WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia


maio 2013
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 25/maio/2013 . 23:42

Maria Regina Canhos em: A dura carga da mulher

Talvez eu devesse ter escrito este artigo no dia internacional da mulher, mas na ocasião não tive inspiração. Aliás, não sei se me faltou inspiração ou indignação para escrevê-lo no mês de março. A verdade é que estou consternada com a dureza com a qual a mulher é tratada na sociedade desde que nasce. Embora em alguns casos mais veladamente, o preconceito permeia nossa existência desde o berço. Filho homem parece ser sinal de benção, enquanto que filha mulher… sabe-se lá o que pode vir a ser. Já pequenina a mulher arrebanha olhares maliciosos e desperta desejos nos homens com distúrbios na sexualidade. Antes mesmo de ingressar no ensino fundamental, passa a ser alvo da violência física e sexual. A menarca traz consigo o incômodo de sangrar todo o mês até a menopausa, isso acompanhado de cefaleias, dores abdominais, náuseas e mudanças de humor características da tensão pré-menstrual.

Espera-se tudo da mulher. Bom comportamento, boa índole, disposição para o trabalho e para a maternidade, fidelidade, organização, eficiência, romantismo, meiguice, moderação, prudência, discrição, sensualidade, obediência, resignação e fé, além de outras características que as mulheres sabem bem quais são porque também lhes são exigidas. Ora, mas que exagero; quem exige isso? A sociedade como um todo; os pais (e mães), os filhos (e filhas), os homens em geral e as próprias mulheres.

:: LEIA MAIS »

Hans Schaeppi em: H O T EL A R I A E T U R I S M O

por Hans  Schaeppi

Hans Schaeppi

TOMADA DE PREÇOS RIDÍCULA

       A CODEBA transferiu para o próximo dia 29, a abertura das propostas para a Tomada de Preços 001/2013 para o Porto de Ilhéus, com o seguinte “Objeto da Licitação”: “…contratação de empresa para a execução de serviços especializados de manutenção preventiva e corretiva nas áreas de mecânica e elétrica nos equipamentos operacionais do Porto Organizado (?) de Ilhéus, com fornecimento de materiais, conforme Caderno de Encargos e  Especificações Técnicas que integra o Processo Administrativo nº 408/2012”.

Não era isso que o povo da região esperava há mais de 20 anos. O povo esperava dragagens para 10 e 14 metros, conclusão da retroárea, novos armazéns, ampliação do cais de atracação e construção da Estação Marítima de Passageiros, entre outros benefícios prometidos nas “PRINCIPAIS AÇÕES DE INVESTIMENTOS – 2010 a 2014” – PORTO DE ILHÉUS, decididas pela Diretoria da Codeba e publicado em seu site.

PORTO DE SALVADOR

:: LEIA MAIS »

Agrissênior Notícias – N º 429 – 29 de maio de 2013

Para ler em TELA CHEIA clique onde estão as 4 setinhas (Lado direito).

Legião da Boa Vontade (LBV)

A Política mais inteligente

 Paiva Netto

Paiva Netto

No livro “É urgente reeducar!”, escrevi:

O Ecumenismo da Fraternidade será a razão de ser das criaturas humanas no transcurso do Terceiro Milênio. É uma questão de progresso (e de sobrevivência), no qual, de certa forma, acreditou boa parte de gerações e gerações que nos antecederam. Se assim não cressem e não agissem, onde estaríamos hoje? Talvez na era da pedra lascada!…

O Amor não é degradação de corpos nem de mentes, e sim a Força de Deus, da Sabedoria Suprema em nós, ou lá como pensem os Irmãos ateus acerca dos assuntos mais elevados. Amar é um ato de coragem. Foi o exemplo que nos ofereceu Jesus. É a Política mais inteligente que um indivíduo pode conceber. Ela contempla ainda o correto entendimento do axioma de Confúcio (551-479 a.C.): “Paga-se a Bondade com a Bondade, e o mal com a Justiça”. Ou seja, é imperioso ter bom senso.

Conforme ressaltei ao meu velho amigo jornalista Paulo Parisi, em 1981, instruir com acerto é boa Política, porque educar e espiritualizar redime as criaturas, as nações, a Natureza, o planeta. Não podemos progredir destruindo o mundo, a nossa casa coletiva, por efeito de ignorância não apenas intelectual, como também, e principalmente, moral e espiritual.

Trata-se de Política excelente. A providência de educar, reeducar, instruir, espiritualizar no caminho da Paz, resultante da confraternidade das numerosas culturas que compõem a civilização que, em si mesma, é una, planetária. (E não esqueçamos jamais que a nossa existência não é unicamente física, porquanto começa no Céu, ou Mundo Espiritual, antes de sermos carne.) Do contrário, o que poderá vir a abater-se sobre a Terra será o doloroso inverso do Amor, a exemplo desse ecocídio que provocamos por aí. Pois, na verdade, já que fazemos indissociável parte do esquema planetário de sobrevivência, estamos então cuidando, com contumácia, de nossa automatança coletiva.

:: LEIA MAIS »

Confirmaí!!!!!

Olá,
Heraldinho deu um toque que carece de confirmação.

ILHÈUS 1963

ILHÈUS 1963


Observe que na fotografia existem várias faixas ao longo da Paranaguá. O ano da foto é 1963.
A dúvida é:
As faixas estão “chamando” os cacauicultores para um protesto na praça Dom Eduardo e que, naquele ano, queimaram uma quantidade enorme de sacos de cacau?
Se você, caro leitor, sabe alguma coisa sobre isso conte pra gente.

Abração!

Rabat.

O nosso amigo José Leite manteve contato informando que não são sacos de cacau em amêndoas e sim de café. Disse que foi o primeiro desembarque de café pelo porto de Ilhéus.O café foi importado pelas Indústrias de Cafés finos Ltda.
Disse para pesquisar mais porque o ano (1963) parece estar errado uma vez que o prédio do Banco do Brasil estava funcionando como se observa na foto.

O blogueiro Guy Valério mandou uma foto que, praticamente, define o assunto como sendo CAFÉ IMPORTADO.

cafesfinos01

Grato pela atenção de sempre e confirmado está que foi a primeira importação de café pelo porto de Ilhéus.

Rabat.

UM AMANHECER DIFERENTE

Hoje amanheceu uma “Zâmbia” sem lixo e sem mau cheiro. Mas o que todos queremos é uma Ilhéus sem “Zâmbia” , isso sim.
Sabemos que, em questão de horas, o lixo voltará a compor o cenário.
Mais do que nós, eles – os urubus – têm plena certeza que a comida vai chegar (delivery). São espertos e pacientes.
Nos resta apreciar a paisagem momentânea, livre do lixo, apesar da incômoda presença das aves carniceiras.

SEM LIXO E SEM MAU CHEIRO

SEM LIXO E SEM MAU CHEIRO

MAS COM URUBUS

MAS COM URUBUS

MUITOS URUBUS

MUITOS URUBUS

Fotos da “Zâmbia”, 25/05/13, 08:25 h

Nilson Pessoa

BAÍA DO PONTAL – Ações Educativas

Parece que nem tudo está perdido.
Ontem à tarde foi lançado mais uma edição do jornal ECO KIDS, na sua 11º edição, elaborado pela direção da Escola Municipal Barão de Macaúbas, aqui no Pontal, com a colaboração da Secretaria de Educação, Ministério Público, Conselho Municipal de Educação e Condema.
Nesta edição foram abordados assuntos de suma importância para a preservação ambiental, ações educativas e valorização da nossa belíssima Baía do Pontal.
Temos insistentemente denunciado as agressões que vem sofrendo a Baía do Pontal. Pelo andar da carruagem aquela orla vai virar um novo lixão.
Enquanto os empresários investem na mudança do perfil arquitetônico da área, alguns perversos moradores e agregados estão fazendo de tudo para jogar lixo no ventilador.
Ações criminosas de pessoas com mente doente, que apenas cuidam das suas casas e apartamentos, e acham que as ruas e avenidas estão destinadas a serem depósitos de lixo, pois além de jogar o lixo doméstico, investem em desovar na orla todo tipo de entulho, aparelhos domésticos, camas, colchões, guarda-roupa e todos os bagulhos que não querem mais em suas casas.

:: LEIA MAIS »

Versículo do dia

Enviado por Helomar Duarte (PAPY).

Enviado por Helomar Duarte (PAPY).

PONTE DO PONTAL: HÁ RAZÕES E RAZÕES.

por Edgard Siqueira

Para ler em TELA CHEIA clique onde estão as 4 setinhas (Lado direito).

AINDA FALTA SOLUÇÃO, MAS NEM TUDO ESTÁ PERDIDO

Enfim, aconteceu. Em 24/05/13, por volta das 15:00 h, fui à “Zâmbia” fotografar a retirada das toneladas de lixo e entulho feita por uma escavadeira e várias caçambas. Confesso que a intenção era mostrar – como venho mostrando – que o trabalho é paliativo e que, dias depois, vai estar tudo como dantes.
O fato das máquinas estarem operando no local foi um alívio, pois já temia que a cidade poderia estar, de novo, jogada à própria sorte, como no último ano da gestão anterior e por causa da dificuldade de caixa. Alívio maior foi constatar a presença do Coordenador da Limpeza Urbana em plena “Zâmbia”, o qual me abordou para um diálogo, lá mesmo, em meio ao recolhimento do lixo e entulho. Sou chegado a uma prosa, principalmente se for honesta, sincera e democrática. E foi.
O Coordenador, Sr. Cesar Benevides, explanou as dificuldades por que passa a Prefeitura e ressaltou que o objetivo maior é, realmente, extinguir a “Zâmbia”, que está faz mais de 20 anos estabelecida num local há muito inadequado, cercado de residências, um colégio e uma futura creche. Falou ainda que, se o local fosse destinado apenas a dejetos de poda de árvores e construção civil, menos mal, pois não atrairia os urubus. Reconheceu ser a “Zâmbia” uma área de risco à aviação, dada a proximidade do aeroporto, e mencionou a preocupação do Secretário do Desenvolvimento Urbano, Sr. Isaac Albagli, em providenciar um outro local, afastado de residências, para servir como ponto de transbordo de entulhos. Sim, entulhos, uma vez que, segundo o Coordenador, o descarte de lixo doméstico na “Zâmbia” não deveria existir. De fato, não deveria, mas existe. Bom momento para que a Prefeitura desencadeie uma mega campanha de conscientização para o descarte correto do lixo doméstico. Essa campanha, sugiro, envolveria algumas secretarias municipais, sobremaneira a do Meio Ambiente e a da desenvolvimento Social, mas a Prefeitura teria que fazer a sua parte bem feita, garantindo a coleta todo dia ou, na pior das hipóteses, nos dias especificados, coisa que não vem ocorrendo.
Por fim, o Coordenador assumiu o compromisso de realizar a coleta de lixo e entulho a cada dois dias e, ainda, de manter um preposto da Prefeitura em território “zambiano”, para orientar a população sobre o descarte setorizado de material de poda separadamente do entulho de construção civil, com vistas a facilitar e agilizar a retirada, além de impedir e orientar a população sobre o descarte correto do lixo doméstico. Fato lamentável, constatado pelo próprio Coordenador e membros de sua equipe, foi a localização, entre o entulho da “Zâmbia”, de um saco plástico contendo a carcaça de um cão de grande porte, da raça rottweiler, atraindo dezenas de urubus. Convenhamos, a população continua ignorante e anti-cidadã, voluntária ou involuntariamente, daí a necessidade imediata de campanhas educativas.
Encerrando, por ora, não nego ao Coordenador da Limpeza Urbana, Sr. Cesar Benevides, não nego ao Secretário do Desenvolvimento Urbano, Sr. Isaac Albagli, e não nego ao Prefeito de Ilhéus, Sr. Jabes Ribeiro, a minha insistência em retirar definitivamente, e o mais breve possível, aquele vergonhoso depósito de lixo a céu aberto duma área completamente inapropriada, em que a saúde dos habitantes da Faelba, Santo Antônio de Pádua e Urbis se mantém seriamente comprometida. Meus esforços e minha consciência de cidadão continuarão voltados para esse fim.

10 CAÇAMBAS DE LIXO E ENTULHO RECOLHIDOS.

10 CAÇAMBAS DE LIXO E ENTULHO RECOLHIDOS.

COORD. DA LIMPEZA (DIR) FOI À ZÂMBIA. BOM SINAL.

COORD. DA LIMPEZA (DIR) FOI À ZÂMBIA. BOM SINAL.

Nilson Pessoa





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia