WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


novembro 2010
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  








UM CASO DE SAÚDE PÚBLICA

O que a gente entende por saúde pública municipal: a existência de uma secretaria, comandada por um secretário, se possível com conhecimentos na área médica e algum manejo com gestão pública, tendo em vista que vai tratar, além da saúde do povo, de altas somas de recursos.

O que temos observado através do trabalho dos profissionais da imprensa falada e escrita, é uma enorme confusão quando se trata de abordar assuntos da Secretaria de Saúde do Município de Ilhéus.

Nada de bom é publicado. O que lemos são situações vexatórias, tipo desvios de recursos, péssima administração dos gestores, salvo algumas exceções, ruim atendimento ao povo carente, interesses políticos, postos de saúde sem equipamentos, inclusive dizem por aí que a pasta pertence a beltrano e sicrano, enfim, um mar de bagunça administrativa, um verdadeiro samba do crioulo doido.

No mexe e remexe do andu, apareceu o nome de um médico de reconhecida capacidade e sem nenhum rabo de palha, mas as assombrações do outro mundo impediram que o dito médico tomasse atitudes para consertar a situação desastrosa da secretaria. Não agüentando o tranco, vestiu o jaleco e voltou a fazer o que mais gosta, ou seja, voltou para as suas atividades médicas e, quem dele precisa, aplaudiu a sua iniciativa.

E o pau continua rolando. Até que um dia e este dia veio com a reeleição do governador, o grande partido voltou a desejar o comando do navio que enfrenta um mar raivoso e os seus cardeais decidiu indicar o nome de um jovem médico, de perfil técnico admirável, conhecedor dos problemas da saúde pública, para assumir o leme da embarcação que estava à deriva.

Mais uma oportunidade foi dada ao grande partido, nomeando JORGE LUIS AROUCA VELOSO, novo Secretário de Saúde do Município de Ilhéus.

A sua posse aconteceu com toda pompa, presença do Dr. Jorge Solla, que tem feito de um tudo com o nosso hospital regional, dos cardeais do grande partido (veja foto), do nosso gestor público e demais pessoas da sociedade, entre políticos e convidados.

Até aí tudo normal, pois toda posse é assim concorrida e todos querem sair na foto.

Não vamos cobrar nada do novo secretário, pois o mesmo deve estar tomando pé da enorme bagunça com que vai se debater e tentar colocar no eixo essa máquina enferrujada.

Só esperamos que com essa SEGUNDA OPORTUNIDADE, o grande partido consiga colocar a saúde pública do nosso município num lugar digno e com mais respeito, prevalecendo a ética e a responsabilidade com a aplicação dos divinos recursos públicos.

O que todos queriam aconteceu, está dada a partida, quanto aos resultados, aí são outros quinhentos, só o tempo mostrará, mas que sejam RESULTADOS POSITIVOS

ZÉCARLOS JUNIOR

2 respostas para “UM CASO DE SAÚDE PÚBLICA”

  • ENQUANTO HOUVER CORRUPÇÃO... says:

    A corrupção é a desgraça da Saúde Pública e da Educação do Brasil.
    Enquanto não for dado um basta aos corruptos nada mudará e o resultado é a morte de inocentes nas portas dos hospitais e postos de saúde.
    Todo corrupto quando tem uma dor no dedo pega um avião ou uma UTI móvel e voa para ser socorrido em hospitais particulares onde o socorro é pronto.
    So existe um consolo: A morte não respeita cara e o inferno os espera!!!

  • PEDRO AMARAL says:

    Cadê o FOGUETINHO?????????????????

    AGORA ERA A VEZ DOS FOGUETES!!!!!!!!!!!Vem aí a CSS (Contribuição Social para Saúde)e salvará a saúde…O PT sabe resolver isso e vai votar no Congresso Nacional com apoio dos governadores…O PT, meu partido agora vai destinar toda verba desta contribuição, só para saúde como queria JATENE…O dinheiro cairá diretamente no Mistério da Saúde e se não acontecer isto, cairá em outro lugar…pois o PT é sério…FUI…

    Amaral neles.

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia