Editoria ‘Cultura’

Livro “Fragmentos de um Lobo Solitário” será lançado nesta quarta-feira em Ilhéus

Nazir Maron

Nazir Maron

Uma coletânea bem humorada de poemas que relatam desde as pitorescas praias de Ilhéus aos sentimentos mais íntimos como a solidão, amores, encontros sensuais e abandonos de desamar. Assim é o livro “Fragmentos de um Lobo Solitário” do poeta, escritor, artista plástico, filósofo e empresário Nazir Maron, que será lançado nesta quarta-feira, dia 09 de janeiro, às 18h30min, na Academia de Letras de Ilhéus. “Fragmentos de um Lobo Solitário” é uma obra escrita em 25 anos de arte e reúne quase 50 poemas e oito fragmentos que fazem uma viagem ao coração, seguindo do amor ao desamor, da política a questões sociais, da tristeza ao humor e da solidão humana inerente à vida de cada um.

O livro tem prefácio do professor de Literatura Brasileira Jorge Alessandro, que fará uma breve apresentação da obra durante o lançamento. Acontecerá também na noite desta quarta-feira a apresentação do ator Germano Lopes, que recitara, a caráter, dois poemas de “Fragmentos de um Lobo Solitário”, além de outros artistas que farão um pequeno sarau literário durante o lançamento do livro. E na quinta-feira (10), a partir das 16 horas, acontecerá a tarde de autógrafos na Livraria Papirus, no Shopping Itart, situado no calçadão da Rua D. Pedro II, centro da cidade.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Nazir Maron lança livro dia 09 na Academia de Letras de Ilhéus

Nazir Maron

Nazir Maron

O poeta, escritor, artista plástico, filósofo e empresário Nazir Maron lançará no próximo dia 09 de janeiro, às 18h30min, na Academia de Letras de Ilhéus, o livro “Fragmentos de um Lobo Solitário”, uma obra escrita em 25 anos de arte, resultando numa coletânea humorada das pitorescas praias de Ilhéus e de sentimentos como a solidão, amores, encontros sensuais e abandonos de desamar. O livro reúne quase 50 poemas e oito fragmentos que fazem uma viagem ao coração, seguindo do amor ao desamor, da política a questões sociais, da tristeza ao humor e da solidão humana inerente à vida de cada um.

“Fragmentos de um Lobo Solitário” vem com apresentação da jornalista, escritora e poeta Janete Badaró, que revela toda a sensibilidade, o sentimento e a inspiração transmitida pelo autor. “Nazir Maron deixa passar nos poemas de Fragmentos de um Lobo Solitário toda a sensibilidade que possui. Nos seus versos intimistas passeiam a dor e o amor, saudades, liberdade, enfim, Nazir expressa seus dilemas existenciais em versos livres, às vezes românticos, às vezes saudosistas, descortinando no horizonte uma chama de esperança”. Janete Badaró chama a atenção ainda que a solidão presente nos versos que dão nome ao trabalho de Nazir Maron perpassa sutilmente todas as páginas do livro.

Artista plástico e poeta, Nazir Maron conta que nesse livro ele transcreve poemas que antecedem os quadros e que, vez por outra, deles se resultam. “Da solidão que mora em cada um fluem sentimentos de filósofo, sociólogo ou empresário de vida feliz. A solidão a que me refiro parece ser por contada minha total entrega, de verdade e intimidades sem igual”, revela o autor. Editado pela Scortecci Editora, “Fragmentos de um Lobo Solitário” traz um lado romântico e sonhador do autor, onde o lobo vez por outra rompe a ilusão frente à realidade, espreitando o amor com curiosidade, falando da vida de um artista a vencer sobre fracassos de amar e até de amor.

Natal com Drummond e Valdelice

por Cyro de Mattos

Há tempos venho enviando em dezembro para pessoas de meu círculo afetivo, parentes, amigos e escritores,  minha mensagem de Natal acompanhada de um  poema. Penso que já decorreram mais de trinta anos quando fiz o primeiro poema motivado pelo Natal com essa intenção.  Lembro do primeiro poema que enviei.  Manjedoura – O que mais encanta/ é acontecer o menino/ nas migalhas/ deste chão sonoro/ e ganhar grãos azuis/ na manjedoura dos ares.

Certa vez ousei enviar para o poeta Carlos Drummond de Andrade a mensagem com  um desses poemas.  Era um soneto, um pobre soneto, com versos de cinco sílabas, que contava a alegria de bichos e gente com o nascimento do menino pobre nas palhas,   que depois viria ser o bem-amado salvador da humanidade. Assim era o sonetinho: Historinha do Menino Jesus – O galo cantou,/ A vaca mugiu, / O burro zurrou,/ A ovelha baliu.// A rosa acordou, / O peixe sorriu, / A cabra contou/ Que a cobra sumiu.// Foi tanto balão/ que subiu ao céu,/ Foi tanta canção// Que ventou ao léu/ Que até hoje luz/ Do menino a cruz. 

Não demorou, um milagre aconteceu quando recebi do poeta Carlos Drumonnd de Andrade, como retribuição à minha mensagem de Natal, o poemeto seguinte: A Cyro de Mattos no Natal – Uma notícia irrompe desta árvore/ e ganha o mundo: verde anúncio eterno/ Certo invisível pássaro presente/ murmura uma esperança a teu ouvido. Depois de receber esse rico presente de um poeta grandão, de minha predileção, que poderia um  poeta sem expressão, desconhecido, morando e vivendo no interior da Bahia, querer mais naquele Natal?

•| MATÉRIA COMPLETA »

Última semana da programação 2012 do Teatro Popular de Ilhéus

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) encerra sua programação 2012 na Casa dos Artistas nesta semana. O recesso acaba no dia 07 de janeiro, com a volta das atividades regulares. Na terça-feira (18), das 14 às 18 horas, acontece o encontro A cultura da crítica de artes cênicas no jornalismo, com o jornalista Valmir Santos. Às 18 horas, será apresentado musical Auto do Boi da Cara Preta, em frente ao espaço cultural. E, às 19 horas, tem Cineclube com os curtas-metragens O Cobertor, de Artur Freitas, e O maldito ladrão de memórias, de Roberto Cotta.Além de fechar as atrações anuais da Casa dos Artistas, O Teatro Popular de Ilhéus pausa os ensaios de sua próxima montagem, 1789 – Rio do Engenho – Uma Revolução Histórica. Os ensaios acontecem quatro vezes por semana, às segundas e quartas-feiras na Casa dos Artistas e àsterças e quintas-feirasno Terreiro Matamba Tombenci Neto. A preparação do elenco volta também a partir da segunda semana de janeiro.

O encontro de jornalismo na cobertura de artes cênicas pretende trocar informações sobre o exercício do jornalismo na cobertura de artes cênicas nos veículos impressos ou virtuais.  A turma foi fechada com os 25 primeiros inscritos, cuja lista está disponível no endereço: http://migre.me/cq1J9. Os participantes aproveitarão a apresentação do Auto do Boi da Cara Preta para colocarem em prática o conteúdo trabalhado nas palestras. As críticas deverão ser entregues até às 15 horas do dia seguinte.

O Cineclube Équio Reis desde outubro vem acontecendo através da parceria entre o Núcleo de Produção Audiovisual do TPI e o curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz. Semanalmente, são exibidos materiais produzidos por alunos ou ex-alunos da instituição. Na semana passada, foram exibidos os vídeos Do goleiro ao ponta esquerda, de Leandro Guimarães, e Do 50 ao Centenário, de Ana Luísa Coimbra, Leonardo Bião e Poliana Alves. Após as projeções, há sempre debates sobre os temas dos filmes. No último encontro, além dos envolvidos no projeto, estiveram presentes o professor André Rosa Ribeiro e a ex-aluna Júlia Virgínia. A entrada é franca.

A Cia. Boi da Cara Preta despede-se de 2012 com o retorno de sucesso do musical Auto do Boi da Cara Preta. Depois de ficar mais de um ano fora de cartaz, o espetáculo voltou repaginado, com novos integrantes, canções e elementos cênicos. Mas, mantendo o espírito de festa popular, que encanta públicos de diferentes idades. Além da apresentação desta terça-feira, a peça retorna na quinta-feira (20), também às 18 horas, na porta da Casa dos Artistas. Para maior comodidade do público, o grupo disponibiliza um número reduzido de cadeiras, destinadas prioritariamente a idosos, gestantes, deficientes e pessoas com crianças de colo.

Grandes nomes da música independente se apresentam nesse fim de semana em Itacaré

ITACARÉ

O Programa Conexão Vivo apresenta, nesse fim de semana (sábado e domingo) em Itacaré, a terceira edição do Festival Stereo Sul, que traz na sua grade de programação alguns dos mais prestigiados nomes da nova música brasileira. As apresentações acontecem na Praia da Tiririca, a partir das 18 horas, com entrada franca.

No sábado, sobem ao palco Karina Buhr (PE) , Lurdez da Luz (SP), Coletivo di Tambor (BA), e um dos grandes destaques do Hip-Hop nacional na atualidade, a banda ilheense OQuadro.

No domingo, as apresentações ficam por conta da banda Scambo (BA), Eddie (PE), Curumin (SP) e a banda local Mago e Ogan Hits (BA)

Além dos shows, o festival também promove debates nos dois dias, com convidados locais e nacionais discutindo os temas: “Plataformas Permanentes Para Circulação Artística”, no sábado (15), e “Comunicação, Redes de Identidade e Produção de Novos Conteúdos”, no domingo (16). Os encontros acontecem na Casa do Boneco, às 16 horas.

CONEXÃO VIVO – Mais de uma centena de projetos musicais de todo o país fazem parte do Programa Conexão Vivo, que reúne shows, festivais independentes, gravação de CDs e DVDs, produção de videoclipes, programas de rádio, oficinas e seminários, compondo uma rede nacional e permanente de atividades culturais, que envolve artistas, gestores e produtores culturais, iniciativas públicas e privadas.

O Conexão Vivo realiza ao longo do ano um circuito próprio de eventos onde toda essa diversidade de ações acontece conjuntamente. Além disso, o programa está presente em muitas das mais importantes iniciativas da cena musical brasileira, seja com o patrocínio de projetos ou parcerias artísticas em eventos de destaque no calendário nacional, e outros festivais independentes.

Teatro, música e cinema na Casa dos Artistas de Ilhéus

Nesta semana, a Casa dos Artistas traz espetáculos com teatro, música e cinema. O musical Auto do Boi da Cara Preta puxa a fila de atrações a partir das 17 horas desta quinta-feira (13), em frente ao espaço cultural. Em seguida, haverá uma aula aberta de dança afro. Na sexta-feira (19), tem a sessão-show Cinema Incidental a partir das 19 horas, também em frente à Casa. E, no sábado, a comédia Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito fecha a semana de atividades às 20 horas.

O Auto do Boi da Cara Preta ficou fora de cartaz por mais de um ano e, desde seu retorno no último dia 23, agradou ainda mais o público. O musical da Cia. Boi da Cara Preta traz a alegria do bumba meu boi para contar a história do vaqueiro Mateus e sua mulher Catarina, que está grávida e cheia de desejos. Com elementos, ritmos e personagens típicos da cultura nordestina, o espetáculo é um animado auto de Natal, cujo elenco canta, dança e executa a trilha sonora. Além desta quinta-feira, a peça será reapresentada nos dias 20 e 27 às 19 horas.

O Cinema Incidental emprega novos sons para filmes mudos de Charlie Chaplin. Os músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa se revezam em vários instrumentos para tocar ao vivo uma nova trilha sonora original. A sessão-show dura apenas 20 minutos, mas consegue deixar o público extasiado ao reviver a genialidade cômica do eterno Carlitos junto com a criatividade musical dos artistas ao lado do projetor.

Diferente dos políticos corruptos tradicionais, Teodorico Majestade promete e cumpre: diversão garantida para o público adulto. A sátira do Teatro Popular de Ilhéus está em cartaz desde dezembro de 2006 e continua atual, mostrando o lado ridículo da política suja. Inspirada na literatura de cordel e xilogravura, a comédia será apresentada novamente no dia 29 deste mês também às 20 horas. A classificação indicativa é recomendada para maiores de 14 anos e as entradas custam R$ 10 e R$5.

CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA DE ILHÉUS

Prezados Conselheiros e Conselheiras,

Conforme combinado anteriormente, nossa reunião ordinária foi antecipada para 12 de dezembro, quarta-feira, às 16h30, no auditório da Fundação Cultural de Ilhéus.

Em tempo estará na pauta:

1. Aprovação do Projeto Fomento para os editais da SECULT e futuros editais municipais de apoio;
2. Critérios de Reconhecimento do Artista Profissional para as eleições de 2013;
3. O que ocorrer.

Atenciosamente,

Gilsoney Rodrigues
Presidente

Jornalista Valmir Santos ministra encontro de crítica de artes cênicas

Jornalista Valmir Santos

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) está com inscrições abertas para a oficina sobre jornalismo na cobertura de artes cênicas. A capacitação será ministrada por Valmir Santos, jornalista cultural há 20 anos e colaborador da revista Bravo! e do jornal Valor Econômico.  A oficina acontecerá nos próximos dias 18 e 20 das 14 às 18 horas e será gratuita. As vagas são destinadas a estudantes e profissionais da área de comunicação. Os interessados devem preencher formulário no endereço: http://migre.me/ckpr1.

Intitulada A cultura da crítica de artes cênicas no jornalismo, a oficina tem como objetivo trocar informações sobre o exercício do jornalismo na cobertura de artes cênicas nos veículos impressos ou virtuais.  Serão trabalhadas introdução à história e ao exercício da crítica, os principais elementos constitutivos da cena teatral segundo procedimentos jornalísticos, as categorias reportagem, crítica e análise.

Após assistirem as palestras, os participantes farão um exercício do conteúdo trabalhado, escrevendo uma crítica sobre o musical Auto do Boi da Cara Preta, que será apresentado às 20 horas. A crítica deverá ser entregue, por e-mail, até às 15h do dia seguinte. Os participantes deverão enviar seus dados com nome, email e área de atuação até esta sexta-feira (14) para que recebam o material de apoio.

Para o diretor do TPI, Romualdo Lisboa, a oficina será uma oportunidade única para a formação profissional daqueles que atuam na área de comunicação. “Nossa região tem carência de profissionais que façam críticas fundamentadas nas técnicas das artes cênicas. A troca de experiências com Valmir Santos será uma oportunidade única para aprimorar o cenário do jornalismo cultural”, afirmou.

Elenco de A Bofetada se apresentará neste sábado com seu mais novo espetáculo, Siricotico.

Com promoção antecipada de apenas R$20, elenco quer casa cheia em Ilhéus para sua última apresentação da Turnê 2012.

Após o grande sucesso de A BOFETADA e ainda comemorando seus 25 anos nos palcos, a Cia Baiana de Patifaria volta a Ilhéus, dessa vez com sua mais recente montagem SIRICOTICO, uma comédia do balacobaco, pela primeira vez na cidade, em única apresentação, sábado, dia 15 de dezembro, às 20:30h no Centro de Convenções.

SIRICOTICO, com texto de Vinnicius Morais e Lelo Filho, foi vista por mais de 80.000 pessoas desde sua estreia em 2010 e conta a divertida história de uma companhia de teatro, no século XIX, em busca do sucesso, para mostrar ao público os bastidores do teatro.  A peça permite vários paralelos com os dias de hoje e através do improviso dos atores vários assuntos da atualidade acabam entrando em cena como: o processo do ‘mensalão’, as eleições municipais, as fofocas das novelas, etc.

O espetáculo tem direção de Fernanda Paquelet e conta em seu elenco com os atores Lelo Filho, Jarbas Oliver, Nilson Rocha e Alexandre Moreira, que fazem 56 trocas de figurino por apresentação para interpretar 20 personagens hilários, numa trama cheia de reviravoltas e intrigas. Uma grande confusão, um grande balacobaco. Um grande siricotico!!!

Ingressos a venda no Stand do Karioca e Hawaii Surf Shop. Oferecimento: Empório Bahia.

Cineclube desta terça-feira

Olá, pessoal!

Nesta terça-feira (11) a partir das 19 horas tem Cineclube Équio Reis, na Casa dos Artistas de Ilhéus. Serão exibidos os curtas-metragens:

Do goleiro ao ponta esquerda – Leandro Guimarães
Mostra a saga vitoriosa da seleção itabunense que conquistou entre 1957 e 1966 o Hexa-Campeonato Baiano de Intermunicipal de Futebol, um titulo inédito e não igualado na Bahia. Com depoimentos de ex-jogadores, ficção e música, ele busca mostrar um pouco de como ela conseguiu ser tão brilhante.
Do 50 ao Centenário - e Ana Luísa Coimbra, Leonardo Bião e Polliana Alves.
A Avenida Cinquentenário pode ser considerada o mais importante patrimônio histórico-cultural de Itabuna. No início, era um simples traçado de terra, sem calçamento, mas a partir da década de 50, após uma grande obra de modernização, a avenida passou a ser o principal centro comercial, social e político da região sul da Bahia. É um registro da memória das pessoas que viram o nascer e o crescer da avenida e uma homenagem ao centenário da cidade de Itabuna.

Em seguida, haverá debate sobre o tema: “A importância do registro histórico regional”.

A atual edição é promovida através da parceria entre o Núcleo de Produção Audiovisual do Teatro Popular de Ilhéus e curso de comunicação social da Universidade Estadual de Santa Cruz.

Grata pela divulgação!

Karoline Vital
Assessora de Comunicação

Oscar Filho, apresentador do programa CQC, se apresenta em Ilhéus

Oscar Filho, apresentador do programa CQC (Custe o que custar, da TV Band), e um dos protagonistas da nova geração do humor brasileiro, se apresenta com o show de stand-up comedy “Putz Grill…”, no Centro de Convenções de Ilhéus, dia 21 de dezembro, às 20h30, em apresentação única na cidade.

Considerado o melhor show de stand-up comedy pelo 10º Prêmio Jovem Brasileiro, o espetáculo “Putz Grill…” já passou por mais de 100 cidades brasileiras, lotando as casas de show e sendo aplaudido de pé pelos públicos mais críticos. O show já atingiu um público total de aproximadamente meio milhão espectadores e chegará a Ilhéus trazendo a certeza de uma noite de gargalhadas.

A originalidade dos textos de Oscar Filho e sua capacidade de improvisação lhe renderam diversos prêmios e o reconhecimento como um dos melhores artistas brasileiros da categoria comédia. Oscar garante que show “Putz Grill…” é composto unicamente pelos meus melhores textos de stand-up comedy, selecionados desde 2005, ano em que ele se enveredou nessa linguagem, sendo um dos pioneiros no Brasil.

O ingresso custa R$ 50,00 (meia R$ 25,00) e a casadinha R$ 60,00 e, para a área VIP, o valor é de R$ 70,00. Os bilhetes podem ser adquiridos no Stand do Karioka, na Manga Rosa e no Bicho festeiro. Esta é uma realização é da Well Perelo Produções. Mais informações: (73) 9142-6206.


Ascom: Tacila Mendes – MTB 6795

ESPETACULO INFANTIL GUMMY BEAR CHEGA PELA PRIMEIRA VEZ EM ILHEUS

É neste sábado, o musical infantil “Gummy Bear”se apresente em Ilhéus
Legenda foto: O divertido Gummy, canta, dança break e até toca tuba
Depois do sucesso na internet, o ursinho mais adorado da criançada,Gummy Bear, estará se apresentando no dia 08 de dezembro, sábado, em novo horário as 17:30h, no Centro de Convenções de Ilhéus. O espetáculo intitulado `Gummy Bear – O Show , é uma montagem do grupo Idearte.
Em turnê pelo nordeste, Ilhéus, foi a quarta cidade escolhida para a grande apresentação, depois da grande estréia em Natal. O divertido Gummy, canta, dança break e até toca tuba. O show tem muitos efeitos especiais, lindas coreografias, muito interação com o público e, claro, os maiores sucessos do ursinho verde como:`Eu Sou o Gummy Bear` e `Bolha de Sabão`.
A Direção geral é de Amaury Júnior e coreografia de Pablo Craveiro. Os ingressos promocionais estão sendo vendidos no Stand do Karioca, Lojão do Bebê Kids, Academia Tonus e Bicho Festeiro. Informações: 73 9122-3704.


RS

Márcio Thadeu em Sons de uma Noite Feliz

Show beneficente do pianista Márcio Thadeu abre projeto Sons de uma Noite Feliz, uma iniciativa do Grupo M21.

Na próxima quinta-feira, 13 de dezembro, às 19h, o pianista Márcio Thadeu e convidados apresentam no palco do Centro de Convenções de Ilhéus às 19h o espetáculo Brasil Piano Master, em prol de entidades carentes.

O projeto Sons de uma Noite Feliz, iniciativa do Grupo M21, é um convite aos amantes da arte, da música e pessoas interessadas em fazer o bem, numa noite inesquecível.

A entrada será 2 kg de alimentos não perecíveis e/ou um brinquedo (novo ou em bom estado).

Todas as doações arrecadadas serão entregues pela equipe M21 à entidades carentes previamente escolhidas, como já faz há alguns anos, deixando o natal de quem mais precisa um pouco mais feliz.

Segunda Palhasseata de Ilhéus vai provocar sorrisos e emocionar

Está tudo pronto para a Segunda Palhasseata. Adereços, figurinos, artistas aquecidos, só esperando o público para deixar Ilhéus ainda mais colorida e alegre. Nesta sexta-feira (07), será a abertura oficial do evento, a partir das 19 horas, com música e espetáculos teatrais. Mas, o ponto alto da celebração do dia do palhaço acontecerá a partir das 9 horas de sábado, com a marcha pelas ruas do Centro de Ilhéus. As atividades acontecerão na Casa dos Artistas.


A programação de abertura da Segunda Palhasseata será com o espetáculo Cinema Incidental, com os atores e músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa executando ao vivo novas trilhas sonoras para filmes mudos de Chaplin. Haverá ainda a exposição de fotografias e charges Dias de Palhaço, na Galeria Hans Koella, números do Circo da Lua e apresentação da peça Homens ajudam homens?, do Grupo Teatral Maktub, responsável pela promoção da iniciativa.

Mas o auge do evento será a passeata de palhaços e demais personagens do universo circense pelas ruas do comércio de Ilhéus. A concentração será às 8 horas, em frente à Casa dos Artistas. A saída do cortejo festivo está marcada para as 9 horas. Após circularem pelas ruas do comércio, o grupo retorna ao espaço cultural, onde haverá apresentações de números cômicos e circenses, fechando com um festival de tortas na cara.

Os interessados em integrar as atividades precisarão trazer um brinquedo para doação. Os produtos arrecadados serão destinados ao evento natalino promovido pelo ator Wallace Reys, o palhaço Linguiça, realizado no bairro São Pedro, em Itabuna.

Diferente do ano passado, quando os grupos e artistas locais realizaram o evento por conta própria e com a colaboração de parceiros, a Segunda Palhasseata é patrocinada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, premiada pelo edital do Calendário das Artes. “Nesta edição, queremos surpreender o público, não só trazendo atrações de alta qualidade técnica, mas criando a atmosfera lúdica e alegre do circo”, afirma o diretor do Grupo Teatral Maktub, Fábio Nascimento.

Resenha do livro Maricota e as formigas

A estória infantil de Neila Brasil Bruno

 

BRUNO, Neila Brasil. Maricota e as formigas. Ilustrações: Luiz Renato do Nascimento. Bauru: Canal 6, 2012

Por Alderacy Pereira da Silva Júnior

Jornalista e arte-educador

Neila

O cenário literário baiano ganhou mais uma contadora de estória, agora em papel, inclusive. Texto envolvente e muito bem ilustrado são responsáveis pela adesão facilmente dos leitores, e com uma bela apresentação da escritora, os pais e educadores são sensibilizados a valorizar esse novo título da literatura infantil.

Dedicado aos seus sobrinhos, outros leitores se identificam facilmente com a estória de Maricota e as formigas, porque Neila conta com envolvimento e sensibilidade, características de uma exímia contadora de estórias.

Com o clímax anunciado – “A menina não tinha sossego”, a personagem principal ensina-nos como nos afastar do problema, com as mais diversas soluções inventivas. Mas as formigas não se fizeram vencidas, foram cada vez mais fortes, até cantavam alegremente.

Despertando na criança o sentimento de vingança – “Hoje vocês não me escapam! Na hora de lavar a louça, vou afogá-las, uma a uma”. Nesse momento vemos como autora foi corajosa ao nos mostrar tão verdadeiramente a alma infantil. Não foi com meias palavras que ela exibiu esse sentimento, e isso torna a estória mais verdadeira.

No momento posterior, a Maricota mostra-se arrependida: “(…) sentiu no seu coração uma grande dó e resolveu salvá-la (as formigas) do afogamento”. Reside aí o despertar do sentimento de compaixão, solidariedade, fraternidade, o que nos permite uma forte identificação com essa personagem.

O final feliz aparece nessa estória como uma conquista, uma descoberta dos valores humanos: “E, assim, a menina e a formiguinha se tornaram grandes amigas, cada uma desempenhando seu importante papel na natureza”.

Ao final dessa estória, a gente espera encontrar outros títulos dessa contadora de estória, para experimentar viver novas emoções. Além disso, imaginamos que ela vai enriquecer nossa literatura infantil com suas audácias e as belas ilustrações que nos apresentou, como as assinadas por Luiz Roberto do Nascimento.

Enquanto não temos novos títulos de Neila, aguardamos o lançamento desse livro com o selo da Editus – Editora da UESC, que tem por tradição apresentar belos projetos gráficos, enriquecendo ainda mais o texto escrito, inspirando novos talentos e formando leitores. douglascouto@yahoo.com.br

 

TMI recebe show em homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga

Homenageando o centenário de nascimento do Rei do Baião, o sanfoneiro Daniel Neto apresentará dia 13 de dezembro de 2012, às 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus o show “No Sopro de Gonzagão”, uma fusão entre a música clássica e a popular, através da utilização de instrumentos de orquestra para execução de músicas populares.

Assim como Luiz Gonzaga conseguia revelar traços identitários e o cotidiano do povo nordestino através da sua música, Daniel Neto revelará sua identidade musical neste show, onde faz uma releitura sobre as composições do Velho Lua, passeando pelo forró, xote, baião e apresenta composições próprias na companhia dos músicos Ivan Sacerdote (clarineta), Mário Soares (violino), Uru Pereira (fagote) e Sebastian Notini (percussão).

O músico, que iniciou sua carreira tocando com seu pai Edu Neto, participou de diversos conjuntos musicais e atuou como músico dos espetáculos teatrais “Labirintos”, “Na Outra Margem” e “Alice no Sertão das Maravilhas”. Em 2012 teve seu talento reconhecido ao ser premiado no 5º Festival de Sanfoneiros de Feira de Santana e com quadrilha junina Asa Branca em concursos estaduais e nacionais. Para ele, ” Gonzagão foi um artista marco na cultura brasileira por levar a música nordestina pela primeira vez a todo o Brasil e abrir as portas para tantos outros músicos” e completa: “…esse show é um presente à cidade em que nasci e cresci”. Nele, Daniel quer dar continuidade ao legado deixado por Luiz Gonzaga, não apenas tocando as músicas de Luiz, mas também mostrando sua leitura sobre elas.

Realização

O cenário do show “No Sopro de Gonzagão” é inspirado em elementos da paisagem sertaneja e assinado pelo Bacharel em Artes Cênicas Henrique de Castro, feito totalmente de forma sustentável, com material reciclado e, para realização do Show “No Sopro de Gonzagão “, o artista contou com o apoio da Prefeitura de Ilhéus, através da Fundação Cultural, Uniodonto, Image Sinalização, Restaurante Bataclan, R2CPress Agência de Notícias, Revista Cultural Vejo Arte, Boteco do Quibe, Carminha Calçados, Empório, Lavajato L&A Lavagem Profissional, Laboratório Dom Eduardo, Dental Day, Casa Brasil, Gráfica do Carmo, Sociedade Filarmônica Capitania dos Ilhéos, L’aqua di Fiori e Rádio Gabriela FM.

O quê: Show “No Sopro de Gonzagão”, com Daniel Neto

Quando: dia 13 de dezembro de 2012 (quinta-feira)

Onde: Teatro Municipal de Ilhéus

Ingresso: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia e antecipado)

Programação do TMI – Dezembro de 2012

Dias 01/11 às 16h e 19h30 e 02/12/12, às 16 h – Espetáculo de dança “Cinderela em Hollywood”

Detalhes: Espetáculo de dança da Academia Tônus

Ingresso: à confirmar

03/12/2012 – Abertura da exposição “Bahia de Jorge e outros Amados Mundos”

Detalhes: Exposição de telas da artista plástica Jane Hilda Badaró, com participação especial da artista plástica Marlove Quadros e de vinte alunos do Colégio Estadual Paulo Américo de Oliveira.

Horário: 18h00

Ingresso: Gratuito

Dia 04/12/12 – Espiritualidade: O Espetáculo da Vida

Detalhes: Espetáculo apresentado pelos estudantes do Colégio São Jorge dos Ilhéus

Horário: 18h00

Ingresso: brinquedo

Dia 05/12/2012 – Encerramento do ano da Academia Dinâmica e Movimento  com entrega do certificado da Royal Academic Dance

Horário: 19h30

Ingresso: 1 kg de alimento

Dias 07 e 08/12/2012 às 19h30 e 09/12/12, às 17h30 – Espetáculo de Dança Filmes e Musicais

Detalhes: Espetáculo da Academia Núcleo da Dança

Horário: 18h00

Ingresso: à confirmar

Dia 10/12/12 – Cantata

Detalhes: Espetáculo de encerramento do ano letivo do Colégio São Jorge dos Ilhéus

Horário: 17h00

Ingresso: Brinquedo

Dia 11/12/12 – Projeto História Viva

•| MATÉRIA COMPLETA »

Páginas: Anteriores 1 2 3 ... 14 15 16 17 18 19 20 ... 38 39 40 Próximas