WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia


agosto 2013
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: 6/ago/2013 . 23:21

III Seminário de Mobilização pela Educação

CONVITE EDUCAÇÃO

CURSO DE RÁDIO OPERADOR / ILHÉUS–BAHIA

DATA: 27 A 29 DE AGOSTO 2013
HORÁRIO: O curso será realizado no Horário Noite

LOCAL–RUA TIRADENTES 90-1 ANDAR-CENTRO-ILHÉUS-Bahia.

OBJETIVO DO CURSO: Preparar o aluno para prova da ANATEL e habilita-lo para enfrentar uma sala de rádio e seus procedimentos cotidianos.

PROGRAMA: No curso de Rádio Operador você vai aprender sobre Código Fonético Internacional, procedimentos na sala de rádio, termos técnicos, rádio telegrama, legislação da classe, prioridades das comunicações, proibições na sala de rádio, nomenclatura das faixas de frequência, indicativo de silêncio, noções básicas de salvatagem, S.M.S, embarque e desembarque aéreo, regras gerais de segurança e treinamento no atendimento de aeronaves e embarcações, dentre outros assuntos.

O CURSO SERÁ MINISTRADO POR WILDE ACRE:
PROFISSIONAL com larga experiência em Rádio e telefonia; trabalha na área Offshore com Navios, Plataformas há vários anos, com um alto nível de conhecimento como rádio operador e um índice de 100 por cento de alunos aprovados nas provas da Anatel.

METODOLOGIA: O curso será realizado em três dias de aula teórica, um dia de aula prática, aulas de legislação, conhecimento técnico, operação rádio telefonia, aula pratica em VHF, SSB. Com professor do Rio de janeiro que trabalha como rádio Operador ha vários anos.

CERTIFICADO E CARTEIRA: O certificado e a carteira será emitida pela ANATEL. Após o curso o aluno irá fazer uma prova na ANATEL, onde receberá a carteira e certificado de Rádio Operador.

MARCAÇÃO DE PROVA: A Coordenação do Curso marcará a sua prova na ANATEL.

REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO:
Maior de 18 anos.

Escolaridade – 1º grau
DOCUMENTOS: cópia de RG, CPF, e Comprovante de residência.

OPORTUNIDADES APÓS O CURSO: O professor passará vários endereços de empresas para o aluno encaminhar o currículo para analise.
Não damos garantia de emprego, e sim endereço das empresas.

Nao Precisa de ingles para ser radio operador o ingles e um diferencial.

A ferrovia leste/oeste vai precisar de Mao de obra qualificada inclusive de Rádios Operadores.

O Samu, Corpo de Bombeiros, Aeroportos, vão recrutar vários Radio Operadores que sejam credenciados pela ANATEL. (toda sala de radio tem que ter radio operadores credenciados pela ANATEL).

O PRE-SAL é uma realidade e precisará de mão de obra qualificada.

O curso possui foco total na prova da ANATEL (para obter a carteira profissional da área, com alto índice de aprovação),o profissional habilitado atua em Plataformas de Petróleo, Navios, Sondas de Perfuração e em diversos outros locais, e em terra também.

Tenha a carteira de rádio operador e abra um leque de oportunidades em uma carreira que possui média salarial entre R$ 1.900,00 e R$ 6.500,00!

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

Rua Tiradendes-90-1 andar-Centro -ILHESUS–BAHIA
TEL: (73)91345523 ou (73) 91265640
E-MAIL: wilde_acre@hotmail.com

ILHÉUS / Loja Maçônica Elias Ocké

SESSÃO 06 08 2013

Conselho de Cooperativismo da Bahia conhece experiência de sucesso do Paraná

Apresentada nesta terça-feira, dia 6, durante reunião do Conselho Estadual de Cooperativismo da Bahia, a bem-sucedida experiência do cooperativismo no estado do Paraná, no sul do Brasil, vai servir de base para a elaboração de um plano estadual para o segmento na Bahia. A reunião para que o colegiado do cooperativismo aprofunde a discussão já está marcada para o dia 3 de setembro próximo.

Os números expressivos do cooperativismo paranaense foram apresentados pelo superintendente da Ocepar – Sistema de Cooperativas do Paraná, José Roberto Ricken. No encontro, realizado na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que teve abertura feita pelo secretário Nilton Vasconcelos, o superintendente informou que “atualmente, 18% da economia do Paraná estão nas mãos das cooperativas, e para este ano a previsão é de um faturamento da ordem de R$ 38,5 bilhões, sendo R$ 2,2 bilhões só com exportações”, destacou.

Segundo relatou, foi no início dos anos 70 que o cooperativismo começou a ser criado no Paraná. No segundo momento, aconteceu o crescimento, no terceiro a fase de organização. “Agora, estamos no momento jovem, preparando uma nova geração para cuidar das cooperativas no futuro, e para isso estamos investindo em formação. Foram realizados 44 cursos de pós-graduação com 1.672 alunos e agora vamos oferecer a primeira turma de mestrado”.

José Roberto Ricken falou sobre a importância da autogestão no sistema de cooperativas, destacando que em muitos municípios paranaenses a cooperativa é a principal geradora de renda, empregos e de tributos. “O modelo do Paraná tem um grande significado na evolução econômica e social das pessoas, com excelentes resultados, gerando cerca de 67 mil empregos no estado”.

Além disso, Ricken citou que é preciso respeitar as características de cada região, porque é preciso também diversificar. “As cooperativas têm de agregar valor, diversificar produtos e áreas, pois, assim, mesmo quando um produto vai mal, outro pode se sobressair”, finaliza.

Bahia intensifica pesquisas para cultivo do bijupirá em pequena escala

A Bahia, pioneira na reprodução de bijupirá em cativeiro, entrou em uma nova fase na pesquisa sobre a espécie:diminuir os custos de produção para piscicultores de baixa renda. O objetivo será alcançado após convênio de cooperação técnica entre a Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e a Seta Aquicultura, que vai promover também uma Assistência Técnica de qualidade para os aquicultores.

Bijupirá

Bijupirá

“Com a cooperação poderemos aproveitar melhor o grande potencial da costa baiana para a piscicultura marinha, atender aos pequenos e médios produtores, dinamizar a economia local através da geração de emprego e renda e contribuir para a melhoria dos indicadores sociais e econômicos locais, especialmente nas comunidades das baías de Camamu e da Baía de Todos os Santos”, afirma o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto.

O assessor de projetos institucionais da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues explica que o Estado já domina a tecnologia de reprodução do bijupirá. “Entretanto, as técnicas para cultivo de engorda, especialmente voltada para a pequena produção que permita a inserção do pequeno e médio produtor na atividade, ainda precisa ser desenvolvida no litoral da Bahia”, diz Rodrigues, esclarecendo que, conforme o convênio, a Bahia Pesca irá fornecer os alevinos de bijupirá necessários à execução das pesquisas, além de disponibilizar equipamentos e infraestrutura de transporte dos peixes e o laboratório do Centro de Pesquisas da Fazenda Oruabo, localizado em Santo Amaro-BA.

Em contrapartida, os técnicos da empresa terão acesso à Unidade de Pesquisa da Seta Aquicultura em Igrapiuna-BA, onde são realizados os testes e validação do sistema de produção do bijupirá. A Uneb e a Seta já construíram o módulo de produção, composto por protótipos de tanques-rede e estruturas de apoio, e estão desenvolvendo a engorda juntamente com a comunidade pesqueira de Igrapiuna.

Ascom Bahia Pesca

Jornalista: Jan Penalva

NOTÍCIAS DA AVEP

MARCONI GOLEIA FRED

01

01

02

02

A Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP cumpriu  dia 4 (domingo) de julho pela manhã sua 11ª rodada da Programação 2013 de “baba de praia”, com a realização de um único jogo em que a equipe do Capitão Marconi goleou a do Capitão Fred pelo escore de 4 a 1. Crispiniano(3) e Melgaço para os vencedores e Renatinho para os perdedores foram os autores dos gols. O encontro se deu como de costume na praia da Av. Soares Lopes, imediações do Ed. Santa Clara. Desta feita, em vez de dois jogos como de praxe, só houve um, realizado no Campo Grimaldo. Na primeira etapa apitou Robson Luiz Miranda Pereira, na segunda, Emanoel Messias de Lima, ambos os juízes da Liga Ilheense de Futebol com atuações sem análises negativas por parte dos observadores.

Comentários

Como ficaram atletas de fora, embora insuficiente para a formação de mais duas equipes, no momento da “chamada” houve um acordo de cavalheiros entre os capitães que consistira em estes poderem substituir três atletas de suas equipes pelos respectivos reservas.  Outros foram sorteados. De alguns associados, especialmente dos que costumam chegar antes das seis da matina para assinar o “baba”, ouviu-se que não estarão mais dispostos a ceder o lugar. Também que a cooperação é importante, mas por outro lado que a autonomia dos capitães de sacar da equipe o atleta que lhe convier poderá ferir o processo democrático da ordem de chegada. Concluíram apelando para que todos procurem chegar cedo, para que não haja desconfortos

Segundo os plantonistas o quadro do Cap. Marconi jogou um primeiro tempo primoroso, porém no segundo tomou um sufoco do time do Cap. Fred. Viram o lateral-esquerdo Sizinio, o direito Haroldo, o goleiro Zeca, o meia Marconi e o centro-avante Crispiniano como os destaques da partida

Sim, sim, na sede provisória, a diretoria da AVEP ofereceu aos associados dois suculentos caldos, um de “aipim” e outro de “vaca atolada” .

03

03

04

04

Creas de Ilhéus reabilita 27 adolescentes para o convívio social

Os jovens foram reabilitados, segundo parecer da Vara da Infância e da Juventude, Ministério Público e Defensoria Pública de Ilhéus, após cumprirem medidas socioeducativas.

Trinta e um adolescentes de Ilhéus, na faixa etária entre 13 e 19 anos, que cometiam atos infracionários, foram reabilitados para o convívio social, segundo parecer da Vara da Infância e da Juventude, Ministério Público e Defensoria Pública, após cumprirem as medidas socioeducativas realizadas pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social – Medidas Socioeducativas (Creas-SME). O programa é resultado da parceria entre a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SMS), com os governos Federal e Estadual.

Segundo a coordenadora de Medidas Socioeducativas do Creas do município, Fanny Magalhães Rossi, os adolescentes passaram por oficinas de arte, espiritualidade, sexualidade, emprego e renda, cidadania, reforço escolar. Também participaram de atividades em grupo e em família e foram acompanhados por psicológicos e assistentes sociais.

Fanny Rossi ressalta que é imprescindível ao processo de reabilitação que os adolescentes estejam matriculados e frequentando assiduamente a escola. “Além disso, segundo a determinação da Vara da Infância, alguns adolescentes cumprem medidas através da Prestação de Serviços Comunitários (PSC)”, completa.

:: LEIA MAIS »

Para a polícia, menino foi à escola após matar a família de PMs

O pai de um colega de escola do estudante Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 12, contou à polícia que deu carona ontem (5) para o menino após ele frequentar as aulas no colégio Stella Rodrigues, na zona norte de SP.

Segundo informações da polícia, essa testemunha disse que parou na porta da casa da família de Marcelo Eduardo, na Brasilândia (zona norte), e buzinou para chamar os pais do menino. A criança, porém, teria dito para ele não buzinar pois o pai estaria dormindo. Em seguida, ele se despediu do pai e do colega e entrou no imóvel.

Em entrevista ao “SPTV”, da Rede Globo, o comandante da PM, Benedito Roberto Meira, disse que a perícia aponta que as vítimas já estavam mortas nesse momento e que o menino cometeu suicídio em seguida.

Reprodução/Facebook
Família morta em chacina na Brasilândia (zona norte de SP); mãe e irmã de policial também estão entre os mortos
Família morta em chacina na Brasilândia (zona norte de SP); mãe e irmã de policial também estão entre os mortos

Além de Marcelo Eduardo, foram mortos com um tiro na cabeça o pai dele, o sargento da Rota (tropa de elite da PM) Luis Marcelo Pesseghini, a mãe do menino, a cabo Andrea Regina
Pesseghini, a avó materna Benedita Bovo e a tia do menino, Bernadete Oliveira.

Todas as vítimas foram assassinadas com um tiro na cabeça com a pistola.40 de Andrea. A arma foi encontrada embaixo do corpo de Marcelo Eduardo. Segundo o comandante, o menino era canhoto e o disparo foi feito do lado esquerdo da sua cabeça.

De acordo com o comandante da PM, não há sinais de arrombamento na casa e nada foi levado da família.

O menino utilizava no seu perfil do Facebook a imagem do protagonista da série de videogames chamada Assassin’s Creed. No jogo, que se passa durante o Renascimento, o personagem faz parte de uma seita de assassinos e pretende vingar a morte de seus familiares.

No colégio onde o menino estudava, as aulas foram suspensas hoje. Nenhum representante da escola quis falar sobre o caso. Os corpos das vítimas seguem no IML (Instituto Médico Legal) e ainda não há informações de onde será o velório e o enterro.

No seu perfil no Facebook a professora de Marcelo Eduardo, Ana Paula Pigatto Alegre, lamentou a morte do estudante. Ela conta que ontem deu aula para o menino “conversei, brinquei, dei risada, dei um abraço tão gostoso…. e agora …….. acabou”, descreveu a docente.

CÂMERAS

O carro da mãe do menino, um Corsa, foi localizado perto da escola onde o menino estudava. Segundo o comandante, câmeras da região mostraram que o veículo estacionou no local à 1h15 do dia 5. Meira diz que às 6h30 uma pessoa desce do veículo, coloca a mochila nas costas e segue em direção à escola. Tudo indica que o menino passou a noite dentro do veículo após ter assassinado a família.

De acordo com reportagem da Band, na mochila do garoto havia ainda um revólver calibre 32 que também era de propriedade da cabo. Um bilhete na mochila do menino também comprovam que ele foi até a escola ontem. A polícia ainda não tem informações de que horário a família foi morta, mas o crime deve ter ocorrido na noite de domingo (4) ou na madrugada de ontem.

A Folha não localizou familiares das vítimas para comentar o caso. Segundo o comandante, familiares disseram à polícia que o menino era “dócil, agradável e que sofria de uma doença no pulmão e diabetes, mas nada que justificasse um comportamento diferente”.

Família de PMs é assassinada em SP

 Ver em tamanho maior »

Vinicius Pereira/Folhapress

Policiais isolam casa na Brasilândia, zona norte de São Paulo, onde uma chacina deixou cinco pessoas mortas
FOLHA DE SÃO PAULO
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/08/1322348-para-a-policia-menino-foi-a-escola-apos-matar-a-familia-de-pms.shtml

ILHÉUS / MAÇONARIA / DIA DOS PAIS

Na Loja Vigilância e Resistência
03 08 2013
Várias Lojas presentes.
Fotos: Garcia Foto (73 8805 5478).

CAPA R2CPRESS

Veja FOTOS do evento clicando AQUI e depois na seta para AVANÇAR.

CARTA DO ZÉ COCHILO (da roça) PARA SEU COLEGA LUIZ (da cidade)

Para ler em TELA CHEIA clique onde estão as 4 setinhas (Lado direito).


Enviada por Marcus Dias.

Rolando no face …

VAI CRESCER


Enviado por Marcelo Ribeiro.

E A “ZÂMBIA” VAI VIRAR IGREJA

Parei uns tempos de escrever sobre a “Zâmbia”. Não deixa de ser um bom sinal. Nossa “Zâmbia” infelizmente ainda existe, mas a situação está sob controle, a não ser pelo vereador Roque do SESP, que prometeu iluminar o local há dois meses e até o momento está só na promessa ( relembre aqui ).
Dia desses, passei pelo lixão controlado e fui surpreendido por uma faixa que anunciava a construção de um templo religioso em parte do território zambiano. Um ótimo motivo para acabar definitivamente com o lixão. Só que… peraí! E se a igreja for daquelas onde o pregador fica horas berrando feito um louco contra o Satanás, gritos desnecessariamente amplificados por microfone e aparelhagem de som, a ponto de tirar a tranquilidade de qualquer cristão (metáfora oportuna), desprotegido da Lei do Silêncio porque esta é, na prática, erradamente sobrepujada pela Lei da Liberdade de Culto?
Por falar em diabo, não sou nenhum profundo nem razoável conhecedor de assuntos sobrenaturais, porém, até onde sei, o tal Satanás (Satã para os íntimos, como José é Zé) não é surdo, é só um sujeito chifrudo chegado a umas farras em seu apartamento do subsolo (deve fazer um calorão retado), regado ao pito de um cigarro diferente, sem filtro, que chamam de “cigarrinho do capeta”. Curte um som heavy metal e prefere as músicas que citam seu nome na letra. Tem vários nomes e apelidos, dentre eles Lúcifer, Belzebu, Demo, Tinhoso, Coisa Ruim e outros. Nas horas vagas, se diverte atazanando o juízo e a vida dos mais fracos da cabeça e do espírito.
Enfim, urubus, pregadores e demônios à parte, qual o pior: lixo ou barulho?
Resta rogar aos céus que a nova igreja seja da paz e do sossego. Será bem vinda.

Nilson Pessoa





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia