Girando




Busca por Data
julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Editoria ‘Saúde’

Prefeitura de Ilhéus debate Plano Municipal de Saúde

SEC MUN SAÚDE ILHÉUS FOTO DIVULGAÇÃO SECOM

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e Conselho Municipal de Saúde, vão realizar uma reunião ampliada para debater o Plano Municipal de Saúde (PMS). O evento acontecerá na próxima quinta-feira, 27, das 8 às 14 horas, no auditório do escritório local da Ceplac, na praça Cairu.

No encontro será feito o levantamento de proposta para o Plano Municipal de Saúde. O PMS é um documento que reúne e organiza as propostas de ações do governo municipal para a área de saúde, oferecendo soluções relacionadas às necessidades e aos problemas da população local. Exigência legal, configura-se como instrumento que considera metas e resultados a serem atingidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no período de quatro anos.

O Plano Municipal de Saúde considera ainda as diretrizes gerais definidas para a política da saúde nas esferas nacional e estadual. O PMS atua como guia para a secretária municipal de Saúde tomar as suas decisões e planejar ações.

Segundo o prefeito Mário Alexandre, esse é um importante mecanismo de aperfeiçoamento da saúde, que permite a participação da população apresentando seus anseios e necessidades. “Tudo pode ser melhorado e o que precisa mudar precisa ser planejado”, completou.

Inscrições para a reunião – Para participar, os interessados devem se dirigir à sede da Sesau hoje dia 25, das 08 às 12 horas. A secretaria municipal de Saúde fica na Rua Vereador Marcos Paiva, nº 291, no bairro Cidade Nova, em Ilhéus.

Pioneiro no país, Conjunto Penal de Itabuna distribui kits de higiene com controle biométrico

Foto Divulgação

O Conjunto Penal de Itabuna (CPI) está distribuindo kits de higiene pessoal e colchões controlados por um sistema de biometria para os internos que cumprem pena na unidade. O presídio itabunense é o primeiro do país com esse sistema. A iniciativa é do Governo do Estado, que faz a administração da unidade em sistema de cogestão com a empresa Socializa Brasil, como forma de assegurar a transparência em todas as ações que desenvolve. A primeira distribuição 100% controlada está sendo feita no presídio desde o dia 18 de julho.

De acordo com o diretor do CPI, capitão PM Adriano Jácome, essa é uma forma de melhor atender ao princípio da transparência, uma vez que pelo antigo modelo, de controle por assinatura, há brechas para burlas, como troca de nomes, o que prejudica a universalização dos direitos e isonomia no tratamento da população carcerária.

“Para nós, enquanto órgão de Estado, cumprir a Lei da Transparência em todos os aspectos é uma obrigação. Esse é o princípio que temos aplicado aqui, através da parceria com a empresa Socializa, que operacionaliza o sistema. Como agente fiscalizador, temos orgulho do pioneirismo e do cumprimento a esse preceito, tão caro à democracia, que é a transparência na execução das ações públicas”, observa o diretor Adriano Jácome.

Compromisso

Ao longo dessa semana, estão sendo distribuídos com certificação digital de identidade itens como colchões novos e produtos de higiene pessoal. Assim como na distribuição dos kits, o controle biométrico também é utilizado para o acesso de visitas dos internos na unidade prisional. Além disso, a entrega de materiais de trabalho e equipamentos de proteção individual (EPIs) aos colaboradores do CPI também serão auditados por biometria.

O controle biométrico é elogiado pelos internos, a exemplo de J.G, que destaca o caráter de justiça que o novo sistema proporciona. “É importante, porque há um controle maior. Eu tenho cuidado com minhas coisas, mas nem todos são assim. Então, também cria um compromisso de nossa parte, de conservação, porque tudo fica documentado”.

Junta Médica Específica dialoga sobre saúde dos servidores

A Junta Médica Específica se reuniu com representantes da secretaria municipal de Saúde (Sesau), na sede do órgão, para tratar de assuntos referentes à saúde física e mental dos servidores e colaboradores da pasta. O encontro buscou soluções para que os trabalhadores da saúde sejam melhor assistidos nas marcações de seus exames, recuperando assim a capacidade de retorno ao trabalho, de forma saudável e plena.

A Junta Médica Específica atende ao que determina os artigos 30 e 229, da Lei Municipal Nº 3.760/2015, que estabelece o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Ilhéus. Entre outras atribuições, a Junta é responsável pela emissão do Laudo Médico de Sanidade e Capacidade Física dos servidores efetivos da saúde da Prefeitura de Ilhéus.

Os profissionais saíram da reunião bastante otimistas com a proposta de manter esse diálogo aberto e permanente com os servidores. Segundo os participantes, esta postura vai refletir diretamente na ponta do processo, com a qualidade do atendimento à população desenvolvido por profissionais aptos, além de elevar a autoestima e o bem-estar desses servidores.

Mutirão de Cirurgias inicia atendimento na região de Candeias

Moradores de seis municípios da região de Candeias começam a ser atendidos pelo Mutirão de Cirurgias a partir de terça-feira (25). A iniciativa do Governo da Bahia, viabilizada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), tem como objetivo auxiliar na redução da fila de espera, atendendo aos pacientes com agilidade e segurança.

Mutirão de cirurgias eletivas em Camaçari. Foto: Camila Souza/GOVBA

As consultas pré-operatórias serão realizadas em unidades móveis estacionadas na Praça Dr. Gualberto Dantas Fontes, no centro de Candeias, a partir das 7h, até sexta-feira (28). A equipe tem capacidade de atender 200 pacientes por dia. Nesta etapa, além de Candeias, serão contemplados os municípios de Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Saubara.
São disponibilizadas cirurgias de hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia total e vesícula. Para ser atendido, o paciente deve comparecer ao local das consultas com carteira de identidade (RG), CPF, cartão do SUS e comprovante de residência.
Os pacientes que farão cirurgia de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Quem for passar pela histerectomia deve levar resultados de exame preventivo. Além disso, é necessário apresentar resultados de exames laboratoriais e outros que tiverem.
Os procedimentos cirúrgicos serão feitos a partir do dia 5 de agosto, no Hospital Ouro Negro, no bairro Santa Terezinha, também em Candeias. O paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência.
Caso não tenha realizado o cadastro prévio, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de uma das cirurgias oferecidas, o paciente pode se dirigir ao local das consultas pré-operatórias, munido dos documentos exigidos.

Rui anuncia ampliação do Hospital do Oeste com serviço de oncologia e retomada da UPA

O governador Rui Costa anunciou em Barreiras a ampliação do Hospital do Oeste, com a construção de 88 novos leitos e um investimento de R$ 15 milhões, entre obras e equipamentos. Serão criados 20 leitos novos de UTI, 62 de enfermaria cirúrgica, três de UTI Neonatal e três de Pré-Parto, Parto e Pós-Parto Atualmente a unidade conta com 193 leitos e se tornará a maior hospital do interior da Bahia.

O governador também anuncia a implantação de serviço de hemodinâmica, cardiologia e cirurgia cardíaca, bem como o serviço de oncologia ambulatorial, com 12 leitos de quimioterapia. Rui anunciou ainda a retomada das obras da Unidade de Pronto Atendimento do município, com investimentos de R$ 4 milhões. “Com essas obras, haverá um melhoria significativa do atendimento de saúde que vai beneficiar a população de toda a região oeste do estado”, ressaltou o governador.

Rui viajou nesta quinta-feira (dia 19) para Barreiras, onde participou de reunião do programa Pacto pela Vida. Durante a reunião, foi divulgado que, de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano, a Região Integrada de Segurança Pública Oeste (Risp Oeste) apresentou uma redução de 7,8% no número de homicídios.

APM – Nota de repúdio à declaração do Ministro da Saúde

Em momento de profunda crise que atinge todos os segmentos da sociedade, é com perplexidade e indignação que a Associação Paulista de Medicina recebe a declaração do ministro da Saúde, Ricardo Barros, de que a adoção da biometria nas unidades de saúde do País fará “…o médico parar de fingir que trabalha”.

A irresponsável afirmação evidencia que o Governo escolhe novamente os médicos como responsáveis pelas mazelas da saúde. Em um sistema de saúde subfinanciado, condenado recentemente a ter os recursos congelados por 20 anos, com estrutura sucateada, escassez de insumos, de recursos humanos multidisciplinares, os médicos brasileiros, ao contrário da visão distorcida do senhor Ricardo Barros, cumprem com honradez e excelência seu papel, oferecendo aos cidadãos o melhor de suas habilidades, cuidado e humanismo.

Tivéssemos uma gestão séria e de fato compromissada em atender às necessidades sociais, não veríamos na linha de frente do atendimento situações gravíssimas, como urgências e emergências lotadas de cidadãos em estado grave, precisando de internações, UTI etc. Enquanto os pacientes sofrem com a falta de vagas, de acesso, de medicamentos, com questões estruturais e tantos outros problemas não equacionados pela pasta da saúde, os médicos fazendo o melhor, inclusive se expondo a decidir quem deve ser assistido em primeiro lugar e quem permanece aguardando, o que em vezes significa vidas em potencial risco.

O profissional médico, vale lembrar, dedica anos de sua vida e considerável investimento à formação profissional, já sabendo que seu ofício terá percalços de todos os gêneros. Mesmo assim, segue em frente por acreditar no Juramento de Hipócrates; o faz por gostar de gente e valorizar o bem estar do próximo.
Quando vai para a linha de frente do atendimento, principalmente na rede pública, conhece de antemão as adversidades. Mas se apresenta porque deseja servir, da melhor forma possível, aqueles que necessitam de assistência em saúde.

Por tudo isso, a APM se solidariza com os médicos de São Paulo e do Brasil. Nossa compreensão é a de que o Governo é quem deve explicações e desculpas à Nação, pois não tem políticas consistentes, fecha os olhos às demandas da população e administra caoticamente a saúde. Da parte do Excelentíssimo Ministro da Saúde, lhe cabe, no mínimo, uma retratação pública.

Hospital da Mulher completa seis meses com mais  de 30 mil consultas e três mil cirurgias realizadas

A pedagoga Marta Rejane descobriu um câncer de mama em abril deste ano. Em busca de um diagnóstico mais confiável, ela saiu de Porto Seguro, no extremo sul do estado, para o Hospital da Mulher (HM), na capital, onde fez uma cirurgia e dará continuidade ao tratamento. “Eu fui muito bem recepcionada desde o momento que eu entrei aqui, para fazer a minha primeira consulta, até esse momento, quando ainda estou sendo acompanhada pela médica. Todos são excelentes. De médico, a enfermeiro, maqueiro, às pessoas da limpeza. Todos”.

A trabalhadora autônoma Arlete Borges mora em Camaçari (RMS) e já tinha referência do bom atendimento do hospital. Ela comemorou quando a regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) a encaminhou para fazer o tratamento de cálculo renal na unidade hospitalar. “Para mim, foi uma benção quando a Regulação me mandou para o Hospital da Mulher. Desde o primeiro dia que eu cheguei aqui, da segurança a todos, os atendimentos não têm nem número de nota. É mais do que mil. Fiz minha cirurgia com muita rapidez, e agora estou tendo acompanhamento do pós-cirúrgico”.

Em seis meses de funcionamento, o HM conquistou as pacientes com bom atendimento e eficiência. Já foram 30.718 consultas, 3.152 cirurgias e mais de 105 mil exames, incluindo biópsias, tomografias, ultrassonografias, mamografias, raio-x e procedimentos laboratoriais. O balanço superou a perspectiva da administração do hospital. “É um número além da expectativa pensada para esses esses seis meses de trabalho. Nós temos um resultado muito bom”, afirma o diretor médico do HM, Paulo Sérgio Andrade.

 

Por ser um hospital de referência, as pacientes de todo o estado são encaminhadas por meio da Regulação e do Lista Única. “As mulheres vão, inicialmente, na Unidade de Saúde do seu município, e, lá, falam sua necessidade. O município cadastra no sistema, que é o Lista Única, e encaminha as pacientes para cá, o Hospital da Mulher. Daqui, a gente dá continuidade ao atendimento”, explica a coordenadora de Atendimento, Anailza Meireles.

Atendimento às vítimas da violência sexual

Apenas as pacientes vítimas de violência sexual são atendidas por demanda espontânea. Em seis meses, foram registrados 78 casos. “Funcionamos os sete dias da semana, 24 horas. Nós temos aqui no hospital uma equipe multiprofissional, formada por psicólogo, infectologista, ginecologista, e uma equipe de enfermagem, que está disponível para atender essa mulher quando ela chega”, esclarece a coordenadora de Enfermagem, Janiely Anjos.

As pacientes também podem chegar via Regulação, por meio das delegacias ou diretamente do Instituto Médico Legal (IML). Ao chegar, as vítimas passam por um acolhimento, atendimento médico emergencial e, a partir daí, são definidas as condutas, a depender do caso. “Aqui, a gente oferece a profilaxia para o HIV e para as doenças sexualmente transmissíveis, além de acompanhamento psicológico e multiprofissional de, no mínimo, seis meses. O que vai determinar esse tempo é a melhorar clínica dela”, enfatiza a enfermeira.

MUTIRÃO DO DIABÉTICO.

Rui inaugura Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Regional de Guanambi

O governador Rui Costa estará, neste sábado (15), em Guanambi, sudoeste do estado, onde vai inaugurar, às 10h, o Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Regional de Guanambi, implantado através do sistema de parceria público-privada, e a Unidade Básica de Saúde, localizada no Bairro Lagoinha Vasconcelos. Rui também participa da inauguração da Escola Vereador João Farias Cotrim e visita a Policlínica do Consórcio Interfederativo de Saúde da Região de Guanambi.

Além disso, Rui fará a entrega de nove tratores com implementos agrícolas para associações e prefeituras dos municípios de Botuporã, Boninal, Caculé, Caetité, Mortugaba, Rio do Antonio, Palmas de Monte Alto, Guajerú e Guanambi.

ILHÉUS / NOTA DE ESCLARECIMENTO – HOSPITAL SÃO JOSÉ

PARA LER EM TELA CHEIA CLIQUE NAS DUAS SETINHAS.

Ilhéus vacina adolescentes contra HPV na última semana de férias escolares

Foto Clodoaldo Ribeiro – Secom divulgação

Desde a ampliação, no mês passado, da faixa etária de vacinação contra o Human Papiloma Virus (HPV) quadrivalente, em meninos de 11 até 14 anos e em meninas de 9 a 15 anos, no Sistema Único de Saúde (SUS), a Secretaria Municipal da Saúde (Sesau) de Ilhéus, por meio do Departamento de Vigilância a Saúde, projeta vacinar pelo menos 90 por cento dos adolescentes de todo o município até esta última semana de férias escolares.

A orientação, segundo o Ministério da Saúde, é para que meninos e meninas devam tomar duas doses da vacina contra HPV, com intervalo de seis meses e máximo de até 12 meses. Para as pessoas que têm HIV, a faixa etária é de 9 a 26 anos e o esquema vacinal é de três doses (intervalo de 0, 2 e 6 meses). Os pacientes com HIV precisam apresentar prescrição médica para receber a imunização. Esta ampliação fortalece as ações da população masculina e feminina e possibilita a prevenção da ocorrência dos cânceres de pênis, ânus, orofaringite e verrugas genitais.

Proteção – A secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, informou que o cumprimento da ação, reduzirá o impacto dos desfechos negativos em relação ao HPV na população entre os adolescentes. “A inclusão de meninos proporciona a proteção indireta das meninas, impactando nas próximas décadas o perfil epidemiológico das infecções atribuíveis ao HPV em ambos os sexos”, ressaltou. Para isso, todos os postos de saúde do município estão preparados para oferecer doses da vacina.

O HPV é uma doença sexualmente transmissível que engloba cerca de 100 vírus diferentes. A infecção é comum, atinge homens e mulheres e pode ter consequências sérias. Importante lembrar que é necessário portar o cartão de vacina e documento de identificação, além de ficar atento à data marcada na caderneta.

Santa Casa de Ilhéus vai reestruturar hotelaria do Hospital São José e da Maternidade Santa Helena

Prefeito com Eusinio Gesteira. foto Clodoaldo Ribeiro

A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus obteve empréstimo junto à Caixa para investir na reestruturação da hotelaria do Hospital São José e Maternidade Santa Helena e quitar dívidas antigas com fornecedores. Hoje (4), o provedor Eusínio Lavigne garantiu que a operação só foi possível, graças a decisiva participação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e da secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira.

Os recursos liberados foram obtidos através da linha de crédito “Caixa Hospitais”, destinada às entidades filantrópicas. Como o desconto da prestação será feito na fonte, ou seja, o dinheiro nem passará pelas mãos dos gestores da Santa Casa, por isso era preciso ter uma autorização do prefeito – já que no município a saúde é municipalizada – para a consolidação da operação bancária. “Eles deu a declaração, mostrando o seu perfil de gestor que quer o bem da cidade e de suas instituições”, disse Eusínio.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Papo Saudável. Não deixe de assistir!!!

Neste programa Cezar Leite foi pra Itabuna conversar sobre o famoso Mutirão do Diabético com o médico Rafael Ernane, do Hospital de Olhos Beira Rio (HOBR) e Associação dos Diabéticos de Itabuna (Asdita), responsável pela realização do Mutirão.

IMPORTANTÍSSIMO!!!!

Rui inaugura Ala Pediátrica do Hospital de Eunápolis e acompanha entrega de óculos do programa Oftalmóvel

Nesta quinta-feira (29) à tarde, às 15h, em Eunápolis, no extremo sul da Bahia, o governador Rui Costa inaugura a Ala Pediátrica do Hospital Regional de Eunápolis. Em seguida, às 16h, o governador acompanha as ações do Programa Saúde sem Fronteiras, no Rotary Club, na Avenida Princesa Isabel, no bairro Pequi, onde ocorre a Feira da Cidadania Oftalmóvel, com a entrega de óculos para a população de baixa renda que passaram por avaliações oftalmológicas. Rui também assina termo para asfaltamento de 225 mil metros quadrados em 106 ruas da cidade.

Transferida data de mutirão no Centro de Convenções

A edição do programa “Mais Saúde e Mais Alegria”, que reúne prestação de serviços gratuitos à população através das secretarias municipais de Saúde (Sesau) e Desenvolvimento Social (SDS), em Ilhéus, que estava prevista para acontecer nos dias 29 e 30, no Centro de Convenções, foi adiado pela organização. Neste período acontece no mesmo local o Encontro Estadual das Assembleias de Deus da Bahia e não haverá espaço para realização de evento simultâneo. Uma nova data será anunciada nos próximos dias pela Prefeitura de Ilhéus.

O programa “Mais saúde, mais alegria” tem o objetivo de facilitar que a população tenha mais acesso à prestação de serviços nas áreas de saúde e assistência social, ofertando atendimentos médico e odontológico, preventivos, aplicação de vacinas, aferição da pressão arterial, solicitação de exames de mamografia, realização de testes de glicemia, HIV e hepatite, pesagem de crianças cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal. Além disso, acontecem palestras em educação e saúde que visam conscientizar a população sobre a prevenção de doenças.

Nas últimas semanas, estes serviços já contemplaram diversas localidades rurais, a exemplo de Lagoa Encantada, vila Juerana, Condomínio Sol e Mar, Banco do Pedro e Carobeira. As próximas ações estão programadas para os meses de julho e agosto, na zona rural de Ilhéus: 6/7, Castelo Novo; 13/7, São José; 20/7, Ponta da Tulha; 27/7, Maria Jape; 03/8, Vila Olímpio; 10/8, Retiro; 17/8, Ponta do Ramo; 24/8, Serrado e 31/8, Cascalheira.

 Sesau realiza Programa “Mais saúde, mais alegria” nos dias 29 e 30, no Centro de Convenções de Ilhéus

Com o objetivo de facilitar que a população tenha mais acesso à prestação de serviços nas áreas de saúde e assistência social, as secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social de Ilhéus realizam nos dias 29 e 30, no Centro de Convenções Luiz Eduardo Magalhães, situado na Avenida Soares Lopes, o programa “Mais saúde, mais alegria”. Todas essas ações são acompanhadas por equipe multiprofissionais do município.

Mutirão. Foto Clodoaldo Ribeiro.

Na oportunidade, serão disponibilizados atendimentos médico e odontológico, preventivos, aplicação de vacinas, aferição da pressão arterial, solicitação de exames de mamografia, realização de testes de glicemia, HIV e hepatite, pesagem de crianças cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal. Além disso, acontecem palestras em educação e saúde que visam conscientizar a população sobre a prevenção de doenças.

 A secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, ressaltou que serviços idênticos já contemplaram diversas localidades rurais, a exemplo de Lagoa Encantada, Vila Juerana, Condomínio Sol e Mar, Banco do Pedro e Carobeira. “Cada local tem data específica para o atendimento que ocorre na unidade ou posto de saúde. É importante que a população de cada área verifique a data em que a equipe irá oferecer os serviços na comunidade, de acordo com o cronograma previamente elaborado”.

Cronograma – Elizângela Oliveira destacou ainda que as ações sempre ocorrem todas as quintas-feiras, agora nos meses de julho e agosto, na zona rural de Ilhéus: 6/7, Castelo Novo; 13/7, São José; 20/7, Ponta da Tulha; 27/7, Maria Jape; 03/8, Vila Olímpio; 10/8, Retiro; 17/8, Ponta do Ramo; 24/8, Serrado e 31/8, Cascalheira.

CAMPANHA / DOE SANGUE

GRANDE DIA!

Estado amplia número de cirurgias eletivas e ortopédicas em Senhor do Bonfim

Foto Divulgação_Sesab

A partir do mês de julho, o município de Senhor do Bonfim, distante 365 quilômetros da capital, realizará cerca de 200 novas cirurgias, por mês. Isso será possível devido a um convênio entre o Governo do Estado e a prefeitura, cujo investimento estadual será de até R$ 250 mil mensais, pelos procedimentos ortopédicos, histerectomias, hérnias, dentre outras.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que visitou o município nesta sexta-feira (16), o governador assinará o contrato na visita que fará à localidade, nos próximos dias. “Estamos fortalecendo e ampliando a assistência à saúde na região. Dessa forma, o paciente não precisa se deslocar grandes distâncias, como vinha ocorrendo”, afirma o secretário.

Ainda segundo o titular da pasta da Saúde, o município de Senhor do Bonfim é referência para uma região que engloba 400 mil habitantes, o que significa que o hospital municipal deve se tornar mais resolutivo e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que está em construção, precisa ser finalizada em breve para fortalecer a rede assistencial. “Um relatório detalhado sobre as unidades de saúde e o potencial delas será entregue ao governador, a fim de subsidiar a decisão sobre a forma e o tamanho dos novos investimentos estaduais”, explicou Vilas-Boas.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 33 34 35 Próximas