desembahia
secom educacao
embasa

Editoria ‘Cultura’

Tenda do TPI traz novidades na programação de setembro

A programação de setembro da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) contará com novidades. As atividades mensais serão abertas com o II Oficinalhaço, neste domingo (1º) das 09 às 18 horas e com entrada franca. O espaço integrará o Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia (FilteBahia). Além das montagens dos grupos residentes, o Balé Afro Dilazenze e a Trupe Ensaia Aqui e Acolá, de Pernambuco, completam a lista de convidados. E o Cineclube Équio Reis circula por bairros de Ilhéus, todas as terças-          O II Oficinalhaço trabalhará iniciação às técnicas de palhaço, direcionadas a grupos teatrais e pessoas interessadas na linguagem. Conduzidas por Fábio Nascimento e Ed Paixão, as atividades gratuitas serão realizadas das 9 às 18 horas. A oficina servirá também como preparação para a III Palhasseata, no mês de dezembro, que terá como tema as manifestações populares.

Entre os espetáculos teatrais estão Homens ajudam homens?, do Grupo Teatro/ Circo Maktub, no dia 06 e Siré, Obá, A Festa do Rei, do Núcleo Afro-brasileiro de Teatro, no dia 08, como parte da programação do FilteBahia. No dia 17, a Trupe Ensaia Aqui e Acolá encena O Amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas. E nos dias 26 e 27, o Teatro Popular de Ilhéus traz O Inspetor Geral. Todas as peças serão apresentadas às 20 horas.

•| MATÉRIA COMPLETA »

O Inspetor Geral fecha o mês na Tenda do TPI

A comédia O Inspetor Geral – sai o prefeito, entra o vice fecha a programação do mês de agosto, comemorativa aos 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). O espetáculo será apresentado nestas quinta e sexta-feira (29 e 30) às 20 horas e, no sábado (31) às 19 horas, na Tenda montada na Avenida Soares Lopes. As entradas custam R$ 20 e R$ 10. A classificação indicativa é 14 anos

O Inspetor Geral

O Inspetor Geral

Inspirado na obra de Nikolai Gogol, O Inspetor Geral reúne elementos de poesia e literatura de cordel em uma sátira política, que dá sequência a outro sucesso do Teatro Popular de Ilhéus, a peça Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito. A montagem é escrita e dirigida por Romualdo Lisboa e foi indicada ao Prêmio Shell 2012, na categoria especial.

O espetáculo mostra o temor do prefeito da fictícia cidade de Ilha Bela, Gilton Munheca, e seus coligados com a iminente chegada de um funcionário vindo da capital para inspecionar o governo corrupto. Ao mesmo tempo, um viajante misterioso recebe atenção especial dos representantes da administração do município.

Para pagar meia-entrada durante um ano em todos os espetáculos da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus e ainda ter 10% de descontos em cursos e oficinas, basta fazer o Cartão TPI.  Basta efetuar um cadastro com dados pessoais e pagar uma taxa de R$ 15. Mais informações no local ou pelo telefone (73) 4102-0580.

E, para os estudantes de escolas públicas, a Tenda do TPI reserva 10% de seus ingressos disponíveis, gratuitamente. Para ter acesso ao benefício, o aluno deve apresentar seu comprovante de matrícula com um dia de antecedência do espetáculo.

Cyro de Mattos Vai Proferir Palestra e Lançar Livro de Poesia na Academia de Letras de Ilhéus Dia 4 de Setembro

Capa Onde EstouO escritor e poeta Cyro de Mattos vai proferir palestra sobre o tema “Viver e Escrever” na Academia de Letras de Ilhéus, no dia 4 de setembro, a partir das 18 horas, com entrada franca. Depois da palestra estará lançando o livro “Onde e Estou e Sou”,  de poesia, publicado pela  Ler Editora de Brasília,  bilíngüe, com prefácio e versão para o espanhol do poeta peruano-espanhol Alfredo Pérez Alencart, professor da Universidade de Salaman

O livro “Onde Estou e Sou” será também lançado durante o XVI Encontro de Poetas Iberoamericanos, evento de repercussão internacional promovido pela Fundação Cultural de Salamanca e Universidade de Salamanca, nos dias 2 e 3 de outubro. Na oportunidade,  professores universitários e estudantes estarão recitando poemas do autor grapiúna no Liceu e Teatro de Salamanca.

“Onde Estou e Sou” é uma antologia poética com textos extraídos dos livros “Vinte Poemas do Rio”, “Cancioneiro do Cacau”, “Ecológico”, “Vinte  e Um Poemas de Amor” e “Oratório de Natal”, livros publicados, e dos inéditos “Rumores de Relva e Mar”, “Agudo Mundo” e “Devoto do Campo”. Nessa amostragem poética foram reunidos textos   que inauguram novos sentidos da vida, motivados  pela pureza da infância, solidões na colheita do nada, verdes visões na rota da felicidade, mundo cego do homem contra o homem, o erótico e o afetivo no encontro perfeito do amor, vozes do campo, ora fraternas, ora aflitas, rumores de relva e mar, cantos dedicados  ao Cristo, todos eles com versos idênticos  de ternuras e dores na paisagem do tempo.

GENTE NOSSA BRILHANDO LÁ FORA …

KITY MENDONÇA

KITY MENDONÇA

Atrações para todas as idades nesta semana na Tenda do TPI

Lendas da Lagoa Encantada- foto Karoline Vital.

Lendas da Lagoa Encantada- foto Karoline Vital.

Esta semana na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) oferecerá atrações para todas as idades. Nesta terça-feira (20) às 19 horas tem o Cineclube Équio Reis, exibindo curtas-metragens dos alunos do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Na quarta-feira (21), o projeto de intercâmbio de dança Chamgement aborda a dança de salão, a partir das 17 horas. E de quinta-feira a sábado (22 a 24), estará em cartaz o musical infanto-juvenil Lendas da Lagoa Encantada, sempre às 20
O Cineclube desta terça-feira traz o curta-metragem O Voo e os vídeos minuto Encruzilhada; Um Minuto Uma Escolha; 46; Eddy o Azarado e Sonoplástico. A iniciativa é fruto da parceria entre o Núcleo de Produção Audiovisual do Teatro Popular de Ilhéus e Uesc. A entrada é gratuita.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Cinema, dança e teatro integram atrações da semana na Tenda do TPI

Esta será uma semana eclética na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). Nesta terça-feira (13) às 19 horas, o Cineclube Équio Reis exibe vídeos dos alunos do Curso de Comunicação da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com entrada franca. O projeto de intercâmbio de dança Chamgement dá início à sua segunda edição nesta quarta-feira (14). A partir das 17 horas, o foco das atividades será a Dança de Salão. E, de quinta-fera a sábado (15 a 17), estará em cartaz a ópera afro-rock 1789, sempre às 20 horas.

Foto: Flávio Rebouças

Foto: Flávio Rebouças


O Cineclube Équio Reis exibirá o curta-metragem de ficção Brainstorm, dirigido por Mel Andrade. Em seguida, serão projetados cinco vídeos minuto: Celebração da Carne, O Escravo do Amor, Evolução do Prazer Feminino, La Divina Proporcione e Quem eu quero não me quer. O projeto gratuito é uma iniciativa do Núcleo de Produção Audiovisual do TPI em parceria com a Uesc e acontece uma vez por semana.

A segunda edição do Chamgement segue promovendo a troca de experiências e ideias entre dançarinos, bailarinos e coreógrafos da região. No dia 14, os professores Marcelinho e Jamille Marques darão aulas de tango e bolero. E, no dia 21, também às 17 horas, o professor Alessandro Garcia passará orientações sobre o samba de gafieira. Ao final, haverá mostra coreográfica com os resultados dos encontros. A taxa de inscrição custa R$ 10 e os participantes receberão certificado. A iniciativa é do Núcleo de Dança do Teatro Popular de Ilhéus.

Depois de ficar todo o mês de julho em cartaz, o espetáculo 1789 volta como parte da celebração dos 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus. A montagem conta a história do levante dos escravos do Engenho de Santana, ocorrida no final do século XVIII, em Ilhéus. Além de tratar do fato histórico, a peça fala sobre a necessidade de o povo se apropriar e ser capaz de gerenciar as riquezas que produz. O texto e direção são de Romualdo Lisboa e as entradas custam R$ 20 e R$ 10.

Quem desejar pagar meia-entrada por um ano em todos os espetáculos da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus e ainda ter descontos em cursos e oficinas, pode fazer o Cartão TPI. Basta preencher um cadastro com dados pessoais e pagar uma taxa de R$ 15. Mais informações no local ou pelo telefone (73) 4102-0580.

Rildo Foge conclui painéis em grafite que retratam tempos áureos de Ilhéus

O artista plástico Rildo Foge finalizou nesta sexta-feira (08) a intervenção urbana “Por uma Ilhéus mais Viva”. Utilizando a técnica do grafite, ele retratou cenas das décadas de 1920 e 30, tempos áureos da lavoura cacaueira. Ao todo, foram oito painéis em muros e paredões de imóveis públicos e privados, autorizados pelos seus proprietários ou responsáveis. A maioria está no Centro Histórico e pontos turísticos da cidade. E, para orientar o público, foram impressos folhetos informativos com fotos e localização das obras de arte urbana.

Painel de Rildo Foge na Ponta da Pedra - foto Karoline Vital.

Painel de Rildo Foge na Ponta da Pedra – foto Karoline Vital.

A intervenção urbana “Por uma Ilhéus mais Viva” foi patrocinada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), através do edital do Calendário das Artes. A iniciativa ainda contou com apoio do Teatro Popular de Ilhéus. Esta não é a primeira vez que Rildo Foge homenageia a cidade com sua arte. Antes, com recursos próprios e sem qualquer tipo de financiamento, ele embelezou diversos locais com painéis em grafite.

Para Rildo Foge, o grafite é uma expressão urbana de notoriedade crescente e, cada vez mais, vem sendo valorizada e reconhecida como arte. Em seus oito painéis, ele retratou cenas bucólicas dos tempos em que Ilhéus vivenciou o apogeu do cacau e despertou para o mundo.

Musical Auto do Boi da Cara Preta de quinta a sábado na Tenda do TPI

O musical infanto-juvenil Auto do Boi da Cara Preta será o segundo espetáculo apresentado em comemoração aos 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). A montagem da Cia. Boi da Cara Preta, Núcleo Infanto-juvenil do TPI, traz a alegria e o colorido dos festejos do bumba meu boi. A peça estará em cartaz de quinta-feira a sábado (08 a 10), sempre às 20 horas, na Tenda montada na Avenida Soares Lopes. As entradas custam R$ 20 e R$ 10.

Auto do Boi da Cara Preta estreou no final de 2007 e, em novembro do ano passado, ganhou nova roupagem, com mais personagens e canções. O espetáculo é inspirado no bumba meu boi de seu Oreco, do povoado ilheense de Urucutuca. O elenco de jovens atores e atrizes cantam, dançam e executam a trilha sonora ao vivo. Vários sons nordestinos, como as cantigas das lavadeiras, o aboio dos vaqueiros, o xaxado e o coco se misturam ao rock e ao blues, sob a direção musical de Elielton Cabeça.

A história escrita por Romualdo Lisboa apresenta uma versão de como surgiu a canção de ninar “Boi da Cara Preta”. Narrada pelo próprio boi, a peça mostra a busca do vaqueiro Mateus em atender aos desejos de sua esposa Catarina. Ela está grávida e anseia pela língua do boi que pertence ao austero e temido coronel Firmino. A partir desta premissa, começam as divertidas peripécias e desventuras dos protagonistas.

Para a diretora geral, Tânia Barbosa, o musical Auto do Boi da Cara Preta é uma celebração da cultura popular que agrada todas as idades. “A montagem uma homenagem às tradições, mostrando ao público jovem como os pais, avós e bisavós se divertiam. E os mais velhos podem matar a saudade dos folguedos que participavam”, afirmou.

Oficina de música gratuita

Neste sábado (10), o professor Ricardo Maciel ministrará oficina de harmonia e improvisação, das 14 às 16 horas, na Tenda do TPI. A iniciativa será gratuita e será voltada a todos os instrumentos musicais. Entre os assuntos trabalhados estão: formação de escalas, acordes, campo harmônico, modos gregos e arranjos aplicados em música popular. Haverá sorteios de brindes e de um violão. O projeto tem apoio das Lojas Wense.

Cineclube Équio Reis volta à Tenda do Teatro Popular

Depois de circular por quatro bairros de Ilhéus, o Cineclube Équio Reis retorna à Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), no mês de agosto. O projeto do Núcleo de Produção Audiovisual do TPI volta a exibir vídeos do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz. Nesta terça-feira (06), serão exibidos o documentário Marola e cinco vídeos minuto. As projeções começam às 19 horas e têm entrada franca.

Auto do Boi da Cara Preta - foto Felipe de Paula.

Auto do Boi da Cara Preta – foto Felipe de Paula.


Dirigido por Jaqueline Cerqueira, o documentário Marola, apresenta depoimentos de seis marisqueiras que vivem em Ilhéus. Na mesma noite, serão exibidos os vídeos minuto A Casa de Amélia, Elaine Matos e Emiron Gouveia; Sobre o Tempo, de Ana Paula Costa e Débora Barreto; Tempo e Espaço, de Ana Luiza Barreto e Márcia Amâncio; A Arte da Arte, de Islane Ribeiro, Natália Tavares e Taysa Almeida e Metavida, de Matheus Reis e Jann Erick Possati.

O Cineclube Équio Reis acontece desde 2009, exibindo filmes uma vez por semana, sempre com entrada gratuita. Em novembro de 2012, foi estabelecida parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz, abrindo espaço para os produtos realizados ou apoiados pelo Curso de Comunicação Social.

Auto do Boi de quinta a sábado

O musical infanto-juvenil Auto do Boi da Cara Preta será o segundo espetáculo apresentado em comemoração aos 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus. A montagem da Cia. Boi da Cara Preta, Núcleo Infanto-juvenil do TPI, traz a alegria dos festejos do bumba meu boi e o colorido da cultura nordestina. A peça estará em cartaz de quinta-feira a sábado, sempre às 20 horas. As entradas custam R$ 20 e R$ 10. O texto é de Romualdo Lisboa, direção musical de Elielton Cabeça e direção geral de Tânia Barbosa.

FESTIVAL REGIONAL DE CAPOEIRA

O Grupo de Capoeira Arte Malê promove o FESTIVAL REGIONAL DE CAPOEIRA

3 de agosto o dia da capoeira!

Acontecerá nos dia 2, 3 e 4 de agosto de 2013 em Ilhéus-Ba

Capoeira

Capoeira

Evento que tem como finalidades a divulgação, integração e valorização da capoeira no Sul da Bahia. Comemoraremos bem como questionaremos 3 de agosto o dia da capoeira.

PROGRAMAÇÃO:

● Dia 02/8/13(sexta-feira) local Colégio Vitória, no Bairro Conquista

◦ Às 18h – Uma história da capoeira e os animais;

◦ 18:30h-20:30h – IX Batizado de capoeira e troca de cordão do Col. Vitória.

● Dia 03/8/13(sábado)

◦ 8h – 9:30h → oficina de capoeira(acrobacia e recreação). Local Praia Av. Soares Lopes(em frente ao Morro de Pernambuco.

◦ 9:30h – 10h→ hidratação com suco e água.

◦ 10h – 11h→ BERIMBALADA-caminhada orquestrada com berimbaus e pandeiros pelo centro de Ilhéus (sai da Catedral e finaliza no Teatro).

◦ 11h – 12h→ roda de capoeira em frente ao Teatro Municipal,

◦ 12h – 13:30h→ almoço,

◦ 16h – 18h→ oficinas: capoeira angola, capoeira regional, maculelê- Local Colégio Modelo(Av. Governador Roberto Santos – Av. Esperança).

◦ 18h – 20h→ Mesa redonda – Tema: 3 de agosto o dia da capoeira. Local Col. Modelo,

● Dia 04/8/13(domingo) local Colégio Modelo

◦ 8h – 9h→ Palestra ( a confirmar – Secretaria de saúde)

◦ 9h – 11h→ FORMATURA em MESTRE, Batizado de capoeira e troca de cordão no Col. Modelo

◦ 12h – 16H → confraternização – local será informado no dia

Teatro Popular de Ilhéus celebra 18 anos com cinco espetáculos

Para celebrar seus 18 anos, o Teatro Popular de Ilhéus (TPI) brindará o público com os cinco espetáculos do seu repertório. Cada semana de agosto terá uma montagem diferente, com sessões de quinta-feira a sábado sempre às 20 horas, na Tenda montada na Avenida Soares Lopes. Quem puxa a fila é a sátira em cordel Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito­, em cartaz nesta semana, entre os dias 1º e 03. As entradas custam R$20 e R$10. A classificação indicativa é de 14 anos.

A Cia. Boi da Cara Preta, Núcleo Infanto-juvenil do TPI, apresenta o musical Auto do Boi da Cara Preta entre os dias 08 e 10. A ópera afro-rock 1789, grande atração do mês de julho, fica em cartaz do dia 15 ao 17 para agradar os maiores de 12 anos. A terceira semana comemorativa será marcada com outro espetáculo para crianças de todas as idades: Lendas da Lagoa Encantada, de 22 a 24. E, para fechar a série teatral, a comédia O Inspetor Geral, continuação de Teodorico Majestade, entre os dias 29 e 31, com classificação indicativa de 14 anos.

Para o diretor do Teatro Popular de Ilhéus, Romualdo Lisboa, trazer todo o repertório é uma oportunidade do público conferir a versatilidade estética do grupo. “É raro encontrar outra companhia de teatro do interior da Bahia que possua cinco espetáculos em cartaz com temáticas tão distintas e para públicos de idades e gostos variados”, afirmou.

•| MATÉRIA COMPLETA »

JANE HILDA PARTICIPA DE EXPOSIÇÕES COLETIVAS À NÍVEL NACIONAL E INTERNACIONAL EM AGOSTO E SETEMBRO PRÓXIMOS

A ilheense Jane Hilda Badaró por mais vezes leva sua arte para além das fronteiras regionais. Em agosto e setembro próximos ela participa de exposições coletivas no Rio de Janeiro e em São Paulo- duas das principais cidades do Sul do país. E ainda no mês de setembro terá trabalhos seus expostos – pela terceira vez – em Paris. Ela esteve na capital francesa em outubro do ano passado quando participou de Salão Internacional de Arte contemporânea.

3

3

De 1 a 18 de agosto participa da IX Exposição Nacional de Artes Plásticas no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, em evento promovido pela Academia Latino-Americana de Arte, sob curadoria de Fábio Porchat. O Forte de Copacabana abriga o Museu Histórico do Exército tendo como missão principal preservar, salvaguardar e disseminar a memória histórica do Exército Brasileiro, bem como atuar como espaço cultural, proporcionando cultura e desenvolvimento aos seus visitantes.

De 31 de agosto a 15 de setembro Jane Hilda mostrará trabalhos na exposição coletiva “Encontros”, sob curadoria de Maria dos Anjos Oliveira (Anjos Art Gallery), no Espaço Paulista de Arte, conceituada galeria no bairro de Pinheiros- hoje o bairro mais tradicional à nível de expressivas galerias de Arte de São Paulo/SP – com horário de Funcionamento das 10 às 19 horas,  de segunda a sábado.

E em setembro vindouro, ela participa, juntamente com cerca de quarenta (40) outros artistas brasileiros, da exposição coletiva “Connexion Art Brésil-France, pour la lutte contre le cancer”, em Paris, no Carrousel Du Louvre, sob a curadoria de Heloíza de Aquino Azevedo. O evento internacional tem caráter beneficente e a renda será revertida para o Hospital do Câncer Aristides Maltês em Salvador-Bahia-Brasil. “Quando atravesso as fronteiras regionais com minha arte, sinto como se tivesse levando também o nome da nossa terra e a força da cultura grapiúna…é muito bom vivenciar isso”, diz Jane.

FESTIVAL REGIONAL DE CAPOEIRA

O Grupo de Capoeira Arte Malê promove o FESTIVAL REGIONAL DE CAPOEIRA

3 de agosto o dia da capoeira!

Acontecerá nos dia 2, 3 e 4 de agosto de 2013 em Ilhéus-Ba

Capoeira

Capoeira

Evento que tem como finalidades a divulgação, integração e valorização da capoeira no Sul da Bahia. Comemoraremos bem como questionaremos 3 de agosto o dia da capoeira.

 PROGRAMAÇÃO:

 ● Dia 02/8/13(sexta-feira) local Colégio Vitória, no Bairro Conquista

◦ Às 18h – Uma história da capoeira e os animais;

◦ 18:30h-20:30h – IX Batizado de capoeira e troca de cordão do Col. Vitória.

● Dia 03/8/13(sábado)

◦ 8h – 9:30h → oficina de capoeira(acrobacia e recreação). Local Praia Av. Soares Lopes(em frente ao Morro de Pernambuco.

◦ 9:30h – 10h→ hidratação com suco e água.

◦ 10h – 11h→ BERIMBALADA-caminhada orquestrada com berimbaus e pandeiros pelo centro de Ilhéus (sai da Catedral e finaliza no Teatro).

◦ 11h – 12h→ roda de capoeira em frente ao Teatro Municipal,

◦ 12h – 13:30h→ almoço,

◦ 16h – 18h→ oficinas: capoeira angola, capoeira regional, maculelê- Local Colégio Modelo(Av. Governador Roberto Santos – Av. Esperança).

◦ 18h – 20h→ Mesa redonda – Tema: 3 de agosto o dia da capoeira. Local Col. Modelo,

● Dia 04/8/13(domingo) local Colégio Modelo

◦ 8h – 9h→ Palestra ( a confirmar – Secretaria de saúde)

◦ 9h – 11h→ FORMATURA em MESTRE, Batizado de capoeira e troca de cordão no Col. Modelo

◦ 12h – 16H → confraternização – local será informado no dia

Cyro de Mattos Irá Participar do XVI Encontro de Poetas Iberoamericanos em Salamanca

O XVI Encontro de Poetas da América Hispânica irá prestar homenagem a Fray Luis de León e  será realizado no  Teatro Liceu de Salamanca, Espanha, nos días 2 e 3 de outubro. O Encontro receberá cerca de cinquenta poetas de treze países iberoamericanos e, entre eles, o baiano (de Itabuna) Cyro de Mattos, que lerá poemas de sua obra e lançará a antología poética “Onde Estou e Sou” no Centro de Estudos Brasileiros, da Universidade de Salamanca.

A antologia “Onde Estou e Sou” é uma publicação bilíngue da Editora Ler, de Brasília, com   prefacio e tradução do poeta peruano-espanhol  Alfredo Pérez Alencart. Além do lançamento do livro,  haverá também  uma exposição de diversos livros de  Cyro de Mattos no Centro de Estudos Brasileiros, durante o Encontro. .

“O Encontro, de Poetas Iberoamericanos é promovido pela Fundação Cultural de Salamanca. “Já se tornou em referencial da literatura da América Hispânica, assim como um espaço obrigatório para convivência e intercambio entre os amantes da boa poesía”, declarou Alfredo Pérez Alencart, o coordenador  do evento. Na sua décima sexta edição será aberto com a conferência de Luis N. Rivera, renomado teólogo de Porto Rico, e contará com uma convidada especial, a japonesa Satoko Tamura, tradutora de Pablo Neruda, Gabriela  Mistral, Cesar Vallejo e Garcia Márquez.

Entre os poetas iberoamericanos que, como convidados,  participarão do XVI Encontro e integrarão a antología dedicada a Fray  Luís León estão Elvira Ardalani (México), Eduardo Curbielo (Uruguai), Jorge Cadavid, Juan Felipe Robledo e Catalina González Restrepo (Colombia), Maria do Sameiro Barroso, Antonio Salvado e Albano Martins (Portugal), Gary Daher (Bolívia), Julia Erazo (Equador), Cyro de Mattos, Rizolete Fernandes, Álvaro Alves de Faria e Paulo de Tarso Correia de Melo (Brasil), Humberto Avilés (Nicaragua), Nestor Ulloa (Honduras), Hector Ñaupari (Peru), Enrique Viloria e José Tomás Angola (Venezuela) e  Juan Cameron (Chile). A delegação espanhola será integrada por  Antonio Colinas, Víctor Manuel Márquez Pailos, Daniel Zazo, Carlos Aganzo, Jesus Hilario Tundidor, Rafael Soler, Jesus Fonseca, José María Muñoz Quirós, Araceli Sagüillo, Jesús Losada, José Antonio Valle, L. Samprón e José Pulido.

LANÇAMENTO DO LIVRO ANOTAÇÕES DA ADOLESCÊNCIA

A Associação Comercial de Ilhéus tem a honra de convidar vossa senhoria e família para o lançamento do livro “Anotações da Adolescência”, de autoria do poeta conterrâneo Guarani Valença de Araripe.

Convite Guarany

Local: Associação Comercial de Ilhéus, Praça J.J. Seabra, 39 – Centro -Ilhéus
Data: 25 de julho de 2013
Horário: 19 horas.

Contamos com a presença de todos vocês.

Atenciosamente,

Eliane Sabóia
Membro da Cadeira 12
Academia de Letras de Ilhéus

Artista plástico Rildo Foge retrata tempos áureos de Ilhéus em grafite

O artista plástico Rildo Foge está finalizando a intervenção urbana “Por uma Ilhéus mais Viva”. Utilizando a técnica do grafite, ele retrata cenas cotidianas das décadas de 1920 e 30, quando o povo grapiúna vivenciava o apogeu da lavoura cacaueira. Ao todo, serão oito painéis em muros e paredões de imóveis públicos e privados, autorizados pelos seus proprietários ou responsáveis. O lançamento será no próximo dia 25.

Painel de Rildo Foge na Ponta da Pedra - foto Karoline Vital.

Painel de Rildo Foge na Ponta da Pedra – foto Karoline Vital.


Anteriormente, o artista realizou o projeto com recursos próprios. Desta vez, conta com patrocínio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), através do edital do Calendário das Artes, o que permitiu a ampliação das obras de arte urbana. A iniciativa conta ainda com apoio do Teatro Popular de Ilhéus. Além dos painéis, será criado um folheto com fotos, informações e localização dos painéis para facilitar o acesso às obras de arte. A maior parte está no Centro Histórico e pontos turísticos da cidade.

O lançamento da intervenção urbana foi programado para integrar as comemorações oficiais dos 479 anos de fundação e 132 anos de emancipação política de Ilhéus, em 28 de junho. Mas, as fortes chuvas atrasaram o cronograma das pinturas, já que todas são ao ar livre. Através do grafite, uma das expressões urbanas com notoriedade crescente, Rildo Foge passa a riqueza e beleza dos tempos áureos da cidade.

Público da Tenda do TPI pode comprar ingressos no cartão

O público da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) já pode escolher a forma de pagamento dos ingressos. A partir desta quarta-feira (17), as vendas serão feitas em dinheiro, cartão de crédito ou débito. Há ainda o Cartão TPI, que dá direito à meia-entrada por um ano, além de outros benefícios. “Queremos facilitar ao máximo o acesso e incentivar ainda mais as pessoas a prestigiarem as atividades do nosso espaço”, declarou a gerente administrativa do grupo, Genícia Barbosa.

Tenda do Teatro Popular de Ilhéus - foto Felipe de Paula

Tenda do Teatro Popular de Ilhéus – foto Felipe de Paula


Para os pagamentos no cartão de crédito, o Teatro Popular de Ilhéus utiliza a máquina da Cielo, que trabalha com grande parte das bandeiras disponíveis. De acordo com Genícia, o objetivo é ampliar as possibilidades de pagamento. “Estamos providenciando a venda também pela internet dos ingressos e também de outros produtos do Teatro Popular de Ilhéus, como os livros da Editora Mondrongo”, adiantou.

Já o Cartão TPI faz parte de um programa de fidelidade, que busca estreitar a relação entre o grupo e os visitantes mais assíduos. Para adquirir o produto, basta efetuar um cadastro, que gera um número de identificação pessoal e intransferível. É cobrada uma taxa de R$ 15 e o cliente, além de pagar meia-entrada por um ano, receberá convites para seminários, debates, mostras e demais eventos. Mais informações, pelo telefone (73) 4102-0580.

Páginas: Anteriores 1 2 3 ... 14 15 16 17 18 19 20 ... 45 46 47 Próximas