WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


Maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  






:: ‘Saúde’

CONVITE Á SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA

A Doença Falciforme (DF) é a doença genética hereditária de maior incidência no Brasil, nascem 3.500 crianças por ano com a DF e a Bahia é o estado de maior predominância. É uma Doença grave, desconhecida para muitos principalmente pelos profissionais da saúde, que pode trazer implicações sérias e até mesmo levar a morte, caso não tenha assistência adequada. O diagnóstico precoce, acompanhamento regular com equipe multiprofissional e multidisciplinar pode evitar os agravos e complicações. No mês de março/17, Ilhéus perdeu 02 pacientes vítimas da Doença Falciforme.

IMPORTANTÍSSIMO

A APEDFI – Assoc. de Pessoas com Doença Falciforme de Ilhéus sempre com o objetivo de desmistificar a DF, prestar assistência e orientação aos seus associados, familiares e amigos estar promovendo, com apoio de algumas pessoas comprometidas com a nossa luta, um momento nunca visto em nossa cidade, trazendo o curta metragem de um filme “Novembro” que fala de um jovem que sofre com essa patologia. Convidamos à toda sociedade para assistir o “curta metragem” que será exibida no Plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus, ás 18:30 no sábado, 29 de abril com entrada franca.
Agradecemos o apoio e contamos com a divulgação desse evento.⁠⁠⁠⁠

Chegou a vez dos idosos no calendário de vacinação contra Influenza H1N1

A campanha nacional de vacinação contra a influenza H1N começou na semana passada (17). Em Ilhéus, as doses então sendo administradas nos 12 postos de vacinação administrados pela Secretaria Municipal de Saúde. Na primeira semana foram vacinados trabalhadores da área de saúde, que também são classificados como grupo de risco. Já nesta semana serão vacinados os idosos.

Walkiria Cardeal, coordenadora de Imunização do Departamento de Vigilância em Saúde da Sesau, relata que a vacina protege contra os três tipos do vírus que transitam no país: A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B, e salienta a importância de que todos se previnam. Por este motivo os munícipes de Ilhéus, que não se encaixam nos grupos de risco, terão duas oportunidades para se vacinarem, no dia 13 de maio – Dia D – e na semana de 22 a 26 de maio.

Segundo estimativas do Departamento de Vigilância em Saúde espera-se atender 47.817 pessoas – público-alvo residente em Ilhéus – durante o período de campanha. Para se vacinar basta portar o cartão de vacina no momento da vacinação já que as doses estão sendo ministradas em postos distribuídos por toda cidade e zona rural, porém é preciso estar atento ao horário de funcionamento de cada unidade e a escala do perfil da vacinação da semana.

Postos de Saúde: Funcionando manhã e tarde – Posto Herval Soledade (Pontal); Urbis (Hernani Sá); CAE 3 (Antigo SESP); PSF da Conquista; Posto Dr. Euler Azaro (Teotônio Vilela);

Funcionando somente pela manhã – Posto Almiro Vinhas (Princesa Isabel); Vila Cachoeira; CSU;

Funcionando somente pela tarde – Posto Nossa Senhora da Vitória; Posto do Iguape;

Assim deve ser a vida…

Prefeito de Ilhéus viabiliza instalação de um Centro Odontológico para feirantes, ambulantes e familiares

Os cerca de cinco mil feirantes e mais os seus familiares diretos, totalizando cerca 15 mil pessoas beneficiadas – vão passar a contar com um moderno Centro Odontológico na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus. Os equipamentos de última geração foram doados, há um mês, pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), atendendo a uma antiga reivindicação do Sindicato dos Feirantes e Ambulantes de Ilhéus (Sicovfamil). No entanto, faltava um local para a instalação da estrutura de forma que facilitasse a vida dos trabalhadores beneficiados.

Assinatura de convenio com feirantes. foto Marcelo Silveira (3)

“Depois de um estudo técnico e de uma detalhada análise feita pela Procuradoria Jurídica do Município, o prefeito Mário Alexandre autorizou a cessão de um espaço no primeiro andar da Central de Abastecimento do Malhado”, informa o secretário municipal de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio Santos. As obras de adequação da sala cirúrgica e da recepção serão realizadas pelo Sesc e a previsão é de que o novo e moderno consultório seja inaugurado em 90 dias.

Ontem (19) à tarde o prefeito Mário Alexandre recebeu no gabinete do Centro Administrativo o feirante Afonso Ramos da Rocha, representando o sindicato da categoria. Ele foi agradecer o empenho do prefeito e assinar o contrato de permissão para uso do espaço. “A sua boa vontade tornou real a nossa conquista”, disse.

De acordo com Mário, a proposta dos benefícios aos filiados do Sicovfamil vai muito além de um espaço para tratamento dentário. “Vamos trabalhar para ampliar isso, oferecendo, também, atendimento médico aos trabalhadores das feiras livres de Ilhéus, próximo aos seus locais de trabalho”, assegurou.

Operação reforça higienização das Centrais de Abastecimento em Ilhéus

Além da varrição diária e da coleta de resíduos sólidos nas Centrais de Abastecimento do Malhado e do bairro Hernani Sá (zona sul),a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsub) ampliou de uma para três vezes na semana a operação de higienização das duas feiras livres em Ilhéus. O trabalho consiste em lavar e desinfetar toda a extensão das duas centrais, em especial nas áreas onde são comercializados carnes e pescados.

A ação, de acordo com o secretário Jorge Cunha, agora acontece às segundas, sextas e sábados, contando com a parceria dos próprios feirantes.Um dos dois equipamentos utilizados na operação foi recuperado graças a uma parceria do governo com os comerciantes locais. “Todo o esforço não seria válido não fosse a ampla parceria dos cerca de 1.500 feirantes da região e da própria Associação e o Sindicato dos Feirantes do Malhado”, destaca Paulo Sérgio dos Santos, secretário municipal de Indústria e Comércio (Sedic).

Feira mais atraente

Após toda a varrição, dois caminhões “hidrojatos” fazem a higienização completadas feiras livres. Os tambores disponibilizados pela Prefeitura para acondicionar os resíduos sólidos acumulados nos dias de movimento na feira também são esvaziados e a coleta encaminhada para o Aterro Sanitário do município.Treze servidores da secretaria de Serviços Urbanos participam da operação.

Paulo Silva, comerciante da região, gostou da novidade e acha que a ação valoriza o comércio e atrai mais clientes para a Central de Abastecimento do Malhado, onde atua. “Em mais de 30 anos de comércio, nunca vi uma atenção igual a esta com o feirante”, reconhece.

Todo mundo envolvido por essa causa nobre

Obras de reforma e construção de Postos de Saúde vão melhorar qualidade no atendimento ao ilheense

Localidades de norte a sul do município de Ilhéus, como Iguape, Malhado, Banco da Vitória, Nelson Costa e Nossa Senhora da Vitória, estão com obras em andamento com o objetivo de melhorar as condições de funcionamento das unidades do Programa de Saúde da Família (PSF). A previsão é de que até o final deste ano, as unidades PSF do município estejam reformadas, ampliadas ou construídas.

O Superintendente de Obras da Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra) de Ilhéus, engenheiro Rafael Castro Lima, informou que as obras das unidades no Banco da Vitória e no posto provisório que funciona na sede da associação de moradores do Ilhéus II, são custeadas com recursos do próprio município.

“Foram requeridas benfeitorias e humanização nestas unidades, devido às péssimas condições deixadas na maioria dos postos de saúde do município”, afirmou. Além da reforma do PSF existente, o Banco da Vitória vai contar ainda com a construção de uma nova unidade do PSF, com obras previstas para iniciar ainda este ano.

Fruto de uma parceria da Prefeitura com a comunidade local, o Posto de Saúde do bairro Ilhéus II, zona sul de Ilhéus, vem funcionando há anos na sede da Associação de Moradores do bairro. O ambiente estava bastante degradado. Segundo Anderson Magalhães, gerente de Engenharia e Fiscalização de Obras da Prefeitura, “o mato tomava conta do espaço, as alvenarias estavam bastante danificadas e com infiltração, parte do piso estava comprometida”. A reforma já foi concluída. Serviços de telhado e de pintura e o assentamento de cerâmica foram executados.

Problemas semelhantes

:: LEIA MAIS »

Comunicado

Prefeitura Municipal de Ilhéus
Secretaria de Saúde

Comunicado

A Conferência Municipal de Saúde, convocada extraordinariamente pelo Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus para ser realizada na manhã do dia 7 de abril, no auditório da Subseção Judiciária da Justiça Federal, não aconteceu por falta de quórum.

Os delegados, arregimentados nas pré-conferências do Conselho, não estavam presentes na ocasião.

A Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau), representada pela Superintendente Técnica e de Planejamento, Sonilda Mello, não encontrou respaldo jurídico na realização da pretendida Conferência Municipal de Saúde, por carecer de quórum para deliberações.

Conforme a determinação do prazo regulado pela lei 8.142/90, a Conferência de Saúde se reunirá com a representação dos vários segmentos sociais a cada quatro anos, disposto no parágrafo primeiro, inciso II do art. 1º da lei.

“Neste prazo, a gestão se organiza para dispor de mecanismos sociais organizados e recursos financeiros necessários para uma devida montagem. O que não aconteceu, porque além da falta de quórum, não houve o tempo necessário para a Conferência ser organizada como deve”, declarou a Coordenadora do Fundo Municipal de Saúde da Sesau, Elisângela Santos.

Caso a pretendida Conferência fosse realizada em 7 de abril, é possível verificar dois anos e três meses de antecipação em relação ao prazo regulado pela lei 8.142/90, tendo em vista que a última, realizada em Ilhéus, ocorreu em 22 e 23 de setembro de 2015.

“Chamamos o Presidente do Conselho de Saúde de Ilhéus para conversar, a fim de resolvermos esta situação, mas ele não apareceu. Quis ir direto para a reunião. Lá não tinha quórum e validade legal para ser uma conferência”, declarou a Coordenadora Elisângela Santos.

Na Resolução que disciplina o regimento interno do Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus, de nº 028/2013, não há nenhuma abordagem que trate da organização e normas de funcionamento da Conferência Municipal de Saúde, conforme determina o parágrafo quinto, do art. 1º da lei 8.142/90.

O Conselho solicitou camisas à Secretaria de Saúde, mas não houve tempo hábil para levantar os recursos, pois o órgão se encontra em fase licitatória. Informação que foi transmitida à presidência do Conselho Municipal de Saúde.

Ilhéus, 8 de abril de 2017.

NA FILA

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

01

02

Macacos do Zoológico não oferecem risco relacionado à febre amarela

By Pedro Moraes GOVBA

Cerca de 200 primatas, de diferentes espécies, vivem no Parque Zoobotânico de Salvador, localizado no bairro de Ondina. Apesar das dúvidas e apreensão de baianos e turistas, eles não oferecem risco à população de infecção por febre amarela. A coordenação do parque, que é ligado à Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), tem recebido ligações e perguntas de visitantes e esclarece que não há motivo para medo desses animais nem para agressões a outros macacos que vivem na natureza.

“Os primatas são hospedeiros assim como nós, humanos. Mesmo que um macaco esteja doente, ele não é capaz de fazer a transmissão direta ao homem”, explica o coordenador e médico veterinário do Zoo de Salvador, Vinícius Dantas. O veterinário acrescenta que, “na verdade, a morte deles [primatas] serve como um alerta para a vigilância sanitária saber da presença do vírus e do risco da doença chegar aos humanos, mas não através do macaco. Temos que tratar esses animais como parceiros e não como vilões”.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), fragmentos do vírus da febre amarela foram encontrados em quatro macacos mortos na capital baiana, nos bairros de Vila Laura, Paripe e Itaigara. No entanto, o veterinário do Zoológico destaca que ainda são necessários exames mais detalhados para afirmar que os animais morreram por complicações da febre amarela. Em todo o estado, até o momento, 23 casos foram positivos para a presença do vírus em primatas.

Nenhum caso do tipo foi registrado entre os animais que vivem no Zoológico e algumas medidas de prevenção já foram tomadas pela equipe. “Infelizmente, não há vacina para esses animais. Algumas espécies são mais sensíveis à doença e o que estamos fazendo é colocar esses macacos em locais com uma tela de proteção que impede a passagem dos mosquitos. São medidas preventivas para diminuir o risco de ficarem doentes, mas as pessoas não precisam ter medo ou deixar de vir ao Zoológico”, afirma Dantas.

Atualização

Conforme boletim divulgado pela Sesab, na última sexta-feira (31), a Bahia não possui nenhum caso confirmado de febre amarela em humanos, com infecção dentro do território do estado. O boletim epidemiológico registra 16 casos notificados, sendo que nove encontram-se em investigação e sete foram descartados.

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

 Um momento de muito amor pelo próximo. 

Palestra sobre importância da DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Semana Interna de Prevenção de Acidentes da CICON Construtora.
Momento oportuno para desmistificar a DOENÇA FALCIFORME.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia