WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia


maio 2013
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 4/maio/2013 . 23:34

Robinson Almeida em Ilhéus

Robinson Almeida, Secretário de Comunicação Social do  Governo da Bahia, esteve na manhã desta sexta-feira no “Encontro com a Mídia Regional”.

O evento foi bastante concorrido, foi mostrado o andamento de alguns projetos considerados de peso pela governadoria, dúvidas foram dirimidas.

Além de Robinson, estavam na comitiva: Edmundo Filho chefe do Núcleo de Rádio da governadoria, Leonardo Palma, Coordenador de Mídia além do pessoal administrativo e de apoio.

O secretário foi bastante aplaudido quando Elias Reis, presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, pediu que a governadora exigisse uma resposta da polícia sobre as investigações (que até agora não resultaram em nada de concreto) da morte do radialista Ronaldo Santana. Gusmão, do Blog do Gusmão disse da ameaça sofrida no plenário da Câmara. Robinson disse que, querendo, Gusmão poderá ter uma audiência com o Secretáio de Segurança Pública.

O evento serviu também para matarmos a saudade de companheiros que militam na mídia regional. Foi,digamos assim, uma festa dentro de um evento. Abraçar figuras ilustres da comunicação é sempre bastante salutar.

Duras críticas aconteceram, o secretário absorveu bem, mostrou possuir bom jogo de cibtura. Sobre questões envolvendo Ilhéus x Itabuna ele disse preferir encaminhar os repórteres para os secretários das respectivas pastas.

Aquela saída estratégica de que a candidatura (deputado federal) não depende de mim é uma espécie de “estou decidido” mas, tenho que cuidar das minhas funções na secretaria de comunicação…

ENCONTRO COM A MÍDIA REGIONAL.

ENCONTRO COM A MÍDIA REGIONAL. Fotos: Clodoaldo Ribeiro e Roberto Santos. MONT/R2CPRESS

Eu gostei de ter ido.

Solla anuncia mais investimentos para a saúde em Ilhéus

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Jorge Solla, anunciou hoje, 4, a nova obra de reforma e ampliação do Hospital Geral Luiz Viana Filho, sediado em Ilhéus, uma referência regional no atendimento de emergência à saúde, e garantiu a construção do novo hospital geral da Costa do Cacau, que deve ser edificado no bairro Banco da Vitória, localizado às margens da rodovia Ilhéus-Itabuna.

Posse do novo diretor do Hospital geral Luiz Viana Filho, de Ilhéus - Foto Gidelzo Silva - Secom Ilhéus. MONT/R2CPRESS

Posse do novo diretor do Hospital geral Luiz Viana Filho, de Ilhéus – Foto Gidelzo Silva – Secom Ilhéus. MONT/R2CPRESS

O anúncio foi feito ao lado do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, durante a solenidade de posse do novo diretor geral do Hospital Geral Luiz Viana Filho, Julio Lenín Díaz Guzmán. Segundo Solla, na próxima semana, será lançado o edital de licitação para a reforma e ampliação de mais de mil metros quadrados da área de emergência do hospital, além da aquisição de novos equipamentos, cujos investimentos devem ultrapassar o valor de 4 milhões de reais.

Durante a visita a Ilhéus, o secretário de Saúde da Bahia conheceu, ao lado da reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Adélia Pinheiro, a área onde deverá ser construído o novo hospital geral de Ilhéus, cuja doação será fruto de parceria entre a Prefeitura Municipal e a Universidade. Segundo o prefeito Jabes Ribeiro, provavelmente, na próxima semana, a documentação sobre o terreno estará concluída.

Maternidade – Jorge Solla disse ainda que, após a construção do novo hospital, o Geral Luiz Viana Filho continuará prestando serviços à comunidade. Atendendo a uma reivindicação do prefeito de Ilhéus, ele anunciou que o atual nosocômio será transformado numa unidade de atendimento materno-infantil, no sentido de suprir as demandas municipal e regional. Solla afirmou ainda que, na próxima semana, um convênio será assinado para a doação de equipamentos à Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus (Hospital São José), a fim de colaborar com o funcionamento do novo pronto socorro da instituição.

Durante a solenidade de posse de Júlio Gúzman, bastante prestigiada por autoridades locais e regionais, o secretário de Saúde baiano agradeceu a permanente parceria do prefeito Jabes Ribeiro no enfrentamento dos problemas que atingem a saúde e afirmou que esse trabalho conjunto representa um cenário positivo para o setor, em benefício de toda a população. Por sua vez, o prefeito agradeceu ao apoio do secretário e conclamou também aos setores de oposição que participem “do esforço para recuperar a dignidade e a possibilidade de nossa cidade avançar.”

Secretaria de Comunicação Social (Secom)

Ilhéus – 04.05.2013

“ESCRITORES BRASILEIROS DO SÉCULO XX – Um Testamento Crítico”, de Nelly Novaes Coelho

LETRASELVAGEM & CASA DAS ROSAS convidam para o lançamento da obra “ESCRITORES BRASILEIROS DO SÉCULO XX – Um Testamento Crítico”, de Nelly Novaes Coelho

Data: 29 de maio de 2013 (quarta-feira), às 19 horas.
Local: Casa das Rosas (Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura). Av. Paulista, 37 (Metrô Brigadeiro) – São Paulo/SP – Brasil. Entrada franca.

HOMENAGEM:

Na ocasião, IGNÁCIO DE LOYOLA BRANDÃO e CYRO DE MATTOS (representando os escritores brasileiros) e FÁBIO LUCAS e BENJAMIN ABDALA JR. (pelo setor acadêmico) proferirão homenagem à professora NELLY NOVAES COELHO, pela passagem de seus 91 anos de idade e 50 de docência universitária e exercício da crítica literária. (V. Convite anexo)

livro lançamento escritoresO LIVRO

Escritores brasileiros do século XX, de Nelly Novaes Coelho (Professora Titular da USP – Universidade de São Paulo), é a suma de 50 anos de pesquisas, leituras e releituras de obras apresentadas em cursos universitários, no Brasil, Portugal e Estados Unidos da América.

Segundo a Autora, foi a “Sorte ou o Acaso” que puseram em seu caminho os 81 escritores reunidos e analisados neste livro. Ao lado dos mais conhecidos (Amado, Graciliano, Rosa, Mário, Oswald, Ubaldo, Loyola…) aparecem nomes que a insensibilidade crítica e o desinteresse do “mercado” colocaram numa espécie de “limbo” (Cornélio Pena, Adonias Filho, Murilo Rubião, Victor Giudice, Campos de Carvalho, Gustavo Corção, Alcides Pinto…) e outros que o desinformado (ou defraudado?) “público” precisa conhecer (Vicente Cecim, Olavo Pereira, Agrippino de Paula, Fausto Antonio, Guilherme Dicke, Mora Fuentes, Samuel Rawet, Cyro de Mattos, Alaor Barbosa…).

No testemunho desses escritores manifesta-se a crise de paradigmas que afeta uma sociedade cansada de si, de Deus, das ideologias… e de todas as velhas e arraigadas crenças – mas que, entretanto, não parece ter ficado mais livre e feliz no caos liberticida e materialista em que o “mundo novo” (moderno ou “pós-moderno”) a engolfou.

Escritores brasileiros do século XX é, como diz o subtítulo, o Testamento Crítico de uma intelectual que sempre pugnou em defesa da língua e da literatura brasílicas, e por meio do qual a autora entrega um legado de conhecimento e sensibilidade crítica à atual e às novas gerações de leitores deste nosso imenso – mas ainda inculto – país.

TATIANA BELINK: “Livro fascinante, fruto de amplas e profundas pesquisas, estudos, leituras e, claro, ideias, conclusões, hipóteses e mesmo perguntas da sua ilustre autora – esta incrível Nelly Novaes Coelho. Ela, a querida e sempre admirada mestra Nelly, com as suas posturas ético-filosóficas, ‘antigas’, contemporâneas, modernas e até ‘pós-modernas’, bem fundamentadas e eruditas, sem deixarem de ser otimistas”

A AUTORA

:: LEIA MAIS »

Ilhéus da Dança

Esse ano o “Ilhéus Dança” será realizado na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus numa iniciativa das Escolas de Dança de Ilhéus, Dinâmica e Movimento, Escola de Dança Tônus, Núcleo da Dança, Cia. de Dança Sôanne Marry, Balé Afro Dilazenze e a Câmara Setorial de Dança.

DANÇA

DANÇA

O projeto que tem o objetivo de promover e divulgar a dança em Ilhéus será realizado todas as quartas feiras do mês de maio (01, 08, 15, 22 e 29) sempre ás 19:00 h. sendo os espetáculos infantis realizados aos domingos (19 e 26) ás 18:00 h.

As escolas de dança apresentaram os mais variados estilos de dança como ballet moderno, ballet clássico, jazz, contemporâneo, sapateado, dança afro, dança de salão, dança de rua entre outros.

Os ingressos a preço popular poderão ser adquiridos na bilheteria da Tenda.

“Apoiar a Arte é tão importante quanto fazê-la.”

Prestigiem…

PSICOMUNDO – ILHÉUS CARREGA MÁCULADAS CHAGAS DE ADMINISTRADORES PÚBLICOS

A Terra de São Jorge, linda por natureza, dia após dia vem perdendo à sua real identidade de Princesa do Sul. E a quem atribuir tantas mazelas destruidoras que só trouxeram amargas recordações. Criaram um amarfanhado desencontro de transparentes falta de trabalho e honestidade, onde somente surgem péssimas qualidades de serviços maus organizados e tudo vai se esvaindo, se decompondo e nada vemos que nos anime para o nosso futuro, dos nos filhos e netos.

Perguntamos aos mais entendidos sobre o que significa a força da união? “Afinal o que podemos fazer para salvar a nossa querida cidade de Ilhéus, desses tantos desenlaces com futuro, nessa famigerada ausência de buscas que anuncie algum progresso”.

Vejam bem, acompanhem comigo a linha do espaço e do tempo, verificando quanto desmandos foram as razões de fortes e inúmeras que continuam deixando a nossa cidade nesse estado estagnado e vendo outras cidades crescendo e transformando seus alicerces sociais com uma nova estrutura. Enquanto que, a visão dos políticos ilheenses, de carteirinha e tudo apenas, perdem a grandeza e acabam que tudo alcançado ao logo do tempo.

O que fizeram com os grandes empreendimentos que existiam em Ilhéus, tais como: Barretto de Araújo, Berkau, Itaisa, Copas, Coopefertil, Cimag, Fábrica de Guaraná Netuno, Mercado Santa Helena, Rede de Supermercados Messias, Biscoitos Ritan, Padaria Luso-brasileira, Brasil gás, Petrobras, Moinho,     Maternidade Santa Isabel e muitos outros empreendimentos que devam sustentabilidade no emprego e na movimentação da nossa cidade. Hoje, temos que nos deslocar para a visinha cidade de Itabuna e nos deliciarmos com “Shopping Center” em nível de capitais.

:: LEIA MAIS »

Hans Schaeppi em: H O T E LA R I A E T U R I S M O

por Hans  Schaeppi

 Hans  Schaeppi

Hans Schaeppi

 PORTO INTERNACIONAL DE ILHÉUS

       O descaso da Codeba com o nosso Porto Internacional de Ilhéus (Malhado) foi bem retratado no artigo do COESO – Comitê de Entidades Sociais, publicado no Diário de Ilhéus no dia 24/04. As perguntas são todas pertinentes, o descaso é patente. Reproduzimos a parte final do artigo, pois também participamos da presunção nela contida: “Não podemos afirmar, porém, não é demais se presumir que a omissão do governo do Estado da Bahia, através da Infraestrutura, Secretaria de Portos e CODEBA, propositadamente, ou não, estão levando o Porto do Malhado a uma condição de irreversibilidade, depreciando-o para entregá-los a grupos privados, por qualquer bagatela? Tomara que não, mas essa possibilidade não se pode descartar.”

Essa é, também, a nossa desconfiança.

A PONTE

       Foi realizada no dia 23/04 em Salvador, a licitação da ponte ligando e centro de Ilhéus ao bairro do Pontal, obra aguardada ansiosamente pela população. Segundo anunciou o vice-governador Otto Alencar, no mesmo dia, a licitação foi vencida pela empresa Constran S/A, por um valor aproximado de R$ 165 milhões, e se não houver impugnações no prazo de 15 dias a contar daquela data, a obra deverá ser iniciada no aniversário da cidade, 28 de junho. A Constran S/A é uma das grandes empreiteiras do país, sendo especializada em obras-de-artes  especiais, barragens, rodovias, ferrovias, e obras portuárias marítimas e fluviais, estando no momento construindo trechos da Ferrovia Norte-Sul. A ponte, pois, estará em boas mãos. A nova ponte, estaiada, terá 497 metros de extensão, ficando a construtora responsável, igualmente, pelo sistema viário decorrente.

FIOL

:: LEIA MAIS »

SE É PARA EXPLICAR, ESTÁ EXPLICADO

Ontem, no centro da cidade, fui interceptado por um cidadão, certamente opositor ao atual prefeito, que indagou em tom irônico: “Tá botando pra quebrar no prefeito, né?”. Não entendi e pedi ao cara pra esmiuçar o que, na verdade, ele queria dizer. “Aquelas coisas que você escreve todo dia sobre o lixão lá, a ‘Zâmbia’, eu leio sempre”. Educada e pacientemente, tive que explicar, nos mínimos detalhes que, em primeiro lugar, não sou do lado de A, B ou C, nunca fui filiado a nenhum partido político e não votei contra nem a favor do atual prefeito nem dos anteriores. Meu protesto sincero e legítimo é consequência da minha indignação com os absurdos incontestáveis e inaceitáveis que vejo à minha volta e que afetam a mim e outros, direta ou indiretamente. São os buracos que quase me impedem de chegar ou sair de casa, é um lixão permanente numa área residencial, praticamente dentro de um colégio e vizinho ao que será (ou seria) uma creche. Por falar na creche, creche essa construída com meu dinheiro de impostos, obra não inaugurada, inacabada e aparentemente interrompida. Enfim, fatos vergonhosos cuja importância se sobrepõe a quem é ou deixa de ser o gestor municipal; só quero solução – e já – como cidadão consciente dos meus deveres e direitos. Não me identifico com nenhum dos gestores do passado ou presente, mas ainda dou um voto de confiança à capacidade intelectual e administrativa do atual secretário da pasta do Desenvolvimento Urbano. Lamento, no entanto, a demora em se resolver questões tão relevantes e de tamanha urgência. Considero a mais escabrosa de todas, sem dúvida, a do lixão, pelos danos ambientais, pelo alto risco à saúde dos cidadãos e, agora, pelo risco constatado que traz também à aviação. Minhas fotos não mentem e faço questão de mencionar as datas em que foram feitas. Ainda educada, porém impacientemente, exijo e aguardo solução. E não há como contradizer que a região do Santo Antônio de Pádua e Faelba continua, sempre e cada vez mais, esquecida e abandonada pelo município.

Nilson Pessoa

Agrissênior Notícias – Nº 426 – 8 de maior de 2013

Para ler em TELA CHEIA clique onde estão as 4 setinhas (Lado direito).

DESMANDO

Mais um Gestor Público que assume a prefeitura e encontra uma bagunça generalizada. Esta ocorrência tornou-se normal em todo o nosso país varonil.
Será que a justiça não tem um meio de interferir drasticamente na gestão dos recursos públicos? Um meio de frear esta falta de respeito e irresponsabilidade com o patrimônio público?
Posso estar errado ou enganado, mas acredito que a lei possa ser aplicada e trazer resultados benéficos para os municípios.
Senão vejamos: no último ano de mandato, todo e qualquer prefeito ficaria obrigado por lei a reservar os últimos seis meses de sua administração para adotar providências visando entregar a casa limpa e arrumada a seu sucessor.
Se não fez nada durante mais de três anos, será que nos últimos seis meses vai acontecer um milagre?
Nesse período de seis meses estariam suspensas todas as despesas que não fossem inadiáveis, ou seja, seriam honrados compras, serviços e pagamentos puramente essenciais.

:: LEIA MAIS »

Alfredo Amorim da Silveira

alfredo contra foto 04 05 2013





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia