Editoria ‘Saúde’

Empresas de ônibus apoiam campanha

Novembro Azul em Itabuna

aetu mutirão   onibus itabuna azul  diabéticosA Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (AETU) aderiu à campanha Novembro Azul, que busca chamar a atenção para a prevenção do diabetes, uma das doenças que mais provocam amputações e  vítimas fatais em todo o mundo.

Desde o final de semana,  cerca de cem ônibus das empresas São Miguel e Rio Cachoeira estão circulando  com banners da campanha Novembro Azul, com mensagens sobre os riscos dos diabetes. Além disso, motoristas e cobradores das duas empresas estão usando símbolos com a cor azul. De acordo com o diretor da  Viação Rio Cachoeira, “mais de um milhão passageiros circulam pelos coletivos, o que dá uma grande visibilidade à campanha”. “Essa é uma campanha que tem uma repercussão nacional e é importante que todos contribuam para que as pessoas conheçam os riscos e saibam como prevenir o diabetes”, diz o diretor da Viação São Miguel, Isaias Freitas.

A campanha Novembro Azul terá seu ponto alto no próximo  dia 9, com a realização do Mutirão do Diabético de Itabuna, promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna. O Dr. Rafael Andrade, coordenador do Mutirão,  destaca o apoio das empresas de ônibus, “que dão um belo exemplo de responsabilidade social” e diz que “a participação da sociedade organizada vem sendo fundamental para que Itabuna se consolide como a capital nacional na prevenção do diabetes”.

DT.

LUZ AZUL contra o Diabetes

01_Outdoor - Novembro Azul

Comércio apoia Mutirão do Diabético e entra na campanha Itabuna Azul

As quatro entidades representativas do comércio, indústria e prestação de serviços em Itabuna decidiram se integrar à campanha Novembro Azul, que terá seu ponto alto no próximo dia 9, com realização do Mutirão do Diabético, promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna. Num encontro realizado no auditório da CDL, a Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Comercial e Industrial de Itabuna, Sindicato do Comércio Varejista e Associação das Pequenas e Micro Empresas confirmaram o apoio, que garante a colocação de iluminação azul em postes nas avenidas do Cinquentenário e Juracy Magalhães, na rua Paulino Vieira e no Calçadão da rua Rui Barbosa, principais artérias comerciais da cidade.

O anuncio foi feito com a presença dos dirigentes das instituições, lojistas, do coordenador do Mutirão do Diabético Dr. Rafael Andrade, dos diretores do HOBR Dr. Ronaldo Netto e Dr. Wandick Rosa, do secretário de Indústria e Comércio de Itabuna, José Humberto Vieira e do vereador Cesar Brandão, representando a Câmara Municipal. Uma apresentação em vídeo mostrou a dimensão do Mutirão do Diabético, considerado o maior evento do gênero no Brasil e que em 2013 deve chegar a 15 mil atendimentos.

Para o presidente da CDL, Jorge Braga, “o Mutirão do Diabético é uma campanha voltada para a comunidade e o comércio apoia iniciativas que cuidam da saúde das pessoas”. “Ficamos felizes em ver Itabuna reconhecida por uma ação social que é exemplo para outras regiões e estamos juntos nessa luta pela prevenção do diabetes”, afirma o presidente da ACI, Luiz Ribeiro.

A CIDADE MAIS AZUL DO BRASIL

O presidente do Sindicom, José Adauto, destaca que “a sociedade organizada tem que participar de campanhas como essa, que benefociam milhares de pessoas”. “Trata-se de um evento que envolve toda a cidade, um grande exemplo de solidariedade e cidadania”, diz o diretor da APEMI, Tarcisio Soares. “A Prefeitura de Itabuna sempre está presente em campanhas que unem a cidade e atendem a população carente, como o Mutirão do Diabético”, ressalta o secretário José Humberto Vieira.

Bastante emocionado, o coordenador do Mutirão do Diabético, Dr. Rafael Andrade, afirma que “é gratificante ver a cidade mobilizada em torno de uma causa. Temos a certeza de que em novembro Itabuna será a cidade mais iluminada de azul em todo o Brasil”. “Agradeço a todas as pessoas e instituições que fazem do Mutirão uma referência mundial na prevenção do diabetes”, disse o Dr. Rafael, destacando que a experiência do evento realizado em Itabuna está sendo levada para todas as capitais do Norte/Nordeste através da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

Lançamento do Novembro AZUL em Itabuna

AZUL_RAFAEL_2

Em reunião que aconteceu às 19 horas desta quinta, ontem dia 31, no auditório Milton Veloso na sede da CDL, na avenida do Cinquentenário, as ENTIDADES DO COMÉRCIO tais como a A CDL, a Associação Comercial, SINDICOM e APEMI vão anunciaram que as principais artérias comerciais da cidade, como Cinquentenário, Paulino Vieira e Juracy Magalhães, vão receber iluminação especial em azul (700 metros mangueiras luminosas azuis em todos os postes), que é a cor do projeto.

Os presidentes Jorge Braga, da CDL, Luiz Ribeiro, da ACEI, José Adauto, do SINDICOM e Paulo Costa (representando po Tarciso Soares, da APEMI, recepcionaram em coquetel os representantes do Hospital Beira-Rio, Rafael Andrade (líder do movimento) Ronaldo Netto e Wandick Rosa, bem como a direção da ASDITA (Enf Tânia), autoridades e imprensa. Os quatro dirigentes prometem mobilizar os associados de suas entidades no sentido de contar com a participação de todos no projeto social.

Itabuna na semana do Mutirão Do Diabético de Itabuna vai se preparando para ser uma das cidades mais AZUL do Brasil!

Isto é uma prova de como Itabuna se mobiliza de forma tão emocionante nesta causa!!!

Rins de porco poderão ser uma opção para transplantes

Representantes da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI), marcaram presença no XIII Congresso Brasileiro de Transplantes da (Associação Brasileira de Transplantes e Órgãos), realizado recentemente no Rio de Janeiro. O evento teve como principal objetivo discutir o futuro dos transplantes de órgãos. Leia abaixo artigo de autoria da equipe da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna:

 Duas linhas de pesquisa, apresentadas no XIII Congresso Brasileiro de Transplantes da Associação Brasileira de Transplantes e Órgãos (ABTO) ocorrido de 12 a 15/10/13 no Rio de Janeiro, nortearão o futuro dos transplantes de órgãos: a reengenharia – que repõe células sadias sobre uma espécie de“chassis” de órgãos antigos e/ou os xenotransplantes - que adéqua órgãos provenientes de animais (em geral porco) para  humanos, segundo conferencistas do congresso: Dr. Joseph Tector e Dr. Stefan Tullius dos USA.

Atualmente nota-se tendência a estagnação no número de transplantes a nível mundial, pois esbarra na disponibilidade limitada de doadores; daí a importância de encontrar fontes alternativas de órgãos. A relevante conferência da Enfª Linda Ohler (EUA) sobre o processo de enfermagem no transplante renal nos conduz a um olhar diferente sobre a prática da enfermagem no transplante renal, com ênfase no registro e análise continua das informações.

•| MATÉRIA COMPLETA »

O NOVEMBRO AZUL ESTÁ CHEGANDO!

O NOVEMBRO AZUL ESTÁ CHEGANDO!
ILUMINE SUA CASA OU SUA EMPRESA E ENTRE NA CORRENTE!
Mutirão do Diabético 2013

OUTDOOR DUPLO NOVEMBRO AZUL (MOD1)

Homem com leucemia aguda precisa de doação de sangue

Por 

Itabuna – Ailton Souza de Carvalho Filho, de 28 anos, sofre de leucemia aguda e precisa de doação de sangue. O paciente passa por tratamento de quimioterapia no Hospital São Lucas. O pai dele, Ailton Carvalho, conta que as doações podem ser de qualquer tipo sanguíneo.

Aqueles que puderem doar sangue, devem comparecer ao Banco de Sangue, localizado no Hospital Calixto Midlej, e informar o nome do paciente para o qual estão doando.

Quem pode doar

-Pessoas com boas condições de saúde
-Ter idade entre 18 e 67 anos, ou adolescente a partir de 16 anos acompanhado de pessoa responsável
-Ter peso igual ou maior a 50 quilos
-Comparecer ao Banco de Sangue munido de documento de identificação com foto
-Estar alimentado

ILHÉUS / Hospital Regional

Em 16/8 foi publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia, edição 21.211 – Sucab
Objeto : Obra de Reforma e ampliação da Emergência do HGLVF
A empresa vencedora foi a Construtora Momento Ltda.
O valor da obra é de R$5.838.467,22
E o prazo de execução de 300 dias corridos.

Hospital Regional Luis Viana Filho.

Hospital Regional Luis Viana Filho.


Ontem dia 3/10/2013 compareceram os representantes da Construtora Momento srs Gustavo Mustafa da área de Engenharia e Sérgio Lombardi de Contratos.
Os referidos senhores mantiveram conversações e entendimentos com os diretores do HGLVF Drs. Julio
Gusmán e Dr Gustavo Boniares e Sra Simone do Planejamento.
As estimativas para a instalação do Canteiro de Obras é de 10 a 15 dias, terá 80m2 aproximados e a obra deve começar o mais rápido possível.


AI/HRLVF

Fundamentos da Oncologia

O câncer continua sendo o maior desafio da medicina, embora imensos recursos financeiros, tecnológicos e humanos estejam à disposição da pesquisa médica. Essa doença tem sido responsável por grande parte das causas de morte no mundo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estimou que, no ano 2030, podem-se esperar 27 milhões de casos incidentes de câncer. Nesse sentido, a prevenção e o controle do câncer precisam adquirir o mesmo foco e a mesma atenção que a área de serviços assistenciais, pois, quando o número de casos novos aumentarem de forma rápida, não haverá recursos suficientes para dar conta das necessidades de diagnóstico, tratamento e acompanhamento.

 

Oncologia

Oncologia

Devido a esta problemática, a Faculdade Madre Thais promove o Curso Fundamentos da Oncologia,  que será aplicado aos profissionais e estudantes da área da saúde, com o propósito de transmitir o conhecimento básico e geral sobre o câncer. O curso será constituído por dois módulos com temas diferenciados e correlacionados a oncologia geral, ministrados por colabores médicos e biomédicos, com carga horária de 30 horas, nos dias 18, 19, 20 de outubro (Módulo I) e nos dias 09 e 10 de novembro (Módulo II). As inscrições podem ser realizadas pelo site  www.fmt.com.br, bem como na Secretaria Acadêmica da Faculdade. Participem!

SEMANA DO CORAÇÃO / ALIMENTOS QUE FAZEM BEM AO CORAÇÃO

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o infarto e o derrame são as principais causas de morte em todo o mundo e respondem por mais de 17,5 milhões de óbitos a cada ano. Os números também impressionam no Brasil e as doenças cardiovasculares atingem a marca de 400 mil mortes anualmente. Com o objetivo de minimizar esses números, na próxima semana, diversos estados do país organizam a Semana do Coração, campanha educativa que visa conscientizar a população sobre os cuidados para evitar as doenças cardiovasculares.

Diversos hábitos como tabagismo, sedentarismo, estresse e má alimentação são fatores de risco que podem desencadear as doenças do coração. Diante do cenário, a nutricionista Adriana Bassoul, do Sítio do Moinho, principal produtor de orgânicos do país, preparou uma lista com alguns alimentos que preservam a boa saúde do coração. “Uma alimentação balanceada é muito importante para manter a saúde do coração e os produtos orgânicos são ainda melhores para um prato super saudável”, afirma Adriana.

Confira a lista de alimentos bons para o coração:

1 –  Azeite, Linhaça, Nuts e Abacate - são exemplos de boas gorduras. Ricas em ômegas 3, 6 e 9, elevam as taxas do bom colesterol – HDL e previnem a formação de coágulos e plaquetas nos vasos sanguíneos. Especialmente a Linhaça é rica em Fibras que ajudam na redução das taxas de colesterol no sangue. Em relação as Nuts, as melhores são as in natura, SEM SAL!!

2 –  Frutas Vermelhas e Suco de uva – Possuem alto teor de flavonoides. O Suco de uva é rico em resveratrol. Essas substâncias são antioxidantes e inibem a formação de plaquetas de gordura no sangue, favorecendo o fluxo de oxigênio, dióxido de carbono e nutrientes essenciais, evitando a formação de coágulos e contribuindo para o equilíbrio da pressão arterial.

3 –  Chá Verde e Brócolis – São alimentos ricos em flavonoides, poderosos antioxidantes para o organismo e auxiliam no combate aos radicais livres.

4 –  Alho – Fonte de alicina, uma substância vasodilatadora que previne doenças cardiovasculares.

Mais Médicos, ou mais saúde?

* Antonio Carlos Lopes

O Governo Federal insiste em elevar o Programa Mais Médicos ao patamar de remédio milagroso para a saúde pública, a despeito das inúmeras falhas apresentadas desde que foi anunciado pela presidente Dilma Rousseff, em julho, na forma da Medida Provisória (MP) 621/2013. A MP prevê, entre outros itens, a vinda de profissionais formados fora do Brasil sem um exame para comprovar a capacitação, e a criação de serviço civil obrigatório para os acadêmicos de Medicina, equívocos que são ameaças ao bem-estar da sociedade civil.

Em uma equação em que o interesse político é prioridade, a qualidade do atendimento à população fica em último plano. A insistência na falsa premissa de que trazer mais médicos resolverá o problema de assistência é um embuste. Coisa de quem está acostumado a ver a saúde pública de longe, apenas pela janela de gabinetes luxuosos.

Quem trabalha ou é atendido no SUS (Sistema Único de Saúde) sabe que o cenário é outro: não há infraestrutura mínima para assistência humanística. Lamentavelmente, nossos governantes estão criando duas medicinas no Brasil, uma para os pobres e outra para os ricos. Os primeiros tem que se contentar com médicos que chegam ao nosso país sem a revalidação do diploma, portanto sem a comprovação de seus conhecimentos, e com a estrutura precária do SUS. Já os mais abastados são atendidos pelos profissionais competentes, fazendo uso dos últimos tratamentos da Medicina e de tecnologia de ponta.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus

A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE ILHÉUS VOLTA A ATENDER AOS BENEFICIÁRIOS DO PLANSERV A PARTIR DE PRIMEIRO DE OUTUBRO.

O RETORNO DO ATENDIMENTO DO PLANSERV PELA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE ILHÉUS SE DEVE A UMA COMUNHÃO DE ESFORÇOS DE PESSOAS ABNEGADAS COMPROMETIDAS COM A SAÚDE E BEM-ESTAR DOS SEUS SEMELHANTES.

A Diretoria da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, mantenedora do Hospital São José e Maternidade Santa Helena, por seu provedor Eusínio Lavigne Gesteira, vem a publico agradecer a todos que contribuíram para a renovação do credenciamento deste importante Plano de Saúde, PLANSERV, que abriga em Ilhéus mais de 15.000 mil usuários. E em especial, agradecer a decisiva participação destes dois amigos da SAÚDE e colaboradores desta Santa Casa M. de Ilhéus, Deputada Estadual Ângela Souza, e o Deputado Federal Dr. Antonio Brito, membro da Comissão Parlamentar de Saúde da Câmara dos Deputados em Brasília, que assumiram e cumpriram a promessa de viabilizar os meios legais que tornaram possível a regularização de pendências burocráticas e legais, como a exigência de certidões negativas, que dificultavam a habilitação desta entidade para ingressar na rede de credenciados do PLANSERV.

(E) Provedor  Eusinio Lavigne        -    Deputado Federal Dr. Antonio Brito

(E) Provedor Eusinio Lavigne – Deputado Federal Dr. Antonio Brito

Os esforços desses dois abnegados parceiros revelam o comprometimento que eles têm com todos os seus semelhantes, notadamente com os beneficiários do PLANSERV de Ilhéus e cidades circunvizinhas, que passarão a contar a partir de 1º de outubro de 2013, com todos os serviços oferecidos pelo Hospital São José e Maternidade Santa Helena.

O nosso muitíssimo obrigado, amigos, pela conquista desta importante vitória que não é só da Santa Casa de M. de Ilhéus, e sim de todos: diretoria, funcionários, médicos, colaboradores, beneficiários do PLANSERV e da população regional como um todo.

PROJETO DE LEI DETERMINA QUE ACADEMIAS INFORMEM SOBRE OS PERIGOS DOS ANABOLIZANTES

O Projeto de Lei n° 119/2013, apresentado no dia 13 de agosto pelo vereador ilheense Fábio Magal (PSC), vai exigir que academias de ginástica, centros esportivos e estabelecimentos comerciais de nutrição esportiva informem seus clientes sobre os perigos que representam o uso de anabolizantes. As advertências deverão ser afixadas em cartazes explicativos.

Se for aprovado na câmara de vereadores, os estabelecimentos de Ilhéus terão o prazo de 60 dias (a partir da publicação da lei) para se adequar às exigências.

O projeto também determina que o poder executivo municipal inclua nas campanhas de combate ao uso de drogas, a divulgação sobre os prejuízos que os anabolizantes podem causar à saúde.

http://fabiomagal.com.br/projeto-de-lei-determina-que-academias-informem-sobre-os-perigos-dos-anabolizantes/

Drogas / Prevenção / Palestra

drogas cartaz palestra

ILHÉUS / Hospital Regional

A Direção do HGLVF registra a vinda da equipe da SESAB/SUPERH/CGPP composta pelas funcionárias Iaponira Quadros Silva, Jucélia Fernandes dos Santos e Káthia Maria Silva Bastos (Tec.Administrativa), pela 2ª vez, fato esse ocorrido no período de 06 a 09/08/13 inclusive, com o objetivo de desenvolver a instrução dos processos de aposentadoria, esclarecendo os servidores de nossa unidade os procedimentos usuais e normais para possibilitar uma maior celeridade .

REGIONAL 01

REGIONAL 01


REGIONAL JULIO 02

Nossos servidores estão bastante agradecidos pelas instruções transmitidas pelos funcionários oriundos da SESAB e para nossa satisfação essas servidoras também manifestaram agradecimentos pela acolhida e a felicidade com a experiência vivida e mais ainda se colocaram a disposição para juntos elas e nós com um objetivo único e final agilizar para consumação das aposentadorias levando a satisfação para todos.

Jorge Solla destaca parceria entre Estado e Ilhéus

Para o secretário de Saúde do Estado, a parceria empreendida com o prefeito Jabes Ribeiro e com as instituições de saúde locais promove maior qualidade no atendimento à população.

 

Inauguração da UTI do Hospital de Ilhéus com o Secretário de Saúde do Estado - Foto Alfredo Filho (Secom Ilhéus).

Inauguração da UTI do Hospital de Ilhéus com o Secretário de Saúde do Estado – Foto Alfredo Filho (Secom Ilhéus).

O secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, destacou, durante a inauguração da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Ilhéus, na tarde desta sexta-feira, dia 26, a parceria que vem sendo empreendida com o prefeito Jabes Ribeiro e as instituições de saúde locais no sentido de promover mais oportunidades no atendimento de qualidade à população. A unidade conta com oito leitos instalados, mas possui capacidade para dezesseis.

Estavam presentes na solenidade de inauguração, o vice-prefeito de Ilhéus e secretário de Indústria e Comércio, Carlos Machado (Cacá), a secretária municipal de Saúde, Ledívia Espinheira, o médico Jorge Viana e a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Adélia Pinheiro. Na ocasião, Solla citou os projetos de ampliação da emergência do Hospital Geral Luiz Viana Filho e de construção do novo Hospital Geral da Costa do Cacau, que une a Sesab, a Prefeitura e a UESC.

Dezoito novos leitos – A cidade que contava com apenas oito leitos disponíveis na UTI do Hospital Geral Luiz Viana Filho, hoje ganhou mais 18 novos leitos, sendo dez no Hospital São José da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, e oito no Hospital de Ilhéus. Segundo Solla, o que hoje ocorre em Ilhéus é fato em toda a Bahia: a triplicação do número de leitos de UTI. “Mesmo assim, a demanda por leitos de UTI ainda é grande em todo o Estado”, afirmou o secretário estadual.

Solla também afirmou que na próxima semana define com a UESC o projeto do novo hospital, a ser construído no Bairro do Banco da Vitória, que servirá como laboratório e residência médica para os alunos concluintes dos cursos de Medicina, Enfermagem e Biomedicina.

UTI Moderna – O diretor do Hospital de Ilhéus, Jorge Viana, lembrou os 75 anos de história da instituição e disse que a UTI sempre representou o sonho de seus pais, que idealizaram o projeto do hospital logo após a II Guerra Mundial. Já o coordenador médico da Unidade, Nilson Ribeiro, destacou a arquitetura moderna da UTI em salão, de cujo posto médico se pode visualizar todos os pacientes, além do monitoramento em vídeo. Ribeiro disse ainda que todos os leitos estão preparados para tratamento de hemodiálise, com monitores individuais de TV, além de especialistas em fisioterapia, psicologia, nutrologia, fonaudiologia, entre outros.

Reinauguração da UTI do Hospital São José

Fotos by Alfredo Filho

Fotos by Alfredo Filho

Fotos by Alfredo Filho

Fotos by Alfredo Filho

Veja mais FOTOS clicando AQUI e depois na seta para AVANÇAR.

Manifesto da Congregação da Escola Paulista de Medicina/ Unifesp

Rejeição da Medida Provisória nº 621 que estende o Curso de Graduação de Medicina de 6 para 8 anos.

A Congregação da Escola Paulista de Medicina/ Unifesp, reunida em 16.07.2013, rejeitou a Medida Provisória nº 621/ 2013, que altera o Curso de Medicina de seis para oito anos.

A EPM renova seu compromisso com a formação de Médicos qualificados, comprometidos com o país e com a sociedade.

Empenha-se, como determina a Resolução do Conselho Nacional de Educação/ Câmara de Educação Superior Nº 4, de 7 de novembro de 2001, em inserir seus alunos nos diversos níveis de assistência do Sistema Único de Saúde. Dá ênfase ao artigo 12, incisos VII e VIII dessa Resolução transcritos abaixo:

Art. 12. A estrutura do Curso de Graduação em Medicina deve:
VII – propiciar a interação ativa do aluno com usuários e profissionais de saúde desde o início de sua formação, proporcionando ao aluno lidar com problemas reais, assumindo responsabilidades crescentes como agente prestador de cuidados e atenção, compatíveis com seu grau de autonomia, que se consolida na graduação com o internato; e
VIII – vincular, através da integração ensino-serviço, a formação médico-acadêmica às necessidades sociais da saúde, com ênfase no SUS.

A Congregação destaca a necessidade de investimento em infraestrutura para o pleno incremento dessas ações e o fato de já estarem em implantação no sistema atual de 06 anos de graduação.

Chama a atenção para a importância da Atenção Básica em Saúde e a necessidade de ser conduzida por Médicos com formação plena, integrados em equipes Multiprofissionais da Saúde.

Finalmente, expressa seu repúdio a decisões que interferem com a graduação de alunos de medicina sem ampla discussão prévia com as Escolas Médicas, entidades formadoras e comprometidas com a Saúde no Brasil.

Prof. Dr. Antonio Carlos Lopes
Diretor

ILHÉUS / Hospital Regional

O Hospital Geral do Estado (HGE) registrou um total de 45 atendimentos de pacientes vítimas de queimaduras, sendo 19 de queimaduras diversas e 26 por explosão de bomba, entre os dias 22 e 25 de junho (até 8h30min).
O número foi um pouco menor que no mesmo período do ano passado, quando 53 pessoas receberam atendimento na unidade hospitalar vítimas de queimaduras (21) e explosão de bomba (32).

No total, foram atendidas no HGE, no mesmo período, 600 pessoas. Os casos relacionados ao São João foram registrados da seguinte forma: no sábado, dia 22, foi registrado um caso de queimadura por fogos de artifício e dois de explosão de bomba; no dia 23, domingo, foram cinco vítimas de queimaduras e 10 de explosão de bomba, e no dia 24, segunda-feira, 11 vítimas de queimaduras e 12 explosões de bomba. Hoje, terça-feira, até 8h30min, foram duas vítimas de queimaduras e duas de explosão de bomba.


HRLVF

Assistência Materno-Infantil em ILHÉUS

por  Carlos Lira*

Carlos Lira

Dentro do conceito de hierarquização e regionalização do SUS, constitui a assistência hospitalar a ATENÇÃO TERCIÁRIA em saúde. Precedem-na a ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE(APS) e a ATENÇÃO SECUNDÁRIA ou ATENÇÃO ESPECIALIZADA.

A qualidade da prestação de saúde à comunidade pelo SUS está vinculada primordialmente à eficiência do funcionamento da cadeia simples: atenção primária, secundária e terciária.

A adequada integração desse sistema – sem exclusão de nenhum deles – propicia o bem-estar mínimo necessário. Para tanto, necessária se faz a aplicação adequada e em quantitativo justo dos recursos financeiros.

No item Atenção Terciária ou Hospitalar, no quesito específico de assistência materno-infantil em ILHÉUS, deparamo-nos com uma progressiva e inexorável deterioração na qualidade da assistência às gestantes e recém-nascidos, não obstante os esforços das equipes médicas e de enfermagem disponíveis para tanto.

A deficiência notória da assistência pré-natal no município (atenção primária em saúde – APS) sobrecarrega a única maternidade em Ilhéus, transferindo para esta também a missão de prestar assistência em atenção básica, responsabilidade que é dos postos de saúde, se efetivamente estivessem com equipe multiprofissional preparada e instalações funcionando a contento. A cadeia é rompida e a qualidade de assistência à saúde da comunidade é comprometida.

•| MATÉRIA COMPLETA »

Páginas: Anteriores 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 15 16 17 Próximas