por José Everaldo Andrade Souza .’.

Ir.’. Everaldo.

Ir.’. Everaldo.

Liberdade

1 – É um dos três princípios que compõem o lema emancipador e regenerador da Maçonaria e por isso é um dos requisitos essenciais exigidos em seus adeptos.
2 – O Estado moderno garante a liberdade civil que abrange todos os direitos naturais que o homem deve exercer dentro da sociedade.
3 – “Por sua ação no meio social”, diz Paul Naudon, “a transposição de sua essência iniciática, a Maçonaria não pode ter senão um objetivo: a liberdade do homem, e, também como corolário moral, o respeito de sua de sua dignidade, o que exclui toda pressão exterior a esse respeito”.
4 – “A Maçonaria, em seus princípios, só pode estar em conflito com aqueles que negam ou restringem essa liberdade de consciência e de pensamento, fundamental e absoluta por ser o único valor de ordem metafísica que ela afirma que procura do Conhecimento e da Verdade.”
5 – A irrepreensibilidade da conduta social é a única garantia do êxito da missão que lhe cabe dentro e fora da Instituição, se com equilíbrio souber usar: a liberdade de ação, a liberdade de pensar, a liberdade política e a liberdade de consciência.