WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  








Família, Felicidade, Fé e Boas Obras

Minha mãe, Idalina Cecília de Paiva (1913-1994), e eu costumávamos cantar algumas melodias que se encontram hoje no ar pela Super Rede Boa Vontade de Rádio: GranadaMarche des GrenadiersLa MerDouce FranceSó nós dois no salão e esta valsa, entre outras. A vida era alegre, feliz!

Tive uma infância e uma juventude de lutas, mas sempre fomos afortunadamente aquinhoados nas coisas espirituais. Daí a nossa satisfação no viver juntos. Simplesmente nos amávamos.

É o exercício leal do Novo Mandamento de Jesus entre nós. A Ordem Suprema do Cristo propicia essa vivência, que tanto desejamos seja o natural para todas as criaturas espirituais e humanas.

Lícia Margarida de Paiva (1942-2010), minha afetuosa irmã, e eu elevamos o pensamento a Jesus, nosso Senhor, suplicando-Lhe as maiores bênçãos para aquela que dedicou toda a sua feliz vida de casada com Bruno Simões de Paiva (1911-2000), nosso sempre lembrado pai, a nos ofertar o que de melhor guardava em seu coração e em sua mente. Nossos sentimentos de gratidão a tão esforçada mãe e a tão generoso pai nos iluminam e nos fortalecem na Fé em Deus, no Cristo, no Espírito Santo e na vontade firme de, jamais desistindo, honrar o Ideal que abraçamos: o do Novo Mandamento do Divino Mestre, o Amor Universal: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (…) Não há maior Amor do que doar a própria vida pelos seus amigos. (…) Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor” (Evangelho de Jesus, segundo João, 13:34 e 35; e 15:13 e 9).

Nossa mãe, Idalina, nos ensinou a ser solidários, fraternos, e a compreender que sempre há o lado melhor da vida, porque “Deus é Amor”(Primeira Epístola de João, 4:8 e 16), portanto Caridade. E, com Seu Amor Excelso, Ele anseia intensamente que amorosos e generosos sejamos, sem que nunca aceitemos a convocação da covardia.

Em tempo algum Lícia, que já se encontra no Mundo Espiritual, e eu nos esqueceremos de que — ao nos levantar, nos deitar, na hora do almoço e do jantar — mamãe conosco orava as preces que pacientemente repetia desde que começamos a balbuciar as primeiras palavras em nossas atuais reencarnações. :: LEIA MAIS »

Atraso no repasse de verbas paralisa obra e estádio de Ilhéus está sem gramado

Não é só o Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, que está péssima situação (relembre aqui). O Estádio Municipal Mário Pessoa, da cidade de Ilhéus, é outro que está passando por apuros. Na metade do último mês de maio, foi assinada uma ordem de serviço para substituição do gramado e do sistema de irrigação e de drenagem. A previsão era de que as obras fossem concluídas em seis meses. Porém, a reportagem do Bahia Notícias recebeu fotos da praça esportiva sem o gramado nesta quarta-feira (5). O diretor da torcida organizada Mancha Azul, do Colo-Colo, Renailton Miranda disse que a situação pode atrapalhar a participação do time na Série B do Baiano de 2019.   “Aqui estamos todos muito preocupados, pois o Colo-Colo pode ficar fora da competição por esse motivo. Além de poder prejudicar um clube campeão baiano, [a obra inacabada] prejudicou a seleção de Ilhéus que ficou de fora do Intermunicipal e também do Campeonato Amador da cidade”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.   O Colo-Colo usou o Mário Pessoa na disputa da competição estadual e terminou na terceira colocação com 17 pontos, um a menos do que os líderes Atlético de Alagoinhas e PFC-Cajazeiras, que avançaram para a final na luta pelo acesso à elite. A reportagem do Bahia Notícias entrou em contato com a prefeitura de Ilhéus. De acordo com o superintendente de esportes do município, Danillo Rabat, a paralisação da obra ocorreu por causa do atraso no repasse do dinheiro. Segundo ele, o prefeito Mário Alexandre (PSD) viajou para Brasília para tentar resolver a situação. A obra foi viabilizada através de uma emenda parlamentar de autoria do ex-deputado federal e atual presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães.   “A obra é fruto de uma emenda federal. Devido a falta de repasse em tempo hábil, ela foi paralisada e por causa disso, o recurso foi bloqueado. O prefeito já foi para Brasília cobrar celeridade para retomar as obras, além de entrar em contato com a Sudesb, que ficou como responsável da obra”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. “Estamos também tentando buscar alternativas para retomar o serviço de troca do gramado. Uma delas seria fazer uma nova licitação”, completou.   :: LEIA MAIS »

AGENTES DE TRÂNSITO DE ILHÉUS SÃO AMEAÇADOS DE MORTE POR DONOS DE TRANSPORTE ILEGAL

Agentes da Superintendência de Trânsito, Transportes e Mobilidade (Sutram) de Ilhéus denunciaram duas ameaças de morte ao cumprir fiscalização de rotina contra o estacionamento irregular em pontos de ônibus e transporte clandestino de passageiros. As intimidações ocorreram na segunda-feira (4), durante blitz realizada nas proximidades da Central de Abastecimento do Malhado. Após o incidente, um boletim de ocorrência foi registrado na 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin) contra os agressores. Nas próximas ações, será solicitado o reforço da Polícia Militar.

De acordo com o diretor de Transporte e Trânsito, Gilson Nascimento, o incidente ocorreu ao remover alguns veículos que estavam estacionados nos pontos de ônibus, onde pessoas que faziam o transporte ilegal de passageiros cercaram os agentes na tentativa de não deixar remover o veículo. Segundo Nascimento, essa intimidação não irá impedir o trabalho dos agentes de trânsito, uma vez que as fiscalizações continuarão, com o objetivo de inibir o estacionamento já proibido por lei, nos pontos de ônibus e o transporte clandestino que coloca em risco a segurança dos passageiros. :: LEIA MAIS »

Campanha de Cadastro de Medula Óssea, ” Você é a minha Esperança”!

” No sábado 1° de Dezembro em Ilhéus no 2° BEIC realizamos mais uma campanha de Cadastro de Medula Óssea, ” VOCÊ É NOSSA ESPERANÇA”. 190 novos Cadastros, 190 novas chances de salvar alguém no MUNDO! Foi uma parceria da ONG ENAULTINHO ROCHA, 2° BEIC, PREFEITURA DE ILHÉUS, LIONS CENTRO E HEMOBA/ITAPETINGA. Tivemos apoio de vários colaboradores como UP, Inforlaser, Casa Amarela, dr. Marcus Puentes e Confecções Unick. Nossos sinceros agradecimentos a todos que participaram direta ou indiretamente desta campanha. Que DEUS abençoe a todos!🙏🙏🙏

PREFEITURA DE ILHÉUS EMITE NOTA OFICIAL SOBRE LIMITES MUNICIPAIS

A prefeitura de Ilhéus emitiu nesta segunda-feira (3) uma nota oficial para esclarecer a confusão acerca dos limites municipais que circulou pela imprensa e pelas redes sociais. As informações veiculadas eram de alterações nos limites entre Ilhéus e Itabuna.

Houve inclusive uma matéria publicada pela Prefeitura de Itabuna que gerou polêmica e um certo mal estar entre as gestões municipais. Em nota a prefeitura de Ilhéus afirmou que não haverá alterações e um comunicado oficial já teria sido enviado para os oito municípios vizinhos. Confira abaixo a nota na íntegra.

Considerando as informações divulgadas na imprensa, a partir de matéria veiculada pela Prefeitura Municipal de Itabuna, sobre possível alteração nos limites municipais entre os municípios de Ilhéus e Itabuna, vimos esclarecer que procedemos consulta à Superintendência de Estudos Sócio Econômicos do Estado da Bahia (SEI), órgão da Secretaria Estadual de Planejamento, responsável pela cartografia do Estado da Bahia, e ao Instituto de Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Gerência da Divisão Territorial Brasileira, na sede do órgão no Rio de Janeiro e na Unidade Estadual da Bahia

Acabamos de receber ofícios dessas instituições, com a informação de que continuam vigentes os limites estabelecidos na Lei Estadual 12.638, de 10 de janeiro de 2013, não tendo havido qualquer modificação por parte da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, que detém a outorga e competência constitucional para definição dos limites intermunicipais do Estado.

Foi amplamente divulgado na imprensa regional e estadual que o município de Ilhéus foi o primeiro a solicitar e efetivamente proceder o levantamento dos vértices definidos na lei, e, para tanto, encaminhou correspondência aos prefeitos dos oito (8) municípios vizinhos, convidando-os a acompanhar o trabalho que foi realizado pela SEI e IBGE, no período de 8 a 21 de junho deste ano, quando foram identificados os locais onde serão colocados os marcos definitivos, na forma da lei e no melhor do direito.

Afirmamos aqui que a lei municipal aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada em 27 de setembro de 2018, Lei 3.983, alterou os limites internos do município de Ilhéus, ajustando e definindo os distritos e suas áreas urbanas, em absoluto respeito aos limites intermunicipais definidos na lei 12.638/13.

Segundo informação contida na manifestação da SEI, os mapas poderão ser consultados no sítio do órgão na internet, em http://www.sei.ba.gov.br, caminho: Geoinformaçõesà Cartografia Temáticaà Divisão Político-Administrativaà Mapas Municipais no link:

http://www.sei.ba.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2691&Itemid=504

Finalizando, queremos salientar que nenhum município pode alterar o próprio limite, nem compete à SEI e ao IBGE legislar sobre a matéria, sendo obrigação dos órgãos identificar e materializar esses limites com a identificação dos pontos de vértices e descritivos, bem como definir os setores censitários dos municípios.

Caso haja algum marco legal que tenha modificado a Lei Estadual 12.638/13, que seja apresentado publicamente. Defendemos, cada vez mais, o entrelaçamento e união dos municípios e sua população, na busca de soluções para as principais demandas comuns e pelo desenvolvimento regional, cada um respeitando seu território.

ILHÉUS: CHUVAS PROVOCAM DESLIZAMENTO DE TERRA E DEIXAM DEZENAS DE DESABRIGADOS

A forte precipitação que caiu em Ilhéus, onde choveu 57 milímetros em 12 horas na noite de segunda-feira (3), provocou uma série de ocorrências registradas pela equipe da Defesa Civil, que emitiu mensagem de alerta antecipado sobre o volume de chuvas esperado até quarta-feira (5) no município. Os danos mais graves aconteceram no Banco da Vitória, onde o nível do rio Cachoeira subiu quatro metros e invadiu 14 casas, deixando cerca de 50 pessoas desabrigadas.

Além da enchente no Banco da Vitória, foram registrados também deslizamento de terra nos altos do Amparo, Coqueiral e Basílio e alagamentos nos bairros Nossa Senhora da Vitória e Ilhéus II. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Joandre Neres, nas vilas rurais de Maria Jape e Japu as pontes foram cobertas pelo rio e os moradores estão isolados, sem possibilidade de acesso. O socorro às vítimas contou com a participação dos bombeiros civis da Prev Fire.

As famílias desabrigadas pela enchente no Banco da Vitória estão alojadas na Escola Municipal Herval Soledade, até que o nível do rio Cachoeira volte ao normal. “Dar socorro às vítimas de desastres naturais é o procedimento padrão definido pelo plano de contingência da Defesa Civil, que também prevê a participação de todas as secretarias municipais no atendimento aos desabrigados”, explica.

Além das 14 famílias do Banco da Vitória, a Defesa Civil de Ilhéus socorreu também moradores de duas casas atingidas por deslizamento de terra na Avenida Palmares, Alto do Basílio. Uma delas está hospedada em casa de parentes e a outra, no abrigo institucional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), que fornecerá cestas básicas para os assistidos e almoço, conforme garantiu o secretário da pasta, Rubenilton Silva.

Na mesma localidade, ocorreu também o desabamento de uma escadaria, com formação de cratera, na Rua D. João XXIII. Joandre Neres informa que o alerta de chuvas fortes continua nesta terça-feira, com previsão de mais 40 milímetros de chuvas, e na quarta-feira, com probabilidade de mais 30 milímetros.

O coordenador da Defesa Civil relata que as equipes da Prefeitura de Ilhéus chegaram ao Banco da Vitória durante a madrugada, em tempo de retirar as famílias das casas alagadas e depois abriga-las na escola municipal do bairro. “Como o Governo do Estado abriu as comportas da Barragem do Rio Colônia, em Itaju do Colônia, e está chovendo em toda a região, temos que manter o alerta e prestar atendimento a qualquer anormalidade.

Em caso de emergência, ligue para a Defesa Civil de Ilhéus: (73) 98825-6590 e 98836-2753.

DECOLORES: FESTA DE NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

No período de 03 a 12 do corrente dezembro, a Comunidade do Alto Boa Vista, estará promovendo os festejos em Louvor a Padroeira, no sentido de agradecer a Deus pelos seus 15 anos de Instituição Canônica em nossa Diocese, e evidentemente conta com toda comunidade do Alto Pacheco bem como com as presenças de toda comunidade Católica de Ilhéus.

O tema central do novenário é dedicado ao Leigo “Cristão Leigos e Leigas, Sujeitos na “Igreja Saída”, a Serviço do Reino. Sal da Terra e Luz do Mundo. (Mt 5,13-14

Como é do conhecimento da comunidade Católica, neste ano, nossa Diocese em Comunhão com toda a Igreja no Brasil, comemora o Ano Nacional do Laicato.

A Paroquia Nossa Senhora de Guadalupe tem como Pároco o querido Padre João Boaventura Oiticica, que possui um vasto currículo na área Sacerdotal, onde já esteve em várias Paroquias da Diocese de Ilhéus a exemplo de: Itororó, Ibirapitanga, Ipiaú, Coaracy e em Ilhéus nas Paroquias: Distritos dO Couto e Santo Antônio, São Jorge/Catedral (Centro), N.S.Aparecida (Malhado/Barra) e atualmente N.S.Fatima (Cidade Nova) e N.S.Guadalupe (Alto Pacheco).

Vale salientar que o Padre João Oiticica, há vários anos é Diretor Espiritual do Movimento de Cursilho, e já participou de inúmeros Cursilhos-3-dias, pregando com muita eloquência o Evangelho de Jesus Cristo, considerado um dos maiores Orador Sacro da Bahia.

Padre João Oiticica também é fundador do Encontro de Casais com Cristo na Diocese de Ilhéus, sendo Diretor Espiritual do G-5 nas Paróquias em que trabalhou.

Além de outros Movimentos da Igreja Católica: Apostolado do Coração de Jesus, Filhas de Maria, Congregação Mariana e Curso de Igreja, Padre João Oiticica nunca se negou em estar presente levando sua palavra de amor e dedicação a todos aqueles que são sedentos da Palavra de Deus.

Conheço o Padre João Oiticica desde 1974, quando fiz meu primeiro Cursilho e na época ele estava sendo transferido para Ilhéus, e imediatamente na qualidade de participante da Diretoria do MCC, o convidei para ingressar no Movimento de Cursilho, estando até hoje com força e vigor, apesar do seu estado de saúde, vem superando todos obstáculos com fé e perseverança em N.S. Jesus Cristo.

A Diocese de Ilhéus deveria homenagear ainda em vida esse grande Sacerdote que serve de exemplo a seus colegas recém-ordenados, que ainda falta muita experiência, dedicação, amor e carinho aos seus Paroquianos.

O Movimento de Cursilho da Cristandade e o Encontro de Casais Com Cristo do mesmo modo tem o dever de homenagear a esse querido amigo Sacerdote, que tanto demonstra um amor espiritual ao nosso Movimento.

Vale salientar em que todas as Paroquias em que o Padre João Oiticica prestou seus serviços, foi agraciado com o Titulo de Cidadão daquele Município, com honra e gloria, fato inusitado dentro do Clero.

Quero nesta oportunidade agradecer a Deus por nos ter agraciado com a amizade, carinho e dedicação desse abençoado Sacerdote, meu confessor, amigo e Diretor Espiritual.

Todos os dias elevo minhas preces a Deus em favor do meu amigo e Irmão Padre Oiticica, Valenciano de nascimento e Ilheense de coração.

Saudações Decolores,

Luiz Castro

Participante do Movimento de Cursilho de Cristandade

Rameses Cáridas BI Campeão do Ranking baiano de jiu jitsu 2018

Neste domingo 02/12 foi realizado na cidade de Feira de Santana a 6º etapa do campeonato baiano de jiujitsu  conhecida como Copa Princesa do Sertão realizada
pela FBJJE Federação Baiana de Jiujitsu Esportivo e CJJB Confederação de JiuJitsu do Brasil aonde Rameses Cáridas repetiu o feito do ano  anterior sendo outra vez
campeão Baiano  de Jiujitsu do ranking . O atleta e treinando pelo  Sensei Robson Cruz da Space Jiujitsu da De La Riva .Sendo que  no dia  09/12 estará  sendo homegeado
em Ibotirama como melhor  atleta do  circuito oeste b da  Bahia  por  ter  vencido  as  etapas  que  foram  realizadas
Rameses Cáridas  agradeci a Deus primeiramente, a familia, aos seus colegas  atuais e ex-colegas  de treino e aos seus  adversários de competição,aos que passaram a fazaer parte  de  um  novo  núcleo  de  amizade, aos patrocinadores   Adilis, Faculdade de Ilhéus, conta com o  forte  apoio; parceiros  como AABB  de Ilhéus   Academia Físico Center, A Parceria Contabilidade, Clube 19 de Março, Dominante Calçados em (Itabela), Click Cosméticos, Disbom Sorvetes, Life Saúde,  Inforlaser,Laser Tech, Ideal Fotos, Pai Mendonca, Erthour, Supermercado Varejão (Camamu) ,Ley Bike ,  Clínica uro laser , Sinal Verde, Farmácia Acosta em (Feira de Santana), LR Auto Peças e Sport Lazer , os  meios  de  comunicação .Todos os vídeos das competições podem ser vistos no canal Rameses Cáridas no YouTube..Estudante  do Colégio Estadual,  Estado do  Ceara

 

Indicação ao prêmio Nobel de literatura traduz e publica autor baiano em Paris

Um dos mais prolíficos poetas europeus contemporâneos, Athanase Vantchev de Thracy, 78 anos, traduziu para o francês e publicou em Paris o livro Arresto (Arrestation), do escritor baiano Bernardo Almeida. De acordo com Athanase, indicado ao Prêmio Nobel de Literatura de 2019, nos discursos poéticos da obra, às vezes confessionais, o autor desenvolve e expõe um conjunto de “sensações ricas e difíceis de definir, como evidencia a eloquente série de palavras ou qualificadores que buscam transformar o todo em profusão”.

Além de especificar ou enriquecer o pensamento linguístico e poético, segundo o tradutor, essas acumulações estéticas têm um acentuado valor estilístico. “Elas combinam com a concisão dos versos e o florescimento das assonâncias, tornando o livro rico pela poesia oral – numa série de ladainhas que estão profundamente enraizadas no espírito e se estabelecem lá, como um incentivo para entender a dureza e complexidade de um mundo cruel, onde o amor é uma luta, violência em uma vida que se assemelha à existência do poeta”.

 Para o francês, em Arresto, o baiano Bernardo Almeida se revela um poeta da condição trágica e heroica do homem, “perdedor – cuja imensa dignidade não permite que nada se tire dele, ainda que tão baixo caia, porque luta, mesmo sem esperança, e especialmente sem esperança”, sentencia o tradutor Athanase Vantchev de Thracy, na apresentação do livro.

Intelectual búlgaro radicado há mais de 50 anos na França, Athanase assinala que Arresto é uma obra marcada pela reunião de três gêneros. “Um deles é quase aforístico, em seus breves poemas; outro combina elegância realista, até crueldade e filosofia da existência; e, finalmente, os poemas-narrativas nos apresentam destinos ou fatias de vida de personagens em luta – com astúcia – contra um destino oposto”, afirma de Thracy, que editou o livro na capital francesa, pelo Institut Culturel de Solenzara, neste ano.

A entidade foi criada na década de 1980 por um grupo de personalidades que tinha como objetivo dar visibilidade a obras de grandes poetas e autores eminentes, por meio de uma organização oficial. Entre os fundadores do instituto, o ex-primeiro-ministro da França e ex-presidente da Assembleia Nacional, Edgar Faure, membro da Academia Francesa, assim como o professor da Sorbonne, Jean Bernard, o filósofo Jean Guitton, o escritor soviético Julian Semenov e o cantor francês Charles Aznavour, morto este ano. :: LEIA MAIS »

Inscrição para credenciamento de grupos culturais termina nesta sexta-feira em Ilhéus

POR SECOM

Termina nesta sexta-feira (7), na sede da Secretaria da Cultura de Ilhéus, a inscrição para credenciar grupos culturais do edital Artes na Rua. Podem participar grupos de teatro, culturas populares e de dança, performance circense, estátua viva, poeta, cordelista, contadores de história, djing, breakdance, graffiti, rapper, djing, breakdance e solo e pocket instrumental afro, a fim de compor a programação artística-cultural do verão 2018-2019. Pessoas físicas, MEI e jurídicas do campo artístico-cultural sediadas no município por cerca de um ano podem participar destas modalidades.

O secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, informa que a primeira etapa de inscrição ocorre através do preenchimento de formulário disponibilizado no endereço eletrônico http://www.ilheus.ba.gov.br ou presencial, na sede da secretaria, situada no calçadão da Rua Jorge Amado, Centro Histórico, acompanhado de documentação obrigatória e artística.

A documentação deve ser entregue em dois envelopes lacrados e identificados: credenciamento artístico-cultural 2018-2019 categoria/modalidade, nome do grupo ou do projeto proponente. Em outro envelope, devem constar a documentação artística, credenciamento artístico-cultural 2018-2019, categoria/modalidade, nome do grupo ou nome do projeto proponente.

O processo de credenciamento se desenvolve da seguinte forma: inscrição, habilitação documental, apresentação do material artístico, análise e atribuição de pontos à pessoa habilitada, convocação e assinatura do contrato, com publicação resumida no Diário Oficial eletrônico do município. Os credenciados poderão participar de no máximo quatro apresentações artísticas em projetos, eventos e atividades culturais promovidos ou apoiados pela Prefeitura de Ilhéus durante o prazo de vigência do credenciamento.

 

CMS-ILHÉUS PRESENTE NA II MOSTRA INTEGRADA DE HUMANIZAÇÃO E SAÚDE DO TRABALHADOR DO SUS-BAHIA

Recentemente nos dias 29 e 30/11/2018, no auditório do HGE II e salão principal ocorreu o evento de humanização e saúde do trabalhador do SUS. As palestras foram muito interessantes, pois desdobravam os assuntos atuais e futuros em que vivemos e viveremos, ao inicio o coral vozes do SESAB fez uma linda apresentação para harmonizar o ambiente, logo após eis que surge com um discurso muito pessimista em relação à economia do país, e atua situação o pós doutor o Sr. UALLECE LIMA, professor da faculdade de economia da UFBA, senti orgulho dos alunos deste jovem, e talvez uma inveja, pois o mesmo retratou fatos econômicos tão fáceis de compreensão deste a revolução de 1964 até os dias atuais em 2018, fez uma explanação que deixou todos pensativos e a compreender os grandes riscos de como conduzir as palavras diante de relatos apavorantes, como por exemplo, debito enorme da previdência isso ficou bem claro que não existe debito ou déficit na previdência e sim uma maneira de esconder o alto debito que as grandes empresas no Brasil por falta de pagamento e não são nem se querem notificadas ou multadas ou até imposta para que paguem ai sim nosso debito que o governo insiste tanto em dizer que somos nós que trabalhamos muito e quando nos aposentamos além de ser uma pequena quantia que comparada a aposentadoria de políticos não chega a 2%, e quando a começamos a receber será tão insuficiente para pagar nossas despesas básicas para sobrevivência, como alimentação, transporte e os medicamentos das doenças que adquirimos durante o tempo de trabalho, em lugares insalubres, onde a discórdia e a concorrência entre técnicos capacitados e técnicos indicados politicamente sem base e sem a humanização para com os pacientes e no momento do atendimento desconta-se a ira que cada um guarda dentro de si, pois fala-se que quem as fezes é ferido sempre e não se tem resposta dos seus dirigentes para mudar o ambiente totalmente carregado de desanimo, descarrega seus problemas em quem não devia, se analisarmos bem esta ultima frase, todos nós em algum momento nos descontrolamos.

Mais voltemos a uma critica feita pelo nosso professor WALLECE LIMA, quem afirma que político não é profissão para que os parlamentares de diversas áreas se aposentem com salários altos e são sempre reajustados dentro do índice imaginário deliberativo que não existe e não compete para cada um deles, daí a maneira pela qual os políticos assim agem, nos tratam como itens descartáveis, foram eleitos ai detém um mandato de 4 e até 8 anos, e as pessoas que eles deveriam demonstrar a real política ficam descartados, com fome, sem remédios, sem assistencialismo social, jogados no mundo da vida que deveria ser por eles que se dizem políticos nem criam projetos para revolucionar tais problemas, interessante se faz para eles quando é do seu interesse próprio.

Neste final de semana me decepcionei com uma pessoa que não citarei nome, político de alto escalão na Bahia, mais através da representatividade da Maçonaria Regeneração Sul Bahiana 994, vi esta pessoa ser vaiada, ser pedido para que se retirasse do auditório, funcionários estaduais muito decepcionado e revoltados com o novo ( todos tem medo do novo pensei ) talvez ele tenha um objetivo para a melhorar na Bahia a sua pasta de atuação, e acompanhei os seus passos, vi sua melhora, sempre o recepcionei quando pela região estava , me atendia muito bem tinha o prazer de conversar pelo Zap e pessoalmente traçar metas para trazer para ilhéus e até veio pois muitos documentos protocolei no SESAB e fomos atendidos, ilhéus ganhou com isso, fiz pela minha cidade e pela minha Ordem Maçônica, eu sempre apoiado pelos 250 irmãos sempre estava solicito para auxiliar, mais este dia fatídico dia 29/11/2018 fui decepcionado pela pessoa ter passado por mim e nem ao menos me cumprimentou, (eleição ganha)marcamos um horário para uma conversa mesmo estando lá não nos atendeu, uma colega ligou e foi marcado para o outro dia após a saída do HGE,

quando adentramos na sala após esperar por quase 3 horas, entramos e com a máxima frieza fomos nós técnicos e estudiosos da mesa diretora do CMSI, tratados com uma frieza que parecíamos desconhecidos que nunca o vimos e nem conversávamos, me decepcionei bastante pois acreditei em algo que nunca existiu, sai da sala super constrangido e arrependido de ter levantado uma bandeira que nem o vento a soprava, senti muito doeu o coração mais foi apenas pelas pessoas humildes que planos tínhamos para ajudar, mais sei com o apoio que tenho dos meus irmãos da nossa Ordem, dos indígenas parentes, dos lideres de comunidades que sempre conversamos e traçamos metas, de alguns amigos dos distritos, sei que estarei sempre abraçado pelo amor do GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO. E que não me impossibilitará de dar continuidade em fazer o bem sem olhar a quem, progredir sempre.

DECOLORES: A VIDA DE BAR EM BAR

Os restaurantes e bares de nossa cidade, sempre foram ricos de estórias e causos, pois seus proprietários eram conhecidos e desfrutavam da nossa amizade.

Ser amigo de João Nepomuceno o popular Garangau era motivo de satisfação esdrúxula. Seu bar era no galpão da Estrada de Ferro era freqüentado por fazendeiros de cacau e profissionais liberais que gostavam de comentar à respeito da situação cacaueira. Tempos depois após o termino da EFI, mudou-se para Avenida Litorânea próximo ao Bairro do Malhado. Lá era servido iguarias baianas principalmente a deliciosa jacuba.

O restaurante Barravento de Jorge Maia, era por demais conhecido, ali fazia a moqueca de acordo o gosto do cliente. Era só escolher o peixe que a cozinheira executava. Bebia-se também aquela batida de amendoim ou maracujá. Aos sábados e domingos funcionava a Boate, com grande numero de freqüentadores.

O Tabuleiro da Baiana era localizado na Barra de Itaípe, era outra opção depois do Barravento, a feijoada era o prato preferido dos clientes.

No Pontal desfrutávamos do Restaurante Cabana da Sereia, do Velho França, onde se cozinhava na panela de barro deliciosas moquecas de camarão e mero, com aquele escaldado, além do famoso caranguejo com aquele molho lambão.

No centro da cidade conhecemos vários restaurantes, O Jangadeiro de Walter Delicadesa, onde sua especialidade era o filé a cavalo.

O Restaurante Paris, de Pedro Felinto, localizado na Rua Sete Setembro, servia aquele frango ao molho pardo. No Restaurante Caneca de Sr. Nô, sempre primou pelo bom paladar, principalmente quando o prato principal era cozido de verduras com jabá e carne com osso.

Não podemos esquecer do Restaurante Luana Beira Bahia do amigo Adalberto e Zenaide, onde era o point da juventude Ilheense.

Com referencia aos Bares mais freqüentados, lembro-me do Bar Ilhéus dos espanhóis Pepe e Manolo; Bar Campeão de Pedro Golias; Bar Esteirinha de Dorneles na Rua Sete de setembro; Bar Lago de Zequinha Lago; Bar Copacabana no Pontal de Quintino; Caldo de Cana Pif Paf de Turquinho; Cantina da Lua de Enock Mota; Bar Barral de Manolo Barral; Bar Maré Mansa de Erotides Carqueja; Bar Samburá de Humainá; Brasinha Bar de Dioney; Bar Sanchopança de Secundino e o Bar do Sergipe na Araujo Pinho e Bar dos Coronéis de José Lucas.

Hoje , não temos tantas opções como tínhamos antigamente, pois os restaurantes são self service e os bares são de poucas opções.

Luiz Castro

Bacharel Administração de Empresa























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia