O fio da navalho é finíssimo e é nele que o MILAGROSO vai caminhar.
Tudo isso requer concentração e equilíbrio…


As taças foram devidamente e magistralmente equilibradas na frente dele… e que isso aconteça, de igual modo, com as contas da SESAU.

Agora vem a minha pergunta para você caríssimo e atento leitor:

Quantas taças estão equilibradas?;
O que ele usou para fazer isso?;
Tem uma xícara como suporte/apoio?;
Tem copinho de cafezinho em baixo?.

Afffff … digaí !
Se você for cegueta quinem eu clique na foto que ela fica grandona e assim a análise será bem mais melhor e a resposta vem com certeza certa. rsrsrsrs

ATCHIM !

De: ZÉ COLMÉIA
Assunto: ATCHIM !

Corpo da mensagem:
Atchim ! Saúde!
Agora a coisa vai…

O novo secretário apresentou um currúculo arretado, que o credencia a promover a virada na Saúde:
1- Formado em Alagoas (Hummm…);
2- Foi Coordenador de Planejamento da Secretaria de Saúde: ou seja, planejou o caos que está aí;
3- Coordena o SAMU (grandes coisas…);
4- É médico do Colo-Colo (aí sim!).

Melhor que isso só se Newton nomeasse José Serra.

Agora a coisa vai…

Zé Colméia


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

TIRIRICA FAZ TESTE PARA PROVAR QUE NÃO É ANALFABETO

DR VIEIRA REAGE E RESOLVE CONTRATAR MÉDICOS PARA O HOSPITAL DE BASE


O Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães em Itabuna, outrora referencia na área de saúde no interior da Bahia, está em situação lastimável. Pacientes decrépitos circulam como zumbis pelos corredores. Médicos com o olhar no horizonte lamentam a falta de estrutura física, remédios e equipamentos. Enfermeiros e auxiliares ainda resistem na esperanças de dias melhores, ao contrários de uma dezena médicos que pediram demissão por medo de serem, inevitavelmente, acusados de negligência diante do equipamento hospitalar sucateado.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia