Girando




Busca por Data
novembro 2017
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Editoria ‘Cultura’

Ilhéus elege representante no Conselho Nacional de Política Cultural

A ilheense Janete Lainha possui mais de 400 títulos publicados, milhares de cordéis vendidos e foi eleita com 419 votos para a câmara setorial de Livro, Literatura e Leitura

Janete Lainha foi eleita para o Conselho representando Ilhéus

Janete Lainha foi eleita para o Conselho representando Ilhéus

O Ministério da Cultura (MinC) divulgou, em outubro, o resultado da primeira fase das eleições para o Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), biênio 2015-2017 e, entre os eleitos, está a cordelista e mestra da cultura popular em Ilhéus, Janete Lainha. Ela vai representar a cidade na câmara setorial de Livro, Literatura e Leitura. A cadeira foi assegurada com 419 votos.

Janete Lainha possui mais de 400 títulos publicados, milhares de cordéis vendidos, além de ter um currículo extenso com participações em importantes obras cinematográficas e teatrais, uma multiartista que consegue trabalhar com as mais diversas linguagens.

Segundo divulgação do MinC, as etapas estaduais mobilizaram mais de 70 mil artistas, produtores, gestores, fazedores de cultura e cidadãos interessados em debater o futuro da gestão cultural em todas as regiões do país. Os eleitos, em cada estado e em cada colegiado setorial, estarão reunidos em três fóruns nacionais para construir a agenda do próximo biênio e proceder a eleição dos representantes, titulares e suplentes, de cada um dos colegiados, além do pleno do CNPC.

 

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

FESTIVAL REÚNE ARTISTAS EM PROL DE REFORMA DE MEMORIAL EM ILHÉUS

Nesta quinta-feira, dia 5, às 19h, será realizado o Festival Unzó, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. O evento tem o objetivo de arrecadar fundos para a reforma do Memorial Unzó Tombenci Neto, o primeiro de matriz africana no sul da Bahia.
O Memorial, fundado em 2006, está localizado no Alto da Conquista, em Ilhéus, e busca preservar a memória da religião africana, no entanto, desde outubro de 2014 se encontra de portas fechadas, em função de problemas com infiltrações, cupim, instalações elétricas comprometidas, goteiras no telhado e pintura danificada.
Diversos artistas abraçaram a causa e já confirmaram presença no palco da Tenda: Mortífera, Dr. Imbira, Mamute Projecto, Banda Zahra, Orquestra Afro Gongombira e Balé Dilazenze.
O ingresso individual custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), podendo ser adquirido na bilheteria da Tenda, localizada na Avenida Soares Lopes. A classificação indicativa é de 14 anos.
Tenda – o espaço é administrado pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI), uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Confira a programação mensal neste link:http://goo.gl/c8JA7G.

Eventos em comemoração ao mês da Consciência Negra dinamizam espaços culturais da SecultBA

Espaços culturais da SecultBA promovem uma programação voltada para temáticas de ações afirmativas para a comunidade negra

No mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra – 20 de novembro – os espaços culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) promovem uma programação especial que contempla espetáculos de música, dança, teatro, mostras, exposições e encontros voltados para temáticas de ações afirmativas para a comunidade negra.

O Centro de Cultural de Alagoinhas receberá nos dias 01, 02, 03,13, às 15h e no dia 14 às 19h o projeto Pretos Porque Sim, que expõe fotografias da população negra do início do século XX até a atualidade, seguidos do desfile de indumentárias afro, mostra de dança e bate-papo com lideranças do movimento do município. A entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). O espaço também vira palco para os debates do Encontro Cultural Afro Brasileiro, no dia 08, às 9h. A ação tem como objetivo preservar e valorizar a cultura negra de Alagoinhas e região com apresentações culturais e rodas de diálogo para o fortalecimento de políticas culturais para o segmento. Dando continuidade às atividades, o espetáculo Exu, a Boca do Universo, realizado pelo Núcleo Afro brasileiro de Teatro de Alagoinhas (NATA), volta a se apresentar em sua cidade natal. A apresentação, que acontecerá no dia 25, às 20h, dará abertura à primeira edição da Semana NATA de Atividades, que contará com oficinas teatro, apresentação de espetáculos e bate papo com toda equipe após a apresentação. A entrada é franca.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Gestão da Biblioteca Municipal Adonias Filho, em Ilhéus, é modelo na Bahia

Durante participação no I Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas da Bahia, a gestora Regina Figueroa contou como se deu o trabalho de recuperação do equipamento e falou da experiência de tornar o local um espaço multicultural

Regina Figueroa apresentou o modelo de gestão e como se deu o processo de recuperação da Biblioteca Municipal Adonias Filho, em Ilhéus.

Regina Figueroa apresentou o modelo de gestão e como se deu o processo de recuperação da Biblioteca Municipal Adonias Filho, em Ilhéus.

O município de Ilhéus enviou representante ao I Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas da Bahia (SEBP), realizado entre 20 e 22 deste mês, em Salvador, que reuniu gestores de espaços de leitura municipais, estaduais e comunitários. No evento, a gestora da Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho, Regina Figueroa, contou como se deu o processo de recuperação desse espaço público e como as ações aqui desenvolvidas tornaram o equipamento referência para a Bahia.

Figueroa destacou a importância da biblioteca pública no fomento do livro e da leitura em Ilhéus e as ações que acontecem no espaço, que transformam a biblioteca pública municipal de Ilhéus num ambiente multicultural, onde acontecem variadas atividades de incentivo à leitura, além da realização de workshops, oficinas e exposições.

Durante o evento, a Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho foi apresentada como modelo de referência para todos os municípios. Foram apresentadas fotografias do como espaço foi encontrado pela atual gestão, em 2013,  e como prédio se encontra após a reinauguração, como também as ações de incentivo à leitura que a Secretaria Municipal de Cultura de Ilhéus desenvolve, dentre elas a Biblioteca Itinerante.

A gestora ressaltou que as ações desenvolvidas pela Secretaria de Cultura de Ilhéus foram elogiadas pelos demais coordenadores e servirão de modelo para outras bibliotecas públicas. “E, para nossa alegria, fomos citados como modelo a ser seguido, inclusive irão levar nosso modelo de trabalho”.

SEBP – O I SEBP contou com a presença de diretores das Bibliotecas Públicas Municipais (BPM) de Eunápolis, Cachoeira, Mata de São João, Olindina, Cruz das Almas, Madre de Deus e Feira de Santana. Durante os três dias,  participaram de debates e relataram suas experiências.

Foram discutidas também iniciativas para que as bibliotecas se tornem um espaço de inclusão das pessoas com deficiência, levando os diretores a refletir acerca da importância de políticas públicas voltadas para a promoção do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Palestra sobre prestação de contas de projetos culturais acontece dia 29 em Salvador

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio da Superintendência de Promoção Cultural (Suprocult), promove no próximo dia 29 a Orientação para a Execução de Projetos e Apresentação de Prestações de Contas. A palestra, que acontece das 14h às 17h, no Forte de Serviços Criativos (Forte do Barbalho), será gratuita e aberta ao público. O objetivo é proporcionar a um número cada vez maior de proponentes de projetos em execução ou a serem iniciados, bem como a futuros proponentes, a oportunidade de conhecer e esclarecer dúvidas sobre os vários aspectos da apresentação das prestações de contas e da execução dos projetos apoiados via Fundo de Cultura e Fazcultura. O encontro terá como ministrante o diretor de Acompanhamento e Controles da Suprocult da SecultBA, Manoel Pinto.

Há 10 anos responsável pelas análises das prestações de contas dos projetos apoiados pela SecultBA, Manoel Pinto esclarecerá dúvidas sobre os procedimentos de prestação de contas, com base na legislação vigente. Ele ressalta que, após cinco anos desde a primeira palestra, houve significativas mudanças no trabalho dos proponentes quanto à apresentação das prestações de contas, agora feitas de forma mais satisfatória e dentro dos critérios e das normas de execução do Fazcultura e do Fundo de Cultura. “Há muitos proponentes que ainda não tiveram acesso a essas orientações. Destacamos que as palestras podem se revelar de grande importância para a correta condução dos projetos, melhorando, assim, as prestações de contas e, consequentemente, a dinamização do nosso trabalho”, explica o diretor.

Serviço:

Palestra de Orientação para Execução de Projetos e Apresentação de Prestações de Contas

Quando: Quinta-feira, 29 de outubro, das 14h às 17h

Local: Forte de Serviços Criativos (Forte do Barbalho) – Ao lado do ICEIA

Público-alvo: Proponentes de projetos culturais apoiados via Fundo de Cultura e Fazcultura – em execução, a serem iniciados, bem como futuros proponentes -, além de eventuais participantes da execução e da elaboração da prestação de contas dos projetos.

Gratuito e aberto ao público

Flica 2015 supera expectativas e recebe 35 mil visitantes

Com 35 mil visitantes entre quarta-feira (14) e domingo (18), a Feira Literária Internacional de Cachoeira (Flica), no Recôncavo Baiano, superou as expectativas da organização do evento. A informação foi divulgada pelo curador da Flica, Aurélio Schommer. “O número de visitantes é quase o dobro do ano passado. Demos um grande passo este ano, por vários aspectos, para nos tornarmos a principal festa literária do Brasil. Por qualquer critério, seja pela vendagem de livros ou pela qualidade dos autores, já é a melhor programação de evento literário do Brasil no ano”, afirmou o curador.
By Camila Souza_GOVBA

Foto By Camila Souza_GOVBA

Em relação às atividades oferecidas sem custos aos visitantes, Schommer enfatizou que, através de leis de incentivo, o Governo do Estado e a iniciativa privada apoiam o evento desde a primeira edição, mas este ano a presença ampliada do poder público fez a diferença e contribuiu para atrair ainda mais visitantes. “Este ano, o Governo do Estado teve uma ação muito maior, no sentido de fornecer programação também. Uma programação própria, de altíssima qualidade. Ótimos nomes da literatura, do teatro passaram por Cachoeira. Isso é muito importante”.
Para encerrar a festa em grande estilo, 17 jovens do Coro Juvenil do Neojiba se apresentaram no Cine Theatro Cachoeirano, fechando a programação da Fliquinha. Já o Grupo de Teatro da Polícia Militar da Bahia ficou responsável pela última apresentação musical da Flica 2015. Na Praça da Aclamação, os policiais encenaram o espetáculo ‘Ópera da Cidadania’, que retrata as manifestações populares da Bahia, como o maculelê, samba de roda, capoeira e samba-reggae.

Flica movimenta economia do município de Cachoeira

By  Camila Souza_GOVBA

By Camila Souza_GOVBA

A realização da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) abre oportunidades para moradores, empresários e comerciantes da região. Durante os cinco dias de evento, os cerca de 40 mil visitantes esperados pela prefeitura municipal e organizadores movimentam a economia local. O impacto já é percebido desde o início da semana, e a expectativa é que a circulação de pessoas aumente até o próximo domingo (18) na cidade de cerca de 34 mil habitantes.

Na rede hoteleira de Cachoeira e municípios mais próximos, como São Félix, já não é possível encontrar vagas. Muitos turistas e profissionais envolvidos no evento estão hospedados em imóveis residenciais alugados, gerando renda para famílias. Na maioria dos hotéis e pousadas, as reservas se esgotaram há pelo menos 15 dias. É o caso de uma das principais pousadas da cidade, que tem os 26 leitos lotados. “Comparando com a época em anos anteriores à Flica, a procura aumentou 200%”, revela o gerente de pousada Edson Pereira, que fatura também servindo mais de 50 refeições diárias no restaurante do estabelecimento.
A vendedora Ana Cláudia Oliveira espera ganhar R$ 250 em cada dia da Flica com a venda de brownies artesanais. “Um evento desta magnitude dá a oportunidade de que as pessoas tenham acesso ao seu produto”, afirma a vendedora. Já o proprietário de uma pizzaria, Jorge Leite, conta que precisou contratar dois funcionários temporários para atender à demanda do evento, ampliando a equipe para sete pessoas. “Esperamos que seja bem melhor que nos outros anos”.
Capacitação 

•| MATÉRIA COMPLETA »

SÁBADO COM CIRCO DA LUA NA TENDA

Neste sábado (16), às 19h, a Companhia Circo da Lua realiza nova apresentação na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, localizada na Avenida Soares Lopes. A Companhia, formada por artistas argentinos e brasileiros, traz ao público o espetáculo “Hoje Tem Circo”, com números circenses, música e interações.

O espetáculo é indicado para todas as idades, e especialmente às crianças. O ingresso individual custa R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia), podendo ser adquirido na bilheteria da Tenda também através de cartão de crédito, débito ou Vale Cultura.

Tenda – o espaço é administrado pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI), uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Ilhéus realiza I Conferência de Juventude de Terreiro

Evento acontece em conjunto com II Encontro de Juventude de Terreiro de Ilhéus, no próximo sábado, 17. As inscrições podem ser feitas pela internet

O Núcleo Ilhéus da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde (Renafro) promove, em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult) de Ilhéus, a I Conferência e o II Encontro Municipal de Juventude de Terreiro. O evento acontecerá no sábado, dia 17, no Terreiro de Luando, localizado na Rua Cassimiro Costa, nº 221, Pontal, zona sul de Ilhéus.

As inscrições são limitadas e podem ser feitas através do seguinte endereço: https://goo.gl/WOXdMO. A conferência terá início às 07h30min, com um café da manhã e em seguida serão realizados os credenciamentos, momento em que os participantes escolherão os eixos temáticos que irão participar. Logo depois, os jovens discutirão temas como o direito de liberdade religiosa no Brasil, garantido pela Constituição Federal e os casos de intolerância religiosa que têm acontecido no país.

Neste contexto, será debatida também a importância da auto-afirmação da identidade, enquanto jovem negro e de terreiro, numa sociedade em que indivíduos ainda mantêm pensamentos e atitudes racistas e preconceituosas. A importância do respeito à tradição e hierarquia nas religiões afro-brasileiras também serão temas abordados.

Para a secretária do núcleo ilheense do Renafro, Larissa Lisboa, o evento é importante para que os jovens de terreiro passem a ter conhecimento sobre seus direitos enquanto adeptos de religiões afro-brasileiras. “Será um momento para discutir políticas públicas voltadas à juventude de terreiro e de fortalecer os jovens de terreiro em Ilhéus”.

Haverá também intervenções culturais, dentre elas uma apresentação de capoeira com grupo Associação de Capoeira Liberdade, e exposições artísticas dos jovens de terreiros. Por fim, o evento será encerrado com a apresentação de uma carta de repúdio contra a redução da maioridade penal.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Bahia Criativa promove orientações sobre concessão de crédito a micro e pequenos empreendedores

Com o objetivo de explicar o funcionamento do CrediBahia, Programa de Microcrédito do Governo do Estado da Bahia, serão realizados, gratuitamente, a palestra CrediBahia e os atendimentos individuais a profissionais e empresas do setor criativo interessados em crédito junto ao programa. As ações acontecerão nos dias 14, 21 e 28, no Forte do Barbalho, e serão realizadas pelo escritório Bahia Criativa – fruto de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo da Bahia, gerido pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). Não é necessária inscrição prévia para participar das atividades.

A palestra acontece às 10h e será aberta ao público. Já os atendimentos individuais têm início às 14h e serão realizados por ordem de chegada dos participantes. As orientações serão dadas pelo economista Antônio Carlos Rosa Pimenta, que também é analista técnico da Coordenação de Micro Finanças da Superintendência de Economia Solidária (SESOL) / Secretaria de Trabalho, Renda, Emprego e Esporte (SETRE), além de trabalhar com o Credibahia desde 1980.

O Credibahia é operacionalizado pela SETRE e Desenbahia, em parceria com o SEBRAE e as Prefeituras Municipais. Com esta iniciativa, o escritório Bahia Criativa visa orientar os empreendedores da economia criativa a fim de estimular a geração e a manutenção de renda nos municípios baianos, através da concessão de crédito orientado a micro e pequenos empreendedores.

Sobre o Bahia Criativa – O Bahia Criativa é um escritório público de atendimento e suporte a profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos. Fruto de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo da Bahia, o equipamento é gerido pela Secretaria de Cultura do Estado e tem como objetivo proporcionar qualificação ligada à gestão e sustentabilidade econômica de atividades criativas. Localizado no Forte do Barbalho, em Salvador, oferece atendimento e suporte a profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos, por meio de consultorias, assessoria técnica e capacitação profissional – sempre com foco na qualificação da gestão de projetos e negócios criativos. Acompanhe a fanpage: facebook.com/pages/Bahia-Criativa

Palestra e atendimentos individuais sobre o CrediBahia
Local: Escritório Bahia Criativa, Forte do Barbalho, Salvador – BA
Data: 14, 21 e 28 de outubro
Horário: 10h (palestra aberta ao público) e às 14h (atendimentos individuais por ordem de chegada)
Gratuito. Não é necessário realizar inscrição prévia
Mais informações: (71) 3319-0033


Assessoria de Comunicação
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA

SecultBA lança Mapa da Palavra e livro sobre Terreiros de Candomblé na Flica  

Programação do evento, patrocinado pelo Fazcultura, celebra a Literatura

O lançamento do livro ‘Terreiros de Candomblé de Cachoeira e São Félix’ e o anúncio do Mapa da Palavra.BA, projeto de mapeamento que vai incentivar a Literatura do estado, são alguns dos destaques da programação da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) na Festa Literária Internacional de Cachoeira. A FLICA será realizada de 14 a 18 de outubro em Cachoeira, no recôncavo baiano. A mesa de abertura do evento, no dia 14, às 19h, terá como mediador o educador e secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal. Na ocasião, o autor homenageado dessa edição, Antônio Torres, imortal da Academia Brasileira de Letras discutirá o tema Gentes Brasileiras ao lado do jornalista especializado em cobertura de conflitos e autor do romance Ariana, Igor Gielow.

Na sexta-feira (16), às 10h, será lançado o Mapa da Palavra.BA. O projeto, desenvolvido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, unidade da SecultBA, tem como objetivos identificar artistas da palavra nos 27 territórios de identidade da Bahia e ajudar a divulgar suas produções. O anúncio acontece na abertura da mesa Versos Diversos, que irá reunir as autoras baianas Clarissa Macedo e Rita Santana. O projeto – que prevê o lançamento de uma plataforma virtual – também será apresentado na Sala Milton Santos, da Casa Educar para Transformar, no mesmo dia, das 11h às 14h.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Norte da Bahia receberá Seminário de Criação em Dança

O premiado bailarino Dejalmir Melo e a pesquisadora e performer Isaura Tupiniquim participam de mesas e oficinas da primeira etapa do evento gratuito que acontece em Juazeiro, nos dias 07 e 08.11

Territórios do Norte e do Sul do estado receberão a segunda edição do II Seminário de Criação em Dança, realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), com objetivo de dar continuidade às ações ligadas à criação em dança e estabelecer mecanismos de diálogo com agentes atuantes no setor. A etapa Norte do evento gratuito acontece na cidade de Juazeiro, nos dias 07 e 08.11, no Centro de Cultura João Gilberto.

O premiado bailarino, com carreira internacional, Dejalmir Melo, e a performer e pesquisadora Isaura Tupiniquim são atrações dos encontros em Juazeiro, encabeçando mesas de debates e oficinas, que seguem o tema Processos criativos em dança. Os artistas convidados pela coordenação de Dança da FUNCEB falarão sobre seus processos criativos e cada um fará uma oficina de criação, com foco em estratégias de criação neste campo artístico.

A mesa de debate será aberta ao público. Já a participação em cada oficina será validada por meio de análise curricular dos interessados, que deverão se inscrever clicando aqui. A lista com a seleção dos inscritos será divulgada no site da FUNCEB através do endereço: www.fundacocultural.ba.gov.br. Será permitida a participação de até 30 pessoas por cada oficina, cuja carga horária é de 4 horas. Os participantes das oficinas receberão certificado.

•| MATÉRIA COMPLETA »

SEXTA DE CIRCO E SÁBADO DE TEATRO, NA TENDA

Na próxima sexta-feira, dia 9, a Tenda Teatro Popular de Ilhéus, localizada na Avenida Soares Lopes, recebe a apresentação do “Há Vagas no Circo!”, espetáculo da Companhia Circo da Lua, composta por artistas argentinos e brasileiros que interpretam palhaços numa divertida história. A classificação indicativa é livre, e especialmente recomendada às crianças. O ingresso individual custa R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia), à venda bilheteria da Tenda.
Já no sábado, dia 10, também às 19h, o grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) apresenta na Tenda o “3 Encena”, espetáculo de comemoração aos vinte anos do grupo. Em trio, atores relembram cenas de montagens feitas pelo TPI ao longo desses anos. A classificação indicativa é de 14 anos. O ingresso individual custa R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia), podendo ser adquirido na bilheteria da Tenda.
Tenda – o espaço é administrado pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI), uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Confira a programação mensal neste link: http://goo.gl/c8JA7G.

TEXTO DE PESAR – Fernando Gundlach

É com imenso pesar que membros do Conselho Estadual de Cultura receberam a informação da morte do engenheiro de som Fernando Gundlach, 62 anos. Ele foi baleado no rosto, no último domingo, 04, depois de ter seus pertences levados por assaltantes na Rua Silveira Martins, bairro do Saboeiro. O falecimento foi confirmado na tarde da última segunda-feira, 05.

Gundlach era natural de Porto Alegre e deixa um legado de muita dedicação à cultura e arte da Bahia. Além disso, sempre acreditou na educação e colaborou com a formação de inúmeros profissionais por meio de ações como oficinas de sonorização, cursos de áudio, aulas práticas de passagem de som, dentre outras iniciativas.

Sua carreira é marcada ainda pela parceria firmada com importantes instituições da gestão cultural da Bahia, como a Fundação Cultura do Estado (FUNCEB) e o Teatro Castro Alves. Em 2012, por exemplo, esteve à frente das aulas de sonorização no curso de Tecnologias em Artes Dramáticas, iniciativa ligada à FUNCEB, TCA e ao Instituto Federal da Bahia (IFBA).

Ainda consternados com a perda, principalmente diante da brutalidade do crime, os integrantes do Conselho Estadual de Cultura se solidarizam à família de Gundlach neste momento de intensa tristeza. Ele jamais será esquecido, pois o reconhecimento do seu trabalho segue fincado em artistas que tiveram a honra de trabalhar ao seu lado e nos alunos que perpetuam sua paixão pela dedicação à cultura e arte.

Conselho Estadual de Cultura da Bahia

Assessoria de Comunicação

Museu Carlos Costa Pinto divulga programação cultural de outubro

Filme O Amor nasceu em Paris (1952) integra a programação do mês de outubro do Museu

O Museu Carlos Costa Pinto divulga sua programação para outubro, que reúne oficinas, brincadeiras infantis e cinema. O Museu é uma das 15 instituições apoiadas pelo Programa de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), com recursos do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Entre os dias 07 e 09, o Prof. Dr. Luiz Alberto Ribeiro Freire ministrará aulas sobre Os Passos da Paixão de Cristo e suas Insígnias. Serão três aulas abordando as pinturas de José Joaquim da Rocha e as gravuras europeias dos séculos XVI e XVII. Os cursos acontecem de 16h às 18h e o investimento é de R$ 50. As inscrições podem ser feitas através do e-mail: cultural@museucostapinto.com.br

A partir do dia 15, será apreciar os famosos clássicos do cinema na programação da Matiné do Museu. O primeiro filme será o musical O Amor nasceu em Paris (1952). Já no dia 22, será exibido o filme Candelabro Italiano (1962), e para encerrar, no dia 29, o museu exibe Ciúmes, Sinal de Amor (1949). As sessões começam às 15h e os ingressos custam R$ 8.

Dando continuidade ao projeto Cirandando Brasil, no dia 31, a pesquisadora Nairzinha segue com a iniciativa de resgatar o hábito de cantar cantigas de roda e brincadeiras, ministrando, assim uma oficina por ocasião do mês das crianças, que devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis durante as aulas. A atividade que será gratuita acontecerá de 15h às 17h.

Sobre o Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.

PROGRAMAÇÃO

•| MATÉRIA COMPLETA »

Páginas: Anteriores 1 2 3 ... 14 15 16 17 18 19 20 ... 62 63 64 Próximas