WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom bahia embasa


junho 2016
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  






:: 26/jun/2016 . 22:08

Que tenhamos uma boa semana

00317

Cadê a SANTINHA ?!?!?!!?!?!?

Até mesmo passando pela avenida dou uma olhadinha para a Praça Rui Barbosa, miro na lateral  da Igreja e tomo por base o gradeado que proteja a SANTINHA que fica ali. Hoje, por conta do futuqueiro junino, o trânsito foi desviado e, assim,  resolvi contornar a praça do nosso glorioso Rui Barbosa. Na virada pra ‘pegar’ a Antonio Lavigne de Lemos já fui logo me preparando para fazer o sinal da Cruz, jogar beijo e piscar o olho que é como agradeço as interseções e aí veio o maior susto: Cadê a SANTINHA. Pedií pra Eduardinho parar, dar ré e emparelhar com o gradeado preu procurar a SANTA. Fiquei muito preocupado porque o portão mostra sinais claros de arrombamento porque não acredito que ferrugem em baixo e em cima faça com que a estrutura fique ‘empenada’.

Estou agoniado.

Estou agoniado.

Resumindo: Não tenho a mínima idéia do que possa ter acontecido. Tentei contato com Paulo Costa (Pastoral da Comunicação – PASCOM) mas, não obtive êxito. Ainda estou aqui rezando para que a SANTINHA tenha sido retirada dalí para alguma coisa na linha de manutenção do gradeado e do local onde ela fica. Se foi levada por algum traste que o Dr Delegado da área, o nosso SÃO JORGE, espete a bunda de quem cortou a onda de meio mundo que passa ali e  terminou ficando amigo da SANTINHA.

Vamos tentar amanhã e se não der resultado vou colar no pé de Dom Mauro, bispo diocesano,  pra saber da “nossa” SANTINHA.

Quem souber, por favor, diga o que aconteceu para que a SANTINHA não esteja no lugar dela.

Beijo grande e fiquem com DEUS (Sempre!).

Rabat.

Denúncia sobre a Saúde Pública

Bom dia, me chamo Jessica Augusta Veloso, e preciso de ajuda para salvar a minha mãe! Por favor, divulguem essa notícia.

Olá!
 Venho compartilhar com vocês a situação crítica da saúde no Brasil, mas quero falar principalmente o que está acontecendo no Sistema Público de Saúde em Salvador.  
Em especial vou relatar o que nossa família está vivendo na UPA do Cabula, que fica ao lado do Hospital Roberto Santos. Minha mãe Julinar Augusta Veloso, 65 anos, paciente que aguarda cirurgia cardíaca (ponte de safena) desde Janeiro de 2016. 
Ela deu entrada na Unidade citada acima na madrugada do dia 24 de junho, com suspeita de infarto, exames constataram que o problema é anemia grave (devido à retocolite ulcerativa), este quadro desencadeou uma oscilação da pressão arterial, sendo necessário o uso de Noradrenalina e equipamentos que monitoram a mesma. A médica solicitou regulação com pedido de vaga em Unidade de Terapia Intensiva e Hemotransfusão com urgência, número do pedido 1858459. Com a dificuldade e burocracia que sofremos em nosso Estado, não estamos achando vaga.
 Nossa família, amigos e a própria UPA vêm tentando encontrar uma solução para salvar a vida de Julinar. Porém, o nosso Sistema não está contribuindo para que o procedimento seja realizado com a brevidade e atenção que pede o caso da paciente. 
Peço sua ajuda para divulgar esta situação, que não se restringe à nossa família, mais afeta todo  o nosso país. 
Precisamos lutar juntos para mudar esse quadro, alarmante, que se instala em nossa Bahia, e principalmente em Salvador! 
Desde já agradecemos o apoio e atenção dada ao caso. 
Queremos compartilhar uma frase que resume à nossa luta: “Ainda bem que a gente tem a gente”.
Família Veloso





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia