WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia


julho 2012
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  






:: 8/jul/2012 . 19:32

Rolando no face …


Enviada por Marcelo Ribeiro.

Hans Schaeppi em: H O T E L A R I A E T U R I S M O

Hans Schaeppi

Hans Schaeppi

 A PONTE E O CONTORNO

       Além do Projeto da Ponte Ilhéus-Pontal e o Sistema Viário de Acesso, de cuja assinatura do contrato fomos testemunha ocular no último dia 20/06 no Gabinete do Diretor do DERBA, Saulo Pontes, o mesmo nos informou a próxima assinatura do projeto de uma outra obra que há mais de 30 anos é esperada: o “Contorno de Ilhéus”. Segundo Saulo Pontes, que nos mostrou detalhes da via, a mesma terá início na rodovia Ilhéus-Uruçuca, seguindo em direção ao Banco da Vitória, atravessa o rio Cachoeira e termina a cerca de 8Km do Cururupe e a 10Km do Aeroporto  O projeto já foi licitado, tendo concorrido duas empresas, estando o processo em fase de julgamento.

Esse sonhado “Contorno de Ilhéus” deverá desviar do Centro de Ilhéus todo o movimento das viaturas saídas do Distrito Industrial e futuramente do Porto Sul, que passariam pelo centro e pela rodovia Ilhéus-Uruçuca, atrapalhando ainda mais o trânsito. Agora é hora dos políticos ajudarem a tocar a obra pra frente.

 FESTIVAL DO CHOCOLATE

:: LEIA MAIS »

Maria Regina Canhos Vicentin em: Semana de combate às drogas

Numa iniciativa do COMAD (conselho municipal sobre drogas) de Jaú (SP) tivemos a semana de combate às drogas, que aconteceu no período de 25 a 29 de junho passado. Considero que o evento foi um sucesso e serviu como pontapé inicial para outras iniciativas em relação à prevenção do uso de substâncias entorpecentes em nossa cidade. Todos sabem que o álcool e outras drogas são responsáveis diretos pelo crescente aumento da violência doméstica, acidentes de trânsito e criminalidade em geral. As drogas favorecem a resolução dos conflitos de forma violenta, mas não basta termos conhecimento disto. Precisamos de atitudes concretas para combater o problema que assola o país. Drogas como o crack já assumiram caráter epidêmico. E o que vamos fazer? Esperar que o governo apresente a solução para um problema que muitas vezes começa dentro dos nossos próprios lares?

A prevenção às drogas deve se iniciar dentro de casa. Mas, como, se na maioria dos lares a bebida é consumida com regularidade, de forma natural, e normalmente associada a momentos festivos e alegres? Faz tempo que o álcool contribui para a desolação familiar, o crime, a contenda, o ridículo e a humilhação. Quem convive com um alcoolista entende bem o que estou afirmando. A bebida já desgraçou vários lares, pôs fim a uma série de casamentos, levou muitas pessoas a total ruína. Inúmeros são os prejuízos causados pelo álcool, que é o maior responsável por mortes no trânsito. Olhando para os nossos presídios, o que vemos? A maioria dos encarcerados relacionados direta ou indiretamente à venda ou ao consumo de substâncias entorpecentes.

:: LEIA MAIS »

UFC: FOMOS ENGANADOS MAIS UMA VEZ

Podem me achar chato e repetitivo. Admito que estou sendo. Quando falo aqui que a TV Globo finge, disfarça e esconde do seu telespectador tudo que diz respeito aos Jogos Olímpicos de Londres 2012, só porque não conseguiu comprar os direitos de transmissão da TV aberta, quero dizer que essa emissora está desprezando sua principal fonte de renda, o público, manipulando e omitindo informação e, no mínimo, faltando para com o bom jornalismo.
Na madrugada de sábado para domingo, pela segunda vez, a TV Globo, através dos seus narradores, anunciou que a luta UFC seria transmitida ao vivo. E não foi. O que a Globo deixou de anunciar, ou omitiu é que, por razões contratuais com o evento, a emissora só pode transmitir a luta após 30 minutos do seu início, ou seja, impossível ser ao vivo! Então por que os narradores anunciam que é ao vivo? Ora, pra segurar a audiência, que é a única coisa que importa. E vale tudo pra isso, inclusive mentir, iludir, ludibriar e enganar o fiel telespectador.
O conceito de ética e moral é muito subjetivo, cada um tem o seu. No meu, vejo uma salada de atitudes que mais se aproximam, metaforicamente, de atos como: abuso do poder econômico, falsidade ideológica, propaganda enganosa e estelionato.
Infelizmente, o Brasil não tem um órgão oficial que fiscalize e coiba certas posturas antiéticas nos meios de comunicação. É uma seara delicada, onde fiscalização pode ser confundida com censura (a tal “volta da censura”). Mas não vejo dificuldade ao Ministério das Comunicações, junto com o Ministério da Justiça e o CONAR, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, sentarem à mesa e debaterem o assunto, apesar de certas “costas largas”.

Nilson Pessoa

Carmelita apresenta projetos para moradores de Castelo Novo

Aproximar cada vez mais o campo da cidade e oferecer à comunidade da zona rural serviços de qualidade, como educação, saúde e transportes. Esses são alguns projetos apresentados na noite deste sábado (07) pela candidata a prefeita de Ilhéus pela coligação “Ilhéus mais Forte”, Professora Carmelita, aos moradores do distrito de Castelo Novo. Durante a conversa com a comunidade, Professora Carmelita falou de projetos importantes como a agricultura familiar, Luz para Todos e sobre os programas sociais, em parceria com a presidente Dilma, que devem atender e beneficiar cada vez mais os moradores da zona rural.

A candidata a prefeita de Ilhéus também ouviu reivindicações dos moradores que disseram estar abandonados há muitos anos pelo poder público, mas reiteraram o compromisso de que acreditam em projetos que possam oferecer mais qualidade de vida para o povo. Para Professora Carmelita, a cidade depende muito do homem do campo, mas para fixar o trabalhador rural nas suas propriedades é preciso oferecer uma escola de qualidade para os filhos, um serviço de saúde decente, atividades de lazer e estradas de boa qualidade para garantir o escoamento da produção. “E todas essas ações fazem parte do nosso programa de governo que pretendemos implantar já a partir de janeiro de 2013”, garantiu a candidata.

Ainda em Castelo Novo Professora Carmelita também participou de atividades religiosas promovidas pela Igreja Assembléia de Deus. Durante o culto realizado na praça do distrito, a candidata participou de orações e louvores e recebeu abraços e pedidos de bênçãos feitos pelos evangélicos. “São essas manifestações de carinho do povo e a esperança que eles depositam na nossa caminhada que nos impulsionam a cada dia, em cada encontro, em cada oração, a lutar para que Ilhéus tenha de fato um governo sério, responsável e que ame de verdade esta cidade. E eu amo”, complementou Professora Carmelita.

SÁBIAS PALAVRAS

Meu Pod.’ Ir.’. ,

Muito me honra e gratifica as mulheres que sabiamente se entregam aos principios maçônicos com tamanha envergadura.

Sinto-me lisonjeado por essas palavras dessa sobrinha que nos compromete a honrar os mistérios da nossa ordem como designa os nossos códigos!

Meus parabéns a família maçônica por essa menina representar a feminilidade da mulher maçônica!

Meu fraterno abraço e admiração!
Ir.’. Enault Freitas da Rocha Filho
CIM 179718/GOEB/GOB
Loja 28 de julho nº 1840

Família Maçônica Glebiana felicito-me pelo merecimento de ter sido convidada pelo Sereníssimo Grão-Mestre Jair Tércio Cunha Costa, meu pai, a assumir a Presidência da Fraternidade Feminina da nossa GLEB.

 Quando pensamos em fraternidade logo vinculamos com o viver consciente em sociedade, a partir das relações de igualdade e liberdade, até porque na essência não há nada que nos diferencie como seres humanos: somos, de fato, irmãos.

A palavra fraternidade vem do latim fraternitas-atis e significa irmandade, afetuosidade. União ou convivência como de irmãos. Tal concepção configura a base da ação consciente do gênero humano e consta na Declaração Universal dos Direitos Humanos quando ele afirma que “todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade”.

Do contrário, torna-se muito difícil o viver dinâmico equilibrado do Ser Humano, por consequência muito difícil o equilíbrio dinâmico universal. Eis que o Ser Humano, considerado como o centro de tudo, se não sabe disto tende a viver na periferia e, neste caso, os desencontros, desconfortos e desalentos são mais que inevitáveis.

 Eis o papel da consciência: diminuir a distância entre a periferia e o centro; o ego e o eu; o exterior e o interior; a aparência e a essência. Até porque numa relação, quanto maior é a distância, maior é a incompreensão, por conseguinte, maiores são os conflitos individuais e sociais.

 Sabemos, ainda que teoricamente, que o Ser Humano vai da aparência à essência. A aparência é o nosso exterior; ela é absolutamente ruidosa e repulsa, isola e separa. A essência é o nosso interior; ela é absolutamente silenciosa e atrai, une e identifica. Ao contrário da aparência, a essência é, ao mesmo tempo, vasta, simples e profunda.

 Penetrar nela exige grau de vontade, consciência e ciência significativo, mas só de lá  surge aquela sensação de que somos Deus, vivemos nEle; e ao Mesmo estamos voltando.

 Assim sendo, o conhecimento, seja religioso, filosófico ou científico, deve interagir de forma transparente, para ser utilizado, a ponto de estreitar, cada vez mais, os nossos vínculos e alicerçar os princípios essenciais que nos identifica universalmente.

A nossa sociedade profana, entretanto, tem dado mostras que está carecendo de uma nova essência, uma nova aparência, enfim, uma nova consciência. Estamos vivendo na era do conhecimento, mas a nossa fraternidade propõe a Era do Autoconhecimento. Isto é Consciência! Centração da atenção em nós mesmos, na nossa essência, para ressignificarmos o nosso papel como Seres Humanos e cumprirmos a nossa missão como verdadeiros irmãos.

Maribel Barreto

Presidente da Fraternidade Feminina

Salvador, 28 de maio de 2012.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia