WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia


maio 2013
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 28/maio/2013 . 18:17

BURACOLANDIA – Onde está o dinheiro da placa?

Os buracos estão para todo canto…isso é inquestionável.

ondeestaodinheiroMONT

Quando a prefeitura age, é operação tapa-buraco aqui, acolá (raras). Recapeamento que é bom, nada.

A desculpa é sempre a mesma, nunca tem dinheiro, dividas de outras administração, etc, e a cidade ficando para trás.

Quem se importa, nesse caso, cidadãos que ainda pensam positivo, buscam mostrar, porque as vezes eu penso que os vereadores e o prefeito só andam de helicópteros, para vermos se há atitude.

Essa buraqueira é em frente ao aeroporto e ao Hotel Opaba, no trevo que liga aos bairros da zona sul. Volta e meia vejo carros com pneus furados devido a essa situação.

TOMAREMOS VERGONHA NA CARA QUANDO HEIN?

POPULAÇÃO, VAMOS SE ATENTAR, PELO AMOR DE DEUS, ILHÉUS PODE MAIS, NUM CAIAM NAS DESCULPAS ESFARRAPADAS DE SEMPRE, E NUM ACHEM QUE É ASSIM MESMO!!!

E O PESSOAL TEM CORAGEM DE COLOCAR PLACA DE INVESTIMENTO DE INFRAESTRUTURA AO FUNDO…

VERGONHA NA CARA!!!

Grato desde já

Atenciosamente,

GLAUBER FONSECA

A cobra vai fumar …

Vou nessa. Já estou pronta...

Vou nessa. Já estou pronta…

A capela de N S de Fátima não foi à leilão.
As senhoras de caridade fizeram a doação da capela para a diocese de Ilhéus.
Se a diocese não fez o registro não significa dizer que podem meter a mão, digo: meter mão.
Se eu não estiver enganado o terreno onde funciona o necrotério (vizinho da capela) pertencia a SULBA e não se sabe porque cargas d´água arrumaram tantas “facilidades”, juridicamente, para dizer que é “meu” porque tem brecha na documentação e ai vão pleitear? Nem que fosse a casa da senhora sua Mãe Joana a justiça dará (Lá ele!) ganho para a barca que quer ganhar no grito.

Possa ser que eu esteja enganado mas, o povo de Ilhéus pode ser carneiro para umas coisas, mas quando mexem com a religiosidade e ou patrimônio público o bicho pega e é por isso que vou logo avisando aos espertinhos:
Se mexer alí a cobra vai fumar…

Enquete ao lado.

Rabat

Estudos da ponte Salvador-Ilha de Itaparica terão início até julho

No mês de julho devem estar definidas e contratadas as empresas que farão os estudos da Baía de Todos-os-Santos para a construção da ponte Salvador – Itaparica, que integra um plano de desenvolvimento que engloba a Região Metropolitana de Salvador (RMS), Recôncavo e Baixo Sul. Estão em tramitação os processos licitatórios que escolherão as empresas responsáveis pela sondagem, elaboração do projeto básico de engenharia e pelos estudos de impacto ambiental e os planos urbanísticos.

Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia


Essas serão as próximas etapas do projeto do qual faz parte a ponte. A exposição do momento atual do projeto e o seu escopo global foram apresentados hoje (28) pelo secretário do Planejamento da Bahia, José Sergio Gabrielli, que participou da abertura do ciclo de debates promovido pela Associação Baiana de Imprensa (ABI).

O presidente da entidade, Walter Pinheiro, destacou a proposta da ABI de promover discussões sobre projetos de interesse para o desenvolvimento do estado. “É um fórum de debates aberto à sociedade. E a ponte é um projeto relevante, pois tem aspectos econômicos, ambientais e de mobilidade”, pontuou Pinheiro.

:: LEIA MAIS »

Prefeitura de Ilhéus apresenta balanço financeiro do primeiro quadrimestre na Câmara de Vereadores

Cumprindo o determinado pela legislação, o secretário Municipal da Fazenda, Marco Antônio Carmo, apresentou à Comissão de Finanças da Câmara de Vereadores, em Audiência Pública, na tarde desta terça-feira, dia 28, o balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano de 2013. “Realizamos uma apresentação técnica, seguindo o que fixa a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas a previsão é que faremos ainda uma avaliação do cumprimento das metas fiscais de modo mais pedagógico, para ser apresentada a toda a sociedade ilheense”, explicou o secretário.

Apresentação do balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano de 2013 – Foto Alfredo Filho (Secom).

Apresentação do balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano de 2013 – Foto Alfredo Filho (Secom).


Durante a sessão, que também contou com presença de representantes da sociedade civil, foram apresentados os números referentes às receitas e despesas da prefeitura no período de janeiro a abril. Conforme a avaliação, o município arrecadou pouco mais de R$ 80 milhões, o que corresponde a 21,28% da previsão para o exercício de 2013. “O município não atingiu a meta de arrecadação prevista para o primeiro quadrimestre que seria de 33,33%, principalmente devido à frustração das receitas de capital, cuja previsão para o exercício representa a percentual de 14,78%, e até o final do quadrimestre não houve arrecadação”, destacou o secretário durante a apresentação.

De acordo com a classificação da receita pública no Brasil, considera-se receita de capital os recursos provenientes de operações de créditos, alienação de bens, amortização de empréstimos concedidos entre outras receitas. Contudo, o secretário ressaltou que a prefeitura está desenvolvendo ações para incrementar as receitas municipais, bem como para reduzir as despesas correntes, com vistas à manutenção do equilíbrio financeiro, conforme determina a LRF.

O secretário mostrou que o município atingiu um superávit orçamentário (receita menos despesas) de quase R$ 17 milhões. “Esse resultado positivo é efeito das medidas de limitações de despesas que realizamos, no intuito de cumprir todos os compromissos assumidos até o final do exercício, em obediência às leis que regem a administração pública, e em especial a da Responsabilidade Fiscal”, frisou Marco Antônio, esclarecendo, contudo, que ter superávit orçamentário não significa ter aqueles recursos no caixa da Prefeitura.

Durante a sessão, o secretário também especificou as despesas com pagamento dos servidores, saúde, educação e demais gastos correntes no período.

Ilhéus / Maçonaria / Exaltação

exaltação 28  0  5 2013

Prefeitura conclui proteção para reforma do prédio General Osório

Após vistorias e transferência dos documentos que compõem o arquivo público de Ilhéus para local adequado à conservação, a Prefeitura concluiu nesta terça-feira, dia 28, a implantação de tapumes para proteção do prédio General Osório, onde funcionavam a Biblioteca Municipal e o Arquivo Público de Ilhéus. Com a iniciativa, a prefeitura visa inibir a ação dos vândalos enquanto acelera o processo de captação dos recursos necessários à reforma do local histórico.

Implantação de tapumes no prédio General Osório - Foto Gidelzo Silva - Secom Ilhéus.

Implantação de tapumes no prédio General Osório – Foto Gidelzo Silva – Secom Ilhéus.


O prédios estava sendo constantemente invadido por usuários de substâncias psicoativas e assaltantes que não apenas danificavam o equipamento, inclusive com o registro de um princípio de incêndio no local, mas também ofereciam riscos aos cidadãos que moravam nas imediações do prédio e aos transeuntes. O município já está elaborando o projeto de recuperação do prédio e buscando recursos junto a outros entes governamentais para execução das obras de reforma.

:: LEIA MAIS »

Igreja Batista Lindinópolis

convite lindinópolis

Vovó moderna

Paulinho tem 6 anos e foi passar uns dias na casa da vovó.

Ele estava brincando na rua com alguns coleguinhas e uma hora entrou em casa perguntando:

– Vovó, como se chama aquilo quando duas pessoas dormem no mesmo quarto e ficam uma em cima da outra?

A vovó se assustou com a pergunta, pensou e achou que seria melhor dizer a verdade:

– Bem, Paulinho, isso se chama uma relação sexual…

– Vovó, o que é uma relação sexual?

– Paulinho, relação sexual é…

E a vovó não achava uma maneira mais simples de explicar e, para não prosseguir com as explicações, querendo se ver livre daquele momento constrangedor, responde:

– Foda.

Paulinho satisfeito com a resposta, voltou para a rua para brincar.

Dentro de instantes ele entra em casa novamente todo esbaforido e diz:

– Vovó, aquilo que eu perguntei, a mãe do Zezinho disse que se chama beliche, e ela quer falar com a senhora…


Marcus Vinícius, acompanhando a evolução dos tempos, encaminhou.

Programa Água para Todos constrói módulos sanitários para 415 famílias

O Governo da Bahia, através do Programa Água para Todos (PAT), inicia a implantação a partir deste mês de junho do programa de Melhorias Sanitárias Domiciliares (MSD). Quatrocentas e quinze famílias serão beneficiadas em localidades nos municípios de Itaguaçu da Bahia, Boninal, Seabra, Sítio do Mato e Miguel Calmon.

SEDIR/CAR

SEDIR/CAR


O termo de contrato de prestação de serviços no valor de quase R$ 2,5 milhões foi assinado entre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa da Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir), e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), do Ministério da Saúde.

“As intervenções serão promovidas prioritariamente em domicílios de pequeno porte para atender às necessidades básicas de saneamento das famílias, relacionadas ao uso da água e ao destino adequado dos esgotos no domicílio”, afirmou o coordenador do PAT, Leonardo Miranda.

Serão construídos módulos sanitários compostos por abrigos que combinam banheiro, privada, tanque séptico (unidade de tratamento primário de esgotamento doméstico na qual é feita a separação e a transformação físico-química da matéria sólida contida no esgoto), sumidouro (buraco por onde se escoa a água – poço absorvente), instalações de reservatório domiciliar de água, tanque de lavar roupa, lavatório e pia de cozinha.

As melhorias serão executadas, durante os próximos seis meses, a partir das necessidades identificadas no inquérito sanitário realizado por técnicos da Funasa, levando em consideração a cultura local, bem como tecnologias adequadas às instalações. Para o abrigo (casinha), recomenda-se uma área interna mínima de 1,70 metros quadrados e máxima de 2,20 metros quadrados.

Ilhéus: Iphan conclui intervenções na 2ª igreja rural mais antiga do Brasil

Capela Nossa Senhora de Santana - Imagem Internet.

Capela Nossa Senhora de Santana – Imagem Internet.

O segundo templo católico rural mais antigo do Brasil, a Igreja de Nossa Senhora de Santana, localizada no Rio de Engenho, há 30 km do centro de Ilhéus, no sul da Bahia, está totalmente recuperada. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realizou intervenções nas instalações elétricas e hidráulicas, pintura geral, recuperação do piso e do telhado, entre outras ações de conservação.

Além da estrutura física, as imagens foram restauradas. “As imagens estavam em péssimo estado de conservação”, destacou o coordenador da igreja, Ednilson do Nascimento Araújo. “Com a reforma, além da estrutura física da nossa igreja, recuperamos também a história de Ilhéus e do Brasil”, completou.

Conforme o coordenador, no próximo domingo, dia 02, será celebrada uma missa na igreja, às 10 horas, com a participação de padres de diversas paróquias vinculadas à diocese de Ilhéus, em ação de graças pela recuperação do templo.

O santuário, considerado de grande valor cultural e arquitetônico, foi tombado pelo Iphan e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), em 1984. Erguida no século XVII (1537), a capela é o monumento mais antigo de Ilhéus que pertenceu à família de Mem de Sá, o terceiro governador-geral do Brasil.


Secretaria de Comunicação Social (Secom)
Ilhéus – 28.05.2013

Marcus Dias em: NOMEANDO BURROS

Era uma vez um rei que queria ir pescar.

Ele chamou o seu Ministro Meteorologista e pediu-lhe a previsão do estado do tempo para as próximas horas.

Este assegurou-lhe que não iria chover.

No caminho, ele encontrou um camponês montando seu burro que, ao ver o rei, disse:

– “Majestade, é melhor regressar ao palácio porque vai chover muito.”

É claro que o rei ficou pensativo:

– “Eu tenho um Ministro Meteorologista muito bem pago que me disse o contrário. Vou seguir em frente.”

E assim fez … e, claro, choveu torrencialmente, a pescaria ficou estragada e o rei encharcado e resfriado.

Furioso, voltou para o palácio e despediu o Ministro.

Ele convocou o camponês e ofereceu-lhe o cargo, mas este, sincero (não era político), disse-lhe:

– “Senhor, eu não entendo nada disso, mas se as orelhas do meu burro estão caídas, significa que vai chover.”

O rei, então, usou a lógica e nomeou o burro.

Assim começou o costume de nomear burros que, desde então, têm as posições mais bem pagas nos governos.

Versículo do dia

Enviado por Helomar Duarte (PAPY).

Enviado por Helomar Duarte (PAPY).





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia