WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa


dezembro 2017
D S T Q Q S S
« set   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  






:: 6/dez/2017 . 11:50

Olivença definiu campeões do circuito local de surf

A Associação Olivença de Surf (AOS) definiu, no último fim de semana (dias 2 e 3) os campeões do Circuito Local de Surf 2017. A terceira e última etapa do evento foi realizada na Praia da Batuba e contou com a participação de mais de cem atletas divididos em nove categorias.

Entre os vencedores, destaque para o local José Carlos, de 14 anos, que faturou o título em duas categorias (Iniciante e Mirim). Já na Open Local, Diogo Santos confirmou o favoritismo e levou pra casa uma prancha zero quilômetro e o título de campeão do circuito.

A novidade desta última etapa ficou por conta da Categoria Open Aberta, que contou com a presença de surfistas de todo o Estado e foi marcada por uma final alucinante entre atletas de Ilhéus e Morro de São Paulo. Os ilheenses Taiwan Chan e Fabrício Bulhões foram campeão e vice, respectivamente, deixando Adriano Cambuti em 3º e Sylas Duggan com a quarta colocação.

“Foi um evento muito legal, que reuniu a nova geração do surf da Bahia e fechou com chave de ouro o nosso primeiro ano à frente da AOS. Este foi um ano de muita dificuldade, mas conseguimos superar com muito trabalho e dedicação e fizemos três etapas muito boas. O foco desta gestão é contribuir com o desenvolvimento do surf local e em 2018 teremos muitas novidades”, disse Gustavo Kauark, presidente da AOS.

Veja os resultados:

Categoria Body Board

1º Lucas Rodrigues

2º Glauber Santiago

3º Gabriel Melgaço

4º Willian

Categoria Espuminha

1º Davi Maciel

2º Carlos Bi

3º Vitor Santos

4º  Davi Silva

 

Categoria Grommets

1º Miguel Cerqueira

2º Isaac Lorente

3º Maui Souza

4º Davi Jim

Categoria Iniciante

1º José Carlos

2º João Matos

3º Kawã Marinho

4º Frederico

Categoria Mirim

1º José Carlos

2º Victor Hugo

3º Wadan Mendes

4º Gugu

Categoria Master

1º Marcelo Bacana

2º Guilherme Tavares

3º Mateus Bathomarco

4º Nadinho

Categoria Open Local

1º Diogo Santos

2º Leandro Melgaço

3º Marcelo Bacana

4º  Guilherme Novaes

Categoria Open Aberta

1º Taiwan Chan

2º Fabrício Bulhões

3º Adriano Cambuti

4º Sylas Duggan

Categoria Feminino

1ª Luíza Amaral

2ª Joice Stephane

3ª Clara Vieira

4ª Jéssica Pereira

*Matéria do Jornalista Mário Veloso

Fonte: AGRAVO

PROJETO DE JERBSON MORAES QUE REDUZ TARIFA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO EM ILHÉUS É APROVADO

Na sessão ordinária de terça-feira (05) o Projeto de Lei nº 94/2017, de autoria do vereador Jerbson Moraes, cujo propósito é reduzir para 40% o percentual cobrado de tarifa do serviço de esgotamento sanitário efetuado pela empresa concessionária do serviço na cidade, atualmente prestado pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa), foi aprovado em duas votações e redação final,  por unanimidade no plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Após estudos de comparação da mesma situação com algumas cidades da Bahia como Feira de Santana, Guanambi e Jequié, o vereador notou que Ilhéus está entre os municípios que pagam a tarifa mais alta, que chega aos 80% do valor da conta. De acordo com Jerbson, “Pagar 80% de tarifa de esgotamento de água é abusivo. Nas cidades pesquisadas esse valor chega a 40%”. Em muitas cidades já existem leis que impedem que as concessionárias cobrem valores acima de 40%.

De acordo com o projeto, a concessionária será obrigada a cobrar o percentual máximo de 40% sobre o consumo de água para a tarifa de serviço de esgotamento sanitário em Ilhéus e caso não cumpra o estabelecido será penalizada com advertência na primeira infração e multa no valor de R$ 10.000,00 em caso de reincidência. A empresa será multada em R$ 100.000,00 na terceira infração e cassação da permissão da exploração do serviço na cidade na quarta infração.

A lei também prevê que após realização de intervenção na tubulação e fechamento de buracos, a empresa fica obrigada às suas expensas a recompor a pavimentação das vias públicas no prazo máximo de dois dias úteis. O projeto segue para a sanção do Executivo Municipal.

NOTA DA PREFEITURA SOBRE O COMÉRCIO DE ACARAJÉ

A Prefeitura Municipal de Ilhéus vem a público, especialmente aos seus munícipes, esclarecer e apresentar a melhor interpretação ao Decreto Municipal n° 132/2017 que “Estabelece normas de utilização da orla Marítima Sul do Município de Ilhéus – BA”, nos seguintes termos:

Foi veiculado pela imprensa, por ocasião da publicação do referido Decreto, que o Município havia proibido o comércio de Acarajé e/ou outros alimentos preparados com uso de fogo. Não obstante o risco oferecido pelo manuseio de material inflamável, a proibição não alcança os vendedores ambulantes autônomos, previamente cadastrados, ante a Secretaria de Indústria e Comércio.

Parece-nos inconteste que o uso descontrolado de produtos perigosos em ambientes públicos não pode ser tolerado. Nesse sentido, a legislação em foco proíbe que os usuários das praias e/ou vendedores ambulantes não cadastrados façam uso de material inflamável e, por consequência, exponham a risco o próprio usuário, seus familiares e todas as demais pessoas que vão às praias de Ilhéus.

Outrossim, os vendedores ambulantes cadastrados, que atenderem todas as normas necessárias à exploração da atividade pretendida, mesmo aqueles que dependam da utilização de material inflamável para o preparo dos seus quitutes, poderão comercializar seus produtos.

Assim, muito embora tenha sido veiculada informação diversa, a melhor interpretação indica que não haverá prejuízo ao comércio ambulante das praias ilheenses, reconhecendo a importância econômico-social da atividade para toda a comunidade.

As baianas de acarajé, com seus quitutes, são propriedade imaterial da Bahia, do Brasil e do mundo. Um elemento cultural de grande representatividade que ajuda na difusão das riquezas identitárias de um povo. Logo, a norma só serve para tutelar e estabelecer maior controle por parte do poder público e garantir aos representantes da referida cultura um tratamento mais próximo, à partir da sua devida identificação, através do cadastramento. O mesmo propósito cumpre-se a todas outras atividades historicamente adensadas ao habito do Ilheense e seus visitantes.

Ilhéus, 05 de dezembro de 2017.

         Prefeitura de Ilhéus.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia