Editoria ‘Cultura’

Literatura infantojuvenil regional foi tema de bate-papo na Tenda

A relação entre a literatura infantojuvenil regional na escola e no dia a dia foi um dos assuntos abordados no Encontro com Escritores da última quinta-feira (31). Mediado por Pawlo Cidade, o bate-papo aconteceu na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, reunindo os autores Neila Brasil, Joilson Maia e Silvia Kimo. A respeito da valorização das obras regionais no contexto escolar, foram unânimes sobre a colaboração dos professores. “Às vezes o educador não é um leitor”, declarou Neila Brasil sobre as dificuldades e preconceito por parte de escolas que, às vezes, preferem livros de grandes editoras ou escritores famosos sem conhecer trabalhos locais.

Neila Brasil Joilson Maia Silvia Kimo e Pawlo Cidade - foto Karoline Vital

Neila Brasil Joilson Maia Silvia Kimo e Pawlo Cidade – foto Karoline Vital

            Antes dos debates, cada convidado falou sobre as motivações para sua carreira literária. Silvia Kimo, que é também e ilustradora, disse que seu amor inicial foi desenhar. E, depois de criar personagens e cenários inspirados em mangás japoneses, passou a escrever histórias. Joilson Maia falou que ler é uma paixão que carrega desde a infância e começou a escrever para crianças a partir das histórias que contava para o filho na hora de dormir. Neila Brasil, que é graduada em Letras, passou a escrever as próprias histórias a partir de pesquisas sobre Monteiro Lobato.

•| MATÉRIA COMPLETA »

“VIDAS CRUZADAS”

WALDENY ANDRADE LANÇA “VIDAS CRUZADAS” NA BIENAL DA BAHIA

PostDateIcon 1/nov/2013 . 12:06 – PIMENTA.BLOG.BR

Jornalista estreia na literatura com mistura de realidade e ficção (Foto Portal Sul da BA).

Jornalista estreia na literatura com mistura de realidade e ficção (Foto Portal Sul da BA).

Livro marca estreia de Waldeny na literatura.

O jornalista Waldeny Andrade marca sua estreia na literatura com o lançamento, dia 8, às 18h, de Vidas cruzadas – confissões de um enfermo. O evento será realizado na Bienal da Bahia, em Salvador, no estande E 07, ao lado do Café Literário.

A obra tem como personagem-narrador Altamirando Gouveia da Silva. Internado por 64 dias em um hospital da capital baiana, Altamirando rememora fatos ocorridos no eixo Ilhéus-Itabuna nas décadas de 50 e 60. Vidas cruzadas…, observa o autor, é uma mistura de realidade e ficção. E as décadas escolhidas representam o que o escritor considera o fim da “Era dos Coronéis do Cacau”.

Waldeny Andrade foi, durante quase três décadas, diretor da Rádio Jornal de Itabuna e do Diário de Itabuna, no período em que os dois veículos eram presididos pelo empresário José Oduque Teixeira. Ao final da década de 60, assumiu mandato de vereador em Ilhéus. Acabou cassado por ser considerado “subversivo e comunista”.

 

Nossos Músicos

Caro amigo, Rabat
Tenho postado sobre nossos músicos, numa insistente tentativa de angaria o devido e justo reconhecimento e até mesmo, inicialmente, o necessário conhecimento por nosso jovens, desses baluartes da cultura nativa, que deveriam ser muito mais admirados e respeitados, tanto pelos ilheenses quanto pelas autoridades e produtores.
Por isso decidi escrever sobre EDU NETO e ITASSUCY, e pretendo escrever sobre tantos outros, a exemplo de Saul Barbosa e Gilberto Sena.
Como havia lhe falado em outra oportunidade, gostaria que vc examinasse nossos textos e se achar apropriado, publicá-los no seu blog. Não seii como fazer para compartllhar, por isso, inform-lhe nosso endereço para que possas visualizar nossos textos. jahblessreggaeband.blogspot.com .
Agradeço a sua atenção, amigo.
Luciano Sales Cerqueira – Advogado, músico, compositor, vocalista e guitarrista da banda de reggae JAH BLESS.

VOZES DO BRASIL EM ILHÉUS

Projeto leva para o palco do Centro de Convenções música de qualidade a preços populares

CAPA R2CPRESS

Depois de abrir a turnê em Porto Seguro, no início de outubro, o projeto Vozes do Brasil desembarca agora em Ilhéus, com shows de Flávio Venturini e Christiano Reiz, no dia 1° de novembro e Margareth Menezes e Juba Gonzaga, no dia 02. Com o objetivo de entrelaçar diferentes vozes e ritmos da Música Popular Brasileira, o projeto promove uma verdadeira conexão reunindo um time de grandes artistas nacionais além de nomes regionais. As apresentações acontecem às 19h, no Centro de Convenções de Ilhéus – Auditório Jorge Amado, com ingressos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

•| MATÉRIA COMPLETA »

Encontro com escritores na Tenda TPI aborda literatura infantojuvenil regional

 Parte da programação de outubro da Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) foi dedicada às crianças e aos professores, cujas datas comemorativas foram neste mês. Para encerrar as atividades especiais, será realizado o encontro com três escritores sobre “A literatura infantojuvenil regional no contexto escolar”. O debate começa às 19 horas desta quinta-feira (31) e terá entrada franca.

Conto e Cantigas na Tenda TPI – foto Karoline Vital .

Os convidados para o encontro foram os escritores Neila Brasil, com duas publicações; Joilson Maia com 12 obras, e Silvia Kimo, com 15 livros, entre escritos e ilustrados. Além das falas dos autores, o público poderá participar com perguntas e comentários. A mediação será feita pelo pedagogo, escritor e dramaturgo, Pawlo Cidade.

          O objetivo do encontro é discutir como as escolas podem colaborar para a valorização da literatura infantojuvenil regional. Apesar de os profissionais da educação serem o público-alvo, a atividade é aberta para a comunidade em geral. A iniciativa é organizada pelo Núcleo de Literatura do Teatro Popular de Ilhéus.

          Este será o segundo evento literário realizado na Tenda TPI, neste mês. No dia 12 de outubro, aconteceu o Conto e Cantigas, que reuniu contação de histórias e musicalização para crianças. A segunda edição será às 16 horas do dia 09 de novembro, na Biblioteca Jorge de Souza Araújo, localizada no interior do espaço cultural.

Oficina de Dança de Salão na Tenda Teatro Popular de Ilhéus

Dança de Salão

Dança de Salão

A Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) conta com mais uma oficina artística: Dança de Salão. A atividade é oferecida todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas. As aulas são ministradas pelo professor Aldenor Garcia, da Garcia Fernandes Cia. de Dança, de Itabuna. A mensalidade custa R$ 50. Sócios do Cartão TPI têm 10% de desconto.
A idade mínima para fazer a Dança de Salão é de 10 anos e não há idade máxima, peso ou altura. “Até pessoas com 100 anos podem fazer as aulas. Basta conseguir fazer dois passos pra lá e dois pra cá”, afirma o professor Aldenor Garcia. A dança é uma atividade física que faz bem para músculos, sistemas cardiovascular e respiratório, postura, equilíbrio e ainda pode queimar até 350 calorias por hora de movimentação.
Além da oficina de Dança de Salão, a Tenda TPI oferece aulas de bateria e percussão, violão e guitarra, dança afro, capoeira e acrobacia aérea em tecido. Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580 ou no espaço cultural localizado na Avenida Soares Lopes, das 14 às 18 horas.

Encontro com escritores
Escritores debatem a literatura infantojuvenil regional no contexto escolar, durante o encontro que acontece nesta quinta-feira (31) às 19 horas, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Foram convidados os autores Silva Kimo, Neila Brasil e Joilson Maia. A mediação será feita por Pawlo Cidade. A entrada é gratuita.

Oficinas de Dança do Ventre para adultos e crianças na Tenda TPI

Adultos e crianças poderão aprender noções de Dança do Ventre, através do projeto de intercâmbio Changement. As aulas serão ministradas pelas professoras Rafaella Canabrava, de Ilhéus, e Priscila Mohanna, de Vitória da Conquista, nas tardes de sexta-feira, sábado e domingo (25, 26 e 27). As atividades acontecem na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) e a taxa de inscrição custa R$ 10. Mais detalhes pelo telefone (73) 4102-0580.

Dança do Ventre Rafaela Canabrava - foto Karoline Vital.

Dança do Ventre Rafaela Canabrava – foto Karoline Vital.

A professora Rafaella Canabrava ministrará aulas para o público infantil nesta sexta-feira e para adultos no domingo, sempre a partir das 16 horas. Já a professora Priscilla Mohanna trabalhará, neste sábado, às 15 horas com as crianças e às 18 horas com adultos. Às 17h30min do domingo, haverá apresentações de Dança do Ventre com participantes das oficinas e bailarinas profissionais.

Difundida pelo mundo através dos árabes, a Dança do Ventre surgiu há mais de cinco mil anos no Oriente Médio e Ásia Meridional. Sua prática traz benefícios para as musculaturas do abdômen, pernas, braços, costas e glúteos, circulação sanguínea, postura corporal, flexibilidade, resistência física, coordenação motora e equilíbrio.

Batukerê

As crianças e adolescentes do projeto Batukerê darão um show de dança e percussão afro na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As apresentações acontecem nestas quinta e sexta-feira (24 e 25), às 19 horas. As entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos e sócios do Cartão TPI.

ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS / HAPPY HOUR COM VINÍCIUS DE MORAES

Vinícius de Moraes

Vinícius de Moraes

Amanhã tem happy hour com Vinícius de Moraes na Academia de Letras de Ilhéus. O professor Samuel Mattos (UESC) nos blindará com uma palestra bem descontraída sobre a vida e obra do compositor e poeta que completou 100 anos de nascimento no último dia 19. Todos vocês são nossos convidados.

Um abraço,
Josevandro Nascimento
Presidente
O QUÊ? Palestra e cantoria sobre a vida de Vinícius de Moraes
QUANDO? Dia 25 de outubro de 2013
ONDE? Academia de Letras de Ilhéus, Rua Antonio Lavigne de Lemos,39
QUE HORAS? A partir das 17 horas.
QUANTO? Entrada gratuita.

Jovens do Batukerê apresentam música e dança afro na Tenda TPI

As crianças e adolescentes do projeto Batukerê darão um show de dança e percussão afro na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As apresentações acontecem nestas quinta e sexta-feira (24 e 25), às 19 horas. As entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos e sócios do Cartão TPI.
No espetáculo, o público poderá conhecer os resultados das atividades realizadas pelo Grupo de Preservação da Cultura Negra Dilazenze. Os jovens mostrarão o que aprenderam nas aulas de dança afro, percussão, teatro, artes plásticas, música e capoeira.

Batukerê .

Batukerê .

O Projeto Social Batukerê foi criado em 2000 e acompanha 60 crianças e adolescentes com idade entre 07 e 14 anos, moradoras do bairro da Conquista, em Ilhéus. O objetivo principal dos trabalhos é dar oportunidade ao desenvolvimento de talentos e proporcionar uma melhor qualidade de vida.

Dança do Ventre no Changement

O projeto de intercâmbio Changement trabalhará a Dança do Ventre em aulas ministradas pelas professoras Rafaella Canabrava, de Ilhéus, e Priscila Mohanna, de Vitória da Conquista. Adultos e crianças poderão aprender noções da dança oriental, em oficinas que acontecerão nas tardes de sexta-feira, sábado e domingo. As inscrições custam R$ 10. Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580.

IV Oficinalhaço encerrou ciclo de pesquisas sobre palhaçaria

Organizado pelo Grupo Teatro/ Circo Maktub, o IV Oficinalhaço encerrou o primeiro ciclo de encontros sobre palhaçaria. A atividade aconteceu no último domingo (20), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, tendo como foco principal a produção de uma performance circense para a III Palhasseata de Ilhéus. O evento está marcado para o dia 07 de dezembro. “Desde o I Oficinalhaço, realizado em novembro de 2011, o grupo democratiza seu processo de criação e aprendizado, interagindo com atores e palhaços de outros grupos”, explicou o diretor Fábio Nascimento.

IV Oficinalhaço - foto Fábio Nascimento

IV Oficinalhaço – foto Fábio Nascimento

No IV Oficinalhaço, além de exercícios e jogos de improvisação, houve discussão do tema: “O clown pode tudo?”.  Os participantes puderam ouvir a experiência do palhaço Funhanha, há mais de 60 anos no mundo circense. Para ele, é preciso estabelecer limites em respeito ao tipo de público. “Um palhaço não fala baixarias e deve ter cuidado com o gestual”, ressaltou. Ele ainda falou sobre como os palhaços quebram barreiras sociais. “Quando estou vestido de palhaço, as crianças me veem como alguém igual a elas, me chamam pelo nome”, complementou.

As quatro edições do Oficinalhaço totalizaram 30 horas e envolveram cerca de 50 pessoas, entre profissionais e amadores. Os trabalhos foram conduzidos por Fábio Nascimento e Ed Paixão, com colaborações de Márcio Messias e Gilberto Morais Junior. Os conteúdos abordaram pesquisas sobre expressividade, pré-expressividade e investigação do corpo cômico com jogos de status, palhaçaria, dança e antropologia teatral. Os participantes receberão certificado emitido pelo projeto “Teatro Popular e Interculturalidade”, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Concurso Internacional

Caro Rabat,

Com alegria que envio os vídeos das apresentações dos meus filhos, Marcelo Rosário (violão) DUO com a noiva Ane (flauta) e Gabriel Rosário (bandolim).

Classificados em 1º e 2º lugares respectivamente, no concurso internacional de música do instituto Leopold Bellan em Paris/França. Mês de junho/2013.
Categoria Jazz.

Forte abraço.

Paulo Moreno Rosário

Semana da Criança na Tenda TPI conta com musical e workshop

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) homenageia o público infantil com atividades especiais. De quinta-feira a sábado (10 a 12), será apresentado o musical Lendas da Lagoa Encantada, sempre às 19 horas. As entradas custam R$ 20 e R$ 10. E no sábado, dia das crianças, acontece o Workshop Conto e Cantigas, com os professores Ricardo Maciel e Luciene Nunes. A atividade de contação de história e musicalização está marcada para as 16 horas. A entrada será a doação de um livro infantil ou uma almofada.

Em Lendas da Lagoa Encantada, personagens míticos se unem aos seres humanos para proteger as tradições populares e o meio ambiente. Eles querem afastar o bicho mondrongo que aparece na pequena vila de pescadores, ameaçando destruir tudo em nome do progresso. O espetáculo musical da Cia. Boi da Cara Preta é inspirado no imaginário do povoado ilheense da Lagoa Encantada. O texto é de Romualdo Lisboa, direção musical de Elielton Cabeça e direção geral de Tânia Barbosa.

O Workshop Conto e Cantigas é voltado para crianças maiores de quatro anos. A professora Luciene Nunes conta uma história, enquanto o professor Ricardo Maciel se encarrega dos efeitos e trilha sonora. Ao final, os pequenos poderão expressar suas impressões sobre a experiência. Será a primeira atividade realizada nas novas instalações da Biblioteca da Tenda TPI, que leva o nome do escritor Jorge de Souza Araújo. Pede-se que os participantes levem livros para doação ou almofadas a fim de deixar o público mais aconchegado.

Alemanha receberá o talento da escritora Daniela Galdino

Daniela Galdino - foto Karoline Vital.

Daniela Galdino – foto Karoline Vital.

A itabunense Daniela Galdino estará na Alemanha participando de um projeto de circulação artística. Ela estará em terras germânicas entre os dias 13 e 29 de outubro, ministrando palestras e fazendo leituras dramáticas do seu livro de poesias “Inúmera”. A obra foi publicada em 2011 pela Mondrongo, editora do Teatro Popular de Ilhéus.

Entre as atividades que serão desenvolvidas na Alemanha, Daniela Galdino ministrará a palestra “Escrita feminina: confluências transgressoras na poesia brasileira” e fará leituras públicas do seu livro “Inúmera”, na Universidade de Bremen. Além disso, a grapiúna participará da Feira do Livro de Frankfurt, o maior evento literário e editorial do mundo. Ela é uma das escritoras que integram a antologia “Literatura Baiana” organizada pela Secretaria de Cultura da Bahia (Secult-BA), que divulgará a produção de 18 autores baianos.

O convite para o intercâmbio cultural partiu da professora Katrin Nissen, da Universidade de Bremen. A visita de Daniela Galdino à Alemanha conta ainda com apoio dos brasileiros radicados no país europeu Carlos Berg Guerra e Débora Ramos. Os também conterrâneos Edney Pereira, coordenador do espaço cultural A Livraria e Murah Soares, da Ong Fórum e.V.Brasil, em Berlin.

Daniela Galdino foi a primeira mulher a ter um livro publicado pela Mondrongo e já está a caminho a segunda edição. Em dois anos, a editora do Teatro Popular de Ilhéus lançou mais de 40 livros, incluindo a Série Horizontes, que trouxe obras de autores de Feira de Santana e do Recôncavo Baiano.

Homens ajudam Homens? em cartaz sexta e sábado às 19 horas na Tenda

A irreverência dos palhaços brincantes do espetáculo Homens ajudam Homens?, abre a programação de outubro da Tenda Teatro Popular de Ilhéus. As sessões acontecem sempre às 19 horas desta sexta-feira e sábado (04 e 05). A montagem do Grupo Teatro/ Circo Maktub traz números clássicos mundiais e criações próprias da companhia. A classificação é livre e as entradas custam R$ 20 e R$ 10.

Em Homens ajudam Homens?, os personagens apresentam situações cômicas ligadas às relações humanas, questionando os limites do amor ao próximo. Misturando a inocência infantil com a exposição das fragilidades pessoais, os palhaços tentam entreter o arrogante Sr. Ximit, transformando-o em um ser mais suave. A comédia é inspirada na Peça Didática de Baden Baden, de Brecht. A direção é assinada por Fábio Nascimento, que também integra o elenco junto com Ed Paixão, Selma Leão e Wallace Reis.

Os interessados em pagar meia-entrada durante um ano em todos os espetáculos da Tenda Teatro Popular de Ilhéus podem fazer o Cartão TPI. Os associados ainda têm direito a 10% de desconto em cursos e oficinas. Para isso, basta preencher um cadastro com dados pessoais e pagar a taxa de R$ 15. Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580.

Gente nossa brilhando lá fora

Buenos Aires 1_

Mestra da Cultura de Ilhéus habilitada em Prêmio Nacional

Maria Bonita 3A Mestra da Cultura foi habilitada na 4ª edição do prêmio “Culturas Populares: 100 anos Mazzaropi”, realizado pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), do Ministério da Cultura (MinC).

Ela foi inscrita com o apoio da CASAR (Casa da Cultura Popular)

O prêmio tem como intuito reconhecer a atuação de mestres e grupos ou comunidades responsáveis por iniciativas exemplares que envolvam as expressões culturais populares.

A cordelista vem  mostrando a força que Ilhéus tem culturalmente. A Portaria de divulgação foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26).

Ela está entre os MESTRES E MESTRAS HABILITADOS NA BAHIA no Resultado da fase de habilitação do Prêmio Culturas Populares – Edição 100 Anos de Mazzaropi.

O Edital recebeu 1.467 (mil quatrocentos e sessenta e sete) inscrições, conforme as categorias estabelecidas no presente certame, destas, 831 (oitocentos e trinta e uma) foram habilitadas e 636 (seiscentos e trinta e seis) inabilitadas.

Com o Projeto A CONSTRUÇÃO DO UNIVERSO FEMININO NO SUL DA BAHIA – LITERATURA DE CORDEL MESTRA JANETE LAINHA COELHO ILHÉUS BA define a construção da Identidade Feminina nos Cordéis Sul-Baianos versando sobre a história das mulheres nos últimos tempos que tem conquistado relevante impulso no que concerne à descrição dos papéis do feminino no fórum privado. A ênfase dada à reconstituição da trajetória sócio-histórica de lutas pelos direitos, benefícios e vantagens que o público feminino buscou adquirir, na tentativa de romper com o estereótipo do sexo frágil, constitui ponto nodal nesse cenário.

A Cordelista tem grande experiência e conhecimento dos saberes e fazeres populares e é totalmente direcionadas as expressões populares, transmitindo seus conhecimentos artísticos e culturais e seu trabalho reconhecido pela comunidade principalmente nas escolas e por outros setores culturais, disseminadora da arte popular através da Literatura de Cordel.

Esta edição do Culturas Populares, do MinC, é uma homenagem ao centenário de nascimento do ator Amácio Mazzaropi, símbolo da Cultura Popular no cinema nacional, nascido em abril de 1912. Seu principal personagem, o “Jeca Tatu”, fazia uma crítica social com doses de bom humor. Serão no total 350 prêmios ofertados.

Por CASAR Ilhéus

O Inspetor Geral quinta e sexta na Tenda Teatro Popular de Ilhéus

A sátira em cordel O Inspetor Geral – sai o prefeito, entra o vice será a atração destas quinta e sexta-feira (26 e 27) da Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Escrita e dirigida por Romualdo Lisboa, a peça é baseada na obra do dramaturgo russo Nikolai Gogol. O espetáculo será apresentado às 20 horas, com ingressos ao preço de R$ 20 e R$10. A classificação indicativa é 14 anos.

O Inspetor Geral traz elementos do Movimento Armorial, Literatura de Cordel e Cancioneiro Popular. A montagem foi um dos projetos selecionados pelo SESI de São Paulo em 2011, realizando quatro meses de temporada na capital paulista. Também já foi apresentada no Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador. Em 2012, foi indicada ao Prêmio Shell de Teatro, na categoria especial. Nos dias 13 e 14 deste mês, ficou em cartaz no Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna.

A peça do Teatro Popular de Ilhéus é a continuação da comédia Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito. Em O Inspetor Geral, Gilton Munheca e seus aliados estão apreensivos com a chegada de um alto funcionário que fiscalizará a administração da fictícia Ilha Bela. Ao mesmo tempo, um viajante misterioso aparece na cidade e acaba desencadeando uma sucessão de intrigas, que expõe a face ridícula da corrupção.

Quem desejar pagar meia-entrada por um ano em todos os espetáculos da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus e ainda ter 10% de desconto em cursos e oficinas, pode fazer o Cartão TPI.  Basta preencher um cadastro e pagar uma taxa de R$ 15. Mais informações no local ou pelo telefone (73) 4102-0580.

Novo livro da Mondrongo

A Mondrongo Livros, editora do Teatro Popular de Ilhéus, publica mais uma obra. Nesta quinta-feira (26), será lançado o livro Amor & Dor, de Emanuel Lapa. A solenidade acontecerá às 18h30min, na Academia de Letras de Ilhéus. De acordo com o autor, o incentivo para escrever o livro partiu de amigos e familiares que acompanharam seu drama, quando contraiu a rara Síndrome de Guillain Barré. A partir da doença, que causa paralisia motora, ele conta como um homem ativo, subitamente, encontra-se prostrado na cama de hospital.

Páginas: Anteriores 1 2 3 ... 14 15 16 17 18 19 20 ... 47 48 49 Próximas